educaÇÃo e modernidade em georg simmel .educaÇÃo e modernidade em georg simmel elson junior...

Download EDUCAÇÃO E MODERNIDADE EM GEORG SIMMEL .EDUCAÇÃO E MODERNIDADE EM GEORG SIMMEL Elson Junior Santo

Post on 28-Jul-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • EDUCAO E MODERNIDADE EM

    GEORG SIMMEL

    Elson Junior

    Santo Antnio de Pdua, abril de 2018

  • Antiguidade: conexo entre o material e o

    subjetivo.

    Idade Mdia: manuteno da totalidade

    (ofcios, corporaes, laos de dependncia,

    ligaes pessoais).

    Ofcio = formao ou percurso?

    Modernidade: separao entre a cultura

    subjetiva e a cultura objetiva.

  • Marx: Modernidade = alienao e luta de

    classes.

    Durkheim: Modernidade = ampliao dos

    papis sociais e a transio de uma sociedade

    de solidariedade mecnica para uma

    sociedade de solidariedade orgnica.

    Weber: Modernidade = desencantamento do

    mundo e a formao do Estado racional-legal.

    Zygmunt Bauman: Modernidade Lquida.

  • Modernidade: afetada pela economia

    monetria = liberdade X tragdia moderna.

    Tragdia:

    1)- libertao da personalidade.

    2)- Desempenho X personalidade.

    3)- Liberdade = ausncia de constrangimentos.

    Liberdade possvel = lidar com

    constrangimentos e obrigaes.

  • Desenvolvimento da cultura objetiva X

    dinheiro.

    Dinheiro = um meio to importante que se

    torna um fim.

    Dinheiro = deus moderno.

  • O lado escuro ou trgico: na realidade,

    apenas a cultura objetiva se torna

    crescentemente cultivada e rica, seja em

    relao tcnica, cincia ou arte, enquanto os

    indivduos se tornam, paradoxalmente, cada

    vez mais pobres e pouco cultivados.

    auto-realizao pessoal = mera

    possibilidade.

  • A Personalidade Heroica (Nietzsche).

    O dinheiro = um solo de entendimento

    imediato.

    Contudo = um ego mais afastado => perda da

    importncia psicolgica.

    Nos escapam, o ncleo e o sentido da vida.

    Ainda no definitivo, mas crescente.

  • A tragdia a cada nivelao.

    At 1759 = o Banco Central da Inglaterra no

    emitia nota menor que 20 libras esterlinas.

    O dinheiro , propriamente, que uma ponte

    aos valores definitivos, e no podemos morar

    numa ponte.

    Maior risco = perder a si mesmo.

  • Educao X Dinheiro?

    Ideologia.

    Associao da personalidade tecnologia.

    Uniformidade para favorecer ao capital.

    Reformas para o capital.

    Mensurar o humano?

  • ALTERNATIVA

    DIFERE DE SOLUO

  • EDUCAO ASSOCIADA A

    FORMAO HUMANA

    =

    A BUSCA DE UMA

    EDUCAO COM SENTIDO

    =

    UMA PEDAGOGIA CRTICA.

    NO EXATA, CRTICA.

  • MINHA FAIXA NA FRENTE

    DA ESCOLA:

    PEDRO: Pizzaiolo de sucesso! Bom filho, excelente marido,

    tico, no sonega impostos, no machista, lava, passa, joga

    futebol muito bem, tem medo de aranha, ronca, enrola para

    tomar banho, adorado por seus vizinhos e o preferido no

    churrasco da famlia. Adora assistir desenho animado com os

    filhos e namorar sua linda esposa.