Gazeta de Varginha - 18/07/2014

Download Gazeta de Varginha - 18/07/2014

Post on 01-Apr-2016

246 views

Category:

Documents

29 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edio 9.030

TRANSCRIPT

  • pgina 02

    PONTO DE VISTA

    Levtico 25

    Mx: 24 / Mn: 08

    O Ano de Descanso

    OAB Varginha leva servios desade a profissionais de direito

    EDIO 9.030R$ 1, 00 VARGINHA, 18 DE JULHO DE 2014

    DEUS FIEL

    local/pgina 03

    Campanha de valorizao da sade foi realizada no Frum de Varginha, na tarde de quarta-feira

    regional/pgina 06

    A Caixa de Assistnciados Advogados e a OABVarginha realizaram natarde de quarta-feira (16)mais uma fase da campa-nha Valorizao da Sadedo Advogado. Outra vez,na entrada do Frum deVarginha.

    Durante o horrio defuncionamento do Frum,juzes, advogados, estagi-rios, funcionrios e usu-rios do local puderamparticipar. disposioatendimentos com pesso-al especializado para aferi-o de presso, teste de

    Mais da metade das candidaturasem Minas Gerais so impugnadas

    glicose, aplicao de vaci-nas, informao nutricio-nal e fisioterapeutas.

    Alm do evento na Jus-tia Estadual, regularmen-te a campanha se encontratambm na Justia do Tra-balho e na Justia Federal.Segundo o delegado daCAA da OAB Varginha econselheiro estadual daentidade, o advogado eprofessor Vicente LimaLordo, o objetivo atin-gir o advogado em seu lo-cal de trabalho.

    gazetadevarginha@gmail.com

    www.jornalgazetadevarginha.com

    facebook.com/gazetavga

    local/pgina 04

    Agentesusam novo

    fungicida

    contra a

    dengue no

    Sul de MG

    local/pgina 05

    Mais de 60% das can-didaturas apresentadaspara as eleies de 2014,em Minas Gerais, foramimpugnadas pela Procu-radoria Regional Eleito-ral. Entre elas, trs ao go-verno do estado e trs aosenado. Dos 1.141 reque-rimentos irregulares,

    289 foram consideradosinelegveis. Destes, 17so candidatos ficha suja,j condenados pela Justi-a Eleitoral. No total,1.773 pedidos de registroforam contabilizados emMinas.

    pgina 09

    Projeto de modernizao

    e ampliao do aeroporto

    entra na fase final

    Enquanto isso, prefeitura busca empresa que possaretomar os voos para So Paulo e Belo Horizonte.

  • CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no seresponsabiliza por

    conceitos emitidos emartigos assinados, mesmo

    sobpseudnimos, que so deinteira responsabilidade

    de seus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:

    Rodrigo S. Fernandes Sindjori- MG 312/99 - Administra-o/Reviso: Lanamara Silva

    - Paulo Ribeiro da SilvaFernandes

    (Jornalista e superintenden-te de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas do

    InteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departamentode Publicidade Av. dosImigrantes, 445 - SantaMaria - CEP 37022-560 -

    Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845

    VARGINHA/MGE-mail: gazetade

    varginha@gmail.comgazetacomercial2@yahoo.

    com.brEndereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br

    18 DE JULHO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    24 - Portanto emtoda a terra da vossa pos-sesso dareis resgate terra.

    25 - Quando teu ir-mo empobrecer e ven-der alguma parte da suapossesso, ento vir oseu resgatador, seu pa-rente, e resgatar o quevendeu seu irmo.

    26 - E se algum notiver resgatador, pormconseguir o suficientepara o seu resgate,

    27 - Ento contar osanos desde a sua venda, e oque ficar restituir ao ho-mem a quem a vendeu, etornar sua possesso.

    28 - Mas se no conse-guir o suficiente para res-tituir-lha, ento a que foivendida ficar na mo docomprador at ao ano dojubileu; porm no ano dojubileu sair, e ele tornar sua possesso.

    29 - E, quando algumvender uma casa de mora-

    dia em cidade murada, en-to poder resgat-la atque se cumpra o ano da suavenda; durante um ano in-teiro ser lcito o seu res-gate.

    30 - Mas, se, cumprin-do-se-lhe um ano inteiro,ainda no for resgatada, en-to a casa, que estiver na ci-dade que tem muro, emperpetuidade ficar ao quea comprou, pelas suas ge-raes; no sair no jubileu.

    31 - Mas as casas das al-

    Palavras de Vida

    O Ano de DescansoLevtico 25Parte IIdeias que no tm muro aoredor, sero estimadascomo o campo da terra;para elas haver resgate, esairo no jubileu.

    32 - Mas, no tocante scidades dos levitas, s ca-sas das cidades da sua pos-sesso, direito perptuo deresgate tero os levitas.

    33 - E se algum com-prar dos levitas, uma casa,a casa comprada e a cidadeda sua possesso sairo dopoder do comprador no ju-

    Olavo Machado Jnior

    No sou daquelesque costumam confun-dir a Seleo Brasileiracom a ptria de chutei-ras, mas no h como notirar do fiasco do timebrasileiro na Copa doMundo 2014 lies im-portantes para o pas. Osonho do hexa ficou paratrs e est adiado pelomenos at 2018 . O quese diz agora que o fute-bol brasileiro precisapassar por mudanas pro-fundas para reconquistaro espao que lhe perten-ce, por direito, a partir daconquista dos ttulos de1958 (Sucia), 1962 (Chi-le), 1970 (Mxico), 1994(EUA) e 2002 (Japo/Coria do Sul).

    O que esse memor-

    vel rosrio de grandesconquistas nos diz que,de fato, temos um dosmelhores futebis domundo, muitos dos prin-cipais craques globais e,portanto, a chance desempre obter bons resul-tados. O que a humilhan-te derrota para a Alema-nha nos diz que a opopela arrogncia, a prepo-tncia, o corporativismo,o sectarismo e o persona-lismo so o caminho maiscurto para a incompetn-cia e o fracasso. aqui,exatamente, que encon-tramos a primeira analo-gia: dentro de pouco maisde dois meses teremoseleies para escolherdeputados estaduais, de-putados federais, gover-nadores, senadores epresidente da Repblica.

    bileu; porque as casas dascidades dos levitas so a suapossesso no meio dos fi-lhos de Israel.

    34 - Mas o campo doarrabalde das suas cidadesno se vender, porquelhes possesso perptua.

    35 - E, quando teu ir-mo empobrecer, e as suasforas decarem, entosustent-lo-s, como es-trangeiro e peregrino vive-r contigo.

    36 - No tomars dele

    No D Mais !Somos ainda um pas

    relativamente jovem, te-mos recursos naturaisfartos e estratgicos, te-mos um povo trabalhadore competente, temos umsetor produtivo modernoe apto a disputar e con-quistar mercados-temos,portanto, todas as condi-es para assumir posiode relevo no cenriomundial. O que nos falta,ento? Lderes polticoscomprometidos com opas e com o seu povo eque repudiem claramen-te o fisiologismo, o cor-porativismo, o sectaris-mo. De onde saem esseslderes ? Obviamenteque das eleies, ocasiopara que o eleitor faa suaescolha com conscincia,votando em candidatosefetivamente compro-missados em construirum pas que seja forte doponto de vista econmi-co, socialmente justo everdadeiramente demo-crtico.

    Assim como no mais possvel admitiruma seleo de futebolque no tenha o melhortcnico, moderno e atua-lizado, os melhores joga-dores, a melhor estrat-gia de jogo e - sempre -garra e vontade de ven-cer, tambm precisamosde polticos que antes deenxergar os seus prpri-os interesses partidriossejam capazes de ver epriorizar o pas. No dmais para conviver comgovernantes que faamda gesto pblica um la-tifndio a ser concedido,via ministrios e demais

    cargos pblico, a aliadosque se disponham a ce-der seu tempo em pro-gramas eleitorais e a fun-cionar como vaquinhasde prespio nas votaesda Cmara dos Deputa-dos, no Senado Federal,assemblias legislativas ecmaras municipais.

    No se pode mais ad-mitir governantes sem-pre prontos a manipulara opinio pblica na pin-tura de cenrios positivosquando a realidade dopas mostra a inflao emalta, os maiores juros domundo e as menores ta-xas de crescimento dahistria do pas, com pi-binhos que se repetem acada ano. No d maispara conviver com gover-nantes que, por sua ina-o e omisso, condenamo pas s piores coloca-es em rankings mundi-ais que medem a qualida-de da educao, da sa-de, da segurana, da ino-vao, do desenvolvi-mento de tecnologia e deinfraestrutura - estradas,ferrovias, portos e aero-portos, comprometendoa competitividade da eco-nomia do pas e de suasempresas.

    No d mais paraconviver com parlamen-tares que, ignorando osinteresses do pas e dasregies que represen-tam, apoiam sem questi-onar as medidas provis-rias editadas aos borbo-tes nos gabinetes do po-der central, por mais es-tapafrdias que sejam.No d mais para elegere conviver com lderes

    juros, nem ganho; mas doteu Deus ters temor,para que teu irmo vivacontigo.

    37 - No lhe dars teudinheiro com usura, nemdars do teu alimento porinteresse.

    38 - Eu sou o SE-NHOR vosso Deus, quevos tirei da terra do Egi-to, para vos dar a terra deCana, para ser vossoDeus.

    Continua...

    polticos que deixam defazer as obras indispen-sveis e, quando fazem,elas desmoronam comofolhas ao vento, colocan-do em risco a vida daspessoas. No d mais paraconviver com um ambi-ente poltico no qual, nomais que de repente, so-mos surpreendidos coma renncia de ministrosdos principais tribunaisdo pas, sem maiores ex-plicaes.

    Enfim, tudo indicaque mesmo hora demudar o jogo - a no serque mudamos o jeito deser - e, com ele, muda umesquema que provocou omais retumbante fracas-so na histria do melhorfutebol do mundo. Demesma forma, hora de

    aproveitar as eleies quese aproximam para esco-lher os melhores candi-datos, em todos os nveis,e mandar para casa figu-rinhas carimbadas e re-provadas por uma atua-o poltica contrria aosinteresses do pas e doscidados. Dia 5 de outu-bro est chegando e seno aproveitarmos aoportunidade de votarbem, escolhendo os me-lhores candidatos, assimcomo no futebol, teremosque esperar por 2018. Ahora agora. No d maispara esperar!

    Olavo Machado Jnior Presidente da Federa-o das Indstrias do Es-tado de Minas Gerais -Fiemg.

    Respostas do Caa-Palavrasda e