edição 494

Download Edição 494

Post on 06-Apr-2016

223 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edio de 24 de outubro de 2014

TRANSCRIPT

  • PUB

    24 de outubro de 2014N. 494 ano 12 | 0,60 euros | Semanrio

    DiretorHermano Martins

    Mulher atropeladaem estado grave

    Atualidade pg. 3

    BuscasnoRioAvepara encontrar homem

    Executivo fez balanode mandato

    Atualidade pg. 4

    Poltica pgs 8 e 9

    AMAVEvaiagir judicialmentecontraCmaradaTrofaAtualidade pg. 5

    Atualidade pg. 7

    BuscasnoRioAvepara encontrar homem

    Passos Coelho confirmaqueda do projeto da variante

    Poltica pg. 6

  • www.onoticiasdatrofa.pt 24 de outubro de 2014

    FarmciasdeServio

    2Atualidade

    Ficha TcnicaDiretor: Hermano Martins (T.E.774) Sub-diretora: CtiaVeloso (9699) Editor: O Notcias da Trofa PublicaesPeridicas Lda. Publicidade: Maria dos Anjos AzevedoRedao: Patrcia Pereira (9687), Ctia Veloso (9699) Setordesportivo: Marco Monteiro (C.O. 744), MiguelMascarenhas (C.O. 741) Colaboradores: Atanagildo Lobo,Diana Azevedo, Jaime Toga, Jos Moreira da Silva (C.O.864), Gualter Costa, Joo Mendes Fotografia: A.Costa,

    Miguel Trofa Pereira (C.O. 865) Composio: MagdaArajo, Ctia Veloso Impresso: Grfica do Dirio doMinho, Lda, Assinatura anual: Continente: 22,50 euros;Extra europa: 88,50 euros; Europa: 69,50 euros; Assinaturaem formato digital PDF: 15 euros NIB: 0007 06050039952000684 Avulso: 0,60 Euros E-mail:jornal@onoticiasdatrofa.pt Sede e Redao: Rua dasAldeias de Cima, 280 r/c - 4785 - 699 Trofa Telf. e Fax: 252

    414 714 Propriedade: O Notcias da Trofa - PublicaesPeridicas, Lda. NIF.: 506 529 002 Registo ICS: 124105| N Exemplares: 5000 Depsito legal: 324719/11Detentores de 50 % do capital ou mais: Magda ArajoNota de redao: Os artigos publicados nesta edio dojornal O Notcias da Trofa so da inteira responsabilidadedos seus subscritores e no veiculam obrigatoriamente aopinio da direo. O Notcias da Trofa respeita a opinio

    dos seus leitores e no pretende de modo algum ferirsuscetibilidades.

    Todos os textos e anncios publicados nestejornal esto escritos ao abrigo do novo AcordoOrtogrfico. totalmente proibida a cpia e reproduode fotografias, textos e demais contedos, semautorizao escrita.

    Agenda

    TelefonesteisBombeiros Voluntrios

    da Trofa252 400 700

    GNR da Trofa252 499 180

    Polcia Municipal da Trofa252 428 109/10

    Jornal O Notcias da Trofa252 414 714

    Centro de Sade da Trofa252 416 763

    Centro de Sadede S. Romo229 825 429

    Dia 2521 horas: Concerto Warwickshire Choristers com os Me-ninos Cantores do Municpio daTrofa, na Igreja Matriz de Santi-ago de Bougado

    Dia 2615 horas: S. Romo-Cruz- Inter Milheirs-Bougadense

    Dia 2916 horas: Moreirense-Trofense

    Dia 3119 horas: Festa do Halloween,na sede da Associao Cultu-ral e Recreativa S. Pedro da Ma-ganhaSextas Com Vida, comrcio docentro da cidade da Trofa

    Dia 24Farmcia Moreira Padro

    Dia 25Farmcia de Ribeiro

    Dia 26Farmcia Trofense

    Dia 27Farmcia Barreto

    Dia 28Farmcia Nova

    Dia 29Farmcia Moreira Padro

    Dia 30Farmcia de Ribeiro

    Dia 31Farmcia Trofense

    Como era de esperar, a queda do imprio BES j est a afectarreas estratgicas, com a PT a surgir como mais um caso (egrave) da promiscuidade capitalista e poltica que se foi construin-do a partir do processo de privatizaes iniciado nos governos deCavaco Silva. Sendo a PT a maior empresa portuguesa, as reper-cusses na economia podem ser devastadoras. Numa poca emque a Tecnologia de Informao parte indispensvel na vida daspessoas e empresas, um pas sem os recursos necessrios paradotar, cada vez mais freneticamente, o seu territrio das mais avan-adas tecnologias, arrisca-se a ficar na cauda do peloto (maisum) do desenvolvimento tecnolgico, podendo criar deste modoum estigma difcil de apagar (num conhecido cartoon sobre este-retipos europeus, o portugus representado a dar marteladasnum computador...).

    O reino das privatizaes e do mercado liberalizado comeasempre com o melhor dos mundos: livre concorrncia, melhoresservios, preos mais competitivos e principalmente o bicho papodo Estado fora do caminho. Mas como a experincia nos tem dito,nada disto parece acontecer, como bem visvel, a ttulo de exem-plo, no preo dos combustveis e na conta da luz. O caso da PT paradigmtico: numa primeira fase, os recursos construdos portodos posto disponibilidade de alguns, deixando o Estado semvoz nas decises estratgicas e sem receitas a longo prazo (oencaixe da privatizao nunca ser o valor real da empresa); numasegunda fase, a empresa oferecer dividendos estratosfricos (orisco mnimo e o lucro mximo, pois o negcio est montado, ostrabalhadores formados e os clientes angariados) passando deseguida para a funo de Centro de Emprego para os polticos doBloco Central de Interesses (PS, PSD e CDS); numa terceira fase,a que estamos a assistir, a empresa vtima dos gestoresmedalhados e dos seus jogos de influncias e favores, como foivisto no emprstimo de 900 milhes famosa Rioforte.

    E agora? Agora parece que a empresa ir ser vendida a preode saldo a um qualquer abutre. Consequncias? As habituais:despedimentos, despedimentos e mais despedimentos - as famo-sas reestruturaes.

    Na sua habitual forma habilidosa, o governo, pelo voz do Minis-tro da Economia, tentou associar e enfatizar o perigoso mundo dapoltica e dos negcios, acusando de forma subliminar os gover-nos socialistas e Ricardo Salgado. Todos sabemos que o governoPSD/CDS cndido e celeste nestas negociatas e que tudo farpara assegurar o interesse do pas e utilizar a Golden Share.Nem isto. A simblica Golden Share foi logo exterminada mal acoligao tomou posse. Compete aos accionistas escolherem ocaminho, palavra de Ministro.

    ***

    Os trofenses sentem na pele a poltica de privatizaes impos-tas pelas polticas nefastas perpetuadas pelos sucessivos gover-nos. Por isso que pagam a gua mais cara do pas. Por isso que num futuro prximo, com a concesso/privatizao das linhassuburbanas da CP, os trofenses vo pagar mais pelos bilhetes decomboio.

    este o reino prometido.

    (Por deciso pessoal, o autor do textono escreve segundo o novo Acordo Ortogrfico)

    Era bom,mas acabou-se

    A hora de inverno vai comeareste domingo, dia 26 de outubro,devendo os relgios em Portugalser atrasados 60 minutos em todoo Pas, de acordo com o Observa-trio Astronmico de Lisboa.

    Em Portugal continental e naRegio Autnoma da Madeira, osrelgios devem ser atrasados 60minutos s 2 horas da madruga-da de domingo, passando para auma hora.

    Valorizar a empresa, Va-lorizar a competitividade EXPORTAR e INTERNACIONA-LIZAR. Estes so os temas dainiciativa promovida pela As-sociao Empresarial do Bai-xo Ave (AEBA), no dia 4 denovembro.

    A sesso, que decorre no au-ditrio da AEBA, tem como obje-tivo aliar a teoria prtica con-ciliando a sabedoria e a ex-perincia acumulada do j longopercurso percorrido, sendo queexportar e internacionalizarso palavras de ordem em Por-tugal e uma necessidade vital

    Afonso Paixo, na qualidade de Presidente da Assembleia Ge-ral do Rancho Folclrico da Trofa, convoca todos os scios doRancho para a Assembleia Geral Ordinria, que se realizareste sbado, dia 25 de Outubro de 2014, pelas 21.30 horas, nasua sede, sita na Rua Urbanizao da Barca, com a seguinteordem de trabalhos:

    1- Anlise e votao do relatrio de atividades e contas do ano2014;

    2- Anlise e votao do plano de atividades e oramento parao ano 2015;

    3- Eleio dos rgos sociais para o ano 2015;4- Outros assuntos de interesse para o Grupo.

    Bougado, 20 de Outubro de 2014O Presidente da Assembleia Geral

    Afonso Paixo (Dr.)

    Nota: Se na hora marcada no estiverem presentes pelo me-nos metade dos scios, a Assembleia reunir-se- meia hora maistarde com qualquer nmero de associados.

    Rancho Folclrico da TrofaConvocatria

    Hora atrasa-seeste domingo

    A mudana ocorre mais cedona Regio Autnoma dos Aores,onde, uma hora da madrugadade domingo, os relgios deveroser atrasados uma hora.

    A mudana da hora prende-secom a necessidade de no haverdesfasamento solar, aproveitando-se o melhor possvel a luz nas di-versas atividades e como vemacontecendo todos os anos, mudano ltimo domingo de outubro.

    AEBA promove debatesobre internacionalizao

    e prioritria para a economianacional.

    A receo dos participantes feita s 18 horas e, meia horadepois, o tema ser abordado porJos Manuel Fernandes, presi-dente do Grupo FREZITE e au-tor do livro Caminhos do expor-tador, com a moderao deRodrigo Viana de Freitas, diretorgeral da Central de Informao.Haver ainda espao para per-guntas e respostas.

    A participao gratuita massujeita a inscrio. Para mais in-formaes consulte o endereoda AEBA: www.aeba.pt.

  • www.onoticiasdatrofa.pt24 de outubro de 2014 Atualidade3

    pub

    Um choque entre duas vi-aturas ligeira de passageirosprovocou dois feridos, ao in-cio da tarde de sbado, noentroncamento entre a RuaNossa Senhora de Ftima ea Travessa Rebelo Silva, emS. Martinho de Bougado.

    O acidente ocorreu quandoa viatura que descia a Travessachocou com o outro veculo, quese preparava para virar para amesma via.

    Cerca das 12.30 horas, osBombeiros Voluntrios da Trofareceberam o alerta e para o lo-

    Homem desapareceu damargem esquerda do RioAve, na Maganha, em Santi-ago de Bougado. Buscas, quese revelaram infrutferas, fo-ram suspensas s 19 horas erecomeam esta sexta-feira,cerca das 9 horas, com refor-o de elementos e meios.

    O relgio marcava as 11.50horas desta quinta-feira, quandoo alerta foi dado. Mrio Peniche,proprietrio de um terreno agr-cola, na Maganha, Santiago deBougado, situado ao lado doRestaurante Lina, estava a mos-trar uma lenha a um possvelcomprador quando se aperce-beu de um casaco, uns culose um chapu ao lado. Pensa-mos logo em suicdio, afirmou.Mrio Peniche adiantou aindaque cerca das 11.30 horas a se-nhora do restaurante (Lina) viu ohomem a dirigir-se para estarea. Intrigado, o homem teralert