gazeta de varginha - 26/05/2015

Download Gazeta de Varginha - 26/05/2015

Post on 22-Jul-2016

223 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 9.239

TRANSCRIPT

  • Mx: 26 / Mn: 14

    Prefeito anuncia reajuste de 8,3%

    para os servidores municipais

    EDIO 9.239R$ 1, 00 VARGINHA, 26 DE MAIO DE 2015

    Toda a negociao teve a participao do Sindicato dos Servidores Pblicos Municipais

    gazetadevarginha@gmail.comwww.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga

    pgina 02

    PONTO DE VISTA

    DEUS FIEL

    O gigante Golias insulta os israelitas

    A Prefeitura de Var-ginha anunciou na lti-ma sexta-feira (22) o re-ajuste de 8,34% aos ser-vidores pblicos munici-pais da administrao di-reta e indireta, comissio-nados, aposentados epensionistas. O reajustecorrespondente ao ndi-ce acumulado do INPCno perodo de maio de2014 a abril de 2015, in-cidente sobre os atuaisvencimentos, alm dareviso do tquete ali-mentao, que represen-ta um conjunto de bene-fcios aos servidores, oque vem compensar asperdas no poder aquisi-tivo em funo da infla-o.

    O prefeito AntnioSilva explica que o rea-juste e benefcios pro-postos esto dentro dolimite de capacidade deendividamento do muni-cpio com pessoal.

    Segurana: PM realiza operaocontra a criminalidade em Varginha

    49ANOS

    Revelando Verdades

    local/pgina 05

    Samuel 17local/pgina 03

    TEMPO

    local/pgina 05

    Em uma ao conjun-ta com os rgos de Defe-sa Social, a Polcia Militardesencadeou operao decombate criminalidade erealizou a priso de trs ho-mens e a apreenso de doismenores, suspeitos de se-rem autores de roubo emVarginha e regio.

    Dois mandados de

    busca e apreenso foramcumpridos na manh desbado (23/5), nos bairrosJardim urea e CorredorSo Jos. Um dos manda-dos foi cumprido na casade um menor de 17 anos,situada na Rua Barreiro, noJardim urea.

    Comeam

    as inscries

    para o Enem

    deste ano

    Um homem de 36anos morreu aps tersido esfaqueado no fi-nal da tarde deste do-mingo (24) no BairroImaculada, em Vargi-nha. A vtima chegou aser socorrida e enca-minhada ao hospital,mas no resistiu emorreu.

    A ao teria aconte-cido porque o homemteria pegado a bicicle-ta do agressor empres-tada e no devolveu.

    O suspeito do crime,de 24 anos, foi presoainda na noite destedomingo em uma casano bairro Cidade Nova.Um outro homem de42 anos, tio do suspei-to, tambm foi preso.

    local/pgina 04

    Homem morre

    esfaqueado

    aps briga

    no Imaculada

    Vacinao contra agripe prorrogadaat o dia 5 de junho

  • Gazeta de Varginha LtdaCNPJ: 21.535.075/0001-47

    Telefones(35) 3221-4668

    (35) 3221-4845 (fax)

    Dirio de circulao regionalHorrio de funcionamento:

    8h s 18h

    Diretora administrativa:Ana Maria Silva Piva

    Jornalista responsvel:Lanamara Silva (MTB: 8304 JP)

    Editor:Rodrigo S. Fernandes(Sindjori-MG: 312/99)

    Administrao / reviso:Lanamara Silva

    Jornalista e superintendentede redao:

    Paulo Ribeiro da SilvaFernandes (MTB: 16.851)

    Endereo:Av. dos Imigrantes, 445 - Santa

    Maria - CEP: 37022-560 Varginha

    E-mail:gazetadevarginha@gmail.com

    (redao)gazetacomercial2@gmail.com

    (comercial)

    Site oficial:www.jornalgazetadevarginha.com

    ABRAJORI AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI Sind. Prop. De

    Jornais e Revistas doInterior

    ADJORI Associao dosJornais do Interior de

    Minas GeraisADI Associao dosJornais do Interior de

    Minas Gerais

    A redao no se responsa-biliza por conceitos emitidosem artigos assinados, mes-mo sob pseudnimos, queso de inteira responsabili-dade de seus autores.

    26 DE MAIO DE 201502 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    Rosana Braga

    Na dinmica daconquista, h que secuidar para no igno-rar o tnue limite entreagradar o outro e desa-gradar a si mesmo. preciso aprender a en-contrar o equilbrio, ce-dendo e se impondo si-multaneamente, numritmo saudvel e evolu-tivo.

    Claro que uma rela-o no resultado deuma equao matem-tica, mas tambm nopode acontecer toinadvertidamente, semque se note a descom-pensao que tem aca-bado com tantos casa-mentos de forma torecorrente.

    S um cede, s umse d e, assim, ocupamlugares extremados einsatisfatrios na rela-o. Um s provm e ooutro s usufrui. Va-lendo ressaltar que noh culpados ou inocen-tes, j que, por maisque reclamem, ambosaceitam o lugar ocupa-do e agem de modo a

    refor-lo. possvel, portan-

    to, que ao tentar agra-dar o outro, voc percaa dimenso do ns etermine considerandoapenas os desejos dele.Afinal, voc deseja tan-to manter o prazer des-coberto na dinmicaanterior que pode in-terpretar equivocada-mente esta fonte.

    Tudo de bom quefor vivido resultadoda interao entre osdois e no mrito so-mente de um. a al-quimia que proporcio-na o prazer e no o in-dividualismo em detri-mento da dedicaomtua.

    Se o desequilbrioacontecer, voc termi-na abrindo mo deseus desejos para dei-xar que o outro exeraa vontade de forma so-berana. Deixa-o decidiraonde ir e o que fazerporque se omite.

    Se voc tem medode se mostrar, por fima qualquer possibilida-de de vnculo e cumpli-cidade. No abra mo

    24- Quando os israe-litas viram o homem,todos fugiram cheios demedo.

    25- Os israelitas dizi-am entre si: "Vocs vi-ram aquele homem? Eleveio desafiar Israel. Orei dar grandes rique-zas a quem o vencer.Tambm lhe dar suafilha em casamento eisentar de impostosem Israel a famlia deseu pai".

    26- Davi perguntouaos soldados que esta-vam ao seu lado: "O quereceber o homem quematar esse filisteu e sal-var a honra de Israel?Quem esse filisteu in-circunciso para desafi-ar os exrcitos do Deus

    vivo?"27- Repetiram a Davi o

    que haviam comentado elhe disseram: " isso quereceber o homem quemat-lo".

    28- Quando Eliabe, oirmo mais velho, ouviuDavi falando com os sol-dados, ficou muito irrita-do com ele e perguntou:"Por que voc veio ataqui? Com quem deixouaquelas poucas ovelhas nodeserto? Sei que voc presunoso e que o seucorao mau; voc veios para ver a batalha".

    29- E disse Davi: "Oque fiz agora? Ser queno posso nem mesmoconversar?"

    30- Ele ento se viroupara outro e perguntou a

    Palavras de Vida

    O gigante Golias insulta os israelitasSAMUEL 17Parte II

    mesma coisa, e os homensresponderam-lhe comoantes.

    31- As palavras de Davichegaram aos ouvidos deSaul, que o mandou cha-mar.

    32- Davi disse a Saul:"Ningum deve ficar como corao abatido por cau-sa desse filisteu; teu ser-vo ir e lutar com ele".

    33- Respondeu Saul:"Voc no tem condiesde lutar contra esse filis-teu; voc apenas um ra-paz, e ele um guerreirodesde a mocidade".

    34- Davi, entretanto,disse a Saul: "Teu servotoma conta das ovelhas deseu pai. Quando apareceum leo ou um urso e levauma ovelha do rebanho,

    35- eu vou atrs dele,dou-lhe golpes e livro aovelha de sua boca. Quan-do se vira contra mim, euo pego pela juba e lhe dougolpes at mat-lo.

    36- Teu servo pdematar um leo e um urso;esse filisteu incircuncisoser como um deles, poisdesafiou os exrcitos doDeus vivo.

    37- O Senhor que melivrou das garras do leo edas garras do urso me li-vrar das mos desse fi-listeu". Diante disso Sauldisse a Davi: "V, e que oSenhor esteja com voc".

    38- Saul vestiu Davicom sua prpria tnica,colocou-lhe uma armadu-ra e lhe ps um capacetede bronze na cabea. E

    disse a Saul: "No consi-go andar com isto, poisno estou acostumado".Ento tirou tudo aquilo

    39- Davi prendeu suaespada sobre a tnica etentou andar, pois no es-tava acostumado comaquilo.

    40- e em seguida pe-gou seu cajado, escolheuno riacho cinco pedras li-sas, colocou-as na bolsa,isto , no seu alforje depastor, e, com sua atira-deira na mo, aproximou-se do filisteu.

    41- Enquanto isso, o fi-listeu, com seu escudeiro frente, vinha se aproxi-mando de Davi.

    42- Olhou para Davicom desprezo, viu que eras um rapaz, ruivo e de

    boa aparncia, e fezpouco caso dele.

    43- Disse ele a Davi:"Por acaso sou um co,para que voc venhacontra mim com pedaosde pau?" E o filisteuamaldioou Davi, invo-cando seus deuses,

    44- e disse: "Venhaaqui, e darei sua carne saves do cu e aos animaisdo campo!"

    45- Davi, porm, dis-se ao filisteu: "Voc vemcontra mim com espada,com lana e com dardos,mas eu vou contra vocem nome do Senhor dosExrcitos, o Deus dosexrcitos de Israel, aquem voc desafiou.

    Continua...

    Agradar o outro ou agradar a si mesmo?de suas vontades e nemvista a carapua da sub-misso.

    Seja maduro o sufi-ciente para ser voc eestar evitando que umgrande buraco seja ca-vado em sua relao,porque quando issoacontece, as conseq-ncias desastrosas soinevitveis.

    Na prxima din-mica, veja como sedu-zir tambm a si mesmo,para que se torne defato uma pessoa apai-xonante.

    Seduzindo a si mesmoAutenticidade ca-

    racterstica de gentegrande. No d paraarriscar ser voc quan-do se pequeno de-mais. Por isso, quem pequeno interpreta,age de modo mascara-do; mas quem gran-de, autntico.

    Amadurecer signi-fica ter a ousadia de secolocar na sua relao emostrar quem voc re-almente , com todosos seus mritos e dbi-tos. E para ter coragem

    o bastante de ser voc,precisa reconhecer aimportncia da reci-procidade.

    Reciprocidade troca, dar-se ao outroe receb-lo como ele .Para tanto, depois dereconhecer o prazer deestar com ele, precisafazer o mesmo consigomesmo: conhecer-se,interessar-se por si,apaixonar-se pela suasingularidade.

    Caso contrrio, ter-minar concedendotodo o espao da rela-o para que o outro aocupe e, em seguida,inevitavelmente ocupa-r o lugar de vtima. A,estar instalada a din-mica doentia da insa-tisfao.

    Voc s poder sesentir realizado, inteiroe autntico quandoaprender a reconhecersuas vontades e inseri-las no relacionamento.Pode (e deve, em al-guns casos) ceder, fazerconcesses e deixar queas vontades do outroprevalea; mas perce-ber que existe uma

    enorme diferena entrefazer isso consciente-mente, com bom sensoe justia, e fazer somen-te para receber reco-nhecimento em