(alefrazzo) guia sênior - etapas introdutórias

Download (Alefrazzo) Guia sênior - etapas introdutórias

Post on 23-Jun-2015

1.417 views

Category:

Documents

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Guia SniorEtapas IntrodutriasEdio 1.0 - 05/06/2009

2. Chefe Alefrazzo alefrazzo@yahoo.com.br Este Guia pertence a:Nome:Grupo Escoteiro:N.: Patrulha:Endereo:Bairro:Cidade:UF: CEP:Fone:E-mail:MSN:Nome do Chefe: Fone:E-mail:MSN:Nome do Monitor: Fone:E-mail:MSN:Nome do Sub-Monitor: Fone:E-mail:MSN:Nome dos outros membros da Tropa Snior:Nome:Fone:E-mail:MSN:Nome:Fone:E-mail:MSN:Nome:Fone:E-mail:MSN:Nome:Fone:E-mail:MSN:Nome:Fone:E-mail:MSN:Nome:Fone:E-mail:MSN:Guia Snior - Etapas Introdutrias 01 3. Chefe Alefrazzo alefrazzo@yahoo.com.brIntroduoGuia Snior Este guia foi especialmente elaborado para o Ramo Snior, atende rapazes e moas de15 a 17 anos, que doravante sero indistintamente denominados Seniores.Concebido para atender s necessidades de desenvolvimento de jovens de ambos ossexos na faixa etria compreendida entre 15 e 17 anos, o programa educativo; aplicado ao RamoSnior concentra sua nfase no processo de auto-conhecimento, aceitao e aprimoramento dascaractersticas pessoais, auxiliando o jovem a superar os quatro desafios com que se depara nestaetapa da vida: o desafio fsico, o desafio intelectual, o desafio espiritual e o desafio social.Plano de Desenvolvimento do Ramo Snior O sistema de distintivos que apia o plano de desenvolvimento de adestramento doRamo Snior o seguinte:1. Distintivo de Promessa, pelas etapas introdutrias realizadas pelo jovem que no tenha sidoEscoteiro;2. Distintivo de Snior Investido, que usar aps completar as etapas de Estgio Probatrio;3. Dois distintivos de eficincia geral: Eficincia I e Eficincia 11;4. Distintivos de especialidades e de Insgnia Mundial de Conservacionismo;5. Insgnia de adestramento adicional: Insgnia de Modalidade;6. Um Cordo de Eficincia: Cordo Dourado;7. Distintivo de Escoteiro da Ptria. A conquista destes distintivos e cordes obedece s seguintes condies:1. Uso do distintivo de Promessa, para o jovem que no tenha sido escoteiro, do distintivo deSnior Investido e dos distintivos de eficincia geral s acontecer aps ter o Sniorcompletado o conjunto de etapas definido neste Guia;2. A Insgnia Mundial de Conservacionismo e as Especialidades podem ser conquistadas apso Snior ter realizado sua Promessa, de acordo com as etapas definidas no Guia deEspecialidades;3. Para conquistar a Insgnia de Modalidade, o Snior dever possuir a Insgnia Mundial deConservacionismo, em qualquer de suas Etapas, e pelo menos oito Especialidades, sendoobrigatrias a de Excurses e uma outra, relacionada com a Modalidade, essas duas no Nvel3;4. Para conquistar o Cordo Dourado, o Snior dever ser portador da Insgnia de Modalidadee completar doze Especialidades;5. Para merecer o ttulo de "Escoteiro da Ptria" o Snior dever ter recebido o CordoDourado, ser especialmente recomendado pela Corte de Honra de sua Tropa e possuir, entreas Especialidades conquistadas, pelo menos quatro do Ramo de ConhecimentosSERVIOS, todas no Nvel 3.Guia Snior - Etapas Introdutrias02 4. Chefe Alefrazzoalefrazzo@yahoo.com.br Etapas Introdutrias O Snior/Guia que no tiver sido Escoteiro(a) dever conquistar o Distintivo dePromessa atendendo s seguintes etapas:1.1 - EscotismoAvaliada por Dataa) Demonstrar conhecimentos sobre a histria do Escotismo e avida de seu fundador - pg. 04b) Conhecer a estrutura de uma Unidade Local de Escotismo e oque uma seo escoteira autnoma - pg. 06c) Demonstrar conhecer o uniforme e o traje escoteiro - pg. 07d) Conhecer o sistema de distintivos utilizados no Ramo Snior -pg. 07e) Conhecer o sinal, o lema e as saudaes escoteiras - pg. 08f) Conhecer os sinais manuais de formatura e os sonoros dechamada - pg. 091.2 - Ar Livre Avaliada porDataa) Saber armar e orientar uma barraca - pg. 11b) Demonstrar que sabe utilizar um lampio e um fogareiro, e asnormas de segurana para seu uso - pg. 14c) Demonstrar que sabe aplicar os seguintes ns: direito, escota,escota alceado, volta do fiel, volta da ribeira e n de correr - pg.17d) Saber arrumar uma mochila - pg. 17e) Demonstrar que sabe utilizar e conservar corretamente faca,faco e a machadinha, bem como as regras de segurana para seuuso - pg. 19f) Confeccionar um esboo orientado de seu bairro - pg. 211.3 - CidadaniaAvaliada porDataa) Saber cantar corretamente o Hino Nacional - pg. 21b) Conhecer e preparar as cerimnias de bandeira - pg. 231.4 - ValoresAvaliada porDataa) Cumprir os preceitos de sua crena religiosa - pg. 33b) Conhecer e cumprir a Lei e Promessa Escoteira - pg. 33 Data da Promessa: _____/_____/_________Guia Snior - Etapas Introdutrias03 5. Chefe Alefrazzo alefrazzo@yahoo.com.br1.1.a - Vida de Baden-Powell Em 22 de fevereiro de 1857 nascia em Londres, Inglaterra, Robert Stephenson SmithBaden-Powell. Filho do pastor e professor H. G. Baden-Powell, ficou rfo de pai aos 3 anos deidade e assim coube a sua me, Henriette Smith, a tarefa de criar 7 filhos, o mais velho com 13 anose o mais novo com apenas um ms.Baden-Powell, nos seus primeiros anos devida, experimentou uma sadia educao quecertamente se refletiu no Movimento que mais tardecriou. Suas primeiras lies foram ensinadas porsua me, que inspirou-se nos mtodos adotadospelo finado marido na educao dos filhos maisvelhos. O Professor Baden-Powell habitualmenteensinava seus filhos fora de casa, onde quer quefosse, atravs dos recursos naturais, usando plantas,animais e a natureza como um todo. Em casa,franqueava-lhes suabibliotecaparaquepesquisassem e discutissem com ela as dvidasporventura surgidas.Baden-Powell cresceu numa famlia sadia e,em 1870, ingressou no Colgio de Chartehouse comuma bolsa de estudos, onde no foi um alunobrilhante, mas extremamente criativo e investigador. Era popular e tomava parte de todas asatividades colegiais, como teatro, desenho, msica e futebol (como goleiro da equipe do colgio).Foi no colgio que desenvolveu seus dotes teatrais, representando para os colegas, reconhecendomais tarde o grande valor educacional desta prtica.No bosque, junto ao colgio, BP iniciou suas experincias como explorador, rasteandoanimais e descobrindo por si mesmo maravilhosos elementos da natureza. Posteriormente, com seuirmo, iniciou-se nas atividades martimas, chegando a viajar num barco montado com tonis at acosta da Noruega.Pretendendo matricular-se na Universidade de Oxford, no o conseguiu, todavia. Mas aabertura de um concurso para aspirantes do Exrcito deu-lhe uma oportunidade e o jovem Baden-Powell foi classificado em 2 lugar na Cavalaria, numa turma de 700 candidatos. Estava aberto ocaminho para sua vida de aventuras e glrias.Como militar, em 1876, foi designado para servir em Bombaim no 13 Regimento deHussardos (R. H.). Durante sua passagem pela ndia, BP dedicou-se em elevar a qualidade de vidados soldados, propiciando-lhes mais lazer e atividades recreativas, considerando o soldado como umindivduo em constante evoluo, que deveria desenvolver permanentemente suas capacidades.Durante dois anos, na ndia, ocupava seu tempo livre desenhando em seu bangal, atraindo os filhosdos oficiais, a quem ensinava desenhar, assim como canes ejogos.Aps este tempo BP adoeceu e foi mandado Inglaterra, em licena para tratamento da sade. Restabelecidoretornou ndia, onde, por seus talentos, perspiccia e qualidadesde explorador, foi promovido a Capito, com idade de 26 anos.Em 1884, as agitaes da frica do Suldeterminaram a transferncia do 13 R. H. para a terra dosBechuanas e novo teatro de aventuras se descerrou para Baden-Powell. Servios de explorao e vigilncia foram-lhe confiados.Nas horas de descanso identificava-se com a terra, empreendendocaadas, excurses, reconhecimentos.No ano de 1886 foi o 13 R. H. recolhido Inglaterra. Baden-Powell aproveitou a ocasio para visitar aRssia, Alemanha e Frana.Guia Snior - Etapas Introdutrias 04 6. Chefe Alefrazzo alefrazzo@yahoo.com.brNo posto de major, servindo no Estado-Maior, voltou frica em 1888, a fim de tomarparte na luta sustentada contra os Zulus. Durante um curto perodo de frias, fez uma excurso peloMediterrneo e Europa Central, voltando a seu Regimento, ento na Irlanda, no ano de 1893.As tropas inglesas da Costa do Ouro, entrando em guerra contra os Achantes, necessitavamde seus servios. novamente enviado frica, pacificando a regio em 1896. No mesmo ano, emjunho, participa, como Chefe do Estado Maior, da campanha contra os Matebeles, o que consideraser a maior aventura da sua vida.Aps 21 anos de servio nos Hussardos, foi promovido ao posto de coronel, que lhe d ocomando do 5 Regimento de Drages da Guarda, na ndia. Em 1899 foi novamente enviado frica do Sul, onde sua maior glria foi a defesa de Mafeking, quando dispondo de 1.213 homens resistiu durante 217 dias ao cerco feito por 6.000 Boers, at que recebesse reforos para romper o stio. Na falta de homens, BP utilizou jovens em funes como estafetas, sinaleiros, enfermeiros, etc. A forma positiva como os jovens responderam confiana depositada marcou BP, que recolheu ali a semente que cultivou durante sete anos em experincias cada vez melhores. Graas aos seus feitos na vida militar, agora como General, Baden-Powell tornou-se heri em seu pas. De volta a sua ptria, BP encontrou meninos utilizando em suas brincadeiras um livro que ele havia escrito para militares Aids to Scouting, quecontinha ensinamentos sobre como acampar e sobreviver em regies selvagens.Em 1907 assentou as bases do Escotismo. Da em diante constitui sua preocupao principal.Para dedicar-lhe todo o tempo pede demisso do Exrcito em 1910, percorre o mundo, visita siae a Amrica, incentiva o movimento, organiza associaes.Em 1912, BP casa-se com Olave St. Clair Soames, que veio a tornar-se a grandeincentivadora do escotismo para moas.Durante a Grande Guerra provou o valor da instituio que criara. E em 1919 instalou o 1curso de chefes no Campo-Escola de Gilwell Park, que a fonte de toda a Formao de Chefes.Em ateno aos relevantes servios prestados juventude mundial, com a criao de seunotvel sistema de educao, na primeira concentrao mundial escoteira, realizada em 1920, emOlmpia (Londres), Baden-Powell foi aclamado Che