Gazeta de Varginha - 01/07/2014

Download Gazeta de Varginha - 01/07/2014

Post on 31-Mar-2016

219 views

Category:

Documents

6 download

DESCRIPTION

Edio 9.017

TRANSCRIPT

pgina 02PONTO DE VISTALevtico 16Mx: 24 / Mn: 11O Dia da ExpiaoVarginha referncia negativa emeducao pblica, revela estudoEDIO 9.017R$ 1, 00 VARGINHA, 01 DE JULHO DE 2014DEUS FIELlocal/pgina 03Baixo investimento leva cidade a ocupar ltimas posies em diversos indicativos sobre educaolocal/pgina 03Varginha precisa me-lhorar em alguns setorescomo educao e sadese quiser se destacar en-tre as cidades mineiras demesmo porte. O PlanoMunicipal de AssistnciaSocial, que expe as aesat 2016, com base emum estudo realizado noano passado, apontouque a cidade ocupa as l-timas colocaes quantoa escolas sem acessibilida-de fsica, bibliotecas eacesso internet.O diagnstico elabo-rado para a SecretriaPor falta de provas, Cmara arquivaprocesso contra P de ChumboMunicipal de Habitao eAssistncia Social mostraque Varginha precisaavanar na educao.Na educao, consta-tou-se deficincias comomuita reprovao escolar,distoro de idade eabandono no ensino fun-damental pblico. E ain-da carncias na estruturade escolas como acesso internet para alunos, bi-bliotecas e acessibilidadefsica para pessoas comdeficincia.gazetadevarginha@gmail.comwww.jornalgazetadevarginha.comfacebook.com/gazetavgalocal/pgina 05local/pgina 06Trs Bicas eVila Ipirangarecebem oMutiro daDengueO vereador Adilson deOliveira, o P de Chum-bo est livre das acusa-es de agresso contrao funcionrio da CmaraMunicipal de Varginha,Jos Jayme de Faria Jni-or. A Comisso de Investi-gao Processante deci-diu, por unanimidade,pelo arquivamento da Sin-dicncia por absoluta fal-ta de prova. Os fatos te-riam ocorrido no dia 17 defevereiro de 2014, por vol-ta de 10 horas.Casa da Cultura sediahoje Frum Permanente deCultura MicrorregionalMatrias sobre o trabalhoda Defensoria Pblica seropremiadas em trs categoriaslocal/pgina 04CNPJ: 21.535.075/0001-47A redao no seresponsabiliza porconceitos emitidos emartigos assinados, mesmosobpseudnimos, que so deinteira responsabilidadede seus autores.Dirio de CirculaoRegional - DiretoraAdministrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:Rodrigo S. Fernandes Sindjori- MG 312/99 - Administra-o/Reviso: Lanamara Silva- Paulo Ribeiro da SilvaFernandes(Jornalista e superintenden-te de redao-M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das08:00hs s 18:00hsABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais doInteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas doInteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior deMinas GeraisENDEREO:Redao e Departamentode Publicidade Av. dosImigrantes, 445 - SantaMaria - CEP 37022-560 -Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845VARGINHA/MGE-mail: gazetadevarginha@gmail.comgazetacomercial2@yahoo.com.brEndereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br01 DE JULHO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA1 - E FALOU o SE-NHOR a Moiss, depoisda morte dos dois filhosde Aro, que morreramquando se chegaram di-ante do SENHOR.2 - Disse, pois, o SE-NHOR a Moiss: Dize aAro, teu irmo, queno entre no santurioem todo o tempo, paradentro do vu, diante dopropiciatrio que estsobre a arca, para queno morra; porque euaparecerei na nuvem so-bre o propiciatrio.3 - Com isto Aroentrar no santurio:com um novilho, paraexpiao do pecado, eum carneiro para holo-causto.4 - Vestir ele a t-nica santa de linho, e terceroulas de linho sobrea sua carne, e cingir-se- com um cinto de linho,e se cobrir com umamitra de linho; estas sovestes santas; por issobanhar a sua carne nagua, e as vestir.5 - E da congregaodos filhos de Israel toma-r dois bodes para expi-ao do pecado e um car-neiro para holocausto.6 - Depois Aro ofe-recer o novilho da ex-piao, que ser para ele;e far expiao por si e pelasua casa.7 - Tambm tomarambos os bodes, e os porperante o SENHOR, porta da tenda da congre-gao.8 - E Aro lanar sor-tes sobre os dois bodes;uma pelo SENHOR, e aoutra pelo bode emissrio.9 - Ento Aro farchegar o bode, sobre oqual cair a sorte pelo SE-NHOR, e o oferecer paraexpiao do pecado.10 - Mas o bode, so-bre que cair a sorte paraser bode emissrio, apre-sentar-se- vivo perante oSENHOR, para fazer ex-piao com ele, a fim deenvi-lo ao deserto comobode emissrio.11 - E Aro far che-gar o novilho da expiao,que ser por ele, e far ex-piao por si e pela suacasa; e degolar o novilhoda sua expiao.12 - Tomar tambmo incensrio cheio de bra-sas de fogo do altar, de di-ante do SENHOR, e osseus punhos cheios de in-censo aromtico modo, eo levar para dentro dovu.13 - E por o incensosobre o fogo perante o SE-NHOR, e a nuvem do in-censo cobrir o propicia-trio, que est sobre o tes-temunho, para que nomorra.14 - E tomar do san-gue do novilho, e com oseu dedo espargir sobrea face do propiciatrio,para o lado oriental; e pe-rante o propiciatrio es-pargir sete vezes do san-gue com o seu dedo.15 - Depois degolaro bode, da expiao, queser pelo povo, e trar oseu sangue para dentro dovu; e far com o seu san-gue como fez com o san-gue do novilho, e o espar-gir sobre o propiciatrio,e perante a face do propi-ciatrio.16 - Assim far expia-o pelo santurio porcausa das imundcias dosfilhos de Israel e das suastransgresses, e de todosos seus pecados; e assimfar para a tenda da con-gregao que reside comeles no meio das suasimundcias.17 - E nenhum ho-mem estar na tenda dacongregao quando eleentrar para fazer expiaono santurio, at que elesaia, depois de feita expi-Palavras de VidaO Dia da ExpiaoLevtico 16Marcelo MurinEstudos provam quecusta mais reconquistar umcliente perdido do quebuscar novos no mercado.Sendo assim, me parecebvio a relevncia de man-ter um timo relaciona-mento com seus atuaisconsumidores. O cliente o maior patrimnio queuma empresa pode ter,pois por meio dele que aempresa pode se manterem operao e, consequen-temente, atingir os resul-tados em busca de sua pe-renidade. Muitas vezes fale-seem dar foco no cliente, noentanto, acredito que exis-te uma certa pegadinhanestas palavras, uma vezque de fato as empresas de-vem pensar e olhar commais ateno para o consu-midor. Ou seja, enxergarpor meio dos olhos dos cli-entes para entender suasreais necessidades. Claro que voc podepensar que os interesses deseus clientes so diferen-tes dos seus, e no resta amenor dvida que isso defato verdade para alguns n-dices de avaliao de de-sempenho. Entretanto deextrema importncia quevoc consiga identificar ospontos de convergnciacom seus clientes, e bus-que trabalh-los de formaintegrada com os mesmo,mostrando assim aos clien-tes que o sucesso deles oseu sucesso. J se fala h algumtempo sobre a fidelizaodos clientes, e pode at pa-recer que isso apenaspara empresas grandes ouat mesmo aes voltadaspara o consumidor final,muito embora isso seja umparadigma que deve serquebrado.Fidelizar seu cliente o que todas as empresas de-vem buscar para manterseus negcios em desen-volvimento, pensando como foco do cliente. E comoefetivamente podemosfaz-lo? Existem seis pas-sos que devem ser segui-dos em sua estratgia, quefacilitaro e organizaro seutrabalho: 1. Conhea seu clien-te: me parece evidente quepara estabelecer empatiacom seu cliente, funda-mental conhec-lo. Per-gunte, observe, analise seucomportamento. Crie umbanco de dados com infor-maes relevantes dos cli-entes voltadas ao seu neg-cio.2. Crie vnculo: umavez conhecendo-os, essaetapa passa a ser uma con-sequncia pois voc conse-guir por meio das infor-maes obtidas atrair o in-teresse de seus clientes edesta forma criar este vn-culo.3. Encantamento chave: aqui onde o focodo cliente ser utilizado,pois uma vez sabendo suasnecessidades e criando ovnculo, voc ir desenvol-ver aes dirigidas a satis-faz-los. E de fato o gran-de objetivo na busca da fi-delizao. Atingindo a satis-fao constante dos clien-tes que se encanta e comoconsequncia, se fideliza.4. Estabelea um ca-nal de comunicao: sejacriativo, sendo tambm fielao seu negcio. Isso signi-fica usar canais e formatosde comunicao que sejamconsistentes com o tipo doseu negcio, os produtos ouservios que voc vende, asua marca, entre outros.5. Monitore a efetivi-dade das aes: voc podeutilizar o mesmo sistema oubanco de dados onde arma-zena as informaes dos cli-entes para tambm obterdados de monitoramento.Crie pesquisas frequentes,oferea benefcios para queos clientes participem, edesta forma voc consegui-r entender os efeitos dasaes que tm praticado eajustar ou corrigir possveisdesvios. muito importan-te medir, pois o que no medido no se pode melho-rar.6. Busque ferramen-tas inovadoras: no mundoatual fundamental estarconectado. Portanto, fi-que atento de que formaseus clientes esto conec-tados e faa disso um dife-rencial para seu negcio.Redes sociais, sites, even-tos e outros, podem seruma excelente forma demanter sues clientes fide-lizados.No acredito que o as-sunto se encerra aqui, mastenho convico que estesseis itens o faro parar parapensar no assunto. Prepa-re um plano de ao, nemque seja pequeno no incio,para testar! Voc certamen-te ir perceber que os re-sultados sero claros e efe-tivos. Lembre-se: o cliente seu maior patrimnio!Marcelo Murin adminis-trador de empresas comespecializao em marke-ting e scio-diretor da SO-LLO Direto ao Pontoao por si mesmo, e pelasua casa, e por toda a con-gregao de Israel.18 - Ento sair ao al-tar, que est perante o SE-NHOR, e far expiaopor ele; e tomar do san-gue do novilho, e do san-gue do bode, e o por so-bre as pontas do altar aoredor. 19 - E daquele sangueespargir sobre o altar,com o seu dedo, sete ve-zes, e o purificar dasimundcias dos filhos deIsrael, e o santificar.20 - Havendo, pois,acabado de fazer expiaopelo santurio, e pela ten-da da congregao, e peloaltar, ento far chegar obode vivo.21 - E Aro por am-bas as suas mos sobre acabea do bode vivo, e so-bre ele confessar todas asiniqidades dos filhos deIsrael, e todas as suastransgresses, e todos osseus pecados; e os porsobre a cabea do bode, eenvi-lo- ao deserto, pelamo de um22 - Assim aquelebode levar sobre si todasas iniqidades deles ter-ra solitria; e deixar obode no deserto.23 - Depois Aro vir tenda da congregao, edespir as vestes de linho,que havia vestido quandoentrara no santurio, e alias deixar.24 - E banhar a suacarne em gua no lugarsanto, e vestir as suasvestes; ento sair e pre-parar o seu holocausto, eo holocausto do povo, efar expiao por si e pelopovo.25 - Tambm queima-r a gordura da expiaodo pecado sobre o altar.26 - E aquele que ti-ver levado o bode emiss-rio lavar as suas vestes, ebanhar a sua carne emgua; e depois entrar noarraial. 27 - Mas o novilho daexpiao, e o bode da ex-piao do pecado, cujosangue foi trazido para fa-zer expiao no santurio,sero levados fora do ar-raial; porm as suas peles,a sua carne, e o seu ester-co queimaro com fogo.28 - E aquele que osqueimar lavar as suasvestes, e banhar a suacarne em gua; e depoisentrar no arraial.29 - E isto vos ser porestatuto perptuo: no s-timo ms, aos dez do ms,afligireis as vossas almas,e nenhum trabalho fareisnem o natural nem o es-trangeiro que peregrinaentre vs.30 - Porque naque-le dia se far expiaopor vs, para purificar-vos; e sereis purificadosde todos os vossos peca-dos perante o SE-NHOR.31 - um sbado dedescanso para vs, e afli-gireis as vossas almas;isto estatuto perptuo.32 - E o sacerdote,que for ungido, e que forsagrado, para adminis-trar o sacerdcio, no lu-gar de seu pai, far a ex-piao, havendo vestidoas vestes de linho, asvestes santas;33 - Assim far ex-piao pelo santo santu-rio; tambm far expi-ao pela tenda da con-gregao e pelo altar; se-melhantemente far ex-piao pelos sacerdotese por todo o povo da con-gregao.34 - E isto vos serpor estatuto perptuo,para fazer expiao pe-los filhos de Israel de to-dos os seus pecados,uma vez no ano. E fezAro como o SENHORordenara a Moiss.Seis passos para fidelizar o seu clientecomo muita reprovaoescolar, distoro de ida-de e abandono no ensi-no fundamental pbli-co. E ainda carncias naestrutura de escolascomo acesso internetpara alunos, bibliotecase acessibilidade fsicapara pessoas com defi-cincia.Mortalidade porcausas circulatrias ecncer de colo de te-ro, segundo o estudoso problemas evitveispor meio de ateno b-sica de sade. No que-sito acesso a Sade ob-servou-se aumento sig-nificativo em curetagemps-aborto juvenil em2012. E ainda baixopeso ao nascer, que em-bora se encontre abaixodo limite crtico de10%, est ligado aoatendimento pr-natal ea condies de vida dagestante.Jovens varginhen-ses esto ganhando me-GAZETA DE VARGINHA | 0301 DE JULHO DE 2014LOCALVarginha referncia negativa emeducao pblica, revela estudoBaixo investimento leva cidade a ocupar ltimas posies em diversos indicativos sobre educaoVarginha precisamelhorar em alguns se-tores como educao esade se quiser se des-tacar entre as cidadesmineiras de mesmoporte. O Plano Munici-pal de Assistncia Soci-al, que expe as aesat 2016, com base emum estudo realizado noano passado, apontouque a cidade ocupa asltimas colocaesquanto a escolas semacessibilidade fsica, bi-bliotecas e acesso in-ternet.O diagnstico ela-borado para a Secret-ria Municipal de Habi-tao e Assistncia So-cial mostra que Vargi-nha precisa avanar naeducao. Em compa-rao a outras cidadesdo mesmo porte emMinas Gerais, h eleva-dos ndices de agressesa idosos e a crianas.Na educao, cons-tatou-se deficinciasnos. Mdias salariaiscomparativamente maisbaixas no trabalho for-mal, especialmente en-tre jovens.O Plano Municipalde Assistncia Socialprev atenes diferen-ciadas em bairros dis-tintos. No Bairro daVargem, por exemplo,o uso abusivo de lcoole drogas est relaciona-do a vrios problemas,como reprovao eabandono escolar, gra-videz na adolescncia,baixo peso ao nascer eagresso a crianas.Problemas escola-res, no Bairro Padre V-tor esto ligados a con-dies sociais e a entra-da precoce no mercadode trabalho.Agresso a mulheresAnalisados os dadosdo diagnstico feito emVarginha, com base emnmeros de 2012, ob-servou-se fragilidade deatuao principalmenteno Centro de Refern-cia Especializado de As-sistncia Social Creas.Enquanto o rgo espe-cializado atende nme-ros muito baixos deagresso a mulheres, naPolcia Militar os nme-ros so expressivos,principalmente nosbairros Centenrio,Vargem e Padre Vtor.No Padre Vtor,onde mais ocorrnciaspoliciais ocorreram, aPM registrou 145, en-quanto apenas sete pro-curaram o Creas. Omesmo ocorre nos ou-tros dois bairros. NoCentenrio oito denn-cias foram feitas ao r-go especializado e naPM, 91 casos, e na Var-gem, a Polcia Militaratendeu 30 casos, e oCreas, apenas 3, ou dezpor cento.Varginha foi com-parada a 27 cidades mi-neiras, mais ou menosde menos porte. Em v-rios itens como repro-vao no ensino funda-mental pblico, distor-o de idade no Funda-mental pblico, escolassem biblioteca e escolassem acessibilidade fsi-ca, a cidade ocupa as l-timas posies. Quantomaior a posio, pior odesempenho.Ocupa a 18 coloca-o em mortalidade porcncer de colo de te-ro, curetagem ps-aborto juvenil e agres-so a idosos.Dentre as cidadespesquisadas para a com-parao, Varginha ocu-pa o 15 lugar em mor-talidade por causas cir-culatrias, abandonono Ensino Fundamen-tal e mdia salarial.Em 16 em baixo pesoao nascer, e em 17 lu-gar dentre as cidadescujas escolas tm pou-co acesso internet eagresso a crianas.Trs Bicas eVila Ipirangarecebem oMutiro daDengueSer nesta quarta-feira (02), que o Muti-ro de Limpeza estarrealizando os trabalhosnos bairros Trs Bicase Vila Ipiranga, das7h30 s 13h, quandosero percorridas todasas ruas neste trabalhode eliminao de pos-sveis focos do AedesAegypti - mosquitotransmissor da denguee febre amarela.Os organizadores doevento pedem aos mo-radores que retirem desuas casas, deixandonas caladas, todos osmateriais inservveis,como mveis velhos,pneus, objetos que de-tm gua.Matrias sobre o trabalho da DefensoriaPblica sero premiadas em trs categorias04 | GAZETA DE VARGINHA 01 DE JULHO DE 2014LOCALA Associao dosDefensores Pblicos deMinas Gerais lanouem maio, ms em que comemorado o DiaNacional da Defenso-ria, o Prmio ADEP-MG de Jornalismo.Destinado a jornalistasque atuem no estado deMinas Gerais, seropremiadas matrias so-bre o trabalho da De-fensoria Pblica em trscategorias: Impresso,Rdio e Televiso. A primeira ediodo Prmio ADEP-MGde Jornalismo buscavalorizar a imprensa eo seu compromissocom as iniciativas eaes em prol da dimi-nuio das desigualda-des sociais e do forta-lecimento da democra-cia. Alm disso, o con-curso visa aproximar otrabalho dos defensorespblicos da sociedadepor meio da informa-o. Podero concorrerjornalistas profissionaisque tenham matriasveiculadas entre 01/08/2013 e 01/08/2014. Asinscries se encerramno dia 08 de agostodeste ano. O annciodos finalistas acontece-r no dia 15/08 e a fes-ta de premiao serrealizada no dia 19 desetembro. Premiao Sero distribudos21 mil reais em prmi-os, sendo R$ 4 mil paraos primeiros lugares decada categoria, R$ 2mil para os segundoslugares e R$ 1 mil paraos terceiros colocados.Todos os premiadosrecebero trofu e cer-tificado. As matriassero avaliadas por umacomisso composta porrepresentantes dosapoiadores do prmio eda ADEP-MG. O Prmio ADEP-MG de Jornalismo temo apoio da DefensoriaPblica de Minas Ge-rais, Associao Minei-ra de Rdio e Televiso(AMIRT), Sindicatodos Jornalistas Profissi-onais de Minas Gerais,Associao Mineira dosJornais Dirios do Es-tado (AMJ), e conta ain-da com o patrocnio doPorto Seco Sul de Mi-nas. O regulamento estdisponvel no sitewww.adepmg.org.br.As inscries tambmpodem ser realizadasno site.GAZETA DE VARGINHA | 0501 DE JULHO DE 2014LOCALPor falta de provas, Cmara arquivaprocesso contra P de ChumboComisso decidiu pelo arquivamento da acusao de agresso do vereador contra funcionrio da CmaraO vereador Adilsonde Oliveira, o P deChumbo est livre dasacusaes de agressocontra o funcionrio daCmara Municipal deVarginha, Jos Jaymede Faria Jnior. A Co-misso de InvestigaoProcessante decidiu,por unanimidade, peloarquivamento da Sin-dicncia por absolutafalta de prova. Os fa-tos teriam ocorrido nodia 17 de fevereiro de2014, por volta de 10horas.Concluram os vere-adores Zacarias AbroPiva (PP), ArmandoFortunato Filho (PSB)e Rogrio BernardesBueno (PT), os mem-bros da Comisso doProcesso de Sindicn-cia, que as fitas, daGuarda Municipal deVarginha e do BancoMercantil e uma fotono permitiam concluirque o vereador agrediuo motorista da Cmara.No se determinouquem quebrou o para-brisa e o retrovisor doveculo oficial.Assim que tomouconhecimento dos fa-tos, o presidente da C-mara Municipal de Var-ginha, Leonardo Vi-nhas Ciacci (PP) deter-minou a abertura deuma sindicncia. Caso aconcluso fosse pelaculpa do vereador Adil-son de Oliveira, seriaento aberto um pro-cesso que poderia ter-minar com a cassaodo vereador.Consta da decisoque na audincia de ins-truo o motorista JosJayme apresentou tes-temunhas, que, segun-do ele, teriam presen-ciado a agresso. Noforam aceitas por trsmotivos: no consta-vam no Boletim deOcorrncia, lavrado nodia dos fatos, e nos tre-chos de filmagens empoder da Comisso nose viam essas pessoas. Eforam apresentadasfora do prazo. Foramouvidas apenas duastestemunhas.A concluso da Co-misso foi, primeiro, deque no existe e nofora produzida nenhu-ma prova ocular dos fa-tos.Segundo que asimagens das cmerasno trazem nenhumacerteza de participaodo Sindicado Adilsonde Oliveira aos fatos re-latados pelo ServidorJos Jayme de Faria J-nior.E terceiro a foto-grafia apresentada tam-bm no prova a parti-cipao do vereador.Os vereadores con-cluram com certezaque realmente h ani-mosidade entre P deChumbo e o motoris-ta. E que discutiram nodia dos fatos mas nadaque pudesse provarcom certeza quem foi oautor dos danos causa-dos ao veculo da C-mara.Concluiu-se poradvertncias, ao verea-dor e ao motorista, paraque dispensem, mutu-amente, tratamentorespeitoso.Relembrandoos fatosO motorista JosJayme contou ao caboEduardo Henrique deSouza Borges que esta-va no carro da Cmara,estacionado em frenteao Banco Mercantil doBrasil, quando foi sur-preendido pelo verea-dor. Pela janela do ladodo passageiro, segun-do o motorista, P deChumbo comeou aagredi-lo. Como resul-tado quebrou o para-brisa dianteiro e o re-trovisor interno do ve-culo.Esta desavena, se-gundo o motorista, co-meou h cerca de seismeses quando trans-portou vrios vereado-res aps uma reunioque terminou tarde, in-clusive o vereadoragressor. Por volta demeia noite, segundoconsta no B.O, Adilsonpediu para ser levadoao Bairro So Lucas e,logo depois, RuaMaurcio Jos Gomes,Jardim Corcetti.O motorista disseao policial que ficoupreocupado com a situ-ao porque estava emum carro oficial, carac-terizado, e os locais soconhecidos como pon-tos de trfico de drogaso que contrariava as de-terminaes de seu che-fe direto. Para se preca-ver, contou o aconteci-do ao secretrio geralda Cmara Municipalde Varginha. Desdeeste fato, constante noB.O, Zezinho alega quefoi ameaado por duasvezes de agresso.O vereador Adilson de Oliveira, o P de Chumbo, est livre das acusaesNa tarde de sexta-feira (27), uma equi-pe da Polcia Militar,durante patrulha-mento pela Rua Car-los Ribeiro Souza,Bairro Jardim Cor-cetti, deparou e abor-dou uma garonete de28 anos, em atitudesuspeita.Ao ser realizadauma vistoria na bolsada suspeita, F.A.R.L.,foi localizado um em-brulho plstico con-tendo 14 pedras decrack, devidamenteembaladas e prontaspara serem comerci-alizadas.Em consulta ao sis-tema informatizado,foi verificado que aautora possui outraspassagens pela polciae j esteve recolhidano sistema prisionalpor associao ao tr-fico.Diante dos fatos, agaronete foi presa econduzida at a dele-gacia de Polcia Civil,onde foi ratificado seuflagrante e posterior-mente transferidapara o presdio.Garonete presapor trficode drogas06 | GAZETA DE VARGINHA 01 DE JULHO DE 2014LOCALAv. So Jos, 317 - Sala 05 - Varginha - (35) 3221-5366NELSONRPRADOClnica de OtorrinolaringologiaR. Jos Cristiano do Prado, 254, Paraguau - (35) 3267-1911Prefeitura inicia reforma de creche no Bairro de FtimaDando sequncia sobras de melhorias nasEscolas e Creches domunicpio, a Prefeiturade Varginha iniciou re-forma na Cemei MariaAmlia, no bairro de Fa-tima, que est passandopor pintura interna e ex-terna, troca de lmpadase reatores, texturas nosbanheiros, instalao dechuveiros, banheira ebancada para troca defraldas.Alm disso a rea delazer, o refeitrio e a co-zinha esto passando porreforma, os vidros que-brados esto sendo subs-titudos, e para tornar olocal mais agradvel aosolhos das crianas, estosendo realizadas pintu-ras com desenhos arts-Hoje, dia 1 de ju-lho, a Fundao Cultu-ral de Varginha recebe-r os dirigentes dos r-gos de gesto munici-pal de cultura integran-tes da microrregio deVarginha com o objeti-vo de efetuar o mapea-mento das vocaes, po-tencialidades e das de-mandas coletivas dosmunicpios, seguindo asdiretrizes estabelecidaspela Superintendnciade Interiorizao e AoCultural da Secretariade Cultura de MinasGerais. O mapeamentoser entregue Secreta-ria de Estado da Cultu-Casa da Cultura de Varginha sedia FrumPermanente de Cultura Microrregionalra em uma reunio mar-cada para agosto.Na reunio efetuadapara implantao doFrum Permanente deCultura dessa Microrre-gio, sob a supervisoda diretora de interiori-zao da Secretaria deEstado da Cultura Ma-nuela Machado, a cida-de de Varginha foi elei-ta como sede do Frume o nome do diretor su-perintendente da Fun-dao Cultural, Prof.Francisco Graa deMoura, consensual-mente indicado comocoordenador do colegi-ado.O evento acontece-r na Casa da Cultura,no perodo de 14h s17h30, seguindo a pro-gramao:14 horas Apre-sentao dos gestoresparticipantes e presen-tes ao evento; 14:30 ho-ras Objetivos da reu-nio extraordinria doFrum e de sua impor-tncia para a formulaoda poltica pblica decultura do Estado deMinas Gerais; 15:30 s16:00 horas Intervalo;16:00 s 17:30 horas Apresentao e entregapelos representantesdos Municpios do Ma-peamento das Potenci-alidades e Vocaes eDemandas do Munic-pio na rea cultural;17:30 horas Encerra-mento.ticos no prdio. Todo otrabalho est sendo feitoatravs de parceria deequipes de manutenoescolar da Secretaria deEducao com Secreta-ria de Obras. A Cemei Maria Am-lia atende hoje cerca de130 crianas, de 0 a 4anos de idade, na Edu-cao Infantil.GAZETA DE VARGINHA | 0701 DE JULHO DE 2014REGIONALPelo menos cincocasas de um conjuntohabitacional que iriamser entregues nos pr-ximos dias aos morado-res foram invadidas emPouso Alegre. As obrasdo Cohab j esto con-cludas, e agora, os mo-radores que j tinhamse mudado para as ca-sas esto inseguros e te-mem invases. Duasocorrncias foram re-gistradas pela PolciaMilitar, mas segundo orgo, preciso umaordem de reintegraode posse para retirar osinvasores. A PrefeituraMunicipal disse queacompanha o caso.A tcnica de enfer-magem Jaciara CristinaRocha e o marido sepreparavam para sairdo aluguel e ir morarem uma das casas doCasas de conjunto habitacionalso invadidas em Pouso Alegreconjunto habitacional,no bairro Cidade Jar-dim. Mas antes da mu-dana acontecer, elesforam surpreendidospor outros moradoresque ocuparam irregu-larmente a moradia. Ocasal j acionou a justi-a, mas at o momentonada foi resolvido. "Apolcia veio aqui, quali-ficou as pessoas que es-tavam morando na casa,disseram que a casa noera deles, e ns procu-ramos o nosso advoga-do que agora entrou najustia para conseguir acasa de volta pra gen-te", explica.De acordo com osmoradores, pelo menoscinco casas foram inva-TV MARCA MITSUBISHI 20 POLEGADAS DETUBO R$ 200,0.VENDE-SEINTERESSADOSENTRAREM CONTATOPELO TELEFONE35.3219-3333(HOTEL SLEEP INN)didas no conjunto ha-bitacional. At mesmoos proprietrios que jfizeram a mudana eesto instalados no Co-hab temem as invases.Inseguros, muitos evi-tam inclusive sair decasa.Tamires RibeiroSantos conta que pes-soas tentaram invadir acasa em que mora mes-mo com ela e a filhadentro da residncia.Ela sai todos os diaspara trabalhar preocu-pada. De repente,quando a gente voltar,pode ser que tenha gen-te dentro da casa. Eusaio pra trabalhar, dei-xou tudo trancado e va-mos pedir pra Deus quenada acontea."A famlia de Mail-son Gonalves tinha ato dia 11 de julho parafazer a mudana, masantecipou com medo deperder a casa. Quemainda no ocupou a re-sidncia tenta se prote-ger da ameaa de novasinvases. O pedreiroJos Carlos da Silva estconstruindo um muropara o sobrinho que jteve a residncia ocupa-da por invasores. "Comos muros nas laterais, agente protege mais.Merecer, todo mundomerece [uma casa],mas invadir eu acho que errado", desabafa.Sem soluoA Prefeitura dePouso Alegre disse ape-nas que acompanha asfamlias que no se mu-daram ainda, e que ori-entou a Guarda Muni-cipal a intensificar asrondas no bairro.A Polcia Militartambm informou quefoi solicitada vrias ve-zes para atender aosmoradores, mas regis-trou apenas dois bole-tins de ocorrncia. Apolcia informou aindaque necessria umaordem de reintegraode posse para retirar osinvasores do local.Homem morre em acidente entre dois veculos na MGC-369Pelo menos umapessoa morreu em umacidente entre dois ve-culos na RodoviaMGC-369, que ligaomunicpio de CampoBelo ao municpio deBoa Esperana nestedomingo (29). Segun-do a Polcia RodoviriaEstadual, os dois carrosseguiam no mesmosentido, quando umdos veculos tentouuma ultrapassagem ebateu no que estava nafrente. Com o impacto,o condutor do veculoque estava atrs, AndrLus Rosa, de 36 anosmorreu no local.De acordo com aPolcia Rodoviria, ospassageiros foram so-corridos para o Pronto-Socorro de CampoBelo e para o hospitaldo municpio de Cris-tais .J o condutor e opassageiro do outro ve-culo que estava nafrente ficaram feridos eforam levados para oPronto-Socorro de BoaEsperana.Homem morto com facadas em So Sebastio do ParasoUm homem foi assas-sinado neste domingo(29) no bairro Parque SoJudas, em So Sebastiodo Paras. Segundo oCorpo de Bombeiros, Ro-mrio Alves da Silva, de25 anos, j estava mortoquando foi encontrado.Ao lado do corpo haviauma espingarda, mas acausa da morte foramquatro perfuraes fei-tas, possivelmente, comuma faca.O motivo do crimeno foi divulgado.De acordo com osbombeiros, os ferimentosforam feitos no trax e noabdmen. O corpo foi le-vado para o IML da cida-de. A Polcia Militar foichamada no local do aci-dente por moradoresprximos e j identificouo suspeito do homicdio,no entanto, apesar dasbuscas, ele no foi encon-trado.Lavrador morto com tiro de espingardaUm lavrador de 46anos foi assassinado comum tiro de espingarda nanoite deste sbado (28) emParaguau. Segundo a Po-lcia Militar, Amauri Car-cheno foi baleado aps ir ata casa de um homem paratirar satisfaes sobre o re-lacionamento dele comuma ex-companheira.Testemunhas disseramque o lavrador estaria arma-do com uma faca.De acordo com os mi-litares, os homens discuti-ram e comearam a brigar,ento o suspeito pegou aespingarda e atingiu a vti-ma com um tiro. Carchenofoi encontrado cado pelosmoradores do bairro, masquando a polcia chegouele j estava morto. Prxi-mo ao corpo foram apreen-didas uma faca e parte dacoronha da espingarda. Jo corpo da vtima foi levadopara o IML de Alfenas.Ainda segundo a pol-cia, o suspeito foi encontra-do no pronto-socorro dacidade com ferimentos nasmos. Ele foi preso em fla-grante e levado para o pre-sdio de Alfenas.08 | GAZETA DE VARGINHA 01 DE JULHO DE 2014REGIONALFalta de verba ameaa fechar Emater nomunicpio de So Sebastio do ParasoCom o pagamentodo convnio feito coma Prefeitura Municipalde So Sebastio do Pa-raso atrasado em 5meses, a Empresa deAssistncia Tcnica eExtenso Rural de Mi-nas Gerais (Emater -MG) ameaa fechar asportas na cidade. Oprazo para a quitaoda dvida vai at o pr-ximo dia 9 de julho,caso isso no acontea,cerca de 600 produto- res rurais ficaro semUm desmanche deveculos foi descobertopela Polcia Militar nanoite deste sbado (28)no bairro Monjolinho,em Itapeva. Segundoos policiais, um homemtambm foi detido. Ele suspeito de levar car-ros furtados para o lo-cal. Ele foi levado paraa Delegacia de PolciaCivil de Pouso Alegre.PM descobre desmanche e prende um suspeito em ItapevaDe acordo com apolcia, 15 veculos fo-ram apreendidos nodesmanche. Segundoos policiais, uma pessoaque teve o carro furta-do ajudou a identificaro lugar onde o des-manche acontecia. Ocaso ser investigadopara tentar encontraroutras pessoas ligadasao esquema.assistncia tcnica.O valor do repasseatrasado est acumula-do em R$ 56 mil e hum ms o escritriofunciona apenas paraatividades internas, oque preocupa os pe-quenos produtores,como o caso de Mar-cos Roberto, que pro-duz caf e banana. Em2009 eu consegui a cer-tificao do meu cafcom a ajuda da Emater,sempre que precisamosde algum financiamen-to ou apoio, contamoscom eles e no pode-mos ficar sem, comen-tou.Questionado, o ge-rente regional da Ema-ter, Joo Cmara, expli-ca que o escritrio estna cidade h 50 anos efunciona com recursosdos governos Federal eEstadual, alm de umacontrapartida mensalde R$ 12 mil, que noest sendo repassada.Sem essa ajuda, aEmater pode fechar em So Sebastio do ParasoEmater no capaz demanter os servios nacidade e caso o repasseno seja feito, podemosfechar as portas, mas,j fomos informadospela assessoria de im-prensa que o caso estsendo analisado e acre-ditamos que em breveteremos uma resposta,pontuou Cmara.A prefeitura foiprocurada, mas at estapublicao no havia sepronunciado.Acidentes deixam feridos e grvidapresa s ferragens em Pouso AlegrePelo menos setepessoas ficaram feridasem dois acidentes nanoite deste sbado (28)em Pouso Alegre. Se-gundo o Corpo deBombeiros, o primeirodeles aconteceu no bair-ro Santa Rita. Uma mu-lher grvida ficou pre-sa s ferragens e preci-sou ser levada ao Hos-pital Samuel Libnio. Jos outros quatro ocu-pantes do veculo foramsocorridos por pessoasque passavam pelo lo-cal.J o segundo aci-dente aconteceu no cru-zamento das avenidasComendador Jos Gar-cia e Silvestre Ferraz, noCentro da cidade. Deacordo com os bombei-ros, a batida envolveuduas motocicletas e oscondutores ficaram fe-ridos. Ambos foram so-corridos e tambm en-caminhados ao Hospi-tal Samuel Libnio.MINASCentro de pesquisa vai potencializar oextrativismo sustentvel do Cerrado mineiroMinas d um pas-so importante paraexpandir a exploraoeconmica e ecolgi-ca das plantas medi-cinais, frutos e res-duos do Cerrado. OInstituto de Geoin-formao e Tecnolo-gia (IGTEC), em par-ceria com a Universi-dade Estadual deMontes Claros (Uni-montes), vai implan-tar o Centro de Pes-quisas e Desenvolvi-mento Sustentvel doCerrado com a inten-o de orientar e darsuporte tecnolgicoaos milhares de pro-dutores e famlias mi-neiras que vivem darenda do extrativis-mo.As obras do cen-tro, nas dependnci-as da Unimontes, noNorte de Minas, emuma rea de 1.500metros quadrados,devem ser iniciadasno segundo semestredeste ano, com previ-so de concluso em2015. A ideia que oespao se torne emuma referncia paraos produtores locais,onde eles possam sercapacitados para tra-balhar com o concei-to de extrativismo sus-tentvel e aprimoraros processos de cole-ta, armazenamento econtrole da qualidadede acordo com as exi-gncias de parceiros eclientes.No existe umambiente para discu-tir e desenvolver asaes de forma bemorganizada e planeja-da. O centro vai cum-prir esse objetivo. Va-mos ensinar as fam-lias que elas precisampreservar o Cerrado einterromper a degra-dao, porque dalique elas vo retirar osfrutos e plantas paramanter as agroinds-trias e transform-losem produtos queagreguem valor, ren-da e qualidade devida, esclarece o pes-quisador do IGTEC,Fernando Madeira.A Unimontes vaioferecer pesquisado-res que estudam oCerrado para desen-Minas Gerais, pormeio do Instituto Mineirode Agropecuria (IMA),superou a meta estabele-cida pelo Ministrio daAgricultura, Pecuria eAbastecimento (Mapa) devacinar 95% do rebanhomineiro de bovinos e bu-balinos contra a febre af-tosa. A etapa envolveu23.633.117 animais vaci-nveis em 359.661 propri-edades. No total, foram va-cinados 22.718.579 bov-deos de todas as idades, oque representa 96,1% dototal.Os produtores ruraistiveram at o dia 10/06 ju-nho para comprovar, nasunidades do IMA de seusmunicpios, a imunizaodos animais. A campanhaobteve uma boa adeso dosprodutores que tm na pe-curia o seu sustento, de-monstrando a importnciada participao efetiva navacinao semestral. Noentanto, este ndice aindadeve aumentar, tendo emvista que alguns produto-res entregam a declaraofora do prazo definido peloMapa.Para o diretor-geral doIMA, Altino RodriguesNeto, necessrio que osprodutores mineiros e detodo o pas continuem ade-rindo s campanhas deimunizao, que so fun-damentais para erradicar eprevenir doenas de gran-de impacto econmicocomo a febre aftosa. Aparticipao dos produto-res crucial para manterMinas como rea livre comvacinao contra doena, oque valoriza e fortaleceainda mais a nossa pecu-ria, comenta.O Programa Nacionalde Erradicao e Preven-o da Febre Aftosa (PNE-FA) tem como estratgiaprincipal a implementa-o progressiva e manu-teno de zonas livres dadoena, de acordo com asdiretrizes estabelecidaspela Organizao Mundialde Sade Animal (OIE). OBrasil, sob a coordenaodo Ministrio do Mapa ecom a participao efetivados servios veterinriosestaduais e do setor pro-dutivo, segue busca de umpas livre da doena.GAZETA DE VARGINHA | 09volver as atividades nocentro, o que noaconteceria se ele fos-se instalado em outrolugar, enquanto pes-quisadores do Cetecvo poder trabalharmais prximos docampo de estudo. Es-ses fatores vo poten-cializar os trabalhosque j esto em anda-mento e permitir es-tar presente junto scomunidades paradesenvolver as cadei-as produtivas, acre-dita o pr-reitor dePesquisa da Unimon-tes, Mrio Marcos doEsprito Santo.O projeto prevorganizar toda a ca-deia produtiva, par-tindo da identificaodas reas de ocorrn-cias dos insumos na-turais at a comercia-lizao dos produtos.Os frutos so trans-formados em polpa,licor, leo, sabo, cre-me, farinha e at mes-mo em adubo. As plantas sovendidas para a in-dstria farmacutica,onde so aplicadas nafabricao de cosm-ticos, cremes, poma-das, comprimidos ecpsulas. Por sua vez,os resduos florestaisso aproveitadoscomo matria-primapara a confeco deartesanato.Tem ainda umaquesto social, quebusca verificar a me-lhoria de qualidade devida dos trabalhadoresbeneficiados com oprojeto, acrescentaFernando. Alm daUnimontes, o IGTECconta com a apoio dasSecretarias de Cin-cia, Tecnologia e En-sino Superior (Sectes),Meio Ambiente (Se-mad) e Agricultura,Pecuria e Abasteci-mento (Seapa), Fun-dao de Amparo aPesquisa do Estado deMinas Gerais (Fape-mig), Financiadora deEstudos e Projetos(Finep) e Sebrae.MG supera meta estabelecida para vacinao contra a febre aftosaUPA comea a funcionar deforma parcial em Patos de MinasA Unidade de ProntoAtendimento (UPA) doBairro Jardim Peluzzo, emPatos de Minas, comeoua funcionar de forma par-cial nesta segunda-feira(30). Inaugurada h umano e meio, a construofoi entregue sem condi-es de funcionamento erecebeu advertncia doMinistrio da Sade. Se-gundo Domingo SvioGomes, diretor da UPA, olocal ainda est em obras eo atendimento parcial,mas a situao deve senormalizar em at 30 dias.No comeo deste ano,agentes do Ministrio daSade fizeram vistoria naUnidade e constataramque o prdio no estavapronto para atender a po-pulao. Correes estru-turais e de acesso forampedidas e a administraorecebeu um prazo mxi-mo para o incio do aten-dimento, que venceunesta segunda (30).Operrios ainda tra-balham no local para ter-minar a obra. De acordocom o mdico DomingoSvio Gomes, diretor daUPA, pediatria e clnicamdica so as duas nicasespecialidades que a uni-dade est atendendo. Ain-da segundo o diretor, aunidade deve funcionarplenamente em at 30dias. Ns aguardamospara que em torno de 15 a20 dias possamos iniciar oatendimento da ortopediae da clnica cirrgica, afir-mou.O projeto prev organizar toda a cadeia produtiva, partindo daidentificao das reas de ocorrncias dos insumos naturais01 DE JULHO DE 2014OAB/MG 81667Delfim Moreira, 258,sala 201- CentroVarginha -MGTel: 3222 2851OAB/MG 81424Rua Argentina, 535Vila PintoTel: 3222-4801gustavo@chalfun.com.brDr. Gustavo ChalfunMande sua pergunta para gazetadevarginha@gmail.comOAB/MG 106.276Rua Dona Margarida, n 48,Bairro Vila Pinto,Tel: (35) 3222-1049Dr. GustavoPinto Biscarogustavopbiscaro@gmail.comOAB/MG 65099Av Salum Assad. David,70 - Santa LuizaTel: ( 35) 3214-5051Dr. PatrciaBregalda Limapatriciabregalda@varginha.com.brOAB/ MG 84.17620 Sub-SeoRua Maria Benedita,63 -sala 106 - Vila Pinto3223-5362/9988-3485Dr. VicenteLima Lordovicentelloredo@yahoo.com.brDr. Daniel Pivadapiva@ig.com.br10 | GAZETA DE VARGINHASAIBA SEUS DIREITOSCAA/MG presta informaes sobre JAM 2014 e Presidente daComisso OAB Esporte pede contato para formao de turmasO Presidente daComisso OAB Espor-te da Vigsima Subse-o, Rodrigo GuedesFavaro, pede que osinteressados em par-ticipar do JAM 2014que informem qual amodalidade da dispu-ta, no mximo duas edeixem nome e ende-reo eletrnico naOAB para formaode turma.Est chegando ahora de calar aschuteiras e entrar emcampo. Soltar o gri-to e dar umas fortesraquetadas.Mergulhar fundoe nadar de braada. Eclaro, no deixar apeteca cair. quevem a o JAM 2014.No perodo de 13 a 17de agosto, a Caixa deAssistncia dos Ad-vogados de MinasGerais (NOVA CAA),com o apoio da OAB/MG, realiza no SESCVenda Nova, em BeloHorizonte, a 13 edi-o dos Jogos dosAdvogados Minei-ros.Embora o espri-to competitivo este-ja implcito nos jo-gos esportivos, oevento tem por obje-tivo a integrao detoda a classe e seusfamiliares. Alm depromover o incenti-vo prtica esporti-va como forma detrazer mais qualida-de de vida e o prepa-ro fsico, mental,emocional que soindispensveis parao dia a dia da profis-so.Prepare a sua delegaoNeste ano, os jo-gos esto divididosem 12 modalidades,desde o futebol decampo ao xadrez. Todas as subse-es da OAB Minasesto convidadas aparticipar do JAM.Por isso fundamen-tal montar as delega-es desde j para al-canar sucesso nestegrande torneio.O presidente daNOVA CAA, SrgioMurilo Braga, ressal-ta que o evento tor-nou-se uma tradioentre os mineiros.A realizao doJAM extremamen-te importante. Alm de trofuse medalhas, o tor-neio incentiva o re-lacionamento entreos advogados e ad-vogadas de diferen-tes regies em mo-mentos de descon-trao e festividade,explica.Para saber maisinformaes sobre asinscries e a pro-gramao completado JAM 2014 bastaacompanhar o siteda NOVA CAA -www.caamg.com.br.Queremos reu-nir o maior nmerode participantes pos-svel no JAM. Esta-mos preparando es-paos de divulgaodos servios ofereci-dos pela CAA paraque todos possam teracesso s inmerasvantagens a que osadvogados mineirostem direito, comodescontos na Droga-ria Santo Ivo, na ti-ca Santo Ivo, tabeladiferenciada do pla-no OAB Sade, osconvnios do CartoMais Vantagens,alm dos auxlios doServio Social, re-fora o presidenteSrgio Braga.Modalidades es-portivas do JAM2014 Futebol deCampo (Masculino),Futebol Society(Masculino), Futebolde Salo (Masculinoe Feminino), Volei-bol (Masculino e Fe-minino), Basquete(Masculino e Femi-nino), Peteca (Mas-culino e Feminino),Natao (Masculinoe Feminino), Tnisde Mesa. E ainda competi-o de: Xadrez, Tru-co, Sinuca e Danade Salo.01 DE JULHO DE 2014Agenda da OAB Varginha para o ms de Julho* Dia 02/07/2014 - Curso Telepresencial sobre o tema TEORIA GERAL DO PETI-CIONAMENTO ELETRNICO NA JUSTIA DO TRABALHO (PJE-JT); Clique aquie faa sua inscrio* Dia 03/07/2014 - 56 Sesso Solene de entrega de carteiras aos novos advoga-dos;* Dia 21/07/2014 - Curso telepresencial sobre o tema DECISES JUDICIAIS MALFUNDAMENTADAS OU NO FUNDAMENTADAS: ESTRATGIAS E TCNICASPARA OBTENO DO RESPEITO GARANTIA CONSTITUCIONAL MOTIVA-O DOS ATOS JURISDICIONAIS; Clique aqui e faa sua inscrio* Dia 23/07/2014 - Aula Inaugural Comisso OAB Jovem na FADIVA Noturno;* Dia 26/07/2014 - Realizao de Festa Julina (26/07)SADEGAZETA DE VARGINHA | 11No programa Cafcom a Presidenta des-ta segunda-feira (30),Dilma Rousseff anun-ciou que o programaMais Mdicos superoua sua meta de cobertu-ra e beneficia, atual-mente, 50 milhes depessoas em todo opas. De acordo com ogoverno federal, o n-mero inicial estipuladono comeo do progra-ma era chegar a 46 mi-lhes de brasileiros.De acordo com apresidente, todos ospedidos de prefeitospor mdicos para suascidades foram atendi-dos e o programa estpresente em mais de3,8 mil municpios. Atualmente, se-gundo o governo,mais de 14 mil mdi-cos, brasileiros e inter-cambistas, atuam emPesquisas recen-tes sobre leucemiapodem resultar emtratamentos paracombater uma formaagressiva de cncerde mama.Uma equipe deespecialistas escoce-ses afirma que umafalha no geneRUNX1, responsvelpela leucemia, podetambm estar portrs de outras formasde cncer, como o demama.Testes realizadoscom 483 pacientescom uma formaagressiva de cncerde mama mostraramque as que tinhamum defeito no geneRUNX1 tinham qua-tro vezes mais chan-ces de morrer.Os resultados dapesquisa foram pu-blicados na publicaocientfica "PLoS One".Uma das pesquisa-doras envolvidas notrabalho, Karen Blythdisse que a descober-ta abre a possibilida-de de usar o gene de-feituoso como novoalvo para os tratamen-tos.Pesquisa sobre leucemia pode resultarem novo tratamento de cncer de mama"Primeiramente,precisamos provarque esse gene o cau-sador do cncer e, seeste for o caso, entoo que pode acontecerse conseguirmos ini-bi-lo?""H alguns medi-camentos sendo de-senvolvidos nos Esta-Governo diz que Mais Mdicossupera meta de cobertura no pasdos Unidos para ata-car o gene RUNX1 emcasos de leucemia. Sefuncionarem, pode-mos tambm test-loscontra o cncer demama", acrescentouBlyth.O gene, no entan-to, tem uma funoimportante para opostos de sade detodo o pas."O Mais Mdicos uma das nossas aesque aumenta a capaci-dade de atendimentodo nosso SUS, do Sis-tema nico de Sade.Muitas cidades no ti-nham sequer um m-dico.A pessoa que preci-sasse de atendimentotinha que se deslocarpara outra cidade, svezes, a dezenas e de-zenas de quilmetrosde distncia de car-ro, de nibus e at mes-mo de barco, algumasiam a p", disse a pre-sidente.Dilma tambm co-mentou uma pesquisado Ministrio da Sa-de que aponta reduode 21% no nmero deencaminhamentos ahospitais feitos porpostos de sade ondeh atuao de profissi-onais do Mais Mdicos."Em janeiro de2014, os postos de sa-de de todo o pas tive-ram um crescimentode 35% em relao aonmero de consultasfeitas em janeiro de2013. O nmero deconsultas do pr-natalnos nossos postos desade cresceu, naque-le perodo, 11%. Alm disso, au-mentou em 44,5% onmero de consultasde diabticos. O aumento dessesnmeros na atenobsica trouxe impactospositivos na diminui-o da mortalidade in-fantil, da mortalidadematerna, da mortalida-de de diabticos e hi-pertensos. E tambm,Luciano, nas demaisetapas do atendimen-to do SUS".Dilma ainda falousobre o investimento ecrescimento da ofertade vagas em cursos demedicina com a chega-da de mdicos estran-geiros ao pas."O programa pre-v a criao de 11.500vagas em cursos degraduao de medici-na at 2017.Para residnciamdica, que quandoum profissional se es-pecializa em determi-nada rea da medici-na, por exemplo, empediatria, ortopedia,neurologia, cardiolo-gia ou pneumologia eginecologia, ns esta-mos criando mais12.400 vagas at2018.A maior parte des-sas vagas est tambmsendo criada em cida-des do interior. Esta uma estratgia funda-mental para fixar osmdicos na prpriaregio onde so for-mados".funcionamento do or-ganismo. Ele pode servital para a produode sangue, mas, de-pendendo das cir-cunstncias, podetambm desencadearou suprimir a forma-o de tumores.Isto signifca que ouso de medicamentoscontra o gene podecausar efeitos colate-rais.E em uma outrapesquisa conduzidatambm por britni-cos, especialistas daUniversity CollegeLondon desenvolve-ram um simples exa-me de sangue quepode identificar aschances de uma mu-lher ter cncer demama mesmo que notenha predisposiogentica.Mulheres que car-regam uma mutaono gene BRCA1 tmmais chance de de-senvolver o tumor. Onovo exame foi capazde apontar mudanasnas clulas sangune-as que indicam riscode cncer em mulhe-res que no apresen-tavam a mutao ge-ntica.Com isso, foi pos-svel prever as chan-ces de elas desenvol-veram o cncer mui-tos anos antes de ossintomas se manifes-tarem.Matthew Lam,pesquisador snior dainstituio Bre-akthrough BreastCancer disse que osresultados so anima-dores e podem levar amais descobertas so-bre formas de previniro cncer."O Mais Mdicos uma das nossas aes que aumenta acapacidade de atendimento do nosso SUSUma equipe de especialistas escoceses afirma que uma falha no gene RUNX1,responsvel pela leucemia, pode tambm estar por trs de outras formas de cncer01 DE JULHO DE 2014Graas a Deus, que nos d a vitria porintermdio de nosso Senhor Jesus Cristo.(1Corntios 15:57)Jogadores do Brasil agradecema Deus pela vitria sobre o Chile12 | GAZETA DE VARGINHAEVANGLICAJ comum veros jogadores de fute-bol apontando para ocu e agradecendoaps um gol. Contudo,a deciso da vaga nospnaltis contra o Chilemostrou o quanto osjogadores da SeleoBrasileira oraram antese depois dos momen-tos decisivos.O resultado finalfoi 3 a 2 para o Brasil,mas no final as cma-ras de TV mostraramvrios deles apontandopara o cu em sinal deagradecimento. Dos 23convocados, pelo me-nos 7 se identificamcomo evanglicos: Je-fferson, Fernandinho,Hernanes, David Luiz,Thiago Silva, Neymar eFred.Neste sbado(28), muitos dos joga-dores mostraram nasredes sociais a f e amo de Deus impor-tante para ele. Eles pos-taram fotos e frases quetiveram milhares decurtidas e revelam umDe novo diante de acabeDeus s usa os que sofirmes e obedientes. Eleno pode dar o Seu podere a responsabilidade daSua obra a quem incons-tante na f. A obra que oSenhor faz hoje por nossointermdio ter reper-cusso eterna. Algumasvidas se salvaro, mas, la-mentavelmente, outras seperdero. A nossa respon-sabilidade em represen-t-Lo grande, por issono podemos agir semseriedade e submisso Sua direo.Apresente-se a quemo Altssimo lhe mandar,no importando quemseja, e faa isso sempreque for dirigido por Ele.Acabe caou Elias por to-das as partes; no houvereino daquela regio paraonde ele no tenha man-dado procurar o profeta (1Rs 18.10). Porm, Eliasno podia duvidar dessanova ordem nem temer afria do dspota, pois oplano de Deus inclua esseencontro, que, sem dvi-da, resolveria para sem-pre o problema da seca.Veja que o Senhor noo enviou diretamente aorei. Isso nos ensina a sem-pre buscarmos a direodivina e crermos nela. Osque so guiados pelo Es-prito de Deus so como ovento, o qual no se sabede onde vem nem paraonde vai (Jo 3.8). O im-portante confiar no queo Altssimo diz e agir deacordo com Suas palavras,pois, ainda que voc en-xergue uma opo me-lhor, isso no verdade.A direo que Ele nos dsempre ser a melhor emtodas as situaes. O ho-mem v pouqussimo,apesar de se gabar de suascapacidades. J o Pai ce-lestial onisciente e, por-tanto, sabe qual o me-lhor caminho para soluci-onar qualquer dificulda-de. Os planos do homem,ainda que, aparentemen-te, prometam lhe dar vi-tria, no resolvero porcompleto nenhum assun-to. Somente Deus conhe-ce a causa e a resoluo dosproblemas. Tudo faz bem;faz ouvir os surdos e falaros mudos (Mc 7.37).As atitudes de Acabee de sua famlia causarama seca e a consequentefome que assolou Israel.Se o Senhor no tivesseenviado Elias para fazeraquela obra, impedindo achuva de cair naquela re-gio por trs anos e seismeses, Seu povo se per-deria na idolatria e feitia-ria que o irresponsvelrei estava implantando naterra dos filhos de Deus.Aqueles loucos zomba-ram do juzo ao se deixa-rem levar pelas mentirasdo inimigo.Ao ver Elias, o rei ochamou de perturbadorde Israel (1 Rs 18.17). Issomostra que, agora, Acabecria que o homem de Deusfechara os cus sobre anao e, conforme disse-ra, no houve chuva (1 Rs17.1). A resposta de Eliasao rei foi direta: voc overdadeiro perturbadorda nao, bem como suafamlia (1 Rs 18.18). Infe-lizmente, algumas pesso-as s mudaro de opiniodepois de sofrerem mui-to; outras tero uma mu-dana parcial, mas nuncase convertero de verda-de.O fim do sofrimentocausado pela seca estava seaproximando, mas pri-meiro era necessrio quefosse provado quem era overdadeiro Deus. Eliasouviu do Altssimo o quedeveria fazer e cumpriutudo risca.O resultado foi que opovo de Israel voltou aoSenhor, e os adoradoresdo inimigo ficaram enver-gonhados. A nossa maiormisso glorificar o Al-tssimo.Na ltima quar-ta-feira, um grupode evanglicos foi sruas em Volta Re-donda (RJ), paraprotestar contra aviolncia motivadospor uma agressocometida contra umrapaz cristo que fi-cava sempre em umcruzamento da cida-de segurando umcartaz com a fraseJesus Paz.Renan Costa j conhecido por muitosna cidade por sempreficar em um dos cru-zamentos da cidadesegurando o cartaz, ej apelidado pelosmoradores da regiopela frase escrita nocartaz que segura. Eleconta ter sido agredi-do por um malabaris-ta que fica no mesmosinal que ele.- Eu s conseguiaolhar para o cu e pe-dir para Deus me darpouco do que passavaem seus coraes.No Instagram,Neymar escreveu:Guerreiros no fogemda luta e no podemcorrerningum vaipoder atrasar quemnasceu para vencer !!!E a caminhada conti-nuaaaaa .. #Obriga-doSenhorJ o atacanteFred, postou no Face-book: Diante de tudoisso, o que mais pode-mos dizer? Se Deus estdo nosso lado, quempoder nos vencer?Ningum!A dupla de zaga,bastante conhecida porsuas demonstraes def fizeram eco no Ins-tagram. As pessoas jul-gam sem saber o queest acontecendo !! Praquem falou que eu es-tava derrotado nestafoto a sentado na bola!! Estava muito enga-nado, sou brasileiro eno desisto nunca. Ape-nas queria um momen-to meu para fazer mi-nha orao! Ok, desa-bafou Thiago Silva.Seu companheiro,forar para no fazernada. Cheguei a gri-tar por socorro e atum policial militarapareceu e conversoucom ele pedindo paraparar. Mas bastou o po-licial ir embora paraele voltar a fazer amesma coisa. Quandopercebi que no iriaparar, peguei as mi-nhas coisas e sa an-dando completa.Segundo o DirioDavid Luiz, foi mais di-reto: SempalavrasDeus mara-vilhoso!At mesmo joga-dores que no se iden-tificam abertamentecom os Atletas de Cris-to, mostraram sua f. Ojogador Willian pos-tou: S tenho a agra-decer por fazer partedessa seleo, um gru-po muito unido quenos momentos difceisum apoia o outro Deus fiel. #todosjuntos#fora #raa #fEnquanto Hulkcaprichou nas mais-culas: Obrigado meuDEUS! A cada dia quepassa temos a certezaque somos mesmo umafamlia unida! Valeucada esforo #guerrei-ros!!! DEUS fiel!!!O volante Rami-res tambm agradeceu:Foi sofrido, difcil, masconseguimos o nossoobjetivo! Continuamosna luta!!! Obrigadomeu Deus! #faltam3#Brasildo Vale, a manifesta-o contra a violnciarealizada aps o ra-paz ter sido agredi-do foi organizadapela comercianteRoseli Suares Silva,amiga de Renan. Elaafirma que aps seragredido, o amigofoi at ela. Triste como ocorrido, ela contaque ela e outros cris-tos resolveram irpara a rua junto aoamigo agredido.Evanglicos fazem manifestao contra violncia01 DE JULHO DE 2014GAZETA DE VARGINHA | 1301 DE JULHO DE 2014BRASILPesquisa aponta principais causas demorte dos brasileiros de 15 a 29 anosAs duas principaiscausas de morte de bra-sileiros de 15 a 29 anosso acidentes de trnsitoe assassinatos.O Estado onde maisse morre no trnsito,proporcionalmente po-pulao, fica longe dosgrandes centros: Rond-nia. E a maior taxa de ho-micdios ocorre em Ala-goas. Normalmente, pormotivos banais. Aciden-tes de trnsito! Essa aprincipal causa da mortede jovens em Rondnia.Quando eu chegueiperto do acidente, a meumenino j estava cado nocho. Eu no desejo parapai nenhum passar umacoisa dessa, conta o paide uma vtima de aciden-te de trnsito.Em Alagoas, os paisesto perdendo os filhos,vtimas de assassinatos.A gente se v enxu-gando gelo, por qu?Porque uma situaoque no est diminuindo,s crescendo a cada dia,conta o delegado Ronil-son Medeiros, delegadode Polcia Civil - Alagoas.Alagoas e Rondniaso os dois estados brasi-leiros mais perigosospara quem tem entre 15 e29 anos. O dado do mapada violncia 2014, elabo-rado pela faculdade Lati-no Americana de Cinci-as Sociais.Em 2012, ano-basedo levantamento, os jo-vens dessa faixa etria re-presentavam 27% da po-pulao, segundo o estu-do. Nesse mesmo ano,cerca de 55 mil jovensmorreram e as duas cau-sas principais so aciden-tes de trnsito e assassi-natos.As trs taxas de homi-cdios mais altas foramencontradas em Alagoas,Esprito Santo e Cear,segundo a pesquisa.A taxa de 138 ho-micdios de jovens paracada 100 mil jovens doestado, no tem equipa-rao na histria do pas.A Organizao Mundialda Sade diz que a partirde dez homicdios por100 mil, uma situaoepidmica, diz o coorde-nador da pesquisa, JulioJacobo Waiselfisz.O estado de Alagoasregistrou 138 mortespara cada 100 mil jovens.L, morava ric Ferrazde 24 anos, filho da donaValdenice. Tem as cami-sas aqui que eu deixei delembrana, os casaqui-nhos. muita saudade,minha filha, conta Val-denice.Infelizmente, Ala-goas tem uma tradioantiga de resolver as dis-putas na base da violn-cia e tem diminudo isso,mas ainda existe resqu-cio desse passado, expli-ca Daniel Nunes Pereira- pres. Comisso DireitosHumanos da OAB - Ala-goas.J em Rondnia, operigo est sobre rodas.Em 2012, foram 47 mor-tes em acidentes de trn-sito para cada 100 mil jo-vens. Na sequncia, apa-recem os estados de Piaue Paran.Rondnia teve essaexpanso, basicamente,devido expanso da fro-ta de motocicletas, diz ocoordenador da pesqui-sa, Julio Jacobo Waisel-fisz.No interior do esta-do, em Ji-Paran, cidadede pouco mais de 125 milhabitantes, a proporo de uma moto para cadatrs pessoas, segundo aAssociao Brasileira dosFabricantes de Motoci-cletas. Os jovens, eles serenem em bares da re-gio sob a promessa dequem for corajoso e fazeressa roleta-russa, pegan-do a moto, saindo em altavelocidade, passando emalta velocidade nos sinais,cruzamentos, e conse-guindo, vamos dizer, fa-zendo isso no pagaria aconta, diz CristianoMartins de Matos, dele-gado de Ji-Paran.O piloto da moto queno parou no cruzamen-to era Lus Otvio Mon-tanher, de 18 anos. Elemorreu na hora. O pilotoda outra moto, amigo deLus, sobreviveu. Luanvoltou ao local do aciden-te e negou a roleta russa.Eu sabia que elegostava de aventura, masracha ele nunca faloupara mim. Falta um pe-dao, era o centro de vidanosso, diz Luciane Mon-tanher, me de Lus Ot-vio.O Departamento Es-tadual de Trnsito deRondnia disse, em nota,que vem intensificandosuas aes em educaode trnsito, tendo comoprioridade motociclistas.Informou tambm queorienta e fiscaliza condu-tores em suas operaes.E em Alagoas, qual asoluo para diminuir oshomicdios, segundo aSecretaria de Defesa So-cial?Ns temos hoje po-lcia na rua, na periferia,na malha central, nos in-teriores mais prximos eat mais distantes, afir-ma Digenes Tenrio,secretrio de estado daDefesa Social de Alagoas.Mas o prprio secre-trio admite que pou-co. Falta uma poltica emfavor do menor? Falta, seessa a realidade quevoc quer saber? issomesmo, falta. Eu tenhomedo que a minha pr-pria famlia esteja envol-vida em um negcio des-ses de perder um de seusmembros, porque osmarginais esto soltospor a afora, assume oDigenes Tenrio.Seja de acidente detrnsito, seja de homic-dio, nos falta sobretudopolticas pblicas efici-entes, que ponham o dedona ferida, ponha o dedona questo fundamental,que a modernizao danossa segurana pblica.Isso uma tragdia queno mdio prazo a genteprecisa tentar evitar. Nocurto prazo, a gente spode lamentar, diz Re-nato Srgio de Lima, doFrum Brasileiro de Se-gurana Pblica - FGV.Chuvas foram 50 mil a deixarem suas casas no Sul do BrasilMais de 50 mil pesso-as tiveram que deixar suascasas por causa das inten-sas chuvas que atingemSanta Catarina e o RioGrande do Sul nos ltimoscinco dias. Uma pessoaest desaparecida.As precipitaes queatingem a regio Sul nosltimos dias tambm pro-vocaram alagamentos,cheias de rios, interdiesde estradas e interrupono fornecimento de ener-gia eltrica. As reas maisafetadas so as regies defronteira entre Santa Ca-tarina e o Rio Grande doSul.Em Jacutinga, nonorte do Rio Grande doSul, um homem de 40anos est desaparecido.As equipes do Corpo deBombeiros continuavamas buscas na noite destedomingo (29). Jos Lin-domar da Silva foi levadopela correnteza quandoatravessava uma pontesobre o rio Jacutingaquando provavelmenteescorregou e caiu nasguas, informou a DefesaCivil. Ao menos oito rodo-vias catarinenses tiveramtrechos interrompidosdevido a deslizamentos equedas de barreiras. NoRS, trechos de dez rodo-vias foram bloqueados.A distribuio degua e de energia tambmficou prejudicada. EmChapec (a 550 km deFlorianpolis), uma dascidades mais afetadas nosudoeste catarinense, oabastecimento de energiafoi interrompido de for-ma preventiva em algunsbairros durante o fim desemana.O nmero de desa-brigados e desalojados au-mentou em mais de cincovezes entre sbado e do-mingo, de acordo com asDefesas Civis dos Estados.Em Santa Catarina, passoude 1.600 para 40 mil. NoRio Grande do Sul, as v-timas passaram de 6.700para quase 10,8 mil. Nosdois Estados, 93 munic-pios foram afetados pelaschuvas, e 27 esto em si-tuao de emergncia.De acordo com Ciram(Centro de Informaesde Recursos Ambientaise de Hidrometeorologiade Santa Catarina), apenasnos ltimos dias choveu ovolume esperado para attrs meses. A intensida-de das chuvas diminuiunos dois Estados nestedomingo e deve continu-ar perdendo fora nosprximos dias.Calamidade PblicaEm Ira, na divisa doRio Grande do Sul comSanta Catarina, a ponteque passa sobre o rioUruguai foi completa-mente interditada e noh previso para libera-o.Localizado no nortedo Estado, o municpiodecretou situao de ca-lamidade pblica na lti-ma sexta-feira (27). Irafoi afetada pelas cheiasdos rios Uruguai e doMel, que obrigaram1.400 pessoas a deixaremsuas casas.Segundo Edson Bor-ges, coordenador da De-fesa Civil do municpio,400 pessoas permane-cem abrigadas em aloja-mentos fornecidos pelaprefeitura em trs pontosda cidade, no Centro deTradies Gachas, naIgreja Matriz e no Gin-sio Municipal. O abaste-cimento de gua, diz Bor-ges, comeou a se norma-lizar no domingo, masainda falta energia eltri-ca em algumas regies dacidade. Em estado de ca-lamidade pblica, Ira po-der facilitar a contrata-o de obras e servios derecuperao das reasatingidas pela tragdia.Na prtica, o governofica autorizado a fazercompras sem licitao epode solicitar verbas dosgovernos estadual e fede-ral. "Somos um municpiopequeno, com pouca ar-recadao. No temoscomo recuperar as reasatingidas com recursosprprios", afirma o coor-denador da Defesa Civil.14 | GAZETA DE VARGINHAINTERNACIONALAdvogado de ex-presidente francs Sarkozy preso preventivamenteThierry Herzog foidetido preventivamentepara interrogatrio pelapolcia anticorrupo.Dois promotores france-ses tambm foram deti-dos preventivamente porGrupo rebelde declara criao deEstado Islmico no Iraque e SriaO grupo militanteEstado Islmico do Ira-que e do Levante (Isis,sigla em ingls) disseter estabelecido um ca-lifado, ou Estado Isl-mico, nas reas sob oseu controle no Iraquee na Sria.O grupo procla-mou seu lder, AbuBakr al-Baghdadi,como califa e lder dosmuulmanos em todolugar. Ele ser chamadode Califa Ibrahim.O anncio foi di-fundido atravs de umudio postado na inter-net. Nele, os rebeldesexigiram que todos osmulumanos jurem le-aldade ao novo gover-nante e rejeitem a de-mocracia e outros tiposde lixo do Ocidente.O Estado Islmicose estenderia de Ale-Japo est em alerta aps disparos de msseis norte-coreanosO Ministrio daDefesa do Japo pas-sou o domingo (29) reu-nido para analisar asmedidas que sero to-madas pelo pas aps osdisparos de dois msseisnorte-coreanos em di-reo ao Mar do Japonesta madrugada.No houve danoem nenhuma aeronaveou navio japons. Maso primeiro-ministroShinzo Abe disse queest trocando informa-es com os EstadosUnidos e com a Coreiado Sul para decidirmelhor os prximospassos e, se for neces-srio, promover umaao rpida em caso deameaa segurana dealguma embarcao ja-ponesa.No prximo dia 1de julho, o Japo teruma reunio com a Co-reia do Norte para tra-tar do sequestro de japo-neses.O ministro da Defe-sa, Itsunori Onodera, foiquestionado pela im-prensa japonesa sobre oimpacto do lanamentodos msseis sobre esteencontro na semana quevem. Ele respondeu, noentanto, que o governocomo um todo vai anali-sar a situao e no so-mente a pasta de defesa.Os disparos aconte-ceram tambm poucosdias antes da visita dopresidente chins XiJinping Seul para dis-cutir o programa nucle-ar da Coreia do Norte.A China o nicogrande aliado de Pyon-gyang e garante umappo, no norte da Sria,at a provncia de Diya-la, no leste do Iraque.Porm os avanosdo grupo rebelde con-tinuam sendo disputa-dos pelo exrcito ira-quiano, que no domin-go continuou a ofensi-va para recuperar a ci-dade de Tikrit, no nor-te do pas.Jatos do governoiraquiano atacaram re-as rebeldes e confron-tos foram desencadea-dos em partes de Tikrit,segundo testemunhas.Segundo testemu-nhas, a proteo dosrebeldes em torno dacidade foi reforada porum grande nmero deexplosivos improvisa-dos. Aps encontrarforte resistncia no s-bado, tropas do gover-no recuaram para a ci-dade de Dijla.As foras de segu-rana esto avanandode reas diferentes,disse o tenente-generaliraquiano Qassen Atta ajornalistas.O Iraque disse nodomingo que recebeu aprimeira carga de jatosmilitares pedida Rs-sia para ajudar no com-bate aos rebeldes.Testemunhas e jor-nalistas disseram BBCque o forte confrontonos ltimos dois diascausou muitas mortesnos dois lados.Segundo relatos, osinsurgentes teriam der-rubado um helicpteroe capiturado o piloto.IsraelEm resposta s con-quistas feitas por insur-gentes sunitas no Ira-que, o primeiro minis-tro israelense, Benja-min Netanyahu, pediua criao de um Estadocurdo independente nosalvao econmica paraa nao isolada.A Coreia do Norteest sob sanes da ONUpor causa do programade armas nucleares.O pas j realizou tes-tes nucleares em 2006,2009 e 2013, e acredita-se que os norte-coreanostenham material nucle-ar suficiente para um pe-queno nmero de bom-bas.DisparosDe acordo com umanota divulgada pelo go-verno japons, por voltadas 5h da manh, hor-rio local, deste domingo(29), dois msseis Scu-ds foram lanados dacosta leste da Coreia doNorte em direo aoMar do Japo.Esta foi a terceiravez este ano que os nor-te-coreanos lanaramprojteis em direo aomar. Para o Japo, aatitude consideradamuito grave, pois colo-ca em risco a seguran-a de navios e aerona-ves.O governo de Abej encaminhou umprotesto contra estetipo de lanamento China atravs da em-baixada em Pequim.este caso. A investigaopretende estabelecer se oex-chefe de Estado, como apoio do advogado,tentou obter informaesde um magistrado sobrea investigao que o en-volvia em troca da pro-messa de um alto cargo.A polcia tenta desco-brir se Sarkozy foi infor-mado de modo ilcito so-bre a deciso de ficar sobescuta.A medida, indita arespeito de um ex-presi-dente, foi decidida emsetembro em outra inves-tigao, a das acusaesde financiamento pelaLbia de Muamar Ka-dhafi da campanha pre-sidencial de Sarkozy em2007, na qual ele foi elei-to chefe de Estado.Os dois magistradosdetidos preventivamenteso Gilbert Azibert, pro-motor do tribunal decassao, que teria rece-bido a promessa de umcargo de prestgio, e Pa-trick Sassout, outro ad-vogado da mesma juris-dio.Iraque. Em um discur-so em Tel Aviv, ele dis-se que os curdos souma nao de guerrei-ros, provaram com-promisso poltico eso dignos de inde-pendncia. No semanapassada, o lder curdo-iraquiano MassoudBarzani disse redeamericana CNN quechegou a hora de opovo curdo determinarseu futuro.Correspondentesdizem que os curdos hmuito tempos desejamum Estado indepen-dente, mas permane-cem divididos entre S-ria e Turquia, Ir e Ira-que.A comunidade in-ternacional, incluindoa vizinha Turquia e osEstados Unidos, socontra a diviso do Ira-que.Jatos do governo iraquiano atacaram reas rebeldes e confrontos foram desencadeados01 DE JULHO DE 2014GAZETA DE VARGINHA |15ESPORTEMilan anuncia resciso com Kak:"Certos amores nunca acabam"O Milan anunciounesta segunda-feiraque Kak no mai-os jogador do clube.De acordo com o co-municado divulgadopelo Rossonero, a res-ciso foi feita de acor-do com as duas par-tes. Segundo o "Ga-zzetta dello Sport", ojogador viajou para aFlrida, onde vai as-sinar com o OrlandoCity, da MLS (a ligaamericana de fute-bol). Antes de seaventurar nos Esta-dos Unidos, o brasi-leiro, que no voltara usar o nmero 22por respeito a sua his-tria com o time ita-liano, dever defen-der o So Paulo emum emprstimo comdurao at o dia 31de dezembro de2014.- Alguns amoresCom chegada pre-vista para o final da noi-te desta segunda-feiraa Belo Horizonte, osjogadores do Atltico-MG seguem a marato-na para chegar at oBrasil. Mas, apesar dalonga viagem de apro-ximadamente 30 horasda China ao nosso pas,o time alvinegro de-monstra estar bem ani-mado com o retornopara a casa, depois daintertemporada no Ori-ente, onde o Galo ven-ceu trs amistosos.Durante o voo deretorno, o atacante Di-ego Tardelli postouuma foto com compa-nheiros, que demons-traram estar bem ani-mados. O nico queno retorna com a de-legao o meia Ronal-Atltico-MG retorna ao Brasildepois de campanha vitoriosanunca acabam. Seuretorno foi o raio desol em uma tempora-da vagamente melan-clica para o Milan.Um grande abraopara voc, Ricky, suaCarolina e seus filhosdoces. Voc lindo,voc real e estarsempre ligado a ns.No acordo entreMilan e Kak h umaclusula que permite odesligamento do meiasem multas caso o clu-be no se classificassepara a Liga dos Cam-pees. O Rubro-Ne-gro terminou a ltimaedio do Campeona-to Italiano na oitavacolocao, longe dastrs posies que asse-guram postos naprincipal competiodo continente.Atade Gil Guer-reiro, vice-presiden-te de futebol do SoPaulo, havia confir-mado a possibilidadede emprstimo aoclube paulista nestedomingo, explicandoque as negociaesesto encaminhadas.- Depois de 60dias de negociao,ns estamos acerta-dos, mas no existenada formalizado(em termos de con-trato). Existem eta-pas a serem corridas,mas, em termos devalores, est tudoacertado, entre todasas partes envolvidas,que so o Milan, aLiga Americana, oOrlando, o Kak e oSo Paulo - disse emparticipao no pro-grama "RedaoSporTV".dinho Gacho, que ga-nhou licena da direto-ria alvinegra para ficarna China participandode atividades de publi-cidade.Os jogadores retor-nam aos treinamentosna prxima sexta-feira.O Galo se prepara paraa Recopa Sul-America-na, ttulo que disputaFederao camaronesa vaiinvestigar acusao defraude em jogos da CopaA Federao Cama-ronesa de Futebol (Fe-cafoot) respondeu acusao de manipula-o de resultado apre-sentada pela ediodeste domingo da re-vista alem Spiegel. Apublicao afirma que aderrota de 4 x 0 para aCrocia, na segundarodada da fase de gru-pos da Copa do Mun-do, teria sido vendidapela seleo africana.As outras duas derro-tas da seleo africana(por 1 a 0 para o Mxi-co e 4 a 1 para o Brasil)tambm poderiam tersido fraudadas.Um comunicadooficial divulgado nestasegunda-feira ressaltaque fraudar resultadosno condiz com o C-digo de Conduta daFifa e tambm destoados valores ticos deCamares. Apesar deainda no ter sido pro-curada pela entidademxima do futebol so-bre a suspeita, a Feca-foot anunciou que pre-tende iniciar uma in-vestigao interna sobreo caso.- Queremos infor-mar ao pblico que,embora ainda no con-tatados pela Fifa emrelao a este assunto,nossa administrao jinstruiu seu Comit detica para investigar asacusaes. Estamos for-temente empenhadosem empregar todos osmeios necessrios pararesolver esta questoperturbadora o maisrpido possvel - afirmao comunicado da enti-dade.A Fecafoot pediupara que a dennciaseja tratada comomera suposio, atque as investigaes se-jam concludas. Deacordo com a reporta-gem publicada pelaSpiegel, um aposta-dor declarou o placarde 4 a 0 antes mesmodo incio do jogo. Pro-curado pela revista, eleteria afirmado que hmas podres na sele-o camaronesa.A Fifa ainda no seposicionou em relao denncia contra Cama-res. Na semana passa-da, a entidade anunciouque iria investigar umasuspeita de fraude en-volvendo a seleo deGana. De acordo com obritnico The Telegra-ph, o presidente daAssociao de Futeboldo pas, Kwesi Nyan-taky, participou de es-quema para escolherrbitros em amistosos."As acusaes re-centes de fraude emtorno dos trs jogos deCamares na primeirafase da Copa do Mun-do, especialmente Ca-mares x Crocia, norefletem os valores eprincpios promovidospela nossa administra-o e vo contra o C-digo de Conduta daFifa e os valores ticosde nossa nao.Queremos informarao pblico que, emboraainda no contatadospela Fifa em relao aeste assunto, nossa ad-ministrao j instruiuseu Comit de ticapara investigar as acu-saes. Estamos forte-mente empenhados emempregar todos os mei-os necessrios para re-solver esta questo per-turbadora o mais rpi-do possvel.Seu retorno foi o raio de sol em uma temporadavagamente melanclica para o Milandiante do Lans, daArgentina. O primeirojogo ser dia 16, emBuenos Aires. A parti-da de volta em 23 dejulho, no Mineiro.O nico que no retorna com a delegao o meia Ronaldinho Gacho01 DE JULHO DE 201416 | GAZETA DE VARGINHA 01 DE JULHO DE 2014ESPORTEInscries abertas para a 6 CopaUnimed Trs Coraes de TnisJ esto abertas asinscries para a dispu-ta da 6 Copa UnimedTrs Coraes de Tnis,que a Sandy Eventospromover nos dias 26e 27 de julho nas qua-dras do clube Umuara-ma . Este torneio j setornou tradicional nacidade e mais uma vezter o apoio da UnimedTrs Coraes, atravsdo seu atual presiden-te Dr. Dionisio da SilvaVilaa.Os tenistas interes-sados em participar,podem se inscrever ato dia 24 de julho (5feira), pelo telefoneUma jovem lutado-ra de Varginha est naexpectativa para dispu-tar a Copa do Mundode MMA Amador emLas Vegas, nos EstadosUnidos. Aos 20 anos,Amanda Ribas ostentamais de 300 trofus emedalhas e espera tra-zer mais uma conquis-ta para o Brasil.A jovem, que estentre os 10 atletas bra-sileiros que vo defen-der o pas na Copa doMundo de MMA, temtreinado duro para acompetio. No aqueci-mento, o boneco Bobquem leva os primeirosgolpes.- Ele imita o corpoA Construtora Cherem Ltda, oferece vagas deemprego na rea da Construo Civil para Por-tadores de Necessidades Especiais para asseguintes funes: Pedreiro, Servente, Pintor,Carpinteiro, Bombeiro.Os interessados entrar em contato no Tel.: 35-8417-6774 falar com Rosane , ou canteiro deobras situado Rua Lidia Alvarenga de Carva-lho, 515 Bairro: Dos Carvalhos ResidencialNovo Tempo Varginha/MG.VAGAS DE EMPREGO9988-1970 ou pelosandyeventos@bol.com.br.A competio cor-responder 8 etapado campeonato sulmi-neiro de tnis, e serdisputada separada-mente nas categorias:mirim, infantil, adultoA e B, veterano A e B,principiante infantil,principiante adulto , fe-humano e a j bompara dar uma aquecida- explica a lutadora.Tanto talento paraLutadora de Varginha participa de Copa do Mundo de MMA nos EUAas artes marciais temuma origem. O pai deAmanda, Marcelo Ri-bas, sempre foi atleta euma inspirao paraela.- Pra mim ela umorgulho. Com 13 anosela j havia sido seis ve-zes campe mundial dejiu jitsu na categoriafaixa azul adulto - reve-la Marcelo.Alm de ganhar t-tulos, Amanda tambmsuperou dificuldadesao longo da carreira.Durante um treina-mento, a lutadora so-freu duas leses no jo-elho que a tiraram decombate por dois anos.Mas com muito traba-lho e fora de vontade,a atleta est pronta parabuscar mais uma con-quista.- Eu fiquei um tem-po parada porque per-di muita massa. Mesmoassim me recupereibem e agora estoupronta. Vou dar meucorao e tudo de mimporque ningum vaipegar esse ttulo meuno - afirma.Amanda est trei-nando no Rio de Janei-ro desde o ltimo fimde semana. De l, elasegue para o torneioem Las Vegas, que devereunir quase 130 equi-pes de lutadores, entreos dias 30 de junho e 4de julho.minino e especial.Durante o ano, se-ro realizadas doze eta-pas classificatrias, e noms de outubro, os dozemelhores tenistas decada categoria na somageral das etapas, parti-ciparo do Masters/2014 em Varginha.Aps sete etapas re-alizadas, os melhorestenistas de cada catego-ria so: mirim:Guilherme Nunes deSo Gonalo do Sapu-ca; infantil: MiguelMendona de Trs Pon-tas; adulto A:EduardoNogueira de Trs Pon-tas; adulto B: Olnei Ca-zarr de Extrema; vete-rano A: Olnei Cazarrde Extrema; veteranoB: Luiz Cuozzo de La-vras; principiante infan-til: Pedro Azevedo deSo Gonalo de Sapuca;principiante adulto:Guilherme Nunes deSo Gonalo do Sapu-ca; feminino: KtiaGonalves de Extrema;especial: Eduardo Tagade Alfenas.Ser consideradocampeo sulmineiro emcada categoria, o tenistaque somar o maior n-mero de pontos na somageral de todas as etapas,inclusive o Masters.Quadra do clube Umuarama do municpoio de Trs CoraesAC CORRETOR DE IMVEIS304 REZENDE - Im-vel de alto padro e finoacabamento, garagempara 04 carros, portoeletrnico, frente ava-randada, sala social, salade jantar com piso emporcelanato, 03 quartos(sendo um sute comclosed e armrio embu-tido e dois com armri-os), sala de tv com es-tante, cozinha amplacom armrios modula-dos, rea de servios,quintal amplo com lindavista panormica, reade lazer, escritrio em 02pavimentos: trreo comamplo salo, churras-queira, primeiro pavi-mento com ampla salacom estante, podendoser usada com escritrioou atividade recreativa.Canil.R$ 750.000,00371 - N. S. DAS GRAAS Casa em tima localiza-o, com garagem para 2carros e escritrio. Pavi-mento superior com frenteavarandada, 3 quartos (su-te), WC social, sala soci-al, copa, cozinha, quintalcom rea de servios, de-pendncias de empregada,rea coberta com churras-queira. R$ 280.000,00372 BELA VISTA Im-vel novo, em timo estadode conservao, com por-to eletrnico, sala, copa/cozinha, 3 quartos, WCsocial, varanda. rea deservios e rea de lazer comchurrasqueira e fogo alenha. Garagem para 2 car-ros. R$ 250.000,00334 VILA PINTO II Casa nova, primeira mo-rada, alto padro e finoacabamento. Garagempara 4 carros, sala socialem trs ambientes, 3 quar-tos amplos (sute), WCsocial, sala de jantar, sslade TV, copa, cozinha am-pla. rea externa com am-plo salo coberto e WC.Quintal tambm amplo,com linda vista para a ci-dade. Localizao privile-giada. Piso frio em porce-lanato; quartos e corredo-res em taco. Energia so-lar. R$ 750.000,00355 PARK URUPS Casa nova, primeira morada,com 4 quartos(sute comclosed), WC social, salaampla, cozinha americana,quintal com rea de servi-os, lavanderia, churras-queira. Piso interno e exter-no em porcelanato. Aqueci-mento solar. tima localiza-o. R$ 400.000,00CASASVendas326 REZENDE - Casade alto padro, em lotede 720,00m, com frenteavarandada, sala social,sala de jantar, sala de tv.,03 sutes(sute principal400 REZENDE - Im-vel de alto padro e finoacabamento, primeira mo-rada, estrutura de quali-dade, com cmodos am-plos, ambientes reala-dos com decorao mo-derna e excelente rea delazer. Subsolo com amplosalo, rea gourmet, sau-na e rea de servios. Te-lhado colonial, aqueci-mento com energia solar.Porto eletrnico. Entra-da principal avarandadapara sala social em 3 am-bientes, 3 quartos amplos(sute com closed, hidro ,box de blindex e varan-da), wc social com box deblindex. Cozinha em doisambientes distintos, for-matao moderna comilha de granito no centro,rea de ventilao na la-teral, varanda nos fundoscom pequena rea de ser-vios emergencial. R$ 430. 000, 00393 - REZENDE - Casanova, de alto padro efino acabamento, comlinda fachada, em timolocal no bairro Rezende -Frente ajardinada e ava-randada, com garagempara at 4 carros, portoeletrnico, cerca eltricae alarme. Sala social esala de jantar amplas, 3quartos (Suite), armriosembutidos. Cozinha am-pla, estilo moderno, comarmrios modulados,coifa, cook top, fornoeltrico e microondas emao inox. rea de lazercom cozinha gourmet,armrios modulados,churrasqueira, cook tope balco de servir. Quin-tal amplo com spa, du-cha e quarto de despejoavarandado, rea de ser-vios. rea construdade 200,00 m2 em lote de360,00 m2. R$ 550.000,00A-016 - CENTRO Im-vel comercial ou residen-cial com 3 quartos, banhei-ro,2 salas, cozinha, rea deservio R$ 800,00A-004 PARK URUPS Casa com 3 quartos (su-te), WC social, sala,copa, cozinha, rea de ser-vios e garagem para 1carro. R$ 700,00CASASA-004 VILA PINTO: Apartamento com 03quartos (sute), 2 quar-tos com armrios embu-tidos, WC social, sala em02 ambientes, cozinha,despensa, rea de servi-os com dependncia deempregadae garagempara 01 carro. R$ 1. 400,00com closed e hidro), to-dos com armrios embu-tidos, cozinha amplacom armrios. despensa.quintal amplo com am-biente de churrasqueirae fogo lenha, depen-dncia de empregada.rea de lazer com sauna,piscina com cascata, emquintal amplo. canil. ga-ragem para 4 carrosR$ 780. 000 ,00311- REZENDE- Imvelde altissimo padro efino acabamento, situa-do em rea nobre do Re-zende, em lote de 570,00m2 e com rea constru-da de 370,00m2.Arquitetura moder-na, ambientes amplos,com visibilidade inigua-lvel da cidade e arredo-res; excelente rea de la-zer com piscina e salode festas com churras-queira, fogo a lenha.Suite master totalmenteavarandada, ampla, comclosed e sala de banho.Aquecimento com ener-gia solar.R$ 850.000,00366 VILA PINTO Apartamento de timopadro, em local nobre,com vista panormicapara a cidade, no alto VilaPinto, com 3 quartos (su-te), todos os quartoscom armrios embutidos,WC social, sala socialem 3 ambientes, avaran-dada, cozinha com arm-rios modulados,360 VILA PAIVA Im-vel residencial em local pri-vilegiado, lote de 689,00m2,APARTAMENTO325 BOM PASTOR Casa em tima localizaoe excelente acabamentono alto Bom Pastor, com220,00m2 de rea constru-da; sala ampla, sala dejantar ampla, sute comarmrios embutidos deexcelente qualidade, doisquartos, WC social;WCs com box de blindex,lavatrios e vasos de es-tilo moderno; cozinhaampla, todos os quartoscom armrios embutidosembutidos de ampla. To-dos os quartos com arm-rios embutidos de exce-lente qualidade. Cobertu-ra ampla com vista mara-vilhosa da cidade, obri-gando mais um quarto,rea gourmet com chur-rasqueira e bar, WC soci-al. Garagem.R$ 250. 000,00327 CENTRO - Apar-tamento de alto padro efino acabamento, comsala social em tbua cor-rida, avarandada comsanka nos seus 03 ambi-entes, sala de jantar, la-vabo, wc. social, 04quartos(sendo 02 su-tes). todos os quartoscom armrios moduladose estantes, copa, cozinhacom bancadas em grani-to, armrios. rea de ser-vios, garagem. um apar-tamento por andar.R$ 700.000,00361 VILA PINTO Apartamento novo, comuma vaga de garagem,sala social, sala de jantar,3 quartos(suite), todosos quartos com armriosembutidos, WC social,cozinha com armriosmodulados avarandada.rea externa com WC elavanderia e quarto dedespensa.R$ 350.000,00APARTAMENTOSCLASSIFICADOS www.jornalgazetadevarginha.com VARGINHA, JUNHO DE 2014Aluguelrea de servios com depen-dncias de empregada e ga-ragem para 1 carro. Saloamplo para festas com cozi-nha, churrasqueira, WC fe-minino e masculino, saunae portaria 18 horas. R$500.000,00rea construda de 385,00 m2,frente ajardinada e avaranda-da. Garagem para 4 carros,sala social em 3 ambientes,sute de hospedes. Sala deTV 3 quartos amplos comarmrios (sute), WC so-cial, todos os quartosavarandados. Copa e co-zinha amplas com armri-os modulado despensa.rea de servios com de-pendncias de empregada,quintal amplo com pisci-na, salo com churras-queira, fogo a lenha eWC social. Telhado colo-nial e aquecimento solar. R$ 990.000,00449 - REZENDE - ImovelDe Alto Padrao E Fino Aca-bamento, Primeira Morada,Estrutura De Qualidade,Com Comodos Amplos, Am-bientes Realados Com De-corao Moderna E Excelen-te rea De Lazer. SubsoloCom Amplo Salo, reaGourmet, Sauna E Area DeServios. Telhado Colonial,Aquecimento Com EnergiaSolar. Porto Eletrnico. En-trada Principal AvarandadaPara Sala Social Em 3 Ambi-entes, 3 Quartos Amplos(Sute Com Closed, Hidro ,Box De Blindex E Varanda),Wc Social Com Box De Blin-dex. Cozinha Em 2 Ambien-tes Distintos, FormataoModerna Com Ilha De Gra-nito No Centro, rea DeVentilao Na Lateral, Varan-da Nos Fundos Com Peque-na rea De Servios Emer-gencial. R$ 1.700,00Construir para desenvolver!!!FBRICA DEBLOCOSLUCIANO Avenida dos Imigrantes, 4.425Vargem - Varginha - MGFone: 3223-8833 / 9971-0206Blocos - CanaletasAreias - BritasA Fbrica de Blocos Luciano tem atendido grandes obrasem Varginha e regio! Com qualidade e presteza tem feitocom que seus clientes se mantenham sempre satisfeitos.ANNCIOS www.jornalgazetadevarginha.com VARGINHA, JUNHO DE 2014GAZETA DE VARGINHA 01 DE JULHO DE 2014COPA DO MUNDOJulio Csar salva nos pnaltis, eBrasil vence o Chile no MineiroA seleo brasileiraest mais viva do quenunca na luta pelo he-xacampeonato. Nestesbado (28), o time en-carou o Chile, no Minei-ro, e, apesar do nervo-sismo natural e de al-guns sustos, acaboudespachando os velhosfregueses nas penalida-des mximas.David Luiz, aprovei-tando cobrana de es-canteio da esquerda eum leve desvio no pri-meiro pau, abriu o mar-cador aos 18 minutos,mas Sanchz, principaljogador chileno, apro-veitou bobeira de Mar-celo e Hulk para igualartudo ainda no primeirotempo, aos 31.A seleo pouco seabalou aps sofrer o em-pate, e criou ao menosSneijder: camisa 10 da Holanda aparece para decidirPrincipal jogador daHolanda na Copa do Mun-do da frica do Sul, em2010, Sneijder chegoupara a disputa da ediodeste ano no Brasil sem amesma badalao. No en-tanto, ainda com a confi-ana do tcnico Louis vanGaal e dos companheirosde seleo. Havia entreeles a certeza de que emalgum momento sua pre-sena seria decisiva. Eleaconteceu neste domin-go, ao empatar o jogo como Mxico aos 42 minutosdo segundo tempo.Sneijder deu a sobre-vida para a Holanda, queacabou se transformandoem uma virada dramticacom o pnalti sofrido porRobben e convertido porHuntelaar, aos 48 minu-tos do segundo tempo.Com o seu camisa 10 vol-tando a fazer gols a expec-tativa de que boas coisasesto por vir, afinal em2010 foi o artilheiro da se-leo na competio, comcinco tentos.Ao entrar em campocontra o Mxico, Sneijderchegou a 15 jogos em Co-pas do Mundo. Ele o re-cordista da seleo da Ho-landa, superando Rep,Jansen, Krol e Van Persie,todos com 14. Em gols,com seis, empatou comRobben, Bergkamp e Re-senbrink, atrs apenas deRep, maior artilheiro dopas na competio.Em 2010, Sneijder foifundamental para a Ho-landa no confronto com aseleo brasileira nasquartas de final, quando aHolanda venceu de viradapor 2 a 1 com dois gols deseu camisa 10. A expecta-tiva de que com a atua-o neste domingo ele vol-te a ter uma sequncia deboas atuaes.Durante a preparaopara a estreia na Copa doMundo, na Gvea, Sneij-der chegou a ser severa-mente repreendido pelotcnico Louis Van Gaal porerros de passe no treina-mento. Neste domingo,ele recompensou dando asobreviva que a Holandaesperava naquele momen-to.O fator Sneijder podeser decisivo para o time.Ele completa o trio de jo-gadores fora de srie doelenco, com Van Persie eRobben. Cada vez mais oJulio Csar foi o grande heri salvador da seleo ao defender dois pnaltis na decisotrs boas chances, aprincipal delas comNeymar, para ir ao in-tervalo em vantagem,mas acabou parando nafalta de sorte e nas mosdo goleiro Bravo, emtarde inspirada. O Chiletambm assustou JulioCsar, novamente emvacilo da retaguardabrasileira, mas no con-seguiu a virada antes dofim do primeiro tempo,para alvio do Mineirolotado.Durante o se-gundo tempo, a seleobrasileira continuou embusca do gol, mas comdificuldade de balanaras redes. A seleo doChile, por sua vez, ficoumais na retranca, ata-cando apenas em con-tra-ataques. No entanto,o placar seguiu inaltera-do at o fim do jogo.Na prorrogao, aseleo brasileira ficoumais tempo com a bolae teve mais chance parachegar ao segundo gol.Entretanto, os jogadoresparavam na forte mar-cao do setor defensi-vo chileno. Quem crioua melhor oportunidadede gol foi o atacante Pi-nilla que finalizou notravesso nos acrscimosdo segundo tempo daprorrogao.Depois de muitonervosismo no tempoextra, o duelo foi defini-do apenas nas penalida-des mximas. O goleiroJulio Csar brilhou, fezduas defesas e aindacontou com o erro deJara para comemorar aclassificao para asquartas de final da Copado Mundo.Nas quartas de final,o adversrio dos co-mandados de Luiz Feli-pe Scolari ser a seleoda Colmbia, que umadas sensaes da Copado Mundo 2014, at omomento. Neste sbado(28), os colombianos en-caram o Uruguai, ven-ceram por 2 a 0 e garan-tiram vaga na prximafase. O confronto entreColmbia e Brasil acon-tece na prxima sexta-feira (4), s 17h, horriode Braslia, no Castelo,em Fortaleza.camisa 10 vai precisar apa-recer. A Copa do Mundovai fechando o funil e a so-Snejder comemora gol da Holanda contra o Mxico:craque apareceu na hora necessriabrevivncia vem depen-dendo dos ps dos cra-ques.GAZETA DE VARGINHATECNOLOGIAEm experimento secreto,Facebook manipulaemoes de usuriosUm estudo deta-lhando como o Face-book manipulou se-cretamente o feed denotcias de aproxima-damente 700 mil usu-rios com o objetivode avaliar o contgioemocional desenca-deou revolta na redesocial.Durante uma se-mana em 2012 o Face-book manipulou o al-goritmo usado paradistribuir os posts nofeed de notcias dousurio para verificarcomo isso afetou o seuhumor.O estudo, condu-zido por pesquisado-res associados ao Face-book, pela Universida-de de Cornell, e pelaUniversidade da Cali-frnia, foi publicadoem junho na 17 edi-o dos Anais da Aca-demia Nacional de Ci-ncia.Os pesquisadorespretendiam verificarse o nmero de pala-vras positivas ou nega-tivas nas mensagenslidas pelos usuriosresultaria em atualiza-es positivas ou nega-tivas de seus posts nasredes sociais.Observou-se queos usurios que tive-ram o feed manipula-do utilizaram palavraspositivas ou negativasdependendo do con-tedo ao qual foramexpostos.Os resultados doestudo foram propa-gados quando a revis-ta online Slate and TheAtlantic abordou o as-sunto no sbado.Estados emocio-nais podem ser trans-feridos para os outrospor meio do contgioemocional, levando aspessoas a experimen-tarem as mesmasemoes de modo in-consciente, afirmamos autores da pesqui-sa. Estes resultadosprovam que as emo-O Aereo, serviode streaming de vdeoque busca fornecer umaalternativa em relao aemissoras de TV tradi-cionais, disse neste s-bado (28) que estavasuspendendo serviosdepois de ter sofridoum revs da SupremaCorte dos Estados Uni-dos nesta semana."Na quarta-feira(25), a Suprema Cortereverteu uma decisode instncia inferiorem favor do Aereo, emum grande retrocessopara os consumidores",disse o presidente-exe-cutivo da empresa,Chet Kanojia, em cartaaos clientes."Como resultadodessa deciso, nossocaso voltou para a ins-tncia inferior.Decidimos inter-romper temporaria-mente nossas opera-es enquanto consul-tamos o Tribunal e tra-amos nossos prximospassos", disse Kanojia,acrescentando que osconsumidores receberi-am de volta a ltimamensalidade paga.Em sua decisona quarta, a SupremaCorte disse que o Ae-reo, um servio apoia-do pelo magnata damdia Barry Diller, vio-lou a lei de direitos au-torais ao usar pequenasantenas para transmitircontedo de TV on-line para assinantes.A deciso foi umavitria para emissorastradicionais como aCBS, NBC, da Com-cast, ABC, da Walt Dis-ney, e Fox, da Twenty-First Century Fox.Iniciado em 2012e apoiado pelo IAC/In-terActiveCorp, de Dil-ler, o Aereo cobra emtorno de 8 a 12 dlarespor ms e permite ostreaming de transmis-ses ao vivo em dispo-sitivos mveis.O Aereo no pagaas emissoras. O servio opera-va em 11 cidades dosEstados Unidos.es expressas pelosoutros no Facebookinfluenciam nossasprprias emoes, oque evidencia o con-tgio em larga escalavia redes sociais.Enquanto outrosestudos usam meta-dados para estudartendncias, este pare-ce ser o primeiro amanipular dados paraverificar se h reao.A pesquisa con-siderada legal de acor-do com as normas doFacebook, mas seriatica?#Facebook FEEDDE USURIOS MA-NIPULADOS PARAE X P E R I M E N T OPSICOLGICO EMMASSA... Sim, est nahora de encerrar aconta do FB!, lia-seem post do Twitter.Outros tweetsusavam expressescomo super pertur-bador, assustador emau, assim comomanifestaes irrita-das, para descrever oestudo.Susan Fiske, pro-fessora da Universida-de de Princeton queeditou o artigo parapublicao, disse aThe Atlantic que elaficou preocupada coma pesquisa e entrouem contato com os au-tores.Eles disseram queo conselho institucio-nal aprovou o estudo,j que o Facebookmanipula a atualizaodo feed dos usurios otempo todo.Fiske admitiu terficado um pouco as-sustada com o estu-do. O Facebook dissea The Atlantic queconsidera cuidadosa-mente a pesquisa eque h um processode avaliao interna.O Facebook, mai-or rede social do mun-do, informa ter maisde um bilho de usu-rios ativos.Aereo suspende servio de streamingaps deciso de Corte dos EUA01 DE JULHO DE 2014