relatório psm

Download Relatório PSM

Post on 01-Jul-2015

313 views

Category:

Education

9 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSOCAMPUS UNIVERSITRIO DE RONDONPOLISINSTITUTO DE CINCIAS AGRRIAS E TECNOLGICASCURSO DE ENGENHARIA MECNICARELATRIO DE PROJETO DE BANCADA HIDRULICAS.A.L.A.D.A. HIDRULICARondonpolis-MT2014

2. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSOCAMPUS UNIVERSITRIO DE RONDONPOLISINSTITUTO DE CINCIAS AGRRIAS E TECNOLGICASCURSO DE ENGENHARIA MECNICARELATRIO DE PROJETO DE BANCADA HIDRULICAS.A.L.A.D.A. HIDRULICATrabalho apresentado ao curso de EngenhariaMecnica, da Universidade Federal de MatoGrosso, Campus de Rondonpolis, comorequisito da avaliao parcial da disciplina deProjeto de Sistemas Mecnicos, ministradapelo Prof. Marcio Venzon.Rondonpolis-MT2014 3. SUMRIO1. introduo...............................................................................................52. OBJETIVO .............................................................................................33. Reviso bibliogrfica..............................................................................41.1 Organizao e fundamentao de projetos.....................................41.1.1 Evoluo do Gerenciamento de Projetos..................................43.2.1 Gerenciamento de projetos, conceitos e definio...........63.3.1 Desenvolvimento de um novo produto..............................93.4.1 Tipos de Projetos existentes...........................................123.5.1 Componentes Fundamentais de um Projeto...................143.6.1 Ciclo de vida de um produto...................................................213.7.1 Estrutura Organizacional........................................................221.2 Bancadas Didticas .......................................................................311.3 Sistemas Hidrulicos .....................................................................321.4 Vantagens e Desvantagens do Sistema Hidrulico.......................331.4.1 Vantagens do Sistema Hidrulico .........................................331.4.2 Desvantagens do Sistema Hidrulico......................................341.5 Principais Diferenas entre Hidrulica e Pneumtica quanto sCaractersticas dos Fluidos.............................................................................351.6 Componentes Bsicos de um Sistema Hidrulico........................361.6.1 Fluido Hidrulico.....................................................................371.6.2 Reservatrios Hidrulicos .......................................................381.6.3 Filtros.......................................................................................401.6.4 Bombas hidrulicas ................................................................441.6.5 Vlvulas..................................................................................503.5.6 Atuadores Hidrulicos.............................................................564. METODOLOGIA..................................................................................585. RESULTADOS OBTIDOS ..................................................................591.7 PLANO DE ATIVIDADES E CRONOGRAMA...............................591.8 FUNES E SALRIOS..............................................................60 4. 1.9 DESMONTAGEM DA BANCADA E SELEO DOSCOMPONENTES............................................................................................611.10 ESBOOS INICIAIS E DESENHOS TCNICOS........................621.11 ESPECIFICAO DE MATERIAIS E EQUIPAMENTOS............621.11.1 RELAO DE MAQUINRIO...............................................621.11.2 RELAO DE FERRAMENTAS...........................................631.11.3 RELAO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEOINDIVIDUAL.................................................................................................651.11.4 RELAO DE COMPONENTES DA BANCADA..................661.11.5 ESPECIFICAO DOS COMPONENTES AVULSOS.........681.12 ORAMENTOS............................................................................681.12.1 ORAMENTO DE FERRAMENTAS.....................................691.12.2 ORAMENTO DE EQUIPAMENTOS DE PROTEOINDIVIDUAL.................................................................................................691.12.3 ORAMENTO DOS ELEMENTOS DE FIXAO DABANCADA...................................................................................................711.12.4 ORAMENTO DOS COMPONENTES DA BANCADA ........731.13 ESQUEMA E SIMULAO DO CIRCUITO HIDRULICO.........751.14 MONTAGEM DA BANCADA HIDRAULICA.................................771.15 CUSTOS DE PROJETO..............................................................811.15.1 CUSTO DE MATERIAL.........................................................811.15.2 CUSTO DE MO-DE-OBRA.....................................................816. CONSIDERAES FINAIS.................................................................867. REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS....................................................88 5. 1.INTRODUOProjetar uma das funes que mais descrevem um engenheiro,pois utiliza-se ferramentas que definem a criao tanto de um componentecomo de uma mquina completa e seus sistemas mecnicos. Alm dedesenhos, clculos, e testes matemticos o engenheiro deve estar preparadopara administrar e organizar uma equipe de trabalho.Segundo Pahl e colaboradores (2005) a misso do engenheiro encontrar solues para problemas tcnicos onde as solues precisamatender aos objetivos prefixados e autopropostos. Aps seu esclarecimento, osproblemas so convertidos em subtarefas concretas que o engenheiro ter pelafrente durante o processo de desenvolvimento do produto. Isso ocorre tanto notrabalho individual, como em equipe, no qual realizado o desenvolvimentointerdisciplinar de produtos. Na busca da soluo e no desenvolvimento de umproduto, o projetista, sinnimo para engenheiro de desenvolvimento eengenheiro de projeto, atua numa posio relevante e responsvel. Suasideias, conhecimento e aptides determinam as caractersticas tcnicaseconmicas e ecolgicas do produto perante o fabricante e o usurio.Estas atividades que embasam um projeto podem ser vistas emprtica na disciplina de Projetos de Sistemas Mecnicos onde os grupos sosubmetidos a desenvolver determinado equipamento e atestar a suafuncionalidade. Este projeto consiste na construo de uma bancada hidrulicaatravs de componentes retirados de equipamentos que j no esto em uso.Sendo assim coube ao grupo determinar as ferramentas necessrias tanto paradesenhar como para administrar a construo dessa bancada em forma de umprojeto. 6. 32.OBJETIVOComo objetivo geral, temos a construo de uma BancadaHidrulica que ser utilizada para fins acadmicos na disciplina de ComandosHidrulicos e Pneumticos, no curso de Engenharia Mecnica na UniversidadeFederal de Mato Grosso UFMT, seguindo a estrutura organizacional de umaempresa projetista de bancadas hidrulicas.At o momento as atividades esto em andamento sendo arealizao da construo o almejo deste projeto.Como objetivos especficos podemos citar: Desmontar uma mesa tomogrfica, separando os componentesque sero utilizados para o desfeche deste projeto; testar estes componentes averiguando assim a condio deestado de uso para a bancada hidrulica; subdividir a equipe em setores responsveis pelo escopo de umprojeto ressaltando os principais quesitos como: Desenhoprojetista, seguindo as normas de desenho estipuladas pelaABNT, descrio de materiais utilizados, descrio deequipamentos, mquinas e ferramentas em geral, bem comooramentos dos mesmos , estipular cargos e salrios, e demaisatividades relacionadas a um projeto. 7. 43.REVISO BIBLIOGRFICA1.1 ORGANIZAO E FUNDAMENTAO DEPROJETOS1.1.1 Evoluo do Gerenciamento de ProjetosVoltando no tempo, temos, na ltima metade do sculo XIX, umcrescente aumento na complexidade dos novos negcios em escala mundialsurgindo assim os princpios da gerncia de projetos. A Revoluo Industrialalterou profundamente a estrutura econmica do mundo ocidental e teve comouma das suas principais consequncias o desenvolvimento do capitalismoindustrial. As relaes de produo foram drasticamente modificadas e iniciou-seassim, uma cadeia de transformaes, que tornou cada vez mais exigente atarefa de gerir as novas organizaes econmicas (Sisk, 1998).Consequentemente, a partir da surgiu uma grande necessidade desistematizar e orientar a forma de gerir estas organizaes [Martins 2003]. Osprojetos, em grande escala do governo, eram o mpeto para tomar as decisesimportantes que se transformaram em decises de gerenciamento (Sisk, 1998).Frederick Taylor (1856-1915), no incio do sculo XX, iniciou seusestudos de forma detalhada sobre trabalho. Ele aplicou raciocnio cientficopara mostrar que o trabalho pode ser analisado e melhorado focando em suaspartes elementares. Ele aplicou sua teoria s atividades encontradas naindstria de ao (por exemplo, carregar areia, levantar areia) (Sisk, 1998).O scio de Taylor, Henry Gantt (1861-1919), estudou detalhadamentea ordem de operaes no trabalho. Seus estudos de gerenciamento focaramna construo de um navio durante a II Guerra Mundial. Gantt construiudiagramas com barras de tarefas e marcos, que esboam a sequncia e adurao de todas as tarefas em um processo (Sisk, 1998).Os diagramas de Gantt provaram ser uma ferramenta analtica topoderosa para gerentes que se mantiveram virtualmente inalterados por quasecem anos. No foi realizada alterao at antes dos anos 90, onde linhas de 8. 5ligao foram adicionadas s barras de tarefa que descrevem dependnciasmais precisas entre as tarefas. Taylor e Gantt, e outros estudiosos ajudaram adesenvolver o processo de gerncia como uma funo distinta de negcio querequer estudo e disciplina (Sisk, 1998).Nas dcadas seguintes II Guerra Mundial, as estratgias demarketing, a psicologia industrial, e as relaes humanas comearam a serpartes integrantes do gerenciamento do negcio, da administrao dasempresas. Desta forma, a complexidade dos projetos demandou novasestruturas organizacionais. Complexos Diagramas de Rede, chamados deGrficos de PERT (Program Evaluation and Review Technique) e o