confederação nacional dos trabalhadores na agricultura - .confederação nacional dos...

Download Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - .Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - CONTAG 2º Módulo Regional Centro-Oeste. Brasília/DF, 16 a

Post on 03-Feb-2018

215 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Confederao Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - CONTAG

    2 Mdulo Regional Centro-Oeste. Braslia/DF, 16 a 22 de setembro de 2007.

    1

  • Confederao Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - CONTAG

    2 Mdulo Regional Centro-Oeste. Braslia/DF, 16 a 22 de setembro de 2007.

    2

    2M2M2M2MDULO DO CURSO DDULO DO CURSO DDULO DO CURSO DDULO DO CURSO DE E E E FFFFORMAO DE ORMAO DE ORMAO DE ORMAO DE EEEEDUCADORES E DUCADORES E DUCADORES E DUCADORES E EEEEDUCADORAS EM DUCADORAS EM DUCADORAS EM DUCADORAS EM CCCCONCEPOONCEPOONCEPOONCEPO,,,, PPPPRTICA RTICA RTICA RTICA SSSSINDICAL E INDICAL E INDICAL E INDICAL E MMMMETODOLOGIA DA ETODOLOGIA DA ETODOLOGIA DA ETODOLOGIA DA FFFFORMAOORMAOORMAOORMAO....

    ((((REGIO CENTRO REGIO CENTRO REGIO CENTRO REGIO CENTRO OOOOESTEESTEESTEESTE))))

    Data: Data: Data: Data: 16 a 22 de setembro de 2007

    Local:Local:Local:Local: Cesir

    Endereo: Endereo: Endereo: Endereo: SMPW Quadra 1 Conjunto 02 Lote 02.

    MATRIZ PEDAGGIMATRIZ PEDAGGIMATRIZ PEDAGGIMATRIZ PEDAGGICACACACA

    Objetivo Geral:Objetivo Geral:Objetivo Geral:Objetivo Geral:

    Contribuir com a formao de militantes do MSTTR, de modo que aprimorem sua capacidade multiplicadora e potencializadora da ao formativa em suas reas de atuao.

    Objetivos Especficos:Objetivos Especficos:Objetivos Especficos:Objetivos Especficos:

    Socializar e aprofundar referenciais tericos, polticos e ideolgicos que fundamentam e alimentam os ideais e a luta

    sindical e popular. Re-avaliar e fortalecer a luta sindical, numa viso e ao sindical transformadoras, estimulando processos de mudanas de

    atitudes, comportamentos e prticas individuais e coletivas, coerentes com as exigncias de implementao do PADRSS. Favorecer a experimentao, sistematizao e apropriao de novas metodologias pedaggicas que realimentem a prtica

    formativa do movimento sindical. Contribuir para a constituio de uma rede de formadores/as que assumam e implementem o projeto de formao do

    MSTTR.

  • Confederao Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - CONTAG

    2 Mdulo Regional Centro-Oeste. Braslia/DF, 16 a 22 de setembro de 2007.

    3

    EIXO TEMTICO: HISTRIA, CONCEPO, ESTRUTURA E PRTICA SINDICALEIXO TEMTICO: HISTRIA, CONCEPO, ESTRUTURA E PRTICA SINDICALEIXO TEMTICO: HISTRIA, CONCEPO, ESTRUTURA E PRTICA SINDICALEIXO TEMTICO: HISTRIA, CONCEPO, ESTRUTURA E PRTICA SINDICAL.... EIXOS PEDAGGICOS: PEDAGOGIA PARA UMA NOVA SOCIABILIDADE E MEMRIA E IDENTIDADE. EIXOS PEDAGGICOS: PEDAGOGIA PARA UMA NOVA SOCIABILIDADE E MEMRIA E IDENTIDADE. EIXOS PEDAGGICOS: PEDAGOGIA PARA UMA NOVA SOCIABILIDADE E MEMRIA E IDENTIDADE. EIXOS PEDAGGICOS: PEDAGOGIA PARA UMA NOVA SOCIABILIDADE E MEMRIA E IDENTIDADE.

    Observao: utObservao: utObservao: utObservao: utilizar alinha do tempo como principal recurso pedaggico. ilizar alinha do tempo como principal recurso pedaggico. ilizar alinha do tempo como principal recurso pedaggico. ilizar alinha do tempo como principal recurso pedaggico. Dia/perodosDia/perodosDia/perodosDia/perodos Tema e SubTema e SubTema e SubTema e Sub----temas. temas. temas. temas. Objetivos Objetivos Objetivos Objetivos Metodologia Metodologia Metodologia Metodologia Responsveis Responsveis Responsveis Responsveis 16/09 (manha)

    At as 09:00h - Chegada dos/as estudantes

    10:00h Abertura - acolhida (dinmica que

    dialogue com o eixo memria e identidade)

    Conversa pedaggica sobre matriz do curso e sua lgica poltica

    Acordo de convivncia Organizao das Equipes de

    Trabalho

    Refletir sobre a vivncia sindical, suas motivaes, tempos e significados para a organizao dos trabalhadores/as rurais.

    Dialogar com o Itinerrio do povo andarilho (Ingresso no mundo sindical e seus significados) considerar os tempos, motivaes, fatos e significados.

    Equipe de Estudantes do DF e Equipe Escola

    Almoo Almoo Almoo Almoo Tarde 14:00h Dilogo sobre a Poltica Nacional Dilogo sobre a Poltica Nacional Dilogo sobre a Poltica Nacional Dilogo sobre a Poltica Nacional

    de Formao de Formao de Formao de Formao PNF, PADRSS e Projeto PNF, PADRSS e Projeto PNF, PADRSS e Projeto PNF, PADRSS e Projeto Poltico Pedaggico.Poltico Pedaggico.Poltico Pedaggico.Poltico Pedaggico.

    Reapropriao do primeiro mdulo: temas geradores e possveis lacunas

    Socializao e atividades inter-mdulo.

    Construir pontes e identificar possveis lacunas de um mdulo para outro. Socializar os resultados das atividades inter-mdulo e identificar aspectos a serem refletidos durante o mdulo.

    Mapa mental Mapa mental Mapa mental Mapa mental Cochicho e exposio Cochicho e exposio Cochicho e exposio Cochicho e exposio

    Equipe EscolaEquipe EscolaEquipe EscolaEquipe Escola

  • Confederao Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - CONTAG

    2 Mdulo Regional Centro-Oeste. Braslia/DF, 16 a 22 de setembro de 2007.

    4

    17/09 (Manha)

    08:30h - Identidade soIdentidade soIdentidade soIdentidade social, ideologia e luta cial, ideologia e luta cial, ideologia e luta cial, ideologia e luta de classe.de classe.de classe.de classe.

    Desigualdade e luta de classe Gnero, Raa e Etnia.

    Compreender como so reproduzidas as relaes desiguais.

    Exposio dialogada e Exposio dialogada e Exposio dialogada e Exposio dialogada e reflexes em grupos reflexes em grupos reflexes em grupos reflexes em grupos

    Edson CardosoEdson CardosoEdson CardosoEdson Cardoso Professor da UNB

    12:30h Almoo Almoo Almoo Almoo

    Tarde

    14:30 ---- Histria do sindicalismo no mundo Histria do sindicalismo no mundo Histria do sindicalismo no mundo Histria do sindicalismo no mundo e no Brasil.e no Brasil.e no Brasil.e no Brasil.

    Contexto e significado da revoluo industrial

    As primeiras formas de organizao da classe trabalhadora

    As diferentes concepes existentes

    Compreender como e porque surgiram as primeiras formas de organizao da classe trabalhadora. Compreender o papel do sindicalismo no contexto histrico enquanto meio de transformao social.

    Exposio dialogada Exposio dialogada Exposio dialogada Exposio dialogada

    JeovJeovJeovJeov de Lima de Lima de Lima de Lima assessor da CONTAG

    18/09 (manha)

    8:30h - A Organizao dos A Organizao dos A Organizao dos A Organizao dos trabalhadores/as notrabalhadores/as notrabalhadores/as notrabalhadores/as no Brasil: contexto e Brasil: contexto e Brasil: contexto e Brasil: contexto e significados significados significados significados

    Das primeiras lutas ao surgimento do sindicalismo rural

    A implantao da estrutura sindical no Brasil no contexto do estado novo.

    Concepo, caractersticas e conseqncia para a organizao dos trabalhadores/as

    O sindicalismo durante e ps-ditadura militar. A criao da Contag, Fetags e STRs.

    A organizao das mulheres no

    Refletir sobre o contexto, as diversas concepes sindicais existentes, as formas de organizao dos trabalhadores a as estratgias de lutas adotadas. Compreender a lgica e o porqu da interveno do Estado na organizao dos trabalhadores/as

    Exposio dialogadaExposio dialogadaExposio dialogadaExposio dialogada com depoimentos intercalados. Retomar aspectos Retomar aspectos Retomar aspectos Retomar aspectos da apresentao do grupo.

    Manoel JosManoel JosManoel JosManoel Jos dos Santos presidente da CONTAG. Jonas PereiraJonas PereiraJonas PereiraJonas Pereira depoimento. Juacy da SilvaJuacy da SilvaJuacy da SilvaJuacy da Silva fazer exposio dialogada.

  • Confederao Nacional dos Trabalhadores na Agricultura - CONTAG

    2 Mdulo Regional Centro-Oeste. Braslia/DF, 16 a 22 de setembro de 2007.

    5

    sindicalismo rural.

    12:30h Almoo.Almoo.Almoo.Almoo.

    Tarde 14:00h ---- As concepes sindicais que As concepes sindicais que As concepes sindicais que As concepes sindicais que caracterizaram o sindicalismo da regio caracterizaram o sindicalismo da regio caracterizaram o sindicalismo da regio caracterizaram o sindicalismo da regio Centro Oeste.Centro Oeste.Centro Oeste.Centro Oeste.

    Refletir sobre as caractersticas do sindicalismo rural na regio Centro Oeste.

    Mesa redonda e jri Mesa redonda e jri Mesa redonda e jri Mesa redonda e jri simulado simulado simulado simulado

    GeraldinhoGeraldinhoGeraldinhoGeraldinho presidente Fetag/MS; Jonas PereiraJonas PereiraJonas PereiraJonas Pereira/MT GO/DF ??

    19/09 (manha)

    8:30h As Centrais Sindicais e a luta da As Centrais Sindicais e a luta da As Centrais Sindicais e a luta da As Centrais Sindicais e a luta da classe trabalhadora. classe trabalhadora. classe trabalhadora. classe trabalhadora.

    As Centrais Sindicais no Brasil e na regio.

    As origens histricas da CUT O MSTTR na CUT

    Compreender a papel das centrais sindicais na luta da classe trabalhadora. Refletir sobre os princpios que motivaram a criao da Central nica dos Trabalhadores CUT.

    Mesa redondaMesa redondaMesa redondaMesa redonda com representantes da CUT/DF e CONTAG

    RRRRejane ejane ejane ejane ----Presidenta da CUT/DF. Carmen Foro Carmen Foro Carmen Foro Carmen Foro Vice Presidenta da CUT e Coordenadora da CNMTR da CONTAG.

    12:00h AlmooAlmooAlmooAlmoo 19/09 (tarde)

    8:00h Contexto e perspectiva da Gesto Contexto e perspectiva da Gesto Contexto e perspectiva da Gesto Contexto e perspectiva da Gesto SindicalSindicalSindicalSindical

    Refletir sobre a poltica de gesto, seus limites e d

Recommended

View more >