Gazeta de Varginha - 29/07/2014

Download Gazeta de Varginha - 29/07/2014

Post on 01-Apr-2016

219 views

Category:

Documents

6 download

DESCRIPTION

Edio 9.037

TRANSCRIPT

  • pgina 02

    PONTO DE VISTA

    Nmeros 02

    Mx: 18 / Mn: 12

    A ordem das tribos noacampamento

    Quebra da safra de caf chegaa 40% em Varginha e regio

    EDIO 9.037R$ 1, 00 VARGINHA, 29 DE JULHO DE 2014

    DEUS FIEL

    local/pgina 03

    Especialistas dizem que situao considerada preocupante; desemprego uma das consequncias

    local/pgina 04

    Este ano o Sul de Minasdeve colher pelo menos 6milhes de sacas de caf amenos que o previsto. Emtodo o Estado de MinasGerais, a previso deuma quebra de safra emtorno de 30%. A situao considerada preocupan-te, e uma das principaisconsequncias o desem-prego na regio. Em mui-tas cidades, o produto re-presenta quase a totalida-de da arrecadao de im-postos.

    O motivo a estiagemprolongada. O cultivo chamado caf de sequei-

    Mortes nas estradas: fim de semana

    chuvoso supera a Semana Santa

    ro, ou seja, a planta de-pende da chuva para sedesenvolver. Ao contrriode outras regies, como oserrado mineiro, onde ocaf irrigado.

    Especificamente noSul de Minas a perda podechegar a 40%, segundo opresidente da Associaodos Produtores Rurais doSul de Minas Assul, Ar-naldo Botrel Reis. Isso re-presenta cerca de seis mi-lhes de sacas de caf amenos que o previsto ini-cialmente.

    gazetadevarginha@gmail.com

    www.jornalgazetadevarginha.com

    facebook.com/gazetavga

    minas/pgina 09local/pgina 05

    A Polcia RodoviriaFederal (PRF) regis-trou 21 mortes em aci-dentes nas rodovias fe-derais que cortam Mi-nas Gerais no ltimofim de semana do msde julho. De acordocom a corporao, fo-

    ram registrados 368 aci-dentes, com 249 feridose 21 mortos em todo oEstado. O nmero demortes supera o regis-trado no feriado da Se-mana Santa, que foi 15.

    Cemig garante queassentamentos do MSTtero energia eltrica

    Escolasmunicipaisinauguramquadra e

    consultrio

    Vereador faz viagempara tentar trazer novos

    cursos para Varginhalocal/pgina 07

  • Boa sorte!Respostas na prxima edio

    CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no seresponsabiliza por

    conceitos emitidos emartigos assinados, mesmo

    sobpseudnimos, que so deinteira responsabilidade

    de seus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:

    Rodrigo S. Fernandes Sindjori- MG 312/99 - Administra-o/Reviso: Lanamara Silva

    - Paulo Ribeiro da SilvaFernandes

    (Jornalista e superintenden-te de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas do

    InteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departamentode Publicidade Av. dosImigrantes, 445 - SantaMaria - CEP 37022-560 -

    Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845

    VARGINHA/MGE-mail: gazetade

    varginha@gmail.comgazetacomercial2@yahoo.

    com.brEndereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br

    29 DE JULHO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    1 - E FALOU o SE-NHOR a Moiss e a Aro,dizendo:

    2 - Os filhos de Isra-el armaro as suas ten-das, cada um debaixo dasua bandeira, segundo asinsgnias da casa de seuspais; ao redor, defronteda tenda da congregao,armaro as suas tendas.

    3 - Os que armaremas suas tendas do lado dooriente, para o nascente,sero os da bandeira doexrcito de Jud, segun-do os seus esquadres, eNaassom, filho de Ami-

    nadabe, ser prncipe dosfilhos de Jud.

    4 - E o seu exrcito,os que foram contadosdeles, era de setenta equatro mil e seiscentos.

    5 - E junto a ele arma-r as suas tendas a tribode Issacar; e Natanael, fi-lho de Zuar, ser prnci-pe dos filhos de Issacar.

    6 - E o seu exrcito,os que foram contadosdeles, era de cinqenta equatro mil e quatrocentos.

    7 - Depois a tribo deZebulom; e Eliabe, filhode Helam, ser prncipe

    dos filhos de Zebulom.8 - E o seu exrcito,

    os que foram contadosdeles, era de cinqenta esete mil e quatrocentos.

    9 - Todos os que fo-ram contados do exrcitode Jud, cento e oitenta eseis mil e quatrocentos,segundo os seus esqua-dres, estes marcharoprimeiro.

    10 - A bandeira doexrcito de Rben, se-gundo os seus esqua-dres, estar para o ladodo sul; e Elizur, filho deSedeur, ser prncipe dos

    Palavras de Vida

    A ordem das tribos no acampamentoNmeros 02Parte Ifilhos de Rben,

    11 - E o seu exrcito,os que foram contadosdeles, era de quarenta eseis mil e quinhentos.

    12 - E junto a ele ar-mar as suas tendas a tri-bo de Simeo; e Selumi-el, filho de Zurisadai, serprncipe dos filhos de Si-meo.

    13 - E o seu exrcito,os que foram contadosdeles, era de cinqenta enove mil e trezentos.

    14 - Depois a tribo deGade; e Eliasafe, filho deDeuel, ser prncipe dos

    filhos de Gade.15 - E o seu exrcito,

    os que foram contadosdeles, era de quarenta ecinco mil e seiscentos ecinqenta.

    16 - Todos os que fo-ram contados no exrcitode Rben foram cento ecinqenta e um mil e qua-trocentos e cinqenta,segundo os seus esqua-dres; e estes marcharoem segundo lugar.

    17 - Ento partir atenda da congregaocom o exrcito dos levitasno meio dos exrcitos;

    Maurcio Sampaio

    O segundo semestrecomeou. hora de mi-lhes de jovens definirema escolha profissional. Etomar essa deciso de for-ma clara, sem hesitao, o primeiro passo para osucesso.

    Pesquisas mostramque alunos que sabem ouao menos esto mais tran-

    quilos com a escolha pro-fissional obtm melhoresresultados nos vestibula-res. Isso acontece porqueeles se sentem mais segu-ros e motivados e podemfocar as atenes exclusi-vamente nos exames.

    E isso mesmo.Quando sabemos o querealmente queremos, pa-rece que nosso crebro ecorpo jogam a nosso fa-

    vor.Qual rumo profissio-

    nal devo tomar? Qual aprofisso devo escolher?O que vou cursar na uni-versidade? Ser que vouganhar dinheiro? Certa-mente estas perguntasrondam a cabea de umjovem s vsperas de con-cluir o ensino mdio.

    Escolher uma profis-so, nos dia de hoje, no uma misso to simples.Tradicionais profissesdo espao a novas opese a novos caminhos. Achegada em massa da tec-nologia no s transfor-mou processos comocriou eficazes canais deoportunidades.

    Surge a cada dia,como num toque de m-gica, uma variada gama decursos: superiores, espe-cializaes, MBAs e ou-tros. Cresce de formavertiginosa o nmero deinstituies de ensino.Alis, nunca ficou to f-cil frequentar uma uni-versidade. Bastam algunscliques na internet epronto! s baixar o di-ploma no e-mail.

    Ganhar dinheiro x fa-zer o que gostaOutroscomplicadores tambmaparecem na hora dagrande deciso e causamdesconforto. Um deles escolher entre o sucessoe a fama ou o prazer e asatisfao pessoal, o re-sultado financeiro ou apaixo pelo ofcio. Alis,gostaria de fazer um apar-te a este tema dinheiro.Tenho atendido em meuescritrio de orientaoprofissional muitos jo-

    como armaram as suastendas, assim marcha-ro, cada um no seu lu-gar, segundo as suasbandeiras.

    18 - A bandeira doexrcito de Efraim se-gundo os seus esqua-dres, estar para olado do ocidente; e Eli-sama, filho de Amide,ser prncipe dos filhosde Efraim.

    19 - E o seu exrci-to, os que foram conta-dos deles, era de qua-renta mil e quinhentos.

    Continua...

    vens que esto fazendo aescolha com base no re-sultado financeiro. Umgrande erro!

    Grana no passa deuma atividade meio, ouseja, ela vir desde quevoc se esforce em con-cretizar seus objetivos,cumpra suas metas, sejainsistente, perseveranteno seu sonho e crie um di-ferencial para o seu neg-cio ou para voc mesmo!Uma espcie de DNAprofissional. No cabule aaula de biologia, vai fazerfalta!

    Influncia dos paisPior ainda lidar com

    a frustrao de pais queprojetam em seus filhosaquilo que queriam ser oumesmo os induzem a darsequncia em suas ativi-dades ou aos seus neg-cios. Em alguns casos, istose torna natural e sadio:numa famlia de mdicos,os filhos se tornam gran-des mdicos no futuro.

    Mas cabe aqui colocarminha experincia e opi-nio pessoal. Falo especi-almente para aqueles queforem fazer o mesmo queeu fiz, no que diz respeito sucesso familiar, to-mar conta do negcio dafamlia. Alguns alunos fa-zem esta opo no porvontade prpria, mas simcomo um caminho defuga e comodismo.

    Pois saibam que pre-cisaro se dedicar muito,pois as cobranas viro emdobro. Alm disso, voctem de se tornar mestreem administrar relacio-namentos, pois estamos

    falando de convvio fami-liar.

    Comece a desenhar seuprojeto de vida

    Aqui vai mais umadica: to ou mais impor-tante que escolher umaprofisso, um curso supe-rior, uma faculdade ouuma universidade saberpreparar um plano devida, uma espcie de pla-no de voo. Analise suaspossibilidades de formaholstica. Voc no deveachar que cursar Farm-cia lhe dar somente o di-reito de ser farmacuticoou Psicologia lhe possibi-litar apenas montar maisuma clnica. Tenha emmente que sua escolhalhe abrir um mar de

    oportunidades de merca-do jamais pensadas.

    Seja diferente, faadiferente, inove! Paraisso, o importante gas-tar mais tempo olhandopara o seu interior. Des-cubra seus talentos, suashabilidades, sua vocao,seus traos de personali-dade. Seja criativo e ob-servador, analisando cadamudana em sua volta. Sento voc ser capaz deescolher o rumo certo deuma feliz e apaixonanteprofisso.

    Maurcio Sampaio educador, orientador vo-cacional e profissional,palestrante, escritor, co-ach e fundador do Insti-tuto MS.

    Reta final: os dilemas dos jovens s portas do vestibular

    Caa-Palavras

  • GAZETA DE VARGINHA | 0329 DE JULHO DE 2014LOCAL

    Quebra da safra de caf chegaa 40% em Varginha e regioEspecialistas dizem que situao considerada preocupante; desemprego uma das consequncias

    Este ano o Sul de Mi-nas deve colher pelomenos 6 milhes de sa-cas de caf a menos queo previsto. Em todo oEstado de Minas Ge-rais, a previso deuma quebra de safra emtorno de 30%. A situa-o considerada pre-ocupante, e uma dasprincipais consequn-cias o desemprego naregio. Em muitas ci-dades, o produto re-presenta quase a totali-dade da arrecadao deimpostos.

    O motivo a estia-gem prolongada. Ocultivo chamado cafde sequeiro, ou seja, aplanta depende dachuva para se desenvol-ver. Ao contrrio deoutras regies, como oserrado mineiro, ondeo caf irrigado.

    Especificamente noSul de Minas a perdapode chegar a 40%,segundo o presidenteda Associao dos Pro-dutores Rurais do Sulde Minas Assul, Ar-naldo Botrel Reis. Issorepresenta cerca de seismilhes de sacas decaf a menos que o pre-visto inicialmente.

    Arnaldo Botrel ex-

    plicou que normal-mente, na regio, a co-lheita do caf comeaem maro e termina emoutubro. Em 2014 a si-tuao est bem dife-rente. No fim de julhoentre 60% e 70% da sa-fra est nos terreiros.Dois meses a menosque em outras pocasde colheitas.

    E o mercado j de-tectou o problema emMinas Gerais. Nesta se-mana, o caf chegou aser negociado a R$420,00 a saca. ParaBotrel, esse preo no normal em poca decolheita. E s aconte-ceu porque o mercado

    prometido as plantas.Ainda no temos comomensurar as futurasperdas, enfatizou.

    Para o presidente daCapal (CooperativaAgropecuria de Ara-x), Alberto Adhemardo Valle Junior, os pre-os at esto compen-sando as suas perdas. Oque no pode cairmais. Mas o que me pre-ocupa que a produodo ano que vem podeficar comprometida,declarou. A Capal rece-be cerca de 300 mil sa-cas por ano de seus pro-dutores e at o momen-to o volume recebido foide 30 mil sacas.

    do produto receia quea quebra de safra emMinas possa afetar osestoques mundiais.

    O desemprego tam-bm preocupa. O pre-sidente da Sissul, enti-dade que engloba ou-tros 47 sindicatos deprodutores rurais, in-formou que em muitascidades, o negcio docaf representa at 90%da receita do munic-pio.

    Para se entender por-que a produo do Sulde Minas afeta MinasGerais e o pas, bastadizer que na regio aproduo anual normalvaria entre 12 e 15 mi-

    lhes de sacas de caf.Minas colhe entre 20 e25 milhes de sacas.

    A situao emMinas

    O diretor da FAE-MG e presidente daComisso Nacional eEstadual do Caf, Bre-no Mesquita, a Conab(Companhia Nacionalde Abastecimento)apontou em seu lti-mo levantamento umaproduo no Estado de22 milhes de sacas de60 quilos, ante as 25milhes de sacas inici-almente previstas. Oque ns temos perce-bido que a perda es-

    timada hoje pelo setor de um total de 23%da primeira projeo.Mas h regies em quea quebra j chega a30%, declarou.

    Segundo ele, entre40% e 50% da safra jest colhida. As regiesmais atingidas pela secaforam o sul de Minas eZona da Mata. O cer-rado e a chapada tam-bm foram atingidos,mas em uma escala umpouco inferior. A gran-de dvida o quantoque esse fator pode in-fluenciar a safra de2015/2016. O cafeeirono cresceu direito, aestiagem pode ter com-

    PM intercepta jovens envolvidos em furto e recupera motocicletaNeste domingo

    (27), a Polcia Militarinterceptou envolvidosem furto de veculo erecuperou motocicletaem Varginha, no Bair-ro Sion.

    Durante a madru-gada, uma equipe mi-litar realizava patrulha-mento pela AvenidaCelina Ferreira Ottoni,quando em determina-do momento deparoucom um jovem, W.A.S.,

    de 20 anos, empurran-do uma motocicleta.Dada a atitude suspei-ta, o rapaz foi aborda-do e submetido bus-ca pessoal, sendo en-contrada uma parte deum cadeado quebradocom ele.

    Ao ser questiona-do, o rapaz admitiu terfurtado a motocicleta,de um estabelecimentolocalizado no BairroJardim Mariana, com a

    ajuda de dois jovens,conhecidos comoRafa, 18, e Nino, 16.Os rapazes arromba-ram o estabelecimento,furtaram a motocicletae fugiram em seguida,porm W.A.S. foi abor-dado pela PM logoaps a infrao.

    Diante dos fatos, osmilitares iniciaram bus-cas pelos outros envol-vidos no furto, vindo alocaliz-los na Rua

    Margarida Lcio, Jar-dim urea. Foi dadavoz de priso para osautores e de apreenso

    para o menor infrator. Os rapazes possu-

    em diversas passagenspela Polcia, entre elas

    por ameaa, furto, porteilegal de arma branca ede arma de fogo, re-ceptao, uso e trficode drogas, entre ou-tras.

    O veculo foi apre-endido e removido aoptio credenciado, parademais providncias.Os envolvidos no furtoforam conduzidos Delegacia de PolciaCivil, onde ficaram disposio do delegado.

  • Escolas municipais inauguram quadracoberta e consultrio odontolgico

    LOCAL04 | GAZETA DE VARGINHA 29 DE JULHO DE 2014

    Banheiras - Carpetes - Cermica - Coifas - Cooktops - Cortinas e persianasCubas - Divisrias - Espelhos e Armrios - Fechaduras - Forros - Louas - MetaisPapel de Parede - Pisos Laminados - Pisos Pastilhados - Pisos Vinlicos - Plafns

    Portas e Janelas - Puxadores de Porta - Rodaps e Guarnies

    Rua Tiradentes, 375 - CentroVarginha-MG - Cep: 37002-200

    (35) 3222-1919 / 3222-2914

    www.realcedecoracoes.net

    A sexta-feira, 25/07,foi marcada pelas inaugu-raes de uma quadra co-berta na Escola MunicipalProf. Helena Reis - Caic IIe de um consultrio odon-tolgico na Escola Muni-cipal So Jos. Ocasiesque reuniram as comuni-dades escolares e autori-dades municipais, todosimbudos em um mesmoobjetivo: comemorar maisestas conquistas que cer-tamente contribuiro paraformao de crianas eadolescentes, oferecendoensino de qualidade eapoio atravs do esporte edo cuidados com a sade.

    A diretora do Caic II,Prof Gizelda AparecidaPompeu Ferreira, agrade-ceu o empenho de todosna execuo desta melho-ria na escola. Esta quadrareafirma o nosso compro-

    misso em promover aespara o aprimoramento daEducao Integral na redemunicipal, atendendo osanseios desta comunidadeescolar, estimulando aprtica de esportes entreos alunos, afir...