yasmin animais

Download Yasmin animais

Post on 29-Jun-2015

105 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Artigo 1 1. Todos os animais nascem iguais perante a vida e tm os mesmos direitos existncia. Artigo 2 1. Todo o animal tem o direito de ser respeitado. 2. O homem, enquanto espcie animal, no pode atribuir-se o direito de exterminar os outros animais ou de os explorar, violando esse direito. Tem a obrigao de empregar os seus conhecimentos ao servio dos animais. 3. Todos os animais tm direito ateno, aos cuidados e proteo do homem. Artigo 3 1. Nenhum animal dever ser submetido a maus tratos nem a atos cruis. 2. Se a morte de um animal necessria, esta deve ser instantnea, indolor e no geradora de angstia. Artigo 4 1. Todo o animal pertencente a uma espcie selvagem tem o direito de viver livre no seu prprio ambiente natural, terrestre, areo ou aqutico, e a reproduzir-se. 2. Toda a privao de liberdade, incluindo aquela que tenha fins educativos, contrria a este direito. Artigo 5 1. Todo o animal pertencente a uma espcie que viva tradicionalmente em contacto com o homem, tem o direito a viver e a crescer ao ritmo das condies de vida e liberdade que sejam prprias da sua espcie. 2. Toda a modificao do dito ritmo ou das ditas condies, que seja imposta pelo homem com fins comerciais, contrria ao referido direito.

2. Artigo 6 1. Todo o animal que o homem tenha escolhido por companheiro, tem direito a que a durao da sua vida seja conforme sua longevidade natural. 2. O abandono de um animal um ato cruel e degradante. Artigo 7 1. Todo o animal de trabalho tem direito a um limite razovel de tempo e intensidade de trabalho, a uma alimentao reparadora e ao repouso. Artigo 8 1. A experimentao animal que implique um sofrimento fsico e psicolgico incompatvel com os direitos do animal, quer se trate de experimentaes mdicas, cientificas, comerciais ou qualquer outra forma de experimentao. 2. As tcnicas experimentais alternativas devem ser utilizadas e desenvolvidas. Artigo 9 1. Quando um animal criado para a alimentao humana, deve ser nutrido, instalado e transportado, assim como sacrificado sem que desses atos resulte para ele motivo de ansiedade ou de dor. Artigo 10 1. Nenhum animal deve ser explorado para entretenimento do homem. 2. As exibies de animais e os espetculos que se sirvam de animais, so incompatveis com a dignidade do animal. 3. Artigo 11 1. Todo o ato que implique a morte de um animal, sem necessidade, um biocdio, ou seja, um crime contra a vida. Artigo 12 1. Todo o ato que implique a morte de um grande nmero de animais selvagens um genocdio, ou seja, um crime contra a espcie. 2. A contaminao e destruio do ambiente natural conduzem ao genocdio. Artigo 13 1. Um animal morto deve ser tratado com respeito. 2. As cenas de violncia nas quais os animais so vtimas, devem ser proibidas no cinema e na televiso, salvo se essas cenas tm como fim mostrar os atentados contra os direitos do animal. Artigo 14 1. Os organismos de proteo e salvaguarda dos animais devem ser representados a nvel governamental. 2. Os direitos dos animais devem ser defendidos pela Lei, assim como o so os direitos do homem. Esta declarao foi proclamada em 15 de Outubro de 1978 e aprovada pela UNESCO, e posteriormente, pela ONU. 4. "No podemos ver a beleza essencial de um animal enjaulado, apenas a sombra de sua beleza perdida" Jlia Allen Field, 1937 "A proteo dos animais faz parte da moral e da cultura dos povos." Victor Hugo "Matar animais por desporto, prazer, aventura e pelas sua peles, um fenmeno que ao mesmo tempo cruel e repugnante. No h justificativa na satisfao de uma brutalidade dessas." - Sua Santidade Dalai Lama (1935-) 5. "Os animais dividem connosco o privilgio de terem uma alma. " Pitgoras "Vir o dia em que a matana de um animal ser considerada crime tanto quanto o assassinato de um homem."- Leonardo da Vinci "Eu comprei 2 chimpanzs machos de uma fazenda de criao na Holanda. Eles viveram em jaulas separadas, uma perto da outra, por muitos meses, at que usei um deles como doador de corao. Quando ns o sacrificamos, na sua jaula, na preparao para a cirurgia, ele gritava e chorava incessantemente. No achmos o fato significante, mas isso deve ter causado grande trauma no seu companheiro, pois quando removemos o corpo para a sala de operao, o outro chimpanz chorava copiosamente e ficou inconsolvel por dias. Esse incidente tocou-me profundamente. Eu jurei nunca mais fazer experincias em criaturas to sensveis." Dr.Christian Barnard (mdico que fez o primeiro transplante de corao em humanos.) 6. cidados pela defesa dos animais 7. Em homenagem a um grande msico e compositor, resolvi dar este nome ao meu gatinho. Normalmente chamamos-lhe s Amadeus para simplificar Achei-o na rua h cerca de ano e meio, andava a passear e meteu-se comigo. Quando interagi com ele reparei que ele queria encontrar algum que tomasse conta dele. Na altura ele tinha perto de trs meses. um gato muito meigo, adora colo e mimos. Ainda tem muitos traos de beb nas suas atitudes. brincalho e comilo. Adora beber leite. 8. Fisicamente um gato de pequeno porte, em tons de cinza, negro e branco. Patinhas brancas com almofadas pretas, e uns lindos olhos verdes. Os seus direitos esto assegurados, pois tem comida, vacinas e muito afeto. 9. Grande dorminhoco! !!! Peixinho vem c! no te fao mal!!!!