Gazeta de Varginha - 09/07/2014

Download Gazeta de Varginha - 09/07/2014

Post on 01-Apr-2016

226 views

Category:

Documents

5 download

DESCRIPTION

Edio 9.023

TRANSCRIPT

pgina 02PONTO DE VISTALevtico 21Mx: 26 / Mn: 12Leis para os sacerdotesEleitorado de Varginha chega a95 mil para eleies deste anoEDIO 9.023R$ 1, 00 VARGINHA, 09 DE JULHO DE 2014DEUS FIELlocal/pgina 03Analistas afirmam que Varginha poderia eleger pelo menos dois deputados estaduais e um federallocal/pgina 05Comeou a buscapelos votos dos vargi-nhenses eleio deoutubro deste ano,2014. O Tribunal Supe-rior Eleitoral TSE re-gistra em Varginha maisde 95 mil eleitores. EmMinas Gerais mais de15 milhes de votos, eno Brasil, quase 143milhes de eleitores.Os dados so de junho.H um consensoentre os analistas deque Varginha poderiaeleger pelo menosPrefeitura aumenta rea de expansourbana para receber empreendimentosdois deputados esta-duais e um federal como nmero de eleitoresque tem. Isso no acon-tece em razo da pul-verizao de votos.Nada menos que 399candidatos a deputadoestadual foram vota-dos em Varginha em2010. Para uma vagana Cmara dos Depu-tados, 319 candidatosreceberam votos na ci-dade.gazetadevarginha@gmail.comwww.jornalgazetadevarginha.comfacebook.com/gazetavgalocal/pgina 04local/pgina 03 A Prefeitura de Var-ginha est aumentandosua rea de expansourbana. Projeto de leinesse sentido foi vota-do na Cmara Munici-pal de Varginha parapermitir dois empreen-dimentos. E uma doa-o de rea para cons-truo de empresa.Nas proximidadesda Cidade Universitria,do Grupo Unis, uma dasreas, de 92 mil metrosquadrados, onde serconstrudo o Centro deConvenes.Polcia Civil investigaatropelamento demulher em Varginhapgina 09Mutiroda dengueestar hojenos bairrosMont Serrat eParque RinaldCNPJ: 21.535.075/0001-47A redao no seresponsabiliza porconceitos emitidos emartigos assinados, mesmosobpseudnimos, que so deinteira responsabilidadede seus autores.Dirio de CirculaoRegional - DiretoraAdministrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:Rodrigo S. Fernandes Sindjori- MG 312/99 - Administra-o/Reviso: Lanamara Silva- Paulo Ribeiro da SilvaFernandes(Jornalista e superintenden-te de redao-M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das08:00hs s 18:00hsABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais doInteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas doInteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior deMinas GeraisENDEREO:Redao e Departamentode Publicidade Av. dosImigrantes, 445 - SantaMaria - CEP 37022-560 -Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845VARGINHA/MGE-mail: gazetadevarginha@gmail.comgazetacomercial2@yahoo.com.brEndereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br09 DE JULHO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA1 - DEPOIS disse oSENHOR a Moiss:Fala aos sacerdotes, fi-lhos de Aro, e dize-lhes: O sacerdote no secontaminar por causade um morto entre o seupovo,2 - Salvo por seu pa-rente mais chegado: porsua me, e por seu pai, epor seu filho, e por suafilha, e por seu irmo.3 - E por sua irmvirgem, chegada a ele,que ainda no teve ma-rido; por ela tambm secontaminar.4 - Ele sendo prin-cipal entre o seu povo,no se contaminar,pois que se profanaria.5 - No faro calva nasua cabea, e no raparoas extremidades da suabarba, nem daro golpesna sua carne.6 - Santos sero a seuDeus, e no profanaro onome do seu Deus, porqueoferecem as ofertas quei-madas do SENHOR, e opo do seu Deus; portan-to sero santos.7 - No tomaro mu-lher prostituta ou deson-rada, nem tomaro mulherrepudiada de seu marido;pois santo a seu Deus.8 - Portanto o santifi-cars, porquanto ofereceo po do teu Deus; santoser para ti, pois eu, o SE-NHOR que vos santifica,sou santo.9 - E quando a filha deum sacerdote comear aprostituir-se, profana aseu pai; com fogo serqueimada.10 - E o sumo sacer-dote entre seus irmos,sobre cuja cabea foi der-ramado o azeite da uno,e que for consagrado paravestir as vestes, no des-cobrir a sua cabea nemrasgar as suas vestes;11 - E no se chegar acadver algum, nem porcausa de seu pai nem porsua me se contaminar;12 - Nem sair do san-turio, para que no pro-fane o santurio do seuDeus, pois a coroa do azei-Palavras de VidaLeis para os sacerdotesLevtico 21te da uno do seu Deusest sobre ele. Eu sou oSENHOR. 13 - E ele tomar poresposa uma mulher na suavirgindade.14 - Viva, ou repudi-ada ou desonrada ou pros-tituta, estas no tomar;mas virgem do seu povotomar por mulher.15 - E no profanar asua descendncia entre oseu povo; porque eu sou oSENHOR que o santifico.16 - Falou mais o SE-NHOR a Moiss, dizendo:17 - Fala a Aro, dizen-do: Ningum da tua des-cendncia, nas suas gera-es, em que houver al-gum defeito, se chegar aoferecer o po do seuDeus.18 - Pois nenhum ho-mem em quem houver al-guma deformidade sechegar; como homemcego, ou coxo, ou de narizchato, ou de membros de-masiadamente compri-dos,19 - Ou homem que ti-ver quebrado o p, ou amo quebrada,20 - Ou corcunda, ouano, ou que tiver defeitono olho, ou sarna, ou impi-gem, ou que tiver testcu-lo mutilado.21 - Nenhum homemda descendncia de Aro,o sacerdote, em quemhouver alguma deformi-Eduardo Shinyashiki Os acontecimentos dodia a dia nos ensinam que onosso corpo marcado pelaprpria histria individual etambm pela histria social,pelos costumes e tradiesque foram transmitidos.Expresses, gestos e postu-ras refletem o nosso posici-onamento no mundo de umamaneira muito mais concre-ta que as palavras.Um dos primeiros es-tudiosos que pesquisou aimportncia da comunica-o no verbal foi Darwinem 1872, quando ele afir-mou em sua obra que com-portamentos e expressescomo o sorriso, o choro, ador, a raiva e o medo, tpicosdos seres humanos, sotambm presentes em ou-tras espcies do reino ani-mal. Por isso, podemos di-zer que a linguagem corpo-ral o mais primitivo siste-ma de comunicao do serhumano. Quando falamos comalgum estamos sendo ob-servados de todos os pontosde vista e tambm observa-mos o nosso interlocutor.Somos avaliados e avaliamos,mesmo que inconsciente-mente, no s pelo que sediz com as palavras, mastambm pelo que o corpotransmite com o tom de voze com a linguagem corpo-ral. No trabalho, por exem-plo, seja em reunies, ementrevistas, em encontroscom clientes e fornecedo-res, precisamos nos obser-var e analisar com ateno ointerlocutor para melhorcompreend-lo nas suas in-tenes e emoes. J um lder precisa es-tar atento para perceber ecompreender quando al-gum est motivado ou des-motivado, entusiasmado ouaptico, comprometido oudesinteressado, para direci-onar e focar aes que con-cretizem os resultados.O professor AlbertMehrabian j evidenciou aimportncia da comunica-o no verbal - ou lingua-gem corporal - em 1967,quando o notrio estudiosoamericano publicou seu es-tudo sobre a comunicaono verbal, demostrandoque s 7% do significado damensagem no processo decomunicao transmitidopor meio das palavras, queoferecem os contedos dodiscurso, mas que so suma pequena parte do in-teiro dilogo. A componente no ver-bal o tom de voz, o ritmo,as pausas responsvelpor 38% da mensagem e acomponente paraverbal,que a linguagem corporal,ou seja, a postura, o olhar, ammica facial, os gestos, asexpresses do rosto e os mo-vimentos do corpo, so res-ponsveis pelos 55% da co-municao. Mas quanto estou cons-ciente da minha linguagemcorporal? E por que toimportante compreender alinguagem no verbal nos-sa e do outro? A linguagem corporaltransmite elementos adjun-tos comunicao verbal e mais decisiva, pois maissincera e espontnea natransmisso das informa-es, afinal, expressa pensa-mentos e emoes de formamais intensa e verdadeiraque as palavras.Muitas vezes, a empatia criada pela observao,O CORPO DIZacompanhamento e valori-zao dos sinais corporaisque o outro envia no proces-so de comunicao, criandoassim o sentimento que o serhumano mais valoriza: sen-tir-se compreendido e res-peitado. Nossa linguagem cor-poral, algo complexo e sutil,conta a histria pessoal decada um de ns. Ela se mo-difica no decorrer da vida,demonstra a evoluo e ma-turidade de cada um, trans-forma-se dependendo doestado de nimo, da situa-o e contexto em que nosencontramos, gerando ogrande desafio da comuni-cao, j que cada pessoa um universo a ser compre-endido em diferentes mo-mentos. Eduardo Shinyashiki pa-lestrante, consultor organi-zacional, especialista em de-senvolvimento das Compe-tncias de Liderana e Pre-parao de Equipes. Presi-dente da Sociedade Cre SerTreinamentos, Eduardotambm escritor e autorde importantes livros comoTransforme seus Sonhos emVida, da Editora Gente, suapublicao mais recente.dade, se chegar paraoferecer as ofertas quei-madas do SENHOR;defeito nele h; no sechegar para oferecer opo do seu Deus.22 - Ele comer dopo do seu Deus, tantodo santssimo como dosanto. 23 - Porm at aovu no entrar, nem sechegar ao altar, por-quanto defeito h nele,para que no profane osmeus santurios; por-que eu sou o SENHORque os santifico.24 - E Moiss falouisto a Aro e a seus filhos,e a todos os filhos de Is-rael.Boa sorte!Respostas na prxima edioCaa-PalavrasGAZETA DE VARGINHA | 0309 DE JULHO DE 2014LOCALEleitorado de Varginha chega a95 mil para eleies de outubroAnalistas afirmam que Varginha poderia eleger pelo menos dois deputados estaduais e um federalApoio:Comeou a buscapelos votos dos vargi-nhenses eleio deoutubro deste ano,2014. O Tribunal Su-perior Eleitoral TSEregistra em Varginhamais de 95 mil eleitores.Em Minas Gerais maisde 15 milhes de votos,e no Brasil, quase 143milhes de eleitores. Osdados so de junho.H um consensoentre os analistas de queVarginha poderia ele-ger pelo menos dois de-putados estaduais eum federal com o n-mero de eleitores quetem. Isso no aconteceem razo da pulveriza-o de votos. Nada me-nos que 399 candidatosa deputado estadual fo-ram votados em Vargi-nha em 2010. Para umavaga na Cmara dosDeputados, 319 candi-datos receberam votosna cidade.Para o cargo de de-putado estadual setecandidatos em 2010 re-ceberam mais de milvotos do eleitorado var-ginhense. So eles:Adilson Rosa (7.638votos), Marcos Foresti(5.370), Leandro An-drade (1.670), JocliaMaria de Castro Leo(1.025), Geisa GomesPereira Teixeira (24.028), Rogrio Salom(3.931) e Dilzon Melo(8.418 votos).Entre os candidatosa uma vaga de deputa-do federal a disputa foimais abrangente emVarginha. Oito candi-datos receberam maisde mil votos dentre os319 que foram escolhi-dos por eleitores locais.So eles: Fbio Rama-lho (1.535 votos), ErosBiondini (7.335), Stefa-no Aguiar dos SantosMello (PSTU) que inte-gram a coligao Fren-te Esquerda Socialista;Cleide Donria (PCO) eAdilson Rosa (PCO);Eduardo Ferreira (PSDC) e Raimundo Nona-to (PSDC); Andr An-tonio Alves (PHS) e Ju-ares de Souza Ferreira(PTdoB) na coligaoMais Minas; e TlioLopes (PCB) e RobertoAuad (PCB).Disputaro umavaga no Senado Fede-ral os candidatos Ant-nio Anastasia (PSDB),Edilson Jos do Nasci-mento (PT do B), Ge-raldo de Araujo Silva(PSTU), Jos Tarcsiodos Santos (PSDC), Jo-su Christiano Gomesda Silva (PMDB), Mar-garida Luiza de MatosVieira (PSB), Maria dasGraas Souza Vieira(PCO) e Pablo Luiz deOliveira Lima (PCB).(1.812), Odair Cunha(11.458), EduardoBrando Azeredo (1.488), Edmilson SantosViana (1.106), DimasFabiano (14.695) e Di-ego Andrade (8.550 vo-tos).Os varginhensespodem escolher entreoito opes ao Governode Minas: Fernando Pi-mental (PT) e AntnioAndrade (PMDB) pelacoligao Minas PrVoc; Pimenta da Vei-ga (PSDB) e Dinis Pi-nheiro (PP) da coligaoTodos por Minas; Tar-csio Delgado (PSB) eSlvia Reis (PRTB) naMinas Quer Mudan-a.O TRE-MG regis-trou ainda os candida-tos, Fidlis Alcntara(PSOL) e a vice VictoriaPM apreende mais de 100 pedrasde crack na Rua Rio de JaneiroNesta segunda-feira(7), em Varginha, PM ob-teve sucesso em operao,apreendeu 118 pedras decrack e prendeu mulherreincidente na prtica detrfico de drogas. Equipes policiais re-alizaram Operao BatidaPolicial pela Rua Rio de Ja-neiro, Bairro Vila Flamen-go, local alvo de diversasdenncias de trfico econsumo de drogas, quan-do, por volta das 22 horase 30 minutos, uma mu-lher, ao ver as viaturas po-liciais, comeou a agir deforma suspeita. Devido isso, a PM deu ordem deparada a mulher, que noobedeceu e entrou em suaresidncia, dispensandoobjetos no cho. De imediato a PM en-trou no local e verificouque tais objetos travavam-se de 3 pedras de crack,que foram recolhidas. Amulher, J.B.A., 25, esposade M.G.A., preso por tr-fico de drogas em junhodeste ano, foi abordada econfessou haver mais dasubstncia na residncia.Os policiais realizarambuscas no local e localiza-ram mais 115 pedras decrack, alm da quantia deR$ 51,00, material esseque foi apreendido. A autora, que possuipassagens por leso corpo-ral e trfico de drogas, foipresa em flagrante delito econduzida, juntamentecom o material encontra-do, Delegacia de PolciaCivil, onde foi ratificado oflagrante.Atropelamento de mulher investigado pela polciaA Polcia Civil in-vestiga a morte de umamulher que foi atrope-lada nesta segunda-fei-ra (7) na Rua Tapajs doSantana, em Varginha.Segundo os policiais,Lucineia dos Santos, de42 anos, foi atingidapor um carro e morreuno local, contudo, hsuspeita de que ela te-nha se matado.De acordo com apolcia, a vtima estariaalcoolizada quando sedeitou na rua e no selevantou, at que foiatropelada por um ve-culo. Os policiais nosouberam dizer se ela jtinha passagens pelapolcia. O caso seguesendo apurado.Prefeitura aumenta rea de expansourbana para receber empreendimentosProjeto de lei nesse sentido foi votado na Cmara Municipal para permitir dois empreendimentosLOCAL04 | GAZETA DE VARGINHA 09 DE JULHO DE 2014A Prefeitura Muni-cipal de Varginha estaumentando sua reade expanso urbana.Projeto de lei nesse sen-tido foi votado na Cma-ra Municipal de Vargi-nha para permitir doisempreendimentos. Euma doao de rea paraconstruo de empresa.Nas proximidadesda Cidade Universitria,do Grupo Unis, umadas reas, de 92 mil me-tros quadrados, ondeser construdo o Cen-tro de Convenes. Area j foi doada Com-panhia de Desenvolvi-mento de Minas Gerais Codemig para a lici-tao e incio das obras.A outra rea a serconsiderada de expan-so urbana, segundo oprojeto de lei 38/2014fica nas proximidadesda empresa Walita e asempresas que lhe dosuporte. Mede poucomais de 154 mil metrosquadrados onde serconstruda a nova sededa Cooperativa dos Ca-feicultores de Varginha.Aps a publicao,os responsveis por es-sas empresas tm umprazo mximo de seismeses para a apresenta-o dos projetos tcni-cos.J o projeto de lei47/2014 ratifica umarea de terreno para aconstruo de laticnio.Em 2011 a Lei Mu-nicipal 5.514 j concedia empresa Mauro Hen-rique Salgado e Cia.Ltda uma rea de 1.204metros quadrados, noBairro Padre Vtor, paraa construo de umaempresa de laticnio.Na poca a escritu-ra pblica no pode serlavrada, o que ser feitoagora.Perodo eleitoral: programas executados pela Conab no so interrompidos Os programas exe-cutados pela CompanhiaNacional de Abasteci-mento no sero inter-rompidos durante o pe-rodo eleitoral. por se tra-tarem de aes continu-adas. Entre eles se desta-cam os programas deAquisio de Alimentos,Vendas em Balco, os lei-les realizados pela Com-panhia, entre outros.O perodo impe, noentanto, restries quan-to doao de cestas dealimentos a instituiespblicas e entidades deinteresse social. A aoestar suspensa de 04 dejulho a 5 de outubro.Onde houver segundoturno, a restrio se es-tende at 26 de outubro.As limitaes no seaplicam ao fornecimen-to de cestas a comunida-des especficas e previa-mente selecionadas peloMinistrio de Desenvol-vimento Social e Comba-te Fome. Tambm permitida a entrega dealimentos em casos deemergncia, para aten-der vtimas de calamida-des pblicas.Na hiptese de pro-dutos com data de vali-dade prxima ou em si-tuao que possa com-prometer a qualidade, adoao poder ser feitacaso a ao seja julgadapertinente, aps a notifi-cao autoridade elei-toral e com justificativaao procedimento.Quinta da Boa Msica recebe banda de CambuquiraConfirmada a 13edio do ProjetoQuinta da Boa Msica,nesta semana, 10/7, s20h, na plataforma deembarque da antigaEstao Ferroviria deVarginha, apresentan-do a banda Mr Bonnyde Cambuquira.A bandaPela primeira vez naquinta, a banda j pos-sui vasta trajetria comapresentaes nos prin-cipais espaos da regiosempre com boa aceita-o do pblico. Em Var-ginha eles prepararamum selecionado reper-trio do tradicionalRock and Roll e muitoBlues incluindo osgrandes nomes comoThe Beatles, Stones,Stevie Wonder, Clap-ton, Black Sabbath,Muddy Waters, BuddyGuy, Elvis, Bill Halley,Grand Funk, ShokingBlue, Creedence, Cre-an, Simon e Garfunkel,The Police e muitomais.Na formao dabanda Ana Claudia An-drade no vocal; DulioMarinho no violo;Guilherme Castro nobaixo; Gabriel de Paivana batera e Eli Anselmono saxofone.AberturaJ para abertura oconvidado especial des-ta semana o super everstil Luciano BigDog, voz e violo, quesem dvida vai maisuma vez agradar ao fielpblico da QBM, prin-cipalmente pelo amplouma realizao da Pre-feitura de Varginha deVarginha, atravs daFundao Cultural, econta com o apoio daTribos SA, Musicale criativo repertrio,que segundo ele, terde tudo um pouco.O projetoO Projeto QBM Center, Espao LivreDistribuidora, Lancho-nete do Juninho e detoda imprensa da re-gio.InteressadosAs bandas interes-sadas em participar doprojeto devero, inici-almente, solicitar o ca-dastramento no Siste-ma Municipal de Cul-tura, pessoalmente oupor e-mail, de segundaa sexta, no horrio co-mercial na sede admi-nistrativa da FundaoCultural na antiga Es-tao Ferroviria deVarginha, na PraaMatheus Tavares, 121,centro, telefone (35)3690 2700.Mutiro da dengue percorre hojebairros Mont Serrat e Parque RinaldOrganizao esclarece que no sero recolhidos entulhos de construo e nem podas de rvoresLOCALGAZETA DE VARGINHA | 0509 DE JULHO DE 2014Dando continuida-de aos trabalhos, nessaquarta-feira, dia 9 dejulho, o Mutiro daLimpeza estar reali-zando os trabalhos nosbairros Mont Serrat eParque Rinald, das7h30 at s 13h, percor-rendo todas as neste tra-balho de eliminao depossveis focos do AedesAegypti - mosquitotransmissor da denguee febre amarela.Alm de sua equipede Agentes de Comba-te Dengue e Fiscaliza-o, o Mutiro da Den-gue, mais uma vez con-tar com o apoio da Se-cretaria de Obras atra-vs da Limpeza Urbana(com mquinas, cami-nhes e servios de var-rio), da Secretaria deAgricultura (com m-quinas e caminhes) eda Secretaria de Meio-Ambiente (com o cami-nho coletor de lixo) edos Postos de Sade daFamlia dos Bairros e deseus Conselhos Comu-nitrios, Escolas, Cre-ches e Pontos do Co-mrcio Local.Para garantir o su-cesso da iniciativa, os or-ganizadores do eventopedem aos moradoresdos Bairros Mont Serrate Parque Rinald que re-tirem de suas casas, dei-xando nas caladas, to-dos os materiais inser-vveis, como mveis ve-lhos, pneus, objetos quedetm gua, dentre ou-tros, que sero recolhi-dos pelo Mutiro deCombate Dengue.S no sero reco-lhidos entulhos de cons-truo e nem podas dervores, portanto, o pes-soal do mutiro pedeque os moradores nocoloquem este tipo dematerial nos passeiosporque no sero leva-dos.Vale lembrar quenos mutires menoresque vm sendo realiza-dos, tm sido retiradosuma mdia de 8 10 ca-minhes de materiaisinservveis!Dicas de Preveno- Limpar e tampar ascaixas d' gua,- Limpar as calhas,- Descartar correta-mente o lixo,- Tampar gales, to-nis, poos, lates e tam-bores,- Cobrir e secar pneusque no esto sendo uti-lizados,- Limpar e secar asbandejas de ar-condicio-nado,- Limpar e secar asbandejas de geladeira,- Manter os vasos deplantas sem pratinhos oucolocar areia nos prati-nhos.- No acumular guaem bromlias e outrasplantas,- Fechar vasos sanit-rios que no so usadosconstantemente,- Virar os baldes e gar-rafas com a boca parabaixo,- Esticar lonas de co-bertura para no formarpoas de gua,- Sempre tratar a guade piscinas e fontes.Novos recursos para o Funcaf totalizam R$ 1,23 bilhoO Ministrio daAgricultura, Pecuria eAbastecimento (Mapa)assinou contratos comtrs novos agentes fi-nanceiros para repassesde recursos no valor deR$ 337 milhes doFundo de Defesa daEconomia Cafeeira(Funcaf). Esses recur-sos, aprovados pela Re-soluo do ConselhoMonetrio Nacional(CMN) n 4.325/14, to-talizam o montante deR$ 1,23 bilho.Os contratos j fir-mados financiaro ope-raes de custeio (R$415 milhes), estoca-gem (R$ 540 milhes)e aquisio do caf(FAC - R$ 277 mi-lhes). Os extratos doscontratos assinadoscom bancos e coopera-tivas foram publicadosem edies do DirioOficial da Unio(DOU) nos dias 20 e 27junho, e 3 de julho.AgentesOs agentes finan-ceiros contratados nasemana passada soBanco de Tokyo S.A.,Banco Santander BrasilS.A. e Credivar. As ins-tituies contratadasem junho so: BancoBPN Brasil Banco Ml-tiplo S.A; Banco Bra-desco S.A; Banco SafraS.A; Banco VotorantimS.A; Cooperativa Cen-tral de Crdito de Mi-nas Gerais (Credimi-nas); Cooperativa Cen-tral de Crdito do Esp-rito Santo (Central ES);Cooperativa de Crdiode Livre Admisso daRegio de Alpinpolis(Credialp); Cooperativade Crdito de Livre Ad-misso do Sudoeste deMG e Nordeste de SP(Agrocredi); e Coope-rativa de Crdito de Li-vre Admisso de Patro-cnio (Coopacredi).Extratos dos contratos assinados com bancos e cooperativas forampublicados em edies do Dirio Oficial da Unio09 DE JULHO DE 2014LOCALUtilizar os recursosda natureza sem causarprejuzo a ela o que pre-ga a permacultura, temade um curso realizadoeste ms em Varginhaque busca ensinar tcni-cas sustentveis paraaplicao em casa. Com ottulo Design em perma-cultura, durante setedias os alunos podemaprender a filtrar guasuja do banho, fazer umahorta caseira ou transfor-mar o lixo em adubo, porexemplo, para que a vidaurbana no prejudique(de todo) a natureza. Asinscries vo at o dia 10de julho.A idealizadora do Par-quescola Ecoetrix, insti-tuio que organiza ocurso em Varginha, ex-plica que a permaculturabuscar trazer um equil-brio para o ambiente detrabalho, ou a casa, aomesmo tempo em que anatureza preservadacom este equilbrio. [Setrata de] como o homempode se relacionar noProrrogadas inscries para projeto do Sest Senatque oferecer mudana de categoria de habilitaoForam prorrogadasat o dia 30 de julho asinscries para participardo projeto que oferece-r, gratuitamente, a mu-dana de categoria dacarteira nacional de ha-bilitao. Inicialmente, oprazo encerraria no dia30 de junho. O projetoHabilitao Profissionalpara o Transporte In-sero de Novos Moto-ristas uma das estrat-gias que esto em desen-volvimento pelo Sest Se-nat para suprir a falta deprofissionais para o mer-cado de trabalho do se-tor transportador.Cinquenta mil moto-ristas sero beneficiados.Quem tem a CNH cate-goria B poder obter a Ce condutores que j tma C podero participarpara obter a categoria Dou a E.Todos os procedi-mentos necessrios serocusteados pelo projeto eo treinamento prev autilizao de simuladoresde direo de ltima ge-rao.06 | GAZETA DE VARGINHACurso de permacultura ensina ater 'casa sustentvel' em VarginhaPara fazer parte dainiciativa, os interessadosdevem ter de 21 a 45anos de idade, ter rendafamiliar de at trs sal-rios mnimos, participardos cursos de formaode novos motoristas ofe-recidos pelas mais de cemunidades do Sest Senat emeio ambiente, na natu-reza ou urbano, de umaforma a no prejudicaresse meio ambiente, e aomesmo tempo usufruirdos benefcios do meioambiente a seu favor, dizMax Tovar.Entre as tcnicas quepodem contribuir para oprocesso, Max cita al-guns exemplos. Ao cons-truir uma casa em um s-tio, analisada a posiodo sol para iluminao,uso de energia solar. Ve-mos onde est a gua parafazer uma intervenoadequada, fazemos capta-o da gua da chuva parausar na casa, ensinamoscomo fazer uma fossaecolgica e o tipo de tra-tamento a dar pra ela.OrigemA permacultura (doingls permanent cultu-re, ou cultura permanen-te) foi criada pelos ecolo-gistas australianos BillMollison e David Hol-mgren na dcada de1970.A ideia era utilizarprticas tradicionais comideias inovadoras, paraque o desenvolvimentoda civilizao pudesserespeitar a natureza,buscando meios de cres-cer sem perder a susten-tabilidade.Segundo Max Tovar,tcnicas como a Agroflo-resta (que busca reflo-restar, cuidar das minase nascentes de gua) e aBioconstruo (constru-o de casas mais saud-veis e sustentveis utili-zando materiais naturais,como pau a pique e ter-rapalha, por exemplo) fa-zem parte da prtica dapermacultura.Podendo ser utiliza-da na arquitetura, enge-nharia ou agricultura,por exemplo, os concei-tos da permacultura po-dem ajudar a sociedadeem um perodo em quelidamos com falta de chu-vas, enchentes, ou outrosproblemas naturais querefletem o desequilbrioentre a sociedade e o meioambiente. importante quecada pessoa assuma suaresponsabilidade e faa oque tiver que fazer, por-que isso vai fazer bem praela em primeiro lugar.No pelo planeta. Aspessoas tem que parar depensar que pelo plane-ta, porque se a Terra con-gelar amanh, pra elano problema nenhum,e a Terra vai se recuperarem uma era glacial! Oproblema para ns queestamos vivendo emcima dela, finaliza Max.O cursoEntre todas as tcni-cas sustentveis que po-dem ser aplicadas em di-versas reas, o curso irse concentrar em peque-nas mudanas que po-dem ser feitas em casapara diminuir a poluioe melhorar o equilbriono ambiente. Alm do usode energia solar, porexemplo, mais comumnas residncias urbanas,Max Tovar cita quatrotcnicas que sero ensi-nadas no curso que po-dem ser aplicadas emcasa.Reutilizar materiais que poluiriam o meio ambiente esto entre os princpios da permaculturaassinar um termo em queassume o compromissode trabalhar no setor detransporte.As inscries podemser feitas pelo site do SestSenat. Mais informaesesto disponveis na p-gina da instituio na in-ternetMantenedora da Facecainaugura treinamento on-linepara seus funcionriosOs funcionrios daFaceca participaram noms de junho, do CursoAmbientao promo-vido pela Superinten-dncia Nacional e Ge-rncia de Pessoas daCampanha Nacional deEscolas da Comunidade Cnec, mantenedora dafaculdade.Com 5 horas de du-rao, o curso foi ofer-tado na modalidade distncia utilizando omodelo auto instrucio-nal de aprendizagem,onde o aluno estabeleceseu prprio ritmo e es-tuda de acordo com suaconvenincia. O cursopropiciou a equipe co-nhecer detalhadamentea histria, a ampla estru-tura da rede, os nveis eas modalidades de ensi-no, o sistema de ensinoCnec, o planejamento dogrupo e a relao da Ins-tituio com seus funci-onrios.Trabalhando emEquipe, o tema doprximo curso que oscolaboradores partici-paro.GAZETA DE VARGINHA | 0709 DE JULHO DE 2014REGIONALUm homem de 20anos foi preso e umaadolescente de 15 anosapreendida no incio danoite desta segunda-feira (7) suspeitos deterem participado dosatos de vandalismo doltimo fim de semanaem Andradas. Mais de30 imveis, entre casase estabelecimentos co-merciais, foram alvo devndalos que atirarampedras e bolas de metalpara quebrar vitrines ejanelas na madrugadadeste domingo (6).A dupla foi detidano bairro Jardim RioNegro. Com o casal fo-ram encontrados umabesta, cem bolinhas dechumbinho, uma caixade papelo usada comoalvo e pores de ma-conha. Segundo o de-Casal detido suspeito por atosde vandalismo em Andradaslegado responsvel pelocaso, Fabiano RobertoMazaroto Gonalves, ossuspeitos disseram emdepoimento que no ti-nham um alvo definidoe que fizeram os atospara se divertirem. Umoutro casal que teriaparticipado do crimeest sendo procuradopela polcia.Segundo a polcia,os ataques duraramaproximadamente 3h.Imagens gravadas poralgumas cmeras de se-gurana gravaram aao dos vndalos, queusaram um carro bran-co.O veculo foi apre-endido por volta das3h30 na Rua So Jos,que fica prxima sa-da para a estrada qued acesso a Ibitira deMinas e ao Estado deSo Paulo. Dentro docarro foram achadasvrias bolas de metal, asmesmas encontradasno interior das lojasSuspeitos de vandalismo disseram em depoimento que fizeram ataques para se divertiremDuas tentativas dehomicdios foram re-gistradas neste domin-go (6) no Sul de Minas.Segundo informaesda Polcia Militar, oprimeiro caso ocorreuem Ibiraci, onde umhomem de 28 anos foiatingido por trs dis-paros de arma de fogo.A vtima relatou pol-cia que estava de frentea casa onde mora quan-do foi surpreendidopelo suspeito.De acordo com aPolcia Militar, os dis-paros atingiram umadas mos, um p e acabea da vtima. Ele foisocorrido e encami-nhado para a SantaCasa de Misericrdiade Passos, onde conti-nua internado em esta-do grave.J em Passos, umhomem de 29 anos foiatingido no ombro,tambm por um dispa-ro de arma de fogo.Conforme a polcia, avtima estava dentro deum carro e conversavacom a namorada queestava do lado de fora eem um momento emque ela teria se afasta-do, foi surpreendidoAplicativo auxilia estudantes da Unifal a evitar furtos e roubosCom medo da ondade furtos e roubos pertoda Universidade Federalde Alfenas, estudantes docampus esto andandoem grupos e usando umaplicativo de celular paraindicar as ruas onde oscrimes mais acontecem.Segundo os alunos, s noms de junho foram cer-ca de 50 roubos e furtosna regio.A estudante SarahMacedo Vaz teve o carrofurtado . O crime acon-teceu em uma rua prxi-ma da universidade e emplena luz do dia. Indig-nados com a insegurana,os universitrios estousando o aplicativo ondefui roubado. Nele pos-svel marcar as ruas emque os crimes esto acon-tecendo. Os pontos ver-melhos indicam locaisonde algum estudante foivtima de assalto. Todas asruas esto ao redor daUnifal.Para chamar a atenoda polcia, 645 estudan-tes pedem por mais segu-rana em uma pgina cri-ada em uma rede social.No entanto, os nme-ros da Polcia Militar sodiferentes. Segundo acorporao, foram cincofurtos a pessoas, trs rou-bos, dois furtos de vecu-los e dois a repblicas, umtotal de 11 ocorrncias emjunho.O pr-reitor da Uni-fal, Toms Dias Santana,disse que vai pedir maissegurana no entorno docampus. Entendemosque aqui um ponto devulnerabilidade, porqueas residncias dos docen-tes e servidores ficam noentorno da universidade.Precisamos ter entoaes efetivas dos rgoscompetentes para quepossamos combater essespontos frgeis, afirma.A Polcia Militar ori-entou os estudantes a evi-tarem andar sozinhos ecom materiais de valor e,atacadas.InvestigaoNa delegacia, as v-timas das aes de van-dalismo foram ouvidasdurante todo o dia. Adona do carro usadonos ataques e o irmodela tambm prestaramdepoimento. O delega-do informou que todosos depoimentos serousados na abertura deum nico inqurito.Mais de 30 imveis, entre casas e estabelecimentos comerciais, foram alvo de vndalosTentativas de homicdios deixam duas pessoas feridaspor duas pessoas emuma motocicleta, que seaproximaram e o garu-pa efetuou o disparo.Ainda conforme aPolcia Militar, o sus-peito ainda tentou efe-tuar um novo disparo,mas a arma teria falha-do. A vtima foi socor-rida por populares, etambm encaminhadapara a Santa Casa deMisericrdia, onde per-manece em estado gra-ve.At a publicaodesta edio, ningumfoi preso pelas tentati-vas de homicdio.sempre que forem vti-mas de um crime, regis-trarem o boletim de ocor-rncia.08 | GAZETA DE VARGINHA 09 DE JULHO DE 2014REGIONALAtletas da Brazil Cup reclamam dealojamento em Poos de CaldasAtletas da BrazilCup que esto alojadosno complexo SantaCruz, em Poos de Cal-das, reclamam das mscondies do prdio.Alm de ser antigo, olocal que no possui oauto de vistoria do Cor-po de Bombeiros e estcomprometido. A Pre-feitura informou que olocal no oferece risco.A organizao daBrazil Cup esperavaque 270 atletas ficas-sem no complexo San-ta Cruz, mas depoisque chegaram ao locale constataram as condi-es do alojamento,trs delegaes decidi-ram deixar o local. Atle-tas e dirigentes recla-maram de lmpadasqueimadas, camas que-bradas e a gua fria noschuveiros.O diretor de umaescolinha de RibeiroComeou nesta tera-feira (8) as audincias deinstruo e julgamentode seis mdicos indicia-dos por remoo ilegal dergos e tecidos na cha-mada Mfia dos rgosem Poos de Caldas. Onefrologista Joo Alber-to Ges Brando, a oftal-mologista AlessandraAnglica Queiroz Arajo,o urologista Cludio Ro-grio Carneiro Fernan-des, o radiologista Jefer-son Andr Saheki Skul-ski, o anestesiologistaJos Jlio Balducci e ogastroenterologista Pau-lo Csar Pereira Negrosero ouvidos pelo juizNarciso Alvarenga Mon-teiro de Castro.O caso aconteceu h14 anos e no primeiro diade audincia deve ouvirpelo menos seis testemu-nhas de acusao.Duas sero ouvidaspor cartas precatrias. Apreviso de que os de-poimentos sejam feitosat a prxima quarta-fei-ra (9).Denominado comoCaso 5, o processo refe-re-se retirada ilegal dergos, em que a vtima,de 41 anos, morreu em 15de janeiro de 2011 noHospital da Santa Casa.Aps a morte enceflica,as crneas teriam sido re-tiradas e enviadas paraVarginha e os rins, em-bora retirados, no foramtransplantados.De acordo com a de-nncia, no pronturio davtima no consta o laudodo exame que comprovaa morte cerebral do paci-ente, que teria sido doa-dor cadver. No foramencontrados tambm re-gistros mdicos relatan-do as condies clnicasdo paciente e nem foipossvel confirmar se ascrneas foram encami-nhadas para Varginha.Dois dos mdicosacusados por este crimePreto (SP), Clber Me-nezes, reprovou o com-plexo e registrou umA Escola MunicipalDoutor Manoel Patti,na zona rural do muni-cpio de Passos , foi in-vadida e assaltada natarde deste domingo(6).Segundo informa-es da Polcia Militar,trs computadoresdesktop, um notebooke uma quantia no di-vulgada de dinheiroforam roubados.Ainda conforme aPM, a diretora da esco-la notou que havia al-guns alunos na quadrade esportes em um ho-rrio que era para o lo-Mdicos so ouvidos em audincias da Mfia dos rgos em Poos Joo Alberto GesBrando e Cludio Rog-rio Carneiro Fernandes -boletim de ocorrncia.Ele afirma que gastoumais de R$ 8 mil comalimentao e alojamen-to para quase 50 atle-tas e esperava um localmelhor. No meu pon-to de vista, o local notem condies de rece-ber crianas de 11 e 13anos, alega.O complexo SantaCruz pertence Prefei-tura e abriga parte daadministrao munici-pal. O laudo de umaempresa contratadapra avaliar o local indi-cou que o prdio correrisco de desabamento e,por isso, algumas se-cretarias foram transfe-ridas no final do anopassado.O secretrio muni-cipal de Esportes, Al-bert Mareca, explicaque o complexo foi alu-gado para a organiza-o da Brazil Cup e que,apesar dos problemasencontrados, o localno oferece risco aosatletas. um espaomuito bom, que noest interditado e queexiste completa segu-rana para a realizaodos eventos esportivosem nosso municpio,afirma.Segundo o Corpode Bombeiros, noexiste um projeto con-tra incndio para ocomplexo Santa Cruz epor isso no foi libera-do o auto de vistoria.Atletas reclamam de lmpadas, camas e chuveiros quebrados de alojamento em Pooscal estar fechado. Elaestranhou o fato e cha-mou pela polcia. Aochegar ao local, foiconstatado que algumhavia entrado e rouba-do a escola.Um recibo com onome de uma pessoaainda no identificadaEscola Municipal invadida e assaltada na Zona Rural na regiofoi encontrado no p-tio da escola.A Polcia Militaracredita que documen-to teria cado do bolsoda pessoa que invadiuo local. At a publica-o desta reportagem,ningum havia sidopreso.j foram condenados emoutros casos da Mfia dosrgos.Juiz Narciso Alvarenga Monteiro de Castro conduzas audincias da Mfia dos rgos em PoosOutro casoO mdico julgadonesta tera-feira apareceainda em outros proces-sos ligados 'Mfia dosrgos'. Referente aoCaso 2, tramita tambmna Justia o Caso 3, queterminou com a morte davtima Alice Mezavila Ta-vares, na poca com 49anos, aps receber umrim doado pela famlia deAdeleus. Ela esperoupelo menos trs anos pelotransplante do rgo esegundo a famlia, as cau-sas apontadas pela SantaCasa foram infeco ge-neralizada e insuficinciarenal crnica.Gazeteiro?O deputado federal Diego Andrade (PSD) pareceestar fazendo escola na bancada mineira de deputadosfederais! A coluna j destacou que alguns deputados temo (pssimo) habito de simplesmente no aparecerem paratrabalhar ou votar no plenrio do Congresso ou das co-misses em Braslia, mesmo com a fortuna que ganham egastam todo ms dos nossos impostos. Nesta semana quepassou, parece que quem sumiu do trabalho foi o depu-tado federal Odair Cunha (PT). Pelo menos isso o queaponta o Boletim de Acompanhamento Parlamentar doCongresso, que mostra a agenda dos parlamentares fede-rais de 21/06 a 04/07/2014, quando no informa qual-quer atividade do deputado federal Odair Cunha (PT) noCongresso, a despeito de outros muitos parlamentares,que mesmo com os jogos da seleo foram trabalhar efizeram por merecer o gordo salrio que recebem! Mas,parece que o deputado Odair Cunha no tem mesmo ddo bolso do contribuinte! Afinal, mesmo sem aparecerpra trabalhar, certamente o gabinete do parlamentar deveter realizado diversos gastos no perodo, ainda mais com ogrande nmero de aspones lotados nos gabinetes emBraslia!Memria seletivaEm 20 anos do Plano Real, o papel-moeda no Brasilperdeu 4/5 ou seja 78% de seu valor. Veja como: Segun-do um estudo do Instituto Assaf, o valor da moeda caiu78% no perodo. Assim, uma nota de R$ 100, lanada em1994, se descontada a inflao, estaria com um valor deR$ 22 atualmente. Uma nota de R$ 50, valeria apenasR$11, a de R$ 20, R$ 4,40; a de R$ 10, s R$ 2,20; a notade R$ 2, valeria R$0,44 centavos; e a de R$ 1, apenas R$0,22 centavos. No dia 1 de julho, o Plano Real completouseu 20 aniversrio e eles, do PT espertamente, no divul-gamPerguntar no ofendeO governo municipal abriu a temporada de bon-dades para viabilizar a votao de seus candidatos ou au-mentos, anistias, concesses e reajustes estavam mesmonos planos da administrao?As mudanas no trnsito de Varginha foram ben-ficas para a cidade ou para a boa imagem do governo? Ouas duas coisas?Alm de Acio Neves, qual outra candidata prefereficar mais no Rio de Janeiro do que em Minas, mas aindaassim vai tentar uma teta pblica nas eleies de 2014?A arrogncia do PT justifica a insatisfao dos alia-dos PMDB, PRB, PROS e PC do B para trabalhar porPimentel (PT)? Ou a ingratido petista que motiva eaumenta a desero dos aliados?Armando Fortunato (PSB) candidato a deputadoestadual! Ser que sua candidatura vai agradar aquelesque no votam no PT ou aqueles que no gostam do de-putado Dilzon Melo (PTB), ou agradaria os dois lados?InvestimentoA Prefeitura de Varginha deu incio as obras deterraplanagem na rea onde ser instalada uma Academiade Rua alto da Cemig, nas proximidades da Faixa de Ser-vido da Linha de Transmisso 138k, prxima Subesta-o da Cemig, no alto da Vila Paiva, local utilizado paracaminhada pelos varginhenses. A obra fruto de um con-vnio entre o municpio e a Cemig, que vai possibilitar ainstalao da academia de rua em um ponto estratgicoRODRIGO SILVA FERNANDES advogado e articulis-ta poltico do Jornal Gazeta de Varginha as quartas esextas - e-mail: rodrigogazeta@bol.com.brFATOS E VERSESGAZETA DE VARGINHA | 0909 DE JULHO DE 2014para os adeptos das caminhadas e atividades fsicas. Asnegociaes do ex-funcionrio da cemig e agora secret-rio municipal Pedro Gazola com a estatal de energia pos-sibilitaram a construo da obra, que se junta ao conjuntode investimentos feitos pelo prefeito Antnio Silva na re-gio, como a construo das caladas no alto da Vila Paiva,a demarcao da metragem para auxiliar as pessoas emsuas caminhadas e agora a academia de rua. O governomerece o aplauso pelo conjunto da obra no alto da VilaPaiva.ArrematesA Avenida Otavio Marques passou a ser uma dasprincipais vias da cidade, com as mudanas no trnsitolocal, diante disso o governo municipal iniciou os traba-lhos de construo de caladas em toda sua extenso e ainstalao de postes para a iluminao pblica, iniciativasque resultaro em benefcio para motoristas e pedestresque podero trafegar pela Avenida com segurana. A ilu-minao pblica da Avenida foi possvel graas a uma par-ceria da Prefeitura com a Cemig. A obra, orada emR$157.554,24, contempla a instalao de postes equipa-dos com rede area e iluminao pblica com lmpada avapor de sdio de 150 Watts. Alem de instalao de posteequipado com rede area e iluminao pblica com lm-pada a vapor de sdio de 100 Watts, e a instalao de 24postes no canteiro central, exclusivos para iluminaopblica, equipados com rede subterrnea e dois conjun-tos de iluminao pblica com lmpada a vapor de sdiode 150 Watts, extenso de quatro vos de rede de mdiatenso com instalao de um transformador de 75 kVA,substituio de nove conjuntos de iluminao pblica comlmpada a vapor de mercrio por vapor de sdio, no pro-longamento da av Otvio Marques de Paiva. A obra daavenida mais um investimento iniciado pela gesto pas-sada, herana maldita ou bendita, a verdade que, o go-verno passado patinava na concluso da obra, que agora,parece, ser definitivamente concluda pelo governo doPTB.Coragem ou loucura?O vereador Armando Fortunato (PSB) ser candi-dato a deputado estadual pelo PSB de Varginha, que tam-bm vai lanar o veterinrio Demtrio Junqueira a esta-dual, porem o veterinrio ter apoio macio da Rede Sus-tentabilidade em todo o Estado. J o mdico ArmandoFortunato, com maior experincia poltica e contatos nacidade, deve fazer forte dobradinha com o deputado fe-deral Dimas Fabiano (PP). As duas candidaturas do PSBna cidade mostram perfis diferentes e caminhos opostosdentro do mesmo diretrio municipal do PSB. sabidoque Demtrio Junqueira nome da Rede Sustentabili-dade, que de hospeda temporariamente dentro do PSB,desta feita, no se pode dizer que Armando Fortunato eDemtrio Junqueira sejam do mesmo grupo poltico,embora estejam no mesmo partido. Talvez por isso osdois candidatos tenham focos diferentes com o lanamentoda candidatura nestas eleies. O iniciante Demtrio Jun-queira lana candidatura e marca o territrio poltico daRede Sustentabilidade no tabuleiro poltico regional. Deigual modo, Demtrio se apresenta como nome polticona cidade, representando a renovao da Rede, mas aindano autnomo do velho modo de fazer poltica, tendo emvista que a Rede no existe como partido, mas precisaagora do velho PSB para atuar. Demtrio nome dispostoa enveredar no meio poltico, seu nome ainda poucocitado, mas com certeza o lder local da Rede vai ser muitofalado ao final destas eleies e estar presente no quadropoltico de 2016.Coragem ou Loucura? 2Em relao ao pessebista Armando Fortunato, suacandidatura aponta que o edil mudou sua estratgia pol-tica, ao sair candidato nestas eleies! A princpio dcil esubserviente aos interesses polticos do governo muni-cipal do PTB, o vereador Armando estava seguindo asorientaes polticas dos petebistas, entre elas, no atra-palhar a reeleio do deputado estadual Dilzon Melo (PTB),o que parece ser desobedecido por Armando que (cora-josamente) se lana a estadual. Parece que Armando viuque seu sonho de ser presidente da Cmara de Varginha,no ser alcanado pela subservincia ao governo, pelocontrrio, aliando-se ao PP e tendo um perfil mais inde-pendente, Armando Fortunato pode estar assegurando oimportante apoio do PP para a eleio da mesa do Legisla-tivo municipal no final deste ano. Alm disso, o edil doPSB amplia o relacionamento com o PP, que assim comoArmando Fortunato, sabe que no ter espao na chapamajoritria do PTB/PSDB em 2016! Sendo assim, a apro-ximao do PSB de Armando com o PP de Dimas Fabiano mais que cmoda, estratgica! Vale lembrar que aoportunidade de sair como estadual em dobradinha comDimas Fabiano uma chance que foi oferecida a pepistas,peemedebistas entre outros, mas apenas Armando teve osaco roxo de aceitar o desafio! No sabemos o resultadodas eleies de outubro de 2014, mas, uma coisa j pode-mos prever! A exemplo de Dr Adilson Rosa (PR) que saiua estadual e teve votao expressiva, mudando resultadosa poc. A candidatura de Armando Fortunato no farfeio nas urnas, e sua presena na disputa pode ter comoefeito a perda dos vitais votos para Geisa Teixeira (PT) ouimpedir que Dilzon Melo do PTB no aumente sua vota-o na cidade, e ainda por cima, Armando vai projetar seunome como potencial candidato a prefeito, fazendo a di-ferena nas eleies disputadas deste ano! A diferenaentre a candidatura a deputado estadual de Dr AdilsonRosa em 2010 (dobrando com Diego Andrade PSD)para a de Armando Fortunato em 2014, que ao contr-rio de Diego Andrade que "esqueceu" de Adilson, o de-putado Dimas Fabiano (que far dobradinha com Fortu-nato) pode oferecer ao edil a "gratido e reconhecimento"que faltam para que Fortunato chegue a presidncia doLegislativo ou integre uma chapa majoritria forte em2016. De qualquer forma, Armando s tinha duas alter-nativas: continuar na subservincia ou ir a luta para cons-truir sua histria poltica. Ele preferiu arriscar! A confe-rir!Coragem ou Loucura? 3Outra candidatura que surpreende os bastidorespolticos a do vereador Adilson P de Chumbo para de-putado federal. Semelhante a candidatura de ArmandoFortunato, a candidatura de P de Chumbo atende (basi-camente) um propsito (obscuro), que no chegar avitria, mas sim causar a derrota de algum candidato ougrupo poltico.Mas h diferena entre o modus operandi de P deChumbo e Armando Fortunato, o mdico e edil tem es-tratgia e controla seu destino com foco na construo denovas alianas polticas para o futuro, j P de Chumbo,atende demandas personalssimas criadas em gabinetesde BH, que no serviro ao edil no futuro nem ajudar aoquadro poltico local, visto que da candidatura de P deChumbo no nasce uma nova opo poltica e sim umnico objetivo de dar sustentao poltica local a candida-tura a estadual do deputado Dilzon Melo (PTB), que devedobrar com P de Chumbo na cidade. Os vereadores Ar-mando Fortunato bem como P de Chumbo esto lan-ando candidaturas nestas eleies, como se estivessemindo para uma briga."A diferena que Armando entra nesta briga paraconseguir amigos ajudando para que ningum apanhe, jP de Chumbo, entra na mesma briga, tendo como par-ceiro quem nunca foi seu amigo, e com o objetivo de baterem quem aparecer pela frente! E entrar em poltica s prabater, acompanhado de quem no se conhece bem, parabater em quem no te provocou, nunca foi coisa boa, nemem poltica, nem na vida real!" A conferir o resultado!OAB/MG 81667Delfim Moreira, 258,sala 201- CentroVarginha -MGTel: 3222 2851OAB/MG 81424Rua Argentina, 535Vila PintoTel: 3222-4801gustavo@chalfun.com.brDr. Gustavo ChalfunMande sua pergunta para gazetadevarginha@gmail.comOAB/MG 106.276Rua Dona Margarida, n 48,Bairro Vila Pinto,Tel: (35) 3222-1049Dr. GustavoPinto Biscarogustavopbiscaro@gmail.comOAB/MG 65099Av Salum Assad. David,70 - Santa LuizaTel: ( 35) 3214-5051Dr. PatrciaBregalda Limapatriciabregalda@varginha.com.brOAB/ MG 84.17620 Sub-SeoRua Maria Benedita,63 -sala 106 - Vila Pinto3223-5362/9988-3485Dr. VicenteLima Lordovicentelloredo@yahoo.com.brDr. Daniel Pivadapiva@ig.com.br10 | GAZETA DE VARGINHASAIBA SEUS DIREITOSDuplicidade de penalidades gera insegurana jurdicaDiferentemente dealguns pases da Eu-ropa, como Espanha eAlemanha, que j seadiantaram em buscade solues legislati-vas, o Brasil s agoracomea a discutir e aprocurar alternativaspara evitar a aplicaode duas sanes, porinstituies distintas,para um mesmo deli-to de ordem tribut-ria.Segundo o profes-sor de direito tribut-rio da UniversidadeFederal de Minas Ge-rais (UFMG), PauloCoimbra, que em maioesteve em Istambul,na Turquia, para par-ticipar de um grupode estudos com espe-cialistas europeus so-bre sanes e penali-dades tributrias, ofim da duplicidade desanes pode contri-buir para a necessriasegurana jurdica aocontribuinte brasilei-ro. As penalidadessero mais proporci-onais ao ilcito prati-cado, argumenta.A preocupao justificada. A sano aplicada pela admi-nistrao pblica; e apena, por um juizcriminal, observa. Aproposta, ao trazer luz essa matria seria,justamente, evitarque se perpetue a dis-toro: a aplicao deduas penalidadespara um nico ilcito.Embora essa du-plicidade acontea noBrasil h pelo menos50 anos, Coimbra des-taca que no h tantoquestionamento doscontribuintes junto aoJudicirio. De acordocom a Lei n 8.137, de27 de dezembro de1990, a pena paraaquele que descum-prir algum dever tri-butrio pode chegar acinco anos de priso.No entanto, expli-ca o professor, porproblemas sistmi-cos na estrutura pri-sional brasileira, commais detentos que onmero de vagas, omais comum que ojuiz aplique uma penaalternativa, com fixa-o de multas ou pres-tao compulsria deservios sociais. Asmultas, quando apli-cadas pela adminis-trao pblica, tmvalores muito varia-dos, pois respondem alegislao de cada entetributante, seja muni-cipal, estadual ou fe-deral.Como no h le-gislao nacional so-bre a matria, no huniformidade dos va-09 DE JULHO DE 2014Agenda da OAB Varginha para o ms de Julho* Dia 21/07/2014 - Curso telepresencial sobre o tema DECISES JUDICIAIS MALFUNDAMENTADAS OU NO FUNDAMENTADAS: ESTRATGIAS E TCNICASPARA OBTENO DO RESPEITO GARANTIA CONSTITUCIONAL MOTIVA-O DOS ATOS JURISDICIONAIS; Clique aqui e faa sua inscrio* Dia 23/07/2014 - Aula Inaugural Comisso OAB Jovem na FADIVA Noturno;* Dia 26/07/2014 - Realizao de Festa Julina (26/07)lores cobrados pelosentes da Federao enem entre os munic-pios brasileiros. Esta outra questo, pon-tua Coimbra.Complexidade -De acordo com o es-pecialista, como a le-gislao tributria bra-sileira muito intrin-cada e complexa, ain-da que o contribuinteseja bem-intenciona-do, no raro que co-meta erros, tais comodeixar de efetuar al-gum pagamento oude entregar algumdocumento. As mul-tas tm valores muitoelevados e assim nocumprem a sua fun-o preventiva ou re-pressiva. Mas, sim, ar-recadatria, o que uma distoro, ques-tiona.Segundo ele, aideia que este estu-do sobre sanes e pe-nalidades tributrias,referente realidadebrasileira, seja publi-cado no Brasil e naEuropa, junto s con-tribuies de especia-listas dos demais pa-ses. Mais adiante, in-forma Coimbra, de-pois de um debatemais aprofundado emmbito nacional, es-pera-se que o materi-al sirva de subsdiopara um projeto de leia ser apresentado edefendido por um de-putado federal ou se-nador.A proposta deuma evoluo no sis-tema. Pases como a Es-panha j encontraramo seu caminho. Quan-do uma administraopblica identifica ocrime, cobra o tribu-to, mas no aplica san-o. O caso encami-nhado ao MinistrioPblico, cabendo aoJudicirio a definiodas penalidades, ava-lia.O professor PauloCoimbra, que scio-fundador da Coimbra& Chaves Advogados,foi o nico brasileiroa compor o grupo deestudos formado ape-nas por europeus eum especialista norte-americano, em maio,na Turquia, para ela-borao e exposiode trabalhos conside-rados estado da arteda rea jurdico-tri-butria. Sua participaonesse grupo fruto desua passagem pelaUniversidade Sor-bonne, em Paris, em2011, onde trabalhoucomo professor con-vidado.Tendo como eixoo tema sanes e pe-nalidades tributrias,cada especialista pro-duzir um estudo re-ferente ao seu pas.Alm de serem publi-cados, sero apresen-tados durante a pr-xima edio de umcongresso de periodi-cidade anual, realiza-do por uma associa-o europeia de pro-fissionais de direitotributrio. O evento ser re-alizado em maio de2015, em Milo, naItlia.SADEGAZETA DE VARGINHA | 11A infeco pelo vrusChikungunya provocasintomas parecidos comos da dengue, pormmais dolorosos. No idi-oma africano makonde,o nome Chikungunyasignifica aqueles que sedobram, em referncia postura que os paci-entes adotam diante daspenosas dores articula-res que a doena causa.Em compensao, com-parado com a dengue,o novo vrus menos le-tal.Este ano, j houve20 casos da infeco no-tificados no Brasil, deacordo com o Minist-rio da Sade. Mas, at omomento, todos so im-portados: 19 pacientescontraram o vrus noHaiti e um, na Repbli-ca Dominicana.Por ser transmitidopelo mesmo vetor dadengue, o mosquito Ae-des aegypti, e tambmpelo mosquito Aedes al-bopictus, a infeco peloCientistas britni-cos acreditam ter dadoum passo importantenas pesquisas sobre oAlzheimer ao criaremum novo exame desangue que pode pre-ver as chances de umapessoa desenvolver adoena. O estudo rea-lizado com mais de milpessoas identificou umconjunto de protenasno sangue que podeantever o surgimentoda demncia com 87%de preciso.Os resultados dotrabalho, publicado narevista cientficaAlzheimers & Demen-tia, sero usados paraaprimorar os testescom novos medica-mentos para a doena,que afeta 44 milhesde pessoas em todo omundo.O Alzheimer umadoena degenerativacujo primeiro sintoma a perda da memria.Com o avanar do pro-blema, pacientes tam-bm podem manifestarcomportamento agres-sivo, irritabilidade, con-fuso mental, entre ou-tros.Os especialistasalertam que ainda noNovo exame de sangue 'pode prever Alzheimer'h previso para que oexame esteja disponvelem clnicas ou hospitaisda Gr-Bretanha.As pesquisas sobretratamentos para oAlzheimer tm sidomarcadas por fracassos.Entre 2002 e 2012,99,6% dos experimen-tos feitos com objetivoFebre Chikungunya tem sinais que lembram denguede prevenir ou revertera doena no levaram anada. Os mdicos acre-ditam que as tentativasmal sucedidas se devemao fato de que os paci-entes comeam a ser tra-tados tarde demais, jque os primeiros sinto-mas s aparecem umadcada depois do incioChikungunya segue osmesmos padres sazo-nais da dengue, deacordo com o infectolo-gista Pedro Tauil, doComit de DoenasEmergentes da Socie-dade Brasileira de Infec-tologia (SBI).O risco aumenta,portanto, em pocas decalor e chuva, mais pro-pcias reproduo dosinsetos. A principal di-ferena de transmissoem relao dengue que o Aedes albopictustambm pode ser en-contrado em reas ru-rais, no apenas em ci-dades. E os insetos tam-bm picam principal-mente durante o dia.De acordo com aOrganizao Mundialda Sade (OMS), o v-rus j vinha circulandonos ltimos anos pelafrica e pela sia, prin-cipalmente na regio dandia. Mais recente-mente, foram identifi-cados casos na Europa.Em dezembro do anopassado, a doena che-gou ao Caribe a pri-meira ocorrncia desurto nas Amricas.Entre quatro e oitodias aps a picada domosquito infectado, opaciente apresenta febrerepentina acompanha-da de dores nas articu-laes. Outros sinto-mas, como dor de cabe-a, dor muscular, nu-sea e manchas averme-lhadas na pele, fazemcom que o quadro sejaparecido com o da den-gue. A principal dife-rena so as intensasdores articulares.Em mdia, os sinto-mas duram entre 10 e 15dias, desaparecendo emseguida. Em alguns ca-sos, porm, as dores ar-ticulares podem perma-necer por meses e atanos. De acordo com aOMS, complicaesgraves so incomuns.Em casos mais raros, hrelatos de complicaescardacas e neurolgi-cas, principalmente empacientes idosos. Comfrequncia, os sintomasso to brandos que ainfeco no chega a seridentificada, ou erro-neamente diagnostica-da como dengue.Segundo o secret-rio de Vigilncia emSade do Ministrio daSade, Jarbas Barbosa, importante observarque o Chikungunya muito menos severoque a dengue, em ter-mos de produzir casosgraves e hospitalizao.No h um trata-mento capaz de curar ainfeco, nem vacinasvoltadas para preveni-la.O tratamento paliati-vo, com uso de antipi-rticos e analgsicospara aliviar os sinto-mas. Se as dores arti-culares permanecerempor muito tempo e fo-rem dolorosas demais,uma opo teraputica o uso de corticoides.De acordo comTauil, da SBI, os servi-os de sade brasileirosj esto preparadospara identificar a doen-a. Provavelmentequem vai receber essescasos so reumatolo-gistas. J escrevemosartigos voltados paraesses profissionais, ori-entando-os a ficaratentos a pessoas pro-venientes de reas emque h transmisso,diz o infectologista.Pessoas que apresenta-rem os sintomas cita-dos e estiverem voltan-do de reas onde exis-te a transmisso do v-rus, como o Caribe,devem comunicar omdico.da doena. Por isso, omaior objetivo das pes-quisas atuais deste cam-po identificar a de-mncia em seu estgioinicial. Exame de san-gueOs pesquisadoresinvestigaram diferenasno sangue de 452 pes-soas saudveis, 220 comdanos cognitivos mo-derados e 476 comAlzheimer. Eles pude-ram confirmar com87% de preciso quan-tos pacientes com da-nos cerebrais modera-dos desenvolveriamAlzheimer no ano se-guinte. Ns quere-mos poder identificaro quanto antes as pes-soas que vo precisarde fazer exames maisaprofundados numfuturo prximo, disselder da pesquisa, Si-mon Lovestone, daUniversidade de ofOxford. Como no htratamento, muitaspessoas podem questi-onar o valor de umexame de sangue. Masas pessoas vm ao con-sultrio saber o queest acontecendo comelas e atualmente euno posso dizer, aifr-mou Lovestone.09 DE JULHO DE 2014 Outros sintomas, como dor de cabea, dor muscular, nusea O estudo realizado com mais de mil pessoas identificou um conjunto de protenas nosangue que pode antever o surgimento da demncia com 87% de preciso"No suor do rosto comers o teu po, at quetornes terra, pois dela foste formado; porquetu s p e ao p tornars.;"(Genesis 3:19)Pastor afirma usar apenas a palavra deDeus para tratar dependentes qumicos12 | GAZETA DE VARGINHAEVANGLICAUma igreja evan-glica de CampoGrande (MS) afirmaoferecer tratamentopara dependentesqumicos sem o uso deremdios e sem a pre-sena de profissionaisde sade. O local, cha-mado Clnica da Alma liderado pastor Mil-ton Marques, quetambm ex-viciadoem drogas, e manti-do com doaes.Segundo informa-es da Folha Press, aclnica fica localizadaem uma chcara a 20km do centro deCampo Grande, e atu-almente abriga cercade cem pacientesvindos de cidades deMato Grosso do Sul eat mesmo de outrosestados. Os homens,de diversas idades,chegam ao local atra-vs da indicao deparentes ou aps se-rem encontrados nasruas por fiis da Igre-ja Tabernculo daGlria.- So pais que noA aflioOs israelitas no pen-savam que, por meio dasprovaes e demais afli-es que pareciam insu-portveis, Deus os puri-ficava. O triste que elesno entenderam isso eainda se deram ao peca-do. Fato semelhanteacontece com muitos queaceitam a f em Jesus,mas, por no terem cons-cincia do agir do Senhor,ao serem provados, esfri-am na f e se desviam. na provao que conse-guimos nos livrar das ten-taes e samos vitoriosos.Eles tomavam o Nomedo Senhor em juramen-to, porm no cumpriamo que prometiam (Is48.1). Esse um dos er-ros mais comuns pratica-dos por alguns filhos deDeus. Eles afirmam quefaro algo em Nome deJesus, mas, quando sur-ge alguma oposio, ouso colocados na fornalhada aflio, do meia-voltae desistem de lutar. Ora, fundamental que os sal-vos cumpram tudo o queprometeram fazer quan-do falaram em Nome doSenhor.Os israelitas eramcabeas-duras, prontosa aceitar a derrota, sem seesforar para que a opera-o divina se completas-se. Como servos do Alts-simo, no podemos temera ameaa maligna, porqueo Senhor vai nossa fren-te. Como poderemos serderrotados, se o Onipo-tente est no comando daSua obra? Isso s ocorre-r se a iniciativa de reali-z-la tiver sido nossa.Quem segue o plano deDeus o tem ao seu lado.Muitas vezes, o amordo Senhor pelo SeuNome fez com que Eleretardasse o castigo doqual os israelitas se torna-ram merecedores. Seexaminarmos bem, essatambm tem sido a causade termos sido poupadosem inmeras ocasies.Todavia, os que so fiisem cumprir as ordens doPai contam com o apoio, aproteo e o socorro dEle.Certa ocasio, quando oMestre perguntou aosdiscpulos se alguma coi-sa tinha-lhes faltado quan-do Lhe obedeceram, aresposta foi negativa (Lc22.35).Caso voc se encon-tre na fornalha de aflio,no murmure, no se re-bele nem queira acharuma sada por si mesmo.Fique firme no que Deuslhe tem dito, pois a vonta-de dEle no deve ser des-prezada. As dificuldadespodem ser uma grandeoportunidade de provarnosso amor a Deus para,assim, sermos recom-pensados. O Altssimono injusto em nenhu-ma situao; Ele sempreage como verdadeiro Pai.O Senhor queria que,mediante a purificao, osisraelitas sassem servosprontos para as boas obraspreparadas por Ele. Domesmo modo, creia quesua purificao no tem oobjetivo de tirar algumaescria de voc, pois issoo sangue de Jesus j fez;tem o propsito de equi-p-lo para importantesrealizaes. Afinal, Ele de-terminou que voc fosseo instrumento santo nasmos dEle. No entanto, osque retrocedem podemcausar um grande mal a simesmos, sendo at entre-gues ao senhor do cativei-ro. Misericrdia!Cada um que vempara o Reino de Deus instrudo a cumprir o pla-no divino. Algumas vezes,a escola do Esprito San-to tem o seu endereo nafornalha aquecida setevezes mais que o normal,na cova dos lees ou nacisterna do palcio do reiZedequias. Entretanto,uma coisa certa: quempassa pela fornalha da afli-o sai pronto para ven-cer.A minha graate suficiente, poiso meu poder seaperfeioa na fra-queza. Sendo assim, deboa vontade me glo-riarei nas minhasfraquezas, a fim deque o poder de Cris-to repouse sobremim.Voc j se per-guntou por queDeus nem sempre oliberta de sua escra-vido e de seus pro-blemas imediata-mente? A razo quesomente Deus sabetudo de que precisaser feito na vida deseus fi lhos, bemveem os filhos hanos. Perderam em-prego, casa e estavammorando na rua afirma Marques.O pastor afirmaque o tratamentodado no local basea-do nos dizeres da B-blia. Ele ressalta ain-da que o uso de me-dicamentos para o tra-tamento da depen-dncia qumica to-talmente proibido nolocal. - No tem lgi-ca dar remdios paraum dependente e es-perar que ele cuide detomar na hora certa. Sealgum chegar comremdios controladosaqui, iremos jog-losfora explica o pastor.Marques explicaque comeou o traba-lho abrigando os de-pendentes na sede daigreja, no centro dacidade, mas que mui-tos saam escondido econtinuavam com asdrogas. Aps a trans-ferncia do trabalhopara a chcara, o Mi-nistrio Pblico Esta-como o tempo perfei-to para isso aconte-cer.Voc nem sempreser liberto da suasaflies no exato mo-mento em que invocao Senhor. AlgumasNo faa as coisas do seu jeito, espere em Deus09 DE JULHO DE 2014dual instaurou um in-qurito para apurarviolaes dos direitosdos dependentes. En-tre as denncias rece-bidas contra a clnicaest a de crcere pri-vado e a de que o pas-tor ficaria com meta-de do salrio de ex-vi-ciados que conseguememprego.Sobre as dennci-as de crcere, o pastorafirma que todos osdependentes so livrespara sair da chcara,mas que quando al-gum tenta ir embora,os outros internos osimpedem. Mark Diegoda Silva, de 23 anos, um dos internos daclnica e afirma quetentou fugir trs vezesnos primeiros dias,mas que foi impedidopor pacientes que es-to no local h maistempo.- A vontade desair correndo. Nessahora, as pessoas queesto h mais tempoaqui ajudam bastante relata.vezes, voc deve su-portar por um tem-po, ser paciente econtinuar em f. Agradea a Deuspor esses momentosdurante os quais oSenhor decide, poralguma razo, nolivr-lo imediata-mente. Ele sempredar a graa e a for-a de que voc pre-cisa para prosseguirat a vitria final.GAZETA DE VARGINHA | 1309 DE JULHO DE 2014BRASILNovas regras beneficiam usurios detelefonia, internet e TV por assinaturaComeou a vigorar natera-feira (8) o Regula-mento Geral de Direitosdo Consumidor de Servi-os de Telecomunicaes(RGC), com novas regrasa serem seguidas pelasempresas de telefonia,internet e TV por assina-tura. Entre os benefciosprevistos para os consu-midores esto facilidadespara o cancelamento ime-diato de servios, semnecessidade de falar comatendentes.O bloqueio das con-tas ser automtico, comprazo mximo de doisdias para concluso, po-dendo ser feito por meiode ligao telefnica, pelainternet ou pelos termi-nais. Com o RGC, a Agn-cia Nacional de Teleco-municaes (Anatel) bus-ca diminuir o nmero dereclamaes feitas porO Planto do Tri-bunal de Justia do Riode Janeiro determinouna madrugada de ter-a-feira (8) a soltura dodiretor da empresaMatch Hospitality, Ray-mond Whelan. O pedi-do de libertao deWhelan foi feito porseus advogados e acei-to pela desembargado-ra do planto, MarliaCastro Neves Vieira.Ele suspeito de chefi-consumidores sua cen-tral de atendimento.Alm de ter a atribui-o de cancelar as contas,caso seja a vontade dosclientes, as lojas associa-das s operadoras terotambm de fazer registrode reclamaes, bemcomo atender a clientesque buscam resolverproblemas em suas con-tas. O retorno sobre re-clamaes relativas a co-branas ter de ser feito,no mximo, em 30 dias.Se a empresa no cum-prir o prazo, ter de cor-rigir automaticamente ovalor da fatura. Se ela jtiver sido paga, a opera-dora ter de devolver ovalor em dobro. Outravantagem, do ponto devista do consumidor, que as empresas opera-doras tero a obrigaode retornar as ligaes,caso elas caiam. As novasregras fixam ainda valida-de mnima de 30 diaspara os crditos das con-tas pr-pagas. Caber sempresas informar aosclientes pr-pagos a datade expirao dos crditose, aos ps-pagos, que osservios de mensagem(SMS) e internet mvelesto prximos de atingiros limites previstos noplano contratado.No caso dos ps-pa-gos, as novas regras pre-veem tambm faturasmais detalhadas, de for-ma a dar mais clareza etransparncia ao servio.O regulamento prevque os pacotes de servi-os conjuntos (combos)estejam agrupados nomesmo contrato.Ofertas e planos devendas tero de ser dis-ponibilizados nos sitesdas operadoras. Comisso, a Anatel tenta evitarque planos iguais sejamcomercializados com va-lores diferenciados, pre-judicando alguns clien-tes prtica relatada emqueixas reportadas Anatel. Alm disso, oscontratos com fidelizaotero validade mxima de12 mesesContatada a Oi infor-mou j estar implemen-tando as mudanas exigi-das pelo novo regula-mento, apesar de consi-derar alguns prazos in-compatveis com a com-plexidade das alteraesnecessrias. A Telefni-ca Vivo confirmou queest implantando e traba-lhando para cumprir asobrigaes do novo RGC,com cerca de 200 pesso-as engajadas para adap-tar os sistemas de aten-dimento ao cliente s no-vas regras em um prazoextremamente curto.A Claro, igualmente,informou que est imple-mentando as disposiesdo RGC, para cumprir ogrande volume de deter-minaes previstas. J aTIM disse que trabalhapara se adequar ao regu-lamento nos prazos apre-sentados. Para a Tim,mudanas que reforcemos direitos dos consumi-dores e contribuam paraa melhoria da relao en-tre clientes e empresasso sempre benficas.A GVT informou queest trabalhando inten-samente" para cumprir,at tera-feira (8) as re-gras previstas. Segundoa empresa, devido aogrande nmero de mu-danas exigidas e ao cur-to prazo concedido parasua implementao, es-to sendo feitas vriasadequaes em todos ossistemas e rotinas de re-lacionamento com o cli-ente.Suspeito de chefiar esquema de venda ilegal de ingressos soltoar esquema de vendailegal de ingressos dosjogos da Copa do Mun-do.O britnico haviasido preso nasegunda-feira (7) pela Polcia Ci-vil. A polcia acreditaque ele tenha ligaocom o argelino LamineFofana, preso na sema-na passada, junto comdez brasileiros, na Ope-rao Jules Rimet.O grupo suspeitode revender ingressospor preo acima do im-presso no bilhete, o que proibido pelo Estatu-A polcia do Rio prendeu Raymond Whelan, suspeito dechefiar esquema de venda ilegal de ingressos da Copato do Torcedor. Antesda priso de Whelan,na tarde de ontem, nohotel Copacabana Pala-ce, a Match Hospitali-ty, empresa que temdireitos exclusivos paraa venda de pacotes deingressos e hospitalida-de (que inclui servioscomo estacionamento,acesso a reas especiaisnos estdiso) para aCopa 2014, havia infor-mado que est colabo-rando com as investi-gaes.A Match Hospitali-ty tambm informouter cancelado os ingres-sos da empresa de Fo-fana, Atlanta Sportif,por quebra de contra-to, j que ele teria re-vendido ingressos, ebloqueado os pacotesde outras trs empre-sas, cujos ingressos fo-ram encontrados nasmos do argelino.Inflao medida pelo IPC-S fecha primeira semana de julho com variao de 0,28%A inflao medidapelo ndice de Preos aoConsumidor Semanal(IPC-S) fechou a primei-ra semana de julho comvariao de 0,28% re-sultado 0,05 ponto per-centual inferior taxa de0,33% da semana encer-rada no ltimo dia 30. aquarta reduo semanalconsecutiva do indica-dor: 0,36% na semanaterminada no ltimo dia15 e 0,34% na encerradano dia 22.Os dados relativos aoIPC-S foram divulgadosna segunda-feira (7) peloInstituto Brasileiro deEconomia (Ibre) da Fun-dao Getulio Vargas(FGV). A queda da taxa naltima semana reflete re-trao nos preos em setedas oito classes de despe-sa que compem o ndi-ce, com destaque para ogrupo habitao, que re-cuou 1 ponto percentual(de 0,52% para 0,42%).Nessa classe de despesa,vale destacar o compor-tamento do item condo-mnio residencial, cujataxa passou de 0,99%para 0,14%.Tambm apresenta-ram decrscimo nas taxasde variao os gruposvesturio (de 0,75% para0,37%), transportes (de0,11% para 0,04%), edu-cao, leitura e recreao(de 0,36% para 0,28%),despesas diversas (de0,56% para 0,40%), sa-de e cuidados pessoais(de 0,60% para 0,57%) ecomunicao (de 0,24%para 0,21%).Pressionado pela va-riao dos preos da clas-se hortalias e legumes,o grupo alimentao foi onico a registrar aumen-to em relao semanaimediatamente anterior.O grupo fechou a ltimasemana com leve alta de 0,05 ponto percentual (de 0,08% para 0,13%).Pressionado pelos preos de hortalias e legumes, ogrupo alimentao foi o nico a registrar alta14 | GAZETA DE VARGINHAINTERNACIONALAtentado deixa mortos no leste do AfeganistoQuatro soldados es-trangeiros da Otan eoutras 12 pessoas mor-reram nesta tera-feira(8) em um atentado sui-cida no leste do Afega-nisto, informaram au-Jovens sequestradas pelo BokoHaram conseguem escapar na NigriaDas 68 jovens emulheres sequestradasem junho pelos rebel-des islmicos do BokoHaram, 63 consegui-ram escapar de seussequestradores na Ni-gria, informou ummiliciano neste do-mingo (6).Acabo de receberum alerta da parte demeus companheirosdo distrito de Damboasobre a volta para casade 63 mulheres e jo-vens sequestradas,disse Abbas Gava, umrepresentante das mi-lcias locais do Estadode Borno.Um oficial de altapatente em Maidugu-ri, capital estadual,confirmou a fuga das63 refns na tarde desexta-feira (4). Emum gesto de coragem,Lder separatista ameaa lanar ofensiva no leste da UcrniaUm lder separa-tista do leste daUcrnia advertiu ogoverno ucranianode que os rebeldespr-Rssia iro lan-ar uma nova ofensi-va depois de teremreagrupado suas for-as em Donetsk, omaior centro indus-trial da regio.Ns estamos nospreparando para umcerco, ns estamosnos preparando paraa ao, disse Alexan-der Borodai em umaentrevista em Mos-cou ao portal russoGazeta.ru.Os militantes fu-giram do reduto re-belde de Slaviansk nofim de semana, de-pois de meses decombate, em uma vi-tria das foras dogoverno central queo presidente PetroPoroshenko definiucomo ponto de vira-da na luta contra osseparatistas.Mas Borodai,apontado pelos re-beldes como primei-ro-ministro da auto-proclamada Rep-blica Popular de Do-netsk, disse que afuga de Slaviansk deum de seus lderes,chamado de ministroda Defesa, Igor Stre-lkov, um moscovita,deu aos separatistas aoportunidade de con-centrar seu poder decombate.Grupos armadosforam em massa paraa cidade de Donetskdesde a queda de Sla-no momento em queos sequestradores es-tavam ausentes pararealizar uma opera-o [as jovens esca-param], disse o ofi-cial, que pediu parano ser identificado.Em meados dejunho do ano passa-do, durante uma s-rie de ataques contraa localidade de Kum-mabza, no estado deBorno, o Boko Harammatou mais de 30pessoas e sequestrouas jovens. A grandemaioria era colegiais.Antes disso, emabril, o Boko Haram,que j deixou milha-res de mortos na Ni-gria desde 2009, se-questrou mais de 200estudantes do ensinomdio na cidade deChibok, tambm noestado de Borno. Aao causou grandecomoo no pas e noexterior. As nigerianasque escaparam no fa-zem parte deste gru-po.No incio de junhodeste ano, pelo menos20 jovens foram se-questradas no vilarejode Garkin e em seusarredores, a oito qui-lmetros de Chibok.Um relatrio dofinal de 2013 da orga-nizao Human Ri-ghts Watch j fazia re-ferncia a sequestros eestupros de mulherese meninas pelo grupoislmico e tambmmencionava o recruta-mento forado de cri-anas.O Exrcito nigeri-ano anunciou nestesbado (5) a morte de53 rebeldes em com-bates aps um ataqueviansk. Duas pontes fo-ram destrudas na se-gunda-feira depoisque o vice-chefe doconselho de seguran-a em Kiev disse queas foras ucranianasiriam bloquear as ca-pitais das duas regi-es separatistas, Do-netsk e Luhansk.Qualquer blo-queio destas duas ci-dades pelo exrcitoucraniano imposs-vel. O exrcito ucra-niano e seus recur-sos no esto emcondies de realizarum bloqueio realmesmo apenas emDonetsk, ento euno vejo uma amea-a real disse no futu-ro, disse ele.toridades locais e a forainternacional. Esta ma-nh um homem-bombaatacou um grupo de sol-dados estrangeiros emBagram, no distrito deParwan. O ataque ma-tou quatro soldados,dois policiais e 10 civis,disse AFP Waheed Se-diqi, porta-voz do distri-to de Parwan. A ForaInternacional de Assis-tncia para a Segurana(Isaf), liderada pelaOTAN, anunciou emum comunicado a mor-te dos quatro soldados,mas no divulgou os no-mes e as nacionalidades.Os ataques contra a Isaf,que abandonar o pasao fim do ano, forampouco frequentes nosltimos meses. Os tali-bs reivindicaram o ata-que no Twitter. s 8h(0h30 de Braslia), umde nossos combatentesexecutou um ataquesuicida contra as forasespeciais americanas nodistrito de Bagram, naprovncia de Parwan,afirma a mensagem.dos insurgentes con-tra a cidade de Dam-boa, tambm no Es-tado de Borno. 53terroristas (...), cincosoldados e um oficialperderam a vida, in-forma o comunicadodo Exrcito.A morte dos re-beldes islmicosocorreu aps elesatacarem um quartele a delegacia de pol-cia de Damboa nanoite de sexta-feira(4), explicou o gene-ral Chris Olukolade,porta-voz do Exrci-to, em um comunica-do. A metade deDamboa foi incendi-ada, incluindo a de-legacia de polcia, e apopulao fugiu dacidade, informouum morador local.09 DE JULHO DE 2014Um oficial de alta patente em Maiduguri, capital estadual,confirmou a fuga das 63 refnsGAZETA DE VARGINHA |15ESPORTEExecutivo suspeito de repassar acambistas ingressos da Copa soltoO ingls RaymondWhelan, preso na tardedesta segunda-feira (7)por suspeita de forneceringressos num esquemainternacional de vendailegal na Copa, obteveum habeas corpus e foisolto na madrugada des-ta tera (8). O pedido foifeito por seus advogadospor volta das 22h30.Whelan, principal exe-cutivo (CEO) da MatchServices, empresa quedetm direitos exclusi-vos sobre a venda de in-gressos para a Fifa, esta-va preso no 18 DP (Pra-a da Bandeira), na ZonaNorte do Rio de Janeiro,e deixou a delegacia porvolta das 4h40.A expectativa da Po-lcia Civil era que Whe-lan ficasse toda a madru-gada na delegacia e, pelamanh, seria transferidopara o presdio de Ban-gu. Ele foi preso no Co-Se depender apenasda vontade do presiden-te Carlos Miguel Aidar,o meia Kak j tem datapara estrear: ser no dia19 (sbado), diante doChapecoense, no est-dio do Morumbi. Mas asituao no to sim-ples assim. Abaixo doscompanheiros na ques-to fsica, o camisa vaitrabalhar duro at o fimde semana para que, apartir da, se tenha umaideia de quando o atletavoltar a disputar umjogo oficial pelo clubeque o revelou para o fu-tebol. Na tarde da lti-ma segunda-feira, Kakparticipou de atividade parte com o preparadorSrgio Rocha. Somenteno final do treino, ele seintegrou ao grupo quedisputava um animadotreino de dois toques emum dos gramados. Sr-Preparador fsico elogia Kak, masdiz que cedo para planejar estreiapacabana Palace, na ZonaSul, por suspeita de serum dos chefes de qua-drilha internacional decambistas que agia du-rante a Copa do Mundono Brasil.Com o ingls, a pol-cia encontrou 100 in-gressos para os jogos. Apriso temporria decinco dias, expedida peloJuizado Especial do Tor-cedor, fazia parte da ope-rao Jules Rimet, quej havia prendido 11 pes-soas, incluindo o argelinoMohamed Lamne Fofa-na.De acordo com o de-legado Fbio Barucke,que comanda a investiga-o, Raymond, tambmconhecido como Ray, eraum facilitador para aquadrilha ter acesso a in-gressos e teria sido fla-grado em escutas tele-fnicas negociando in-gressos com Fofana. Se-gundo a polcia, forammais de 900 ligaes.Por volta das 17h40,o executivo chegou 18 DP, na Praa daBandeira, responsvelpelo inqurito. Ray se-ria enquadrado no Arti-go 41 do Estatuto do To-cedor, por fornecer,desviar ou facilitar a dis-tribuio de ingressospara venda por preo su-perior ao estampado nobilhete. A pena para ocrime de at quatroanos de priso. O passa-porte dele foi apreendi-do.Segundo o delega-do, Raymond negou, emdepoimento informal,qualquer participaono esquema. At as 20h,seus advogados no ha-viam decidido se ele vaigio Rocha disse que gos-tou do que viu, mas queainda muito cedo parafazer qualquer planeja-mento. Ele est muitobem, com a musculatu-ra equilibrada. J temosum planejamento traa-do, mas lgico que elepoder ser modificadocaso o jogador evoluamais rapidamente. Inici-almente, ele far treinosfsicos em dois perodosat a prxima sexta-feira afirmou. A entrada deKak no time certamen-te far Muricy Ramalhorepensar o esquema t-tico que vem utilizando.Isso porque nem ele,muito menos PauloHenrique Ganso fazema funo de jogar pelaspontas, papel exercidopor Osvaldo atualmen-te. Na direita, Kardecjogou como ponta nostreinos realizados nosEstados Unidos, en-quanto Alexandre Patoperdeu espao. Caso aestreia se confirme dian-te do Chapecoense, odepartamento de ma-rketing tentar lucrarcom isso. Como a SempToshiba est prestes arescindir o seu contrato,o clube busca um novoparceiro e, para isso, uti-lizar o camisa 8 comoatrativo. A ideia que 60mil torcedores acompa-nhem o retorno deKak, que voltar a dis-putar uma partida peloSo Paulo aps 11 anos.09 DE JULHO DE 2014prestar depoimento for-mal ou se iria falar ape-nas em juzo.Ainda seguno Baru-cke, ele negou que tenhaamizade com o argelinoMohamed Lamni Fofanae confirmou que a em-presa fez um contrato decompra de vendas de in-Mulher de Schumi falapela 1 vez aps acidenteNa primeira apari-o pblica desde ogravssimo acidente deesqui de Michael Schu-macher, em dezembrode 2013, sua esposaCorinna mostrou oti-mismo com a recupe-rao do marido. Pre-sente em um festival deequitao na Sua noltimo fim de semana,a mulher do heptacam-peo mundial de Fr-mula 1 foi flagrada pelarevista alem NeuePost conversandocom pessoas presentesno evento:- As coisas estomelhorando. Lenta-mente, mas esto me-lhorando disse, se-gundo a publicaoE pelo semblantede Corinna durante oevento, a situao pa-rece realmente inspirarotimismo. Em fotos di-vulgadas por publica-es europeias, a mu-lher de Schumi apare-ceu sorrindo, foi cari-nhosa com os fs doex-piloto e ainda distri-buiu chocolates.Admiradora de ca-valos e praticante deequitao, Corinna as-sistiu a uma exibio dofilho do casal, Mick, de15 anos no ReiningReiter Turnier Europe-an Championship, rea-lizado em uma moder-na arena de proprieda-de da famlia Schuma-cher.Casada com Micha-el Schumacher h 18anos, Corinna tem de-monstrado apoio condi-cional ao marido. Des-de o dia do acidente, elafaz companhia diria aoheptacampeo. AtSchumi ser transferidopara um hospital emLausanne, prximo dacasa da famlia emGland, a esposa do ex-piloto viajava todo diapara Grenoble, Frana.De acordo com o jornalbritnico Mirror, ape-sar de admirarem a de-dicao de Corinna,amigos e familiares aaconselharam a buscarocupaes para no cor-rer o risco de cair em de-presso.Aps despertar docoma, Schumacher foitransferido do hospitalfrancs para o CentroHospitalar Universitriode Vaud, em Lausanne,na Sua, no ltimo dia16 de junho. L, ele estsendo submetido a umanova etapa de seu longoprocesso de recupera-o.gresso com o argelino emmaio de 2013. Raymonddisse que no teve nego-ciaes com Fofana du-rante a Copa do Mundo.Isso ns temos de prova.Foram 900 ligaes du-rante o evento. Ns temosisso de prova e ele nega,disse o delegado.A expectativa da Polcia Civil era que Whelanficasse toda a madrugada na delegacia16 | GAZETA DE VARGINHA 09 DE JULHO DE 2014COPA DO MUNDOA Copa do MundoFIFA Brasil 2014 deve so-mar cerca de R$ 30 bilhes economia brasileira, se-gundo pesquisa da Funda-o Instituto de PesquisasEconmicas (FIPE) enco-mendada pelo Ministriodo Turismo.A projeo da FIPE foifeita a partir de um estudosobre o impacto econmi-co da Copa das Confedera-es, realizada em junho de2013 nas cidades de Bras-lia, Belo Horizonte, Forta-leza, Recife, Rio de Janeiroe Salvador. De acordo coma pesquisa, o torneio do anopassado adicionou R$ 9,7bilhes ao PIB brasileiro. Aexpectativa de que a Copado Mundo gere cerca detrs vezes este valor, po-dendo chegar a R$ 30 bi-lhes.O estudo analisa os im-pactos iniciais, diretos, in-diretos e induzidos na eco-So Paulo se prepa-ra para uma nova inva-so de argentinos e, deacordo com o consula-do do pas na cidade,70 mil seguidores deMessi so esperadospor causa do jogo con-tra a Holanda na quar-ta-feira, que pode colo-car a seleo na decisoda Copa. A estrutura aser oferecida similar ada ltima semana,quando a Argentinaenfrentou a Sua pelasoitava de final, e con-templa policiamento,reas para acampa-mento e Fan Fest.O pblico estimadodesta vez mesmo pre-visto para esta partida,mas ocorre que na oca-sio a expectativa no seconfirmou. So Paulorecebeu 30 mil pesso-as. Mesmo assim todoso planejamento ser re-petido e novamente osambdromo e o Aut-dromo de Interlagossero reservados paratorcedores que chega-rem de carro ou mo-torhome.Na noite de segun-da para tera-feira 120pessoas usaram o sam-bdromo. A SPTurisadmite que os dois lo-cais reservados para osargentinos no so osmais apropriado paraacampar, mas ao me-nos as pessoas tm ondeestacionar, banheiros,gua e segurana.A Polcia Militartambm definiu a es-tratgia a ser emprega-nomia. Como base para oclculo, utilizou-se a somados investimentos pblicose privados em infraestru-tura (R$ 9,1 bilhes), dosgastos dos turistas nacio-nais (R$ 346 milhes) e es-trangeiros (R$ 102 mi-lhes) e dos investimentosdo COL no evento (R$ 311milhes). Desses valores,obteve-se o efeito multipli-cador na cadeia produtiva.Para a pesquisa, foram ou-vidas 17 mil pessoas e anali-sados os gastos e investi-mentos para a realizao doevento.O Ministrio do Turis-mo estima que Copa doMundo est gerando cercade 1 milho de empregosno Pas. O nmero de pos-tos de trabalho criados peloMundial equivale a mais de15% dos 4,8 milhes deempregos formais regis-trados ao longo do governoda presidenta Dilma Rous-seff. um nmero extre-mamente significativo quens estamos comemorandoneste momento. um le-gado humano extraordin-rio, ressalta.O levantamento faz acomparao entre a proje-o dos impactos da Copado Mundo pela FIPE e asinformaes do CadastroGeral de Empregados eDesempregados (CAGED)sobre o histrico de janeirode 2011 a maro de 2014.Do total de vagas de empre-go relacionadas Copa, 710mil so fixas e 200 mil sotemporrios (todos comcarteira assinada).Em se confirmando asprojees, o valor acresci-do ao PIB por conta doMundial ser superior aosinvestimentos previstos naMatriz de Responsabilida-des, um documento vincu-lante que estipula as obri-gaes das autoridades eoutras entidades vincula-das Copa, que somam R$25,6 bilhes. O valor incluiR$ 8 bilhes usados naconstruo e reforma dosestdios, e o restante se re-fere a obras de mobilidadeurbana, portos e aeropor-tos, alm de investimentosem infraestrutura turstica,segurana, telecomunica-es e instalaes comple-mentares.Vicente Neto ressaltaainda que o Brasil tem sedestacado no cenrio mun-dial de realizao de even-tos. O Pas subiu 10 posi-es no ranking da Inter-national Congress and Con-vention Association (ICCA)de 2003 a 2013, saltandoda 19 para a 9 posio en-tre os pases do mundo quemais recebem congressose convenes associativas.O total de eventos realiza-dos no Brasil neste perodosaltou de 62 para 315, e onmero de cidades que se-diaram esses encontros au-mentou de 22 para 54. Essaevoluo resultado da po-ltica de descentralizaona captao de eventos in-ternacionais.Copa do Mundo deve ter impactoeconmico de R$ 30 bilhesSo Paulo aguarda 70 mil argentinos no jogo contra Holandada e vai usar 5,1 milhomens no patrulha-mento: 2,5 mil no en-torno do estdio e es-taes de transportecoletivo; 1,6 mil na FanFest; e 1 mil na VilaMadalena.No dia de Holandae Argentina, a Fan Festvai contar com estrutu-ra igual a oferecida nosjogos do Brasil. As ruasprximas ao Vale doAnhangaba sero fe-chadas para a circula-o de carros e motos.Apenas nibus poderotrafegar. Haver vriasbarreiras ao redor dolocal que ser prepara-do para receber 25 miltorcedores.Construir para desenvolver!!!FBRICA DEBLOCOSLUCIANO Avenida dos Imigrantes, 4.425Vargem - Varginha - MGFone: 3223-8833 / 9971-0206Blocos - CanaletasAreias - BritasA Fbrica de Blocos Luciano tem atendido grandes obrasem Varginha e regio! Com qualidade e presteza tem feitocom que seus clientes se mantenham sempre satisfeitos.ANNCIOS www.jornalgazetadevarginha.com VARGINHA, JULHO DE 2014ANNCIOS www.jornalgazetadevarginha.com VARGINHA, JULHO DE 2014TV MARCA MITSUBISHI 20 POLEGADAS DE TUBO R$ 150,00.VENDE-SEINTERESSADOS FAVORENTRAREM CONTATOPELO TELEFONE35.3219-3333(HOTEL SLEEP INN)ENDEREO:Av. Princesa do Sul,3333 - Jardim Ander,Varginha - MGA Construtora Cherem Ltda, oferece vagas de emprego na rea da Construo Civil para Porta-dores de Necessidades Especiais para as seguintes funes: Pedreiro, Servente, Pintor, Carpin-teiro, Bombeiro.Os interessados entrar em contato no Tel.: 35-8417-6774 falar com Rosane , ou canteiro de obrassituado Rua Lidia Alvarenga de Carvalho, 515 Bairro: Dos Carvalhos Residencial NovoTempo Varginha/MG.VAGAS DE EMPREGOAgora em novo showroompara seu melhor conforto!Muitos modelos de:- Persianas (rol / painel / madeira / com controle remoto)- Papel de parede vinlico- Pisos laminados- Portas e janelas em vidro temperadoColocao especializadaAv. Plnio Salgado, 538 - Vila PintoTelefone: (35) 3221-5831www.divipiso.com/vendas@divipiso.comVVVVVenha nos fazer uma visitenha nos fazer uma visitenha nos fazer uma visitenha nos fazer uma visitenha nos fazer uma visita!a!a!a!a!ANNCIOS www.jornalgazetadevarginha.com VARGINHA, JULHO DE 2014Assine Jornal Gazeta de VarginhaANNCIOS www.jornalgazetadevarginha.com VARGINHA, JULHO DE 2014Av. So Jos, 317 - Sala 05 - Varginha - (35) 3221-5366NELSONRPRADOClnica de OtorrinolaringologiaR. Jos Cristiano do Prado, 254, Paraguau - (35) 3267-1911Telefone: (35) 3221-4668Email: gazetacomercial2@gmaill.com