luís pedro carvalho gomes - repositorio- ?· critérios de ranson 20 critérios apache-ii 20...

Download Luís Pedro Carvalho Gomes - repositorio- ?· Critérios de Ranson 20 Critérios APACHE-II 20 Critérios…

Post on 28-Sep-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Lus Pedro Carvalho Gomes

    Pancreatite aguda Critrios de prognstico

    2010/2011

    Abril, 2011

  • Lus Pedro Carvalho Gomes

    Pancreatite aguda Critrios de prognstico

    Mestrado Integrado em Medicina

    rea: Cirurgia geral

    Trabalho efectuado sob a Orientao de:

    Professor Doutor Joo Paulo Arajo Teixeira

    Abril, 2011

  • Projecto de Opo do 6 ano - DECLARAO DE INTEGRIDADE

    Unidade Curricular Dissertao/Monografia/Relatrio de Estgio

    Profissionalizante

    Eu, Lus Pedro Carvalho Gomes, abaixo assinado, n mecanogrfico 050801247, estudante do

    6 ano do Mestrado Integrado em Medicina, na Faculdade de Medicina da Universidade do

    Porto, declaro ter actuado com absoluta integridade na elaborao deste projecto de opo.

    Neste sentido, confirmo que NO incorri em plgio (acto pelo qual um indivduo, mesmo por

    omisso, assume a autoria de um determinado trabalho intelectual, ou partes dele). Mais

    declaro que todas as frases que retirei de trabalhos anteriores pertencentes a outros autores,

    foram referenciadas, ou redigidas com novas palavras, tendo colocado, neste caso, a citao da

    fonte bibliogrfica.

    Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, 14/04/2011

    Assinatura:

  • Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

    2010/2011

    Unidade Curricular Dissertao/Monografia/Relatrio de Estgio

    Profissionalizante

    Projecto de Opo do 6 ano DECLARAO DE REPRODUO

    Nome: Lus Pedro Carvalho Gomes

    Endereo electrnico: med05247@med.up.pt Telefone ou Telemvel: 914819355

    Nmero do Bilhete de Identidade: 13201551

    Ttulo da Monografia: Pancreatite aguda Critrios de prognstico

    Orientador: Professor Doutor Joo Paulo Arajo Teixeira

    Ano de concluso: 2011

    Designao da rea do projecto: Cirurgia geral

    autorizada a reproduo integral desta Monografia para efeitos de investigao e de

    divulgao pedaggica, em programas e projectos coordenados pela FMUP.

    Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, 14/04/2011

    Assinatura:

    mailto:med05247@med.up.pt
  • 1

    Agradecimentos

    Agradeo ao Professor Doutor Joo Paulo Arajo Teixeira, meu Orientador, e Dr.

    Humberto Cristino, meu co-orientador, pelo seu empenho, disponibilidade e esprito

    crtico ao longo de todo o processo de elaborao do presente trabalho.

    Aos meus Pais e irm pelo apoio e incentivo incondicional ao longo de todo o percurso

    da minha vida.

    Por ltimo, mas no menos importante, agradeo a todos os meus Amigos que

    estiveram sempre presentes e que me permitiram ultrapassar todos os obstculos,

    com um especial obrigado minha namorada e companheira de todas as horas.

  • 2

    Pancreatite aguda Critrios de prognstico

    Acute pancreatitis Prognostic factors

    Luis Gomes*, Joo Arajo Teixeira

    Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Hospital de So Joo. Porto

    *Aluno do 6 ano da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

    Assistente hospitalar graduado do Hospital de So Joo, Porto; Professor Associado

    com Agregao da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto

    Correspondncia:

    Lus Pedro Carvalho Gomes

    Rua das Regadinhas N49

    4710-195 Lomar Braga

    Contacto telefnico: 914819355

    Correio electrnico: m05247@med.up.pt

    Professor Doutor Joo Paulo Arajo Teixeira

    Departamento de Cirurgia Geral

    Faculdade de Medicina do Porto

    Alameda Hernani Monteiro

    4200-319 Porto

    Correio electrnico: jpat@netcabo.pt

    Contagem de Palavras:

    Resumo 204 palavras

    Abstract 197 palavras

    Texto Principal 5000 palavras

  • 3

    Resumo

    A pancreatite aguda actualmente definida, de acordo com o Simpsio Internacional

    de Atlanta em 1992, como sendo um processo inflamatrio agudo do pncreas, com

    envolvimento varivel de tecidos loco-regionais ou sistemas de rgos distncia,

    caracterizando-se clinicamente por dor abdominal e elevao dos nveis das enzimas

    pancreticas no sangue e/ou na urina.

    A leso pancretica leve (intersticial) em 80-90% dos casos, sem complicaes e

    com recuperao funcional total do rgo. Os restantes desenvolvem uma forma de

    pancreatite aguda grave (necrtica) com complicaes locais como necrose das

    clulas acinares, abcesso e leso de rgos distncia, necessitando de cuidados

    intensivos e internamento hospitalar prolongado.

    Com uma evoluo varivel e um potencial evolutivo capaz de gerar complicaes

    locais e sistmicas, a pancreatite aguda constitui um desafio na tentativa de encontrar

    marcadores capazes de estratificar objectivamente estes casos de acordo com a sua

    gravidade, com o objectivo de proporcionar o melhor tratamento a cada caso.

    Nesta reviso so abordados alguns marcadores e scores de prognstico com eficcia

    no diagnstico da pancreatite aguda grave, alguns dos quais so objectivamente

    usados na prtica clnica, sendo que outros apesar de terem eficcia conhecida esto

    ainda em fase de integrao na prtica clnica ou mesmo em fase de investigao.

    Palavras-Chave: Prognstico; Pancreatite; inflamao; mortalidade.

  • 4

    Abstract

    Acute pancreatitis is currently defined, according to the International Symposium in

    Atlanta in 1992- International Atlanta Symposium (1992)- as a pancreas acute

    inflammation with variable involvement of loco-regional tissues or remote organic

    systems and is clinically characterized by abdominal pain and increased levels of

    pancreatic enzymes in blood and / or urine.

    Pancreatic injury is mild (interstitial) in 80-90% of cases, without complications and with

    total functional recovery of the organ. The rest develop a form of severe acute

    pancreatitis (necrotic) with local complications such as necrosis of acinar cells,

    abscesses and damage to remote organs, requiring intensive care and prolonged

    hospitalization.

    With a variable course and a potential evolution able to generate local and systemic

    complications, acute pancreatitis is a challenge in trying to find markers that could

    objectively stratify these cases according to their severity, with the aim of providing the

    best treatment for each case.

    In this paper are reviewed some markers and prognostic scores with efficacy in the

    diagnosis of severe acute pancreatitis, some of which are objectively used in clinical

    practice, and others despite having known efficacy are still in a process of integration

    into clinical practice or even on stage research.

    Key-words: Prognosis; Pancreatitis; inflammation; mortality.

  • 5

    NDICE

    Introduo 6

    Mtodos 9

    Pancreatite Aguda Grave Definio 10

    Critrios de prognstico

    Avaliao clnica 11

    Idade avanada 11

    Obesidade 12

    Hematcrito/ BUN/ Creatinina 13

    Falncia de rgos 14

    Procalcitonina 14

    PCR 15

    IL-8, IL-6, IL-10 16

    Tripsina/Peptdeo activador do tripsinognio 17

    Presena de derrame pleural 18

    TC/ndice de Gravidade do estadiamento por TC 18

    Critrios de Ranson 20

    Critrios APACHE-II 20

    Critrios de Glasgow/ Imrie 21

    Concluso 22

    Bibliografia e referncias 24

    Anexo 1 28

    Anexo 2 32

  • 6

    Introduo

    A pancreatite aguda (PA) actualmente definida, de acordo com o Simpsio

    Internacional de Atlanta em 1992, como sendo um processo inflamatrio agudo do

    pncreas, com envolvimento varivel de tecidos loco-regionais ou sistemas de rgos

    distncia, caracterizando-se clinicamente por dor abdominal e elevao dos nveis

    das enzimas pancreticas no sangue e/ou na urina (1).

    A leso pancretica leve/moderada (intersticial) em 80-90% dos casos, sem

    complicaes e com recuperao da funo total do rgo. Os restantes desenvolvem

    uma forma de pancreatite aguda grave (necrtica) com complicaes locais como

    necrose das clulas acinares, abcesso e leso de rgos distncia, necessitando de

    cuidados intensivos e internamento hospitalar prolongado (2).

    A avaliao precoce da gravidade fulcral para os mdicos no tratamento destes

    doentes, com o objectivo de optimizar a teraputica e prever o prognstico, bem como

    prevenir falncia orgnica e complicaes locais (3) (2).

    Apesar da taxa de mortalidade entre os pacientes com PA permanecer inalterada nos

    ltimos anos, a incidncia global de PA tem vindo a aumentar (4). Diversas taxas de

    mortalidade tm sido descritas, variando com o estgio e a gravidade da doena.

    Enquanto a forma intersticial no causa a morte, a taxa de mortalidade nos casos de

    necrose pancretica e necrose pancretica infectada de 10% e 25%,

    respectivamente (5).

    Os clculos biliares e o consumo excessivo de lcool so as causas mais comuns de

    PA nos EUA. Os clculos biliares so responsveis por 45% dos casos e a

    patognese est relacionada com a obstruo transitria do orifcio do ducto

    pancretico ao fluxo de secreo pancretica.

    O consumo excessivo de lcool responsvel por aproximadamente 35% dos casos,

    sendo no entanto a patognese menos clara. Existem muitas outras causas menos

    comuns, incluindo toxinas, drogas, infeces, trauma, leses vasculares,

    anormalidades anatmicas e distrbios metablicos (6).

  • 7

    Embora seja uma questo ai