Gazeta de Varginha - 15/04/2014

Download Gazeta de Varginha - 15/04/2014

Post on 18-Mar-2016

215 views

Category:

Documents

2 download

DESCRIPTION

Edio 8.968

TRANSCRIPT

  • PGINA 02

    PONTO DE VISTA

    xodo 22

    Mx: 29 / Mn: 18

    Leis acerca da propriedade

    Morte da terceira vtima marcaum ms de acidente com viatura

    EDIO 8.968R$ 1, 00 VARGINHA, 15 DE ABRIL DE 2014

    DEUS FIEL

    Populao reclama de reajuste natarifa de nibus acima da inflao

    LOCAL/PGINA 05

    Protestos, indignao de familiares e falta de respostas agravam a tragdia em Varginha

    LOCAL/PGINA 06

    Neste domingo (13),

    a tarifa do transporte co-

    letivo em Varginha ficou

    R$ 0,20 mais cara, pas-

    sando a custar R$ 2,80.

    O reajuste na passagem

    de nibus de mais de

    7%, o que equivale a

    2,82% acima da inflao.

    Usurios reclamam que

    o reajuste no acompa-

    nha melhora do trans-

    porte coletivo.

    Segundo o prefeito

    de Varginha, Antnio

    Silva (PTB), era impos-

    svel no reajustar o va-

    lor da tarifa este ano.

    LOCAL/PGINA 03

    Manifestao contra oaumento da tarifa estmarcado para amanh

    Hospital

    Regional vai

    realizar 440

    cateterismos

    pelo SUSat junho

    Morreu nesta segun-

    da-feira (14) a terceira v-

    tima do acidente com

    uma viatura da Polcia

    Militar Rodoviria em

    Varginha, no dia 16 de

    maro. Wanderlei Valeri-

    ano de Souza, de 51 anos,

    que estava internado no

    Hospital Regional, no

    resistiu e morreu. Segun-

    do o servio de luto mu-

    nicipal, o velrio aconte-

    ceu s 17h desta segun-

    da.

    Outras duas vtimas

    morreram dias aps o aci-

    dente. O motociclista Fer-

    dinando Balbino, de 37

    anos, atingido pelo carro

    da polcia durante perse-

    guio policial, morreu no

    dia 23 de maro depois de

    ficar internado em esta-

    do grave por uma sema-

    na no CTI do Hospital

    Regional. J Marco An-

    tnio Silvrio, de 57 anos,

    que estava internado no

    Hospital Regional desde

    o dia do acidente, morreu

    no dia 6 de abril.

    LOCAL/PGINA 04

    Educao Financeiraser tema de palestrahoje no Grupo Unis

    LOCAL/PGINA 04

    gazetadevarginha@gmail.com

    www.jornalgazetadevarginha.com

    facebook.com/gazetavga

  • 1 - SE algum fur-tar boi ou ovelha, e odegolar ou vender,por um boi pagarcinco bois, e pela ove-lha quatro ovelhas.

    2 - Se o ladro forachado roubando, efor ferido, e morrer, oque o feriu no serculpado do sangue.

    3 - Se o sol houversado sobre ele, oagressor ser culpadodo sangue; o ladrofar restituio total;e se no tiver com quepagar, ser vendidopor seu furto.

    4 - Se o furto forachado vivo na suamo, seja boi, ou ju-mento, ou ovelha, pa-gar o dobro.

    5 - Se algum fi-zer pastar o seu ani-mal num campo ounuma vinha, e larg-lo para comer no cam-

    po de outro, o melhor doseu prprio campo e omelhor da sua prpriavinha restituir.

    6 - Se irromper umfogo, e pegar nos espi-nhos, e queimar a medade trigo, ou a seara, ouo campo, aquele queacendeu o fogo total-mente pagar o quei-mado.

    7 - Se algum der aoseu prximo dinheiro, oubens, a guardar, e issofor furtado da casa da-quele homem, o ladro,se for achado, pagar odobro.

    8 - Se o ladro nofor achado, ento o donoda casa ser levado di-ante dos juzes, a ver seno ps a sua mo nosbens do seu prximo.

    9 - Sobre todo o ne-gcio fraudulento, sobreboi, sobre jumento, sobregado mido, sobre rou-

    pa, sobre toda a coisaperdida, de que algumdisser que sua, a cau-sa de ambos ser leva-da perante os juzes;aquele a quem condena-rem os juzes pagar emdobro ao se

    10 - Se algum dera seu prximo a guardarum jumento, ou boi, ouovelha, ou outro ani-mal, e este morrer, ou fordilacerado, ou arrebata-do, ningum o vendo,

    11 - Ento haverjuramento do SENHORentre ambos, de que nops a sua mo nos bensdo seu prximo; e seudono o aceitar, e o ou-tro no o restituir.

    12 - Mas, se de fatolhe tiver sido furtado,pag-lo- ao seu dono.

    13 - Porm se lhe fordilacerado, tr-lo- emtestemunho disso, e nopagar o dilacerado.

    CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no se responsa-biliza por conceitos emitidosem artigos assinados, mesmo

    sobpseudnimos, que so de

    inteira responsabilidade deseus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:

    Rodrigo S. Fernandes Sindjori- MG 312/99 - Administra-o/Reviso: Lanamara Silva

    - Paulo Ribeiro da SilvaFernandes

    (Jornalista e superintenden-te de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas do

    InteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departamentode Publicidade Av. dosImigrantes, 445 - Santa

    Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845

    Maria - CEP 37022-560 -VARGINHA/MG

    E-mail: gazetadevarginha@gmail.com

    gazetacomercial2@yahoo.com.br

    Endereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br

    Palavras de Vida

    15 DE ABRIL DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    Leis acerca da propriedadexodo 2214 - E se algum pe-

    dir emprestado a seuprximo algum animal,e for danificado ou mor-to, no estando presen-te o seu dono, certamen-te o pagar.

    15 - Se o seu donoestava presente, no opagar; se foi alugado,ser pelo seu aluguel.

    16 - Se algum en-ganar alguma virgem,que no for desposada,e se deitar com ela, cer-tamente a dotar e to-mar por sua mulher.

    17 - Se seu pai intei-ramente recusar dar-lha, pagar ele em di-nheiro conforme ao dotedas virgens.

    18 - A feiticeira nodeixars viver.

    19 - Todo aqueleque se deitar com ani-mal, certamente morre-r.

    20 - O que sacrificar

    aos deuses, e no s aoSENHOR, ser morto.

    21 - O estrangeirono afligirs, nem o opri-mirs ; pois estrangeirosfostes na terra do Egito.

    22 - A nenhuma vi-va nem rfo afligireis.

    23 - Se de algummodo os afligires, e elesclamarem a mim, eu cer-tamente ouvirei o seuclamor.

    24 - E a minha irase acender, e vos ma-tarei espada; e vossasmulheres ficaro vi-vas, e vossos filhos r-fos.

    25 - Se emprestaresdinheiro ao meu povo,ao pobre que est conti-go, no te havers comele como um usurrio;no lhe imporeis usura.

    26 - Se tomares empenhor a roupa do teuprximo, lho restituirsantes do pr do sol,

    27 - Porque aque-la a sua cobertura,e o vestido da sua pele;em que se deitaria?Ser pois que, quan-do clamar a mim, eu oouvirei, porque soumisericordioso.

    28 - A Deus noamaldioars, e oprncipe dentre o teupovo no maldirs.

    29 - As tuas prim-cias, e os teus licoresno retardars; o pri-mognito de teus fi-lhos me dars.

    30 - Assim farsdos teus bois e das tuasovelhas: sete dias es-taro com sua me, eao oitavo dia mos da-rs.

    31 - E ser-me-eishomens santos; por-tanto no comereiscarne despedaada nocampo; aos ces a lan-areis.

    Guinada direitaAntnio Prata

    H uma dcada, es-crevi um texto em queme definia como meiointelectual, meio de es-querda. No me arre-pendo. Era jovem e ig-norante, vivia aindaenclausurado na pri-meira parte de clebrefrase atribuda a Cle-menceau, a Shaw e aChurchill, mas na ver-dade cunhada pelo pr-prio Senhor; Um ho-mem que no seja soci-alista aos 20 anos notem corao; um ho-mem que permaneasocialista aos 40 notem cabea. Agora queme aproximo dos 40, oscabelos rareiam e are-jam-se as idias, perce-bo que chegado o mo-mento de trocar as ss-toles pelas sinapses.

    Como todos sabem,vivemos num totalita-rismo de esquerda. Arubra scia domina ogoverno, as universida-des, a mdia, a cpulada CBF e a Comisso de

    Direitos Humanos e Mi-norias, na Cmara. Opensamento que sequeira libertrio nopode ser outra coisa,portanto, seno reacio-nrio. E quem h denegar que preciso re-agir? Quando terroris-tas, gays, ndios, qui-lombolas, vndalos,maconheiros e abortei-ros tentam levar a na-o para o abismo, ou oscidados de bem seunem, como na saudo-sa Marcha da Famliacom Deus pela Liberda-de, que nos salvou docomunismo e nos ga-rantiu 20 anos de paz,ou nos preparemospara a barbrie.

    Se que a barbriej no comeou ... Vejaas cotas, por exemplo.Aps anos dessa boqui-nha descolada pelos ne-gros nas universidades,o que aconteceu ? Obranco encontra-se es-canteado. Para todolado que se olhe, da di-reo das empresas aosvolantes dos SUVs, das

    mesas do Fasano pri-meira classe dos avies,o que encontramos ?Negros ricos e desprepa-rados caoando da me-ritocracia que reinavapor estes costados des-de a chegada de Ca-bral.

    Antes que me acu-sem de racista, digo quemeu problema no com os negros, mas comos privilgios das mino-rias. Vejam os ndios,por exemplo. No fossepor eles, seramos umapotncia agrcola. OCentro-Oeste produzi-ria soja suficiente paraa China fazer tofus dotamanho da Groeln-dia, encheramos nossoscofres e financiaramosinmeros estdios pa-dro Fifa, mas, comovoc sabe, esses gra-fos, apoiados pelo pode-rosssimo lobby, dos an-troplogos, transforma-ram toda nossa rea cul-tivvel numa enormetaba. L esto, agora,improdutivos e nus, ca-tando piolho e tomando

    51.Contra o poder des-

    mesurado dado a ne-gros, ndios, gays e mu-lheres (as feias, inclusi-ve), sem falar nos ex-pobres, que agora pos-suem dinheiro para ava-calhar, com sua igno-rncia, a cultura reco-nhecidamente letradade nossas elites, ns dadireita, temos umaarma: o humor. A es-querda, contudo, sabedo poder libertrio deuma piada de preto, degorda, de baiano, porisso tenta nos calar como cabresto do politica-mente correto. S nojogo a toalha e mudo devez pro Texas por acre-ditar que neste espao,pelo menos, eu aindaposso lutar contra essesabsurdos.

    Peo perdo aos an-tigos leitores, desde j,se minha nova personano lhes agradar, masno p que as coisas es-to preciso no apenasser reacionrio, mas s-lo de modo grosseiro,

    raivoso e estridente. Docontrrio, seguiremosdominados pelo criolu,pelas bichas, pelas femi-nistas ranosas e porvelhos intelectuais daUSP, essa gentalha que,finalmente compreendi,

    a culpada por sermosum dos pases mais de-siguais, mais injustos eviolentos sobre a Terra.Me aguardem.

    Antnio Prata escri-tor.

  • GAZETA DE VARGINHA | 030303030315 DE ABRIL DE 2014

    LOCAL

    Tarifa de nibus: reajuste acimada inflao gera reclamaes

    Aumento para R$ 2,80 est 2,82% acima da inflao; 43 mil dependem do transporte pblico

    Confeces de

    camisetascamisetascamisetascamisetascamisetas- Uniformes escolares

    - Uniformes empresariais

    3222-21553222-21553222-21553222-21553222-2155gryppy@gryppy.com.brgryppy@gryppy.com.brgryppy@gryppy.com.brgryppy@gryppy.com.brgryppy@gryppy.com.br

    Neste domingo

    (13), a tarifa do trans-

    porte coletivo em Var-

    ginha ficou R$ 0,20

    mais cara, passando a

    custar R$ 2,80. O rea-

    juste na passagem de

    nibus de mais de

    7%, o que equivale a

    2,82% acima da infla-

    o. Usurios recla-

    mam que o reajuste

    no acompanha melho-

    ra do transporte cole-

    tivo.

    Segundo o prefeito

    de Varginha, Antnio

    Silva (PTB), era im-

    possvel no reajustar

    o valor da tarifa este

    ano. Ns estamos em

    um pas em que as coi-

    sas anualmente se

    ajustam, salrio mni-

    mo, remunerao de

    motoristas, cobrado-

    res, pneus, combust-

    veis, ento tudo isso

    leva a uma realidade

    econmica que o muni-

    cpio no tem como evi-

    tar esse reajuste, sob

    pena de impor em-

    presa uma condio

    insustentvel, expli-

    cou.

    Em Varginha, a

    empresa de transporte

    pblico tinha sugerido

    o preo de R$ 2,87, mas

    o Conselho Municipal

    de Transporte Coleti-

    vo, criado no incio do

    ano, revisou as justifi-

    cativas da empresa e

    sugeriu ao prefeito

    que fosse estabelecido

    o preo de R$ 2,80.

    Segundo o Depar-

    tamento de Trnsito

    de Varginha, dos 124

    mil habitantes da cida-

    de, cerca de 43 mil de-

    pendem do transporte

    que tem participao

    cada vez maior na des-

    pesa da famlia, sendo

    que, toda vez que voc

    tem um reajuste acima

    da inflao, fatalmen-

    te isso vai comprome-

    ter uma parte cada vez

    maior da renda da fa-

    mlia.

    Reajuste nas maiorescidades

    Entre as seis mai-

    ores cidades da re-

    gio, outras duas j ti-

    veram aumento no pre-

    o da passagem este

    ano. Em Poos de Cal-

    das, a tarifa passou de

    R$ 2,60 para R$ 2,80.

    Em Itajub, a passa-

    gem subiu de R$ 2,50

    para R$ 2,90, a tarifa

    mais cara entre as mai-

    ores cidades do Sul de

    Minas.

    pblico. Desses, ainda

    h 16 mil que tm di-

    reito gratuidade, que

    so os estudantes, ido-

    sos e deficientes fsi-

    cos. Mais um motivo,

    segundo o prefeito,

    que justifica o aumen-

    to da passagem.

    Para a auxiliar de

    servios gerais, Irene

    Justino, a necessidade

    no justifica o aumen-

    to. Eu acho um absur-

    do, porque no vale

    isso, na cidade no tem

    porte pra isso, disse.

    O economista Joo

    Marcos Franco explica

    que o reajuste de R$

    0,20 para uma pessoa

    que usa o nibus duas

    vezes por dia, repre-

    senta quase meio sal-

    rio mnimo ao longo de

    um ano. Ns estamos

    falando de um item

    Homem de 59 anos preso com cocana no centro de Varginha

    Um homem de 59

    anos foi preso com quase

    1 kg de cocana na tarde

    desta sexta-feira (11), em

    Varginha. De acordo com

    a Polcia Militar, o homem

    foi detido em um carro, na

    Avenida Francisco Na-

    varra, na rea central da

    cidade, com uma poro

    de cocana.

    Na casa do suspeito,

    no bairro Vila Barcelona,

    foram apreendidos 780

    gramas de cocana pura e

    800 gramas de substnci-

    as usadas para mistura

    no refino da droga. Ainda

    segundo a polcia, com

    esse material seria poss-

    vel produzir mais de 1,5 kg

    de cocana para consumo.

    Alm da droga, foram

    apreendidos R$ 290 e

    uma balana de preciso.

    O suspeito j cumpria

    pena em regime semi-

    aberto, mas a polcia no

    soube informar o crime.

    Ele foi preso em flagrante

    e responder por trfico

    de drogas.

  • 04 | GAZETA DE VARGINHA 15 DE ABRIL DE 2014LOCAL

    Educao Financeira ser temade palestra hoje no Grupo UnisOs alunos do Cen-

    tro Universitrio doSul de Minas iroaprender um poucomais sobre educaofinanceira. O tema,sempre atual, serabordado por Reinal-do Domingos. Ele,que Professor, edu-cador, terapeuta fi-nanceiro e autor devrios livros, faruma breve apresenta-o de como est aeducao financeirano mundo e no Brasil,ressaltando a sua im-portncia com a Meto-

    dologia DSOP, umaorganizao dedicada disseminao daeducao financeira.

    A palestra aconte-ce nesta tera-feira,15 de abril, s 20h, noauditrio do CampusI, com entrada gratui-ta. Na ocasio serooferecidos diversasobras de Reinaldo Do-mingos, que estaro venda para os interes-sados.

    Sobre o PalestranteReinaldo Domin-

    gos professor, edu-

    cador, terapeuta fi-nanceiro e autor devrios livros. Em2009 idealizou a pri-meira Coleo Didti-ca de Educao Fi-nanceira para o Ensi-no Bsico do pas, jadotada por diversasescolas privadas e p-blicas.

    Em 2012 criou oprimeiro Programade Educao Finan-ceira para JovensAprendizes e, em2013, ampliou o Pro-grama para o JovemAdulto (EJA). Atual-

    mente, presidenteda DSOP EducaoFinanceira e da Edi-tora DSOP. ideali-zador, fundador e pre-sidente da Abefin -Associao Brasileirade Educadores Finan-ceiros.

    tambm criadordos cursos de exten-so universitria deeducao financeira eeducao financeirapara empreendedo-res e da primeira Ps-Graduao em Edu-cao e Coaching Fi-nanceiro do Brasil.

    Na madrugada doultimo sbado (12), aPolcia Militar foi cha-mada por vizinhos deuma casa na Rua San-

    ta Maria no BairroTrs Bicas, onde acon-tecia uma briga conju-gal. Chegando ao localos militares encontra-

    O tema ser abordado por Reinaldo Domingos

    Mulher esfaqueada pelo marido no Bairro Trs Bicasram uma mulher de 23anos esfaqueada.

    Ela foi socorridaat o Hospital BomPastor onde passou

    por cirurgia. Segundoa policia o autor dasfacadas o marido dePamela, FranciscoConceio Rocha de 43

    anos, que fugiu e estsendo procurado.

    A vitima, PmelaEstefnia de 23 anospermanece internada

    no Hospital Bom Pas-tor, ela tem trs filhospequenos que estose...