Gazeta de Varginha - 07/01/2015

Download Gazeta de Varginha - 07/01/2015

Post on 07-Apr-2016

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edio 9.146

TRANSCRIPT

<ul><li><p>Mx: 32 / Mn: 20</p><p>Feriado de ano novo tem 26mortes nas rodovias de MG</p><p>EDIO 9.146R$ 1, 00 VARGINHA, 07 DE JANEIRO DE 2015</p><p>As rodovias estaduais registraram 18 mortes, enquanto as federais tiveram 8 vtimas fatais</p><p>49ANOS</p><p>Revelando Verdades</p><p>gazetadevarginha@gmail.comwww.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga</p><p>pgina 02</p><p>PONTO DE VISTA</p><p>DEUS FIEL</p><p>1965 - 2014</p><p>Mensalidades escolares sobemacima de inflao em Varginha</p><p>local/pgina 05</p><p>esporte/pgina 15</p><p>Deuteronmio 31</p><p>A lei deve ser lida ao povo desete em sete anos</p><p>local/pgina 03</p><p>local/pgina 07</p><p>Em 2015, as mensali-dades das escolas particu-lares de Varginha estaromais caras, em mdia, aci-ma da inflao de 2014,medida pelo IPC-S em</p><p>6,87%. Por lei as planilhasdevem ficar disposiodos interessados e doProcon para fiscalizao.</p><p>local/pgina 03</p><p>De acordo com aPMRv, 90% dos aciden-</p><p>tes foram provocadospor falha humana, sen-</p><p>do que a falta de aten-o e imprudncia ao</p><p>volante so os campe-es, representando</p><p>33,57% das fatalidades.Em seguida a principal</p><p>causa foi a alta velocida-de, com 8,93% e derra-</p><p>pagem na pista, com ondice de 7,86%.</p><p>Alm disso, 6,43%das batidas foram cau-</p><p>sadas por animais napista e 5,33% por em-</p><p>briaguez ao volante.</p><p>local/pgina 04</p><p>Exigncia de novoextintor para carros adiada por 90 dias</p><p>Conta de</p><p>energia ter</p><p>acrscimode R$ 0,03por kWhem janeiro</p><p>pgina 09</p><p>Varginhatem novosecretriode Esporte</p></li><li><p>07 DE JANEIRO DE 201502 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA</p><p>Gazeta de Varginha LtdaCNPJ: 21.535.075/0001-47</p><p>Telefones:(35)3221-4668</p><p>(35)3221-4845 (fax)</p><p>E-mail:gazetadevarginha@gmail.com</p><p>(redao)gazetacomercial2@yahoo.com.br</p><p>(comercial)</p><p>Site oficial:www.jornalgazetadevarginha.com</p><p>Endereo:Av. dos Imigrantes, 445</p><p>Santa Maria - CEP: 37022-560Varginha/MG</p><p>EquipeDiretora administrativa</p><p>Ana Maria Silva Piva</p><p>Editor e colunistaRodrigo S. FernandesSindjori - MG 312/99</p><p>Departamento comercialJocasta Fvaro eRosemeire Luiz</p><p>Jornalista responsvelRbertson Fidlis</p><p>Reportagem e redaoSrgio Avellar e</p><p>Rbertson Fidlis</p><p>ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do</p><p>InteriorSINDJORI - Sind. Prop. de</p><p>Jornais e Revistas doInterior</p><p>ADJORI - Associao dosJornais do Interior</p><p>ADI - Associao dosJornais do interior de</p><p>Minas Gerais</p><p>A redao no respondepor artigos assinados,</p><p>mesmo sob pseudnimos,que so de inteira respon-sabilidade de seus autores.</p><p>Comece o Ano BemBem-vindo aoNovo Ano!</p><p>1. Comece o Ano comdeterminao, vontade ef. Tenha pensamentoselevados e use a imagina-o para fortalecer seusdesejos.</p><p>2. Quando estamosem estado de alegria e fe-licidade, sempre atingi-mos os valores reais commais serenidade e espon-taneidade. Essa vibraode luz fortalecer as de-sordens advindas das ex-perincias pessoais e au-xiliar aos sentimentosmovidos de perdo, paz egratido essa luz est emvoc e s voc pode co-nectar. "Libere o seu me-lhor que ir encontrar omelhor". Deixe para lpensamentos ou senti-mentos que roubam a paze o bem-estar.</p><p>3. Procure lembrardo ano que se passou so-mente ressaltando os me-lhores momentos e ven-do-se nos desafios que sepassou sempre o lado me-lhor. (Procurando deixarpassar e viver especial-mente "o agora" isso fundamental sempre).</p><p>4. Alinhe seus dese-jos e pensamentos ao me-lhor de cada "Ser " deixe</p><p>fluir com abundncia eemoo o sentimento quebrotar de carinho, grati-do, amor, paz, alegria emotivao. E que estenovo ano seja abundantee repleto dos melhoressentimentos sobre todosns.</p><p>5. Procure logo no in-cio do ano priorizar algu-mas metas para se dedi-car com mais ateno eaproveitar a energia novaque surge em cada viradado novo ano, novo dia, no-vos tempos e pensamen-tos que vibram e movemcus... (sinta-se assim, re-novado e envolvido nestavibrao).</p><p>Sugiro que voc es-creva 3 a 5 metas, colo-cando o primeiro passopara essa conquista. V luta com determinao,vencendo os desafios.</p><p>6. Invista em autoco-nhecimento e seja sempreinovador, isso ajuda mui-to, afinal, estamos semprecrescendo; escolha "SER"e no ter por ter.</p><p>7. Celebre: Dance,solte-se e cuide-se comtodo carinho e ateno dequem vai para a festa davitria e da alegria. D ca-rinho e ateno aos fami-liares e amigos. Cuide</p><p>8 - O SENHOR, pois, aquele que vai adiantede ti; ele ser contigo,no te deixar, nem tedesamparar; no te-mas, nem te espantes.</p><p>9 - E Moiss escreveuesta lei, e a deu aos sa-cerdotes, filhos de Levi,que levavam a arca daaliana do SENHOR, e atodos os ancios de Is-rael.</p><p>10 - E ordenou-lhesMoiss, dizendo: Ao fimde cada sete anos, notempo determinado doano da remisso, na fes-ta dos tabernculos,</p><p>11 - Quando todo o Is-rael vier a comparecerperante o SENHOR teuDeus, no lugar que eleescolher, lers esta leidiante de todo o Israelaos seus ouvidos.</p><p>12 - Ajunta o povo, oshomens e as mulheres,</p><p>os meninos e os estrangei-ros que esto dentro dastuas portas, para que ou-am e aprendam e temamao SENHOR vosso Deus,e tenham cuidado de fazertodas as palavras desta lei;</p><p> 13 - E que seus filhos,que no a souberem, ou-am e aprendam a temer aoSENHOR vosso Deus, to-dos os dias que viverdes so-bre a terra a qual ides, pas-sando o Jordo, para a pos-suir.</p><p>14 - E disse o SENHOR aMoiss: Eis que os teusdias so chegados, paraque morras; chama a Jo-su, e apresentai-vos natenda da congregao, paraque eu lhe d ordens. As-sim foram Moiss e Josu,e se apresentaram na ten-da da congregao.</p><p>15 - Ento o SENHORapareceu na tenda, na co-luna de nuvem; e a coluna</p><p>Palavras de VidaA lei deve ser lida ao povo de sete em sete anosDeuteronmio 31Parte II</p><p>de nuvem estava sobre aporta da tenda.</p><p>16 - E disse o SENHOR aMoiss: Eis que dormirscom teus pais; e este povose levantar, e prostituir-se- indo aps os deuses es-tranhos na terra, para cujomeio vai, e me deixar, eanular a minha alianaque tenho feito com ele.</p><p> 17 - Assim se acender aminha ira naquele dia con-tra ele, e desampar-lo-ei,e esconderei o meu rostodele, para que seja devora-do; e tantos males e angs-tias o alcanaro, que dirnaquele dia: No me alcan-aram estes males, porqueo meu Deus no est nomei</p><p>18 - Esconderei, pois, to-talmente o meu rosto na-quele dia, por todo o malque tiver feito, por se ha-verem tornado a outrosdeuses.</p><p>19 - Agora, pois, escrevei-vos este cntico, e ensinai-o aos filhos de Israel; pon-de-o na sua boca, para queeste cntico me seja portestemunha contra os fi-lhos de Israel.</p><p>20 - Porque introduzireio meu povo na terra quejurei a seus pais, que manaleite e mel; e comer, e sefartar, e se engordar; en-to se tornar a outrosdeuses, e os servir, e meirritaro, e anularo a mi-nha aliana.</p><p> 21 - E ser que, quando oalcanarem muitos males eangstias, ento este cn-tico responder contra elepor testemunha, pois noser esquecido da boca desua descendncia; por-quanto conheo a sua boaimaginao, o que ele fazhoje, antes que o introdu-za na te</p><p>22 - Assim Moiss escre-</p><p>veu este cntico naqueledia, e o ensinou aos filhosde Israel.</p><p>23 - E ordenou a Josu,filho de Num, e disse: Es-fora-te e anima-te; por-que tu introduzirs os fi-lhos de Israel na terra quelhes jurei; e eu serei conti-go.</p><p>24 - E aconteceu que,acabando Moiss de escre-ver num livro, todas as pa-lavras desta lei,</p><p>25 - Deu ordem aos levi-tas, que levavam a arca daaliana do SENHOR, di-zendo:</p><p>26 - Tomai este livro dalei, e ponde-o ao lado daarca da aliana do SE-NHOR vosso Deus, paraque ali esteja por testemu-nha contra ti.</p><p>27 - Porque conheo a tuarebelio e a tua dura cer-viz; eis que, vivendo eu ain-da hoje convosco, rebeldes</p><p>fostes contra o SE-NHOR; e quanto maisdepois da minha morte?</p><p>28 - Ajuntai perantemim todos os ancios dasvossas tribos, e vossosoficiais, e aos seus ouvi-dos falarei estas palavras,e contra eles por teste-munhas tomarei o cu ea terra.</p><p>29 - Porque eu sei quedepois da minha mortecertamente vos corrom-pereis, e vos desviareisdo caminho que vos or-denei; ento este mal vosalcanar nos ltimosdias, quando fizerdesmal aos olhos do SE-NHOR, para o provocar ira com a obra das vos-sas mos.</p><p>30 - Ento Moiss fa-lou as palavras destecntico aos ouvidos detoda a congregao deIsrael, at se acabarem.</p><p>tambm da casa interiorpois ela o reflexo da luzque voc vai transmitir etrocar. Brinde, brinque eagradea por estar poden-do viver mais um ano.</p><p>Outra reflexo:Celebre novoscomeos...</p><p>"O meu olhar ntidocomo um girassol.</p><p>Tenho o costume de an-dar pelas estradas</p><p>Olhando para a direita epara a esquerda,</p><p>E de vez em quandoolhando para trs...</p><p>E o que vejo a cada mo-mento</p><p> aquilo que nunca an-tes eu tinha visto,</p><p>E eu sei dar por issomuito bem...</p><p>Sei ter o pasmo essenci-al</p><p>Que tem uma criana se,ao nascer,</p><p>Reparasse que nasceradeveras...</p><p>Sinto-me nascido a cadamomento</p><p>Para a eterna novidadedo mundo..." (FernandoPessoa).</p><p>Celebre novos come-os... Viva o Agora! Pensepositivo e construa um"olhar novo e brilhante"diante da vida, a cada dia</p><p>deste novo ano, diante daspessoas e em relao aomundo. Almeje um mun-do melhor para voc epara todo o mundo, poistodos somos um s.</p><p>8. Lembre-se: Nadade exageros com comidasou bebidas. Quanto maisconsciente e inteiro epresente voc estiver vaiaproveitar o melhor devoc e de todas as festasque participar neste novoano.</p><p>9. Sinta-se revigora-do e especialmente forta-lecido pronto para esterecomeo. Invista emenergias e pensamentospositivos, busque a suavi-dade e a harmonia na sim-plicidade e na paz.</p><p>10. Confie, ajude a en-viar e a desfrutar da novaordem, capaz de evoluir etransformar nossa exis-tncia. Acredite e prati-que com mais energia emotivao essa nova aber-tura e foque no melhorcrendo que tudo poss-vel e ser. Pois o nossoDeus est pronto paraatender aos seus pedidos.Voc j reconhece isso?Ento, tudo de bom mes-mo, pois voc merece omelhor, tenho certeza.</p><p>11. Ah, muito impor-</p><p>tante, leia tambm. Passepela transformao... es-teja aberto s novas e boasmudanas.</p><p>E que cada instante ecada amanhecer venhaflorido das mais belas flo-res e cores que a naturezato generosamente, nosoferta. E que nossos dias</p><p>sejam abenoados e que,sobretudo, possamos evo-luir e somente caminharpara o melhor e para obem.</p><p>Importante: Faa asua parte o melhor, poisvoc nico e especial.</p><p>Abraos ternos e umFeliz Ano Novo</p></li><li><p>LOCALGAZETA DE VARGINHA | 0307 DE JANEIRO DE 2015</p><p>Mensalidades escolares sobemacima de inflao em VarginhaPor lei, as planilhas devem ficar disposio dos interessados e do Procon para f iscalizao</p><p>Dra. Francyne Veiga</p><p>Reis Cyrino</p><p>Avaliao das doenasda retina e do vtreo,</p><p>mapeamento de retina,retinografia simples epapilas, angiografia</p><p>fluorescente da retina,tomografia de coerncia</p><p>ptica (OCT)</p><p>Consultas</p><p> Clnica de Olhos Dr Clnica de Olhos Dr Clnica de Olhos Dr Clnica de Olhos Dr Clnica de Olhos Dr. F. F. F. F. Franciscoranciscoranciscoranciscorancisco</p><p>Nogueira ReisNogueira ReisNogueira ReisNogueira ReisNogueira ReisAv. Rui Barbosa, 318 - Tel (35) 3222-1490</p><p> Consultas e Exames</p><p>OftalmoCenterOftalmoCenterOftalmoCenterOftalmoCenterOftalmoCenterAv. Rui Barbosa, 372 - Tel: (35) 3221-5471</p><p>Oftalmologia - Retina e Vtreo</p><p>CRM: 29.545</p><p>Em 2015, as mensa-lidades das escolas parti-culares de Varginha es-taro mais caras, em m-dia, acima da inflao de2014, medida pelo IPC-S em 6,87%. Por lei asplanilhas devem ficar disposio dos interessa-dos e do Procon para fis-calizao.</p><p>No Colgio Batista deVarginha, o aumentoser de 9% linear em to-dos os segmentos (Infan-til, Fundamental, Mdio).J no Marista, os aumen-tos so distintos depen-dendo do segmento doaluno. Na mdia, ser de10%. Outras escolas dacidade no informaramsobre reajustes.</p><p>Por lei, as planilhasdevem estar em local vi-</p><p>svel e podem sofrer fis-calizao do Procon deVarginha, ou de pais dealunos. A anlise com-plexa e alguns tipos deinvestimentos podem serdescontados nas mensa-lidades.</p><p>A legislao que re-gulamenta a cobranapela prestao de servi-os (Lei Federal n</p><p>9.870/1999) permiteque as escolas repassemaos alunos alguns de seusgastos para manter aprestao de servios.Entre esses custos estoos impostos, a folha depagamento de funcion-rios e professores, outrosgastos administrativosgerais e investimentoscom a estrutura didti-</p><p>co-pedaggica do col-gio, como a construo deum laboratrio ou de umabiblioteca.</p><p>Porm, h outrosgastos e investimentosdos donos da escola queno podem ser distribu-dos entre os pais dos alu-nos matriculados. Se-gundo Selma do Amaral,diretora de atendimentoda Fundao de Proteoe Defesa do Consumidorde So Paulo (Procon-SP), uma expanso docolgio, com obras paracriar e oferecer novas va-gas, por exemplo, umdos custos proibidos porlei de serem embutidosnas mensalidades dos es-tudantes atuais.</p><p>De acordo com a di-retora do Procon, a esco-la no pode dividir esse</p><p>custo assim como ela nodivide lucro com os pais.</p><p>Apesar de permitircertos repasses no valorda anuidade, a legislaofederal exige que as es-colas mantenham umaplanilha com detalhes so-bre a justificativa paracada um dos gastos quelevaram ao reajuste damensalidade.</p><p>Caso algum pai con-sidere o reajuste para2015 elevado deve solici-tar a planilha para confir-mar as justificativas. OProcon no pode atuarcomo auditor das plani-lhas de gastos escolares,mas tem a funo de me-diar o conflito e solicitarexplicaes instituio.A escola pode ser multa-da caso a Fundao deProteo ao Consumidor</p><p>encontre cobranas in-justificveis na mensali-dade escolar que confi-gurem infrao s nor-mas de consumo.</p><p>De acordo com a lei,a instituio de ensinodeve divulgar o docu-mento em local de fcilacesso ao pblico, e eledeve conter o valor do re-ajuste sobre o valor daanuidade atual e o nme-ro de vagas por sala-clas-se, um dos fatores usa-dos pela escola para cal-cular o rateio dos gastospelo nmero de alunosmatriculados.</p><p>O prazo para fazerisso, por lei, de no m-nimo de 45 dias antes dadata final para matrcula,conforme calendrio ecronograma da institui-o de ensino.</p><p>Varginha tem novo secretrio de Esporte</p><p>Servidor de carreirada Prefeitura de Vargi-nha, lotado na Secretariade Educao, o professorMilton Tavares Jnior, 35anos de idade, o novoSecretrio de Esportes daPrefeitura de Varginha.Ele substitui o ex-Secre-trio Toninho Gonalves,que deixa a Secretariapara assumir um cargo nainiciativa privada, depoisde dois anos de serviosprestados ao municpio.</p><p> Natural de Varginha,filho de Milton Tavares eMaria Tereza Maia Tava-res, casado com Cristi-na Romano. Formado emEducao Fsica peloUnis em 2000, com es-pecializao em treina-mento esportivo de basepelo Unis, atuou comotcnico desportivo na Se-mel, na modalidade fut-sal feminino de 2003 a2012, quando foi aprova-do em concurso pblico.Desde ento atua comoprofessor de educao f-sica pela Seduc na Escola</p><p>Mateus Tavares.Milton Tavares pro-</p><p>fessor no Colgio Logos,ensino fundamental e en-sino mdio desde 2002 e coordenador do projetoesportivo social "Gol deOuro" desde 2003.</p><p>Em dezembro de2014, recebeu das Secre-tarias de Estado de Es-porte e Educao, o tro-fu "Melhores do Ano",pelo Jemg Jogos de Mi-nas, referente a modali-dade ciclismo. Tambmrecebeu prmio "MarinaPrado de Castro", uma in-ciativa da Secretaria Mu-nicipal de Educao, nacategoria melhor projetodidtico desenvolvidocom os alunos do 6 ao 9ano.</p><p>Ao falar do novo de-safio, Milton Tavaresagradece primeiramentea confiana do senhorprefeito e fala e dar con-tinuidade nos projetos eampliar novas aes tantopara crianas adolescen-tes e terceira idade e tam-</p><p>bm dar seguimento nosprojetos de competiesespo...</p></li></ul>