Segunda Chance para Amar - Chance Para Amar - Lucy Vargas.pdf · Iverson levantou de sua poltrona e…

Download Segunda Chance para Amar - Chance Para Amar - Lucy Vargas.pdf · Iverson levantou de sua poltrona e…

Post on 05-Oct-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Prlogo

    Abrilde1885

    NovaYork

    A noite estava quente e o ambiente dentro do salo da manso dosRoyllers estava abafado. Por isso, alguns convidados da festa resolverampassearpelojardim.Todaareaexternaestavailuminada,nospelalua,mas por tochas. Depois de se separar de seus irmos e da companhiasufocante da Sra. Burke, Brice seguiu pelo caminho irregular at a fonte.Foi quando escutou um soluo. Ficou em silncio e escutou novamente,seguiuosomeencontroua jovemsentadaemumbancoescondidoentreduasparedesdearbustos.Reconheceuaimediatamente.

    Belanoiteparaseescondereledisse,assustandoa.

    Ela no queria ver mais ningum. J bastava por hoje. Seu pai s aobrigara a vir a essa festa para humilh-la ainda mais. Todos icaramolhando e fazendo comentrios maldosos, ou pensavam que ela noescutavaouno se importavam. Suas irms torciamonariz ediziamqueeratimoelaseramaisnova,assimdesgraaraapenasaprpriavida.

    V embora, por favor. Eu quero icar sozinha ela disse, sem seinteressaremverquemfalavacomela.

    Aocontrriodoqueelapediu,Bricesentouseaoseuladonobancodemadeira e ferro. Estava escuro, mas ela conseguiu ver quem era e nosoube como se sentir sobre isso, a inal, nunca haviam passado doscumprimentoseducadosnasrarssimasvezesemqueseencontraram.

    Nodeviaseimportarcomisso,Annelise.Nodouvidosaeles. Jsepassoumuitotempo.

    Elano icousurpresaporelesaberseunome,a inal,apsoescndaloanotcia deve ter chegado at aos ouvidos dele que sequer frequentavamuitoessetipodefesta.

  • Digaissoaeles.

    Tenhocertezaquepodeviver semessaspessoas.Oaraqui foraestmuito mais agradvel ele pausou, durante um tempo em que pareciapuxaroarfrescocommaisfora.Vocno icouparaojantarelanorespondia, ento ele continuou conversando por ela. Mas no perdeunada. A Sra. Royller continua exagerada e sem paladar. Algum problemacomsualngua,eusuponho.Quasenocomi.

    Annelise icou olhandoo pelo canto do olho, descon iada de suadisposio a falar com ela. Desde o seu incidente no encontraramuitaspessoas compalavras amigveis,muitomenoshomens.Ospoucosque seaproximaramdelahaviamlhefeitopropostasultrajantes,a inal,agoraqueestavacomareputaonalama,noprecisavamaissepreocuparemservistaemcompanhiamasculina.

    Possolev-laparacomer,longedaquieleofereceu.

    Nopossoelanegoucomacabeaevoltouaolharasmos.

    Eles no vo sentir sua falta ele insistiu, odiando a forma como oper il dela parecia agora e seus ombros no estavam mais eretos comoquandoelafingiraldentro.

    Massentiroasuaelaargumentou,semforaalgumaemseutom.

    Sou livre Bricedeudeombros,mostrandoquepouco se importavacomoquepensariam.

    Ela icoudividida.Queriamuito sair dali, j forahumilhadademais porhoje. E ele lhe oferecia a oportunidade. Mas temia enfurecer aindamaisseu pai e receber outros castigos. Ela levantou a cabea e olhou para asjanelas da manso, via os outros convidados circulando com taas nasmosefalandosemparar.Noqueriavoltarparaldejeitonenhum.

    Ao seu lado, Brice virou o rosto e inclinouse para trs, como seesperasseapenasumapalavradelaparaentraremao.

    Acho que eu tambm. A inal, o quemais pode piorar uma reputaoquejestarruinada?

  • Captulo1

    Agostode1885

    NovaYork

    Ele no era livre. Era noivo. E ela era prisioneira da famlia e do seuprprioerro.Aomenosassimpensavaseupai.Maisquatromeseshaviamsepassadodesdeoescndalo.Agora totalizavadoisanos.EmesmoassimIversonBartonnodeixavaa ilhaesquecernemporumdiadoquehaviafeito.Annelisetinhadezoitoanosnapocaeeraaumadaspromessasdeum grande casamento na sociedade novaiorquina, especialmente depoisdocasamentodaltimabeldade,CarlaMalverson.

    Opaitinhaplanosparamaisumcasamentoestrondoso.Comtrs ilhas,ele havia arranjado boas unies para as mais velhas que tambm lherenderamduastimassociedadesnosnegcios.Ento,sua ilhamaisnovadeixouse envolver em uma aventura amorosa, crente que estavacompletamenteapaixonadaedesgraouaprpriareputao.

    A garota se perdeu com Charles Maison, um desgraado, mas muitoatraente. E ele obviamente no ia se casar por isso, era rico, conhecidonamorador e depois que tinha o que queria, perdia o interesse. Foi umescndalo.Nohouvequemnocomentasse,poiseleno fezsegredo,elapodiaserbonita,maselenopretendiasecasaragora.

    Annelise quase perdeu o ano no colgio por tanto faltar devido vergonha que passou. Ainda bem que era o ltimo. Ento se refugiou nacasa de veraneio, pelo menos at que a poeira baixasse. Triste engano.Mais de dois anos se passaram e Annelise no tinha chances de realizarumdaquelescasamentosdedarinveja,todasassuasamigasdocolgioseafastarameoutrasfofocastomaramotempodosmexeriqueiros.Emesmoassim,quandoelaentrounafestadosRoyllers,osaloparou.Parecequeaartedosmexericoseescndalosnoestavarelegadaapenasaossalesdanobrezainglesa.

    Agora, um poucomais velha e aps ter aprendido depois dessa ltimagrandehumilhao, seupai s conseguiria lev-la aumadessas festas se

  • fosseamarradaeamordaada.Esse tipode lioefetivaat commoasingnuas como Annelise foi antes de aprender na pele sobre a maldadegratuita das pessoas. As chantagens e ameaas no adiantavam mais.Estava arruinada, que diferena ia fazer agora? Pelo menos ele noconseguiriauslaparamaisumacordofinanceiro.

    o nico conselho que posso lhe dar, Iverson. Depois de tudo queaconteceu,onicojeitodeconseguirumcasamentodecentemandandoaparaaInglaterra.DiziaWilma,irmdopaideAnnelise.Eratoesnobeecheiademoralquantoele,assimcomohipcrita.

    Iverson levantoudesuapoltronaeandoupelasaladacasadosBarton,ondeagoraeleeraonicomorador.Haviaarrastadoa ilhamaisnovadevolta para Nova York com o intuito de inalmente dar um jeito em suavida. Isso signi icava casla do modo mais proveitoso para ele efinalmentelivrarsedelaedoescndaloqueelarepresentava.

    Issocustamuitodinheiro!eledisseirritado.Elanotemumameparaircomela.

    Eulhedisseparasecasardenovo,aquelamulherjmorreuhmuitotempodisseWilma,numtomdesagradveldelembrete.

    Annelisenunca conseguiu simpatizar coma tia,mas antes amulher aomenos tentava agradla. Aps o escndalo, ela passou a tratla commenosrespeitodoquerelegavaaosseuspobresempregados.Comoagora,queusavaaqueletomparafalardesuame,comoseamoanoestivessealisentada.

    Eununcamandariaminhamulherparaacompanhala.Euvouterquedesembolsar uma fortuna para mantla em Londres e um doteastronmicoparaonoivo ingls. Jamais!Do jeitoquemulheresdesse tipotm sorte, ela vai arranjar um ttulo, voltar aqui como condessa ou algosimilareespezinharemcimadasirmsquesempreforamcorretas.

    Chega! DisseAnnelise icandodep, esperandoqueelesparassemdefalarcomoseelanoestivesseali.EunovouparaInglaterra!

    Defato,seriadi cilencontrarumadamarespeitvelpararecomendarna corte a apresentao de uma garota perdida que se deita com o

  • primeiroqueaseduzdisseWilma, ignorandoasobrinhaebebendoumgoledochimportadoexatamentedaInglaterra.

    Annelise fechou os punhos e chegou a segurar a respirao enquantoolhava para tia. Ela era sua sobrinha, ser que no podia separar umpoucode simpatiapara ela?No estavapedindomuito,mas se aomenosuma pessoa naquela famlia icasse ao seu lado, j seria um alento. Noqueriasecasar,squeriaserdeixadaempaz.

    Sentese! Ordenou Iverson. No vou mandla para Inglaterra.Suasirmsteriamumataque,afinal,nomandeinenhumadelas.

    Casea com um desses grosseires cheios de grana. Esses homensdesquali icados l do interior Wilma disse com pouco caso e deixandobem claro o quanto desprezava tais homens. Escolha um com um bomnegcio.Elesnoligamseanoivativerpassadoporalgumascamas,desdequevenhadasociedade.

    Iversonestavavirandoseucopoenquantopensavacomoaideiapareciaboa quando ouviu o somdemveis caindo e o grito estrangulado de suairm. Annelise havia ido at ela, puxadoa pelo cabelo e jogado sobre oconjuntodecheestavasobreelaenchendosuacarade tapas to fortesqueonarizdamulherjsangrava.Foitorpidoecomtamanhaviolnciaque por uns segundos, Iverson no soube o que fazer. Mas os sons dostapasininterruptosotiraramdotranse,elecorreueretiroua ilhadecimadesua irmqueaessaaltura jestavaquasedesacordadae comabocainchada o su iciente para no conseguir soltar os xingamentos quepensava.

    Sua vadiazinha abusada! Ele empurroua para longe de Wilma. Peadesculpaasuatia!

    No. E eu vou voltar para praia. No vou continuar aqui, voc deixaquetodosmehumilhem,senteprazeremverisso.Eunomateiningum.Eucometiumerro!

    Umerroquearruinouessafamlia!

    Eu sou a nica arruinada! E ns no somos uma famlia, vocs medesprezam,minhasirmssequermedirigemapalavra.A inal,fuieuquem

  • dormiucomaqueleho...

    Opaicalouacomumtapaqueporsegundosa levouaver tudorodar.Quando irmouamonas costasda cadeiramaisprximaeolhouo commgoa,opai,maisumavez,notinharemorsoalgum.

    Elas esto certas. Associarse comumamulher com a sua reputaonofarbemaimagemdelas.Agorasumadaminhafrente.

    Annelise saiu rapidamente da sala e realmente sumiu da vista do pai.Juntou suas coisas e como a mulher arruinada que era agora por tercometidoonicodeslizedesuavida,elavoltouparaacasadeveraneio.Shavia uma pessoa que tentava fazla ver que aquilo no era o im domundo,queelanodependiadelesequenaverdade,quemtinhacontrolesobreseucorpoeraela.Eradi cilaceitarisso,mascomeavaasetornaroseunicocaminhoparacontinuaravidacomalgumadignidade.

    Os meses que se seguiram aquele encontro no baile foram travadoscomoumaguerramortal. Brice lutava com seu ntimodiariamente.Tinhaquereavaliarseusvaloresacadaminutoeseusensodehonraestavameioconfusonomeiode tantossentimentoscon litantes.Ele tentoumuito.Masnoconseguiu.Estavaerrado,noeraassimqueajudaria,noeraissoquequeria ensinar a ela. Mas como sempre acontecia em todas as situaesonde o amor aparecia numa pssima hora, seu corao tinha planoscompletamentediferentesdeseucrebroeosegundoquedesseseujeito.

    Erabvioquejhaviacansadodeteramantesnavida,desdeosquinzeanosquandoaSra.Wilbert lhedissequeadoravagarotosvirgensqueeleno voltou mais ao jejum. Passou um ano aprendendo as coisas maisinimaginveis para um garoto da sua idade. Quando ela semudou, ele