camargo guarnieri

Download Camargo Guarnieri

Post on 14-Sep-2015

109 views

Category:

Documents

47 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

tetrtetetetetetetetetetetetetetetetetetetetetetetetettttttttttttttttttttetetetetetetetete

TRANSCRIPT

  • Universidade de So Paulo (USP) Escola de Comunicao e Artes (ECA)

    Departamento de Msica (CMU)

    CAMARGO GUARNERI: MEMRIAS E REFLEXES SOBRE A MSICA NO BRASIL

    Klaus Wernet

    2009

  • 2

    Agradecimentos

    FAPESP Fundao de Amparo a Pesquisa de So Paulo pelo incentivo dado produo intelectual e pelo auxlio financeiro que me concedeu

    ao longo deste perodo.

    minha orientadora Prof. Dr Flvia Camargo Toni pela compreenso, confiana e cobrana.

    todos aqueles que, mesmo sem saber, estiveram do meu lado auxiliando nos momentos difceis e alegres da minha vida ao longo destes anos de pesquisa.

  • 3

    resumo

    Ao longo de sua carreira diversas vezes a mdia impressa procurou Camargo Guarnieri para que ele concedesse declaraes sobre diversos assuntos. O compositor guardou em seu acervo pessoal estes documentos cujo recorte temporal grande (1929 1992). Desta forma temos registradas as reflexes do compositor em diversos momentos de sua vida. Este trabalho aborda dois aspectos dos contedos presentes na documentao: como Camargo Guarnieri contou sua prpria trajetria artstica e como ele notou e refletiu sobre as diversas mudanas presentes na msica e no cenrio musical brasileiro ao longo

    do sculo XX, preservando e ampliando os pensamentos do significativo compositor brasileiro.

    Abstract

    Through his career, for many times, the media looked for Camargo

    Guarnieri expecting him to give his opinion in many different subjects. The composer kept in his personal archive all this documents which the period of time is vast (1929 1992). In this way it was register the composers reflections in different times of his life. This work approaches two different aspects of the

    documentation: how Camargo Guarnieri told his artistic path and how he notice and reflect about the changes and turns of the brazilian musical scene of the XX century. Keeping and enlarging the thoughts of the meaningful brazilian composer.

  • 4

    Sumrio

    Introduo p.5

    Captulo 1 Aspectos sobre o homem: sua vida e seus relatos p.9

    1.1 Panorama de sua vida p.15 1.2 Fonte primria: entrevistas, depoimentos e conferncias p.25 1.2.1 Distines entre as fontes primrias p.38 1.2.2 Os contedos presentes nas fontes primrias p.42

    Captulo 2 Camargo Guarnieri: sua vida em sua fala p.54

    2.1 A infncia p.54 2.2 Encontros e empregos na capital p.62 2.3 O Batismo p.71 2.4 Outros empregos p.80 2.5 Idas e vinda: suas viagens ao exterior p.85

    Captulo 3 Camargo Guarnieri: Seu vnculo com o pensamento musical de Mrio de Andrade e a forma com que viu a realidade musical no sculo XX p.93

    3.1.1 A cidade de So Paulo no incio do sculo XX p.94 3.1.2 A msica erudita na cidade de So Paulo p.97 3.2.1 O projeto de msica nacional de Mrio de Andrade p.102 3.2.2 Camargo Guarnieri: o acolhimento da esttica nacionalista p.107 3.3 Camargo Guarnieri: sua maneira de ver a msica erudita no sculo XX p.123

    4 Consideraes finais p.141

    5 Bibliografia p.147

    6 Anexos p.151

  • 5

    Introduo

    Este trabalho desdobramento da iniciao cientfica realizada no Instituto

    de Estudos Brasileiros (IEB-USP) com auxilio financeiro da FAPESP (2003 / 2005). Com a doao do acervo pessoal do compositor Camargo Guarnieri ao instituto j mencionado, uma organizao prvia da documentao era inevitvel. A mesma se encontrava completamente desorganizada e danificada,

    principalmente devido ao incndio que ocorreu no estdio do compositor, na rua Pamplona, onde estavam todos os documentos pessoais do maestro. Entre partituras, revistas, LPs, fitas K7 e cartas existiam tambm diversos recortes de jornais. Alguns conservados em lbuns e outros simplesmente soltos em pastas. Durante o processo de organizao dos recortes de jornais notamos que muitos deles continham entrevistas com o compositor em diversos momentos de sua vida. Coube ao trabalho de iniciao cientfica organizar toda a documentao, selecionar as entrevistas entre os recortes soltos e acoplados em lbuns e fazer

    uma anlise prvia deles. A elaborao de um catlogo para consulta da documentao conservada no instituto tambm foi concretizada.

    Para a dissertao de mestrado foi proposto transcrever, analisar e elencar de maneira mais precisa o pensamento do compositor expresso nestas entrevistas

    em jornais e ampliados por uma pasta presente no acervo Camargo Guarnieri que contm depoimentos, conferncias e entrevistas no editadas. Assim aps transcrio e constantes leituras das entrevistas foram notados sete tpicos de maior evidncia nesta documentao. Com estes tpicos, que dialogam entre si, foi possvel, posteriormente, visualizar dois aspectos a serem trabalhados: como

    Camargo Guarnieri contou sua prpria trajetria artstica e como ele notou e refletiu sobre as diversas mudanas presentes na msica e no cenrio musical brasileiro ao longo do sculo XX.

  • 6

    Quando a atividade profissional e artstica de Camargo Guarnieri se intensificou diversas vezes a mdia o procurou para que concedesse entrevistas; fato relativamente constante ao longo de toda sua carreira. Trabalhamos aqui

    com esta documentao que contempla o incio das atividades do compositor e se estende at o final de sua vida. Estes relatos, registrados em forma de entrevistas, conferncias e depoimentos, permitem ao leitor observar as mudanas e constncias presentes no pensamento de Camargo Guarnieri. Assim como preservar as reflexes que o compositor teve ao longo da vida referente s

    vrias questes que permeiam a msica. Atravs delas podemos ampliar o conhecimento que temos sobre Guarnieri, suas opinies e sua trajetria enquanto artista. Constantemente ele comenta sobre problemticas como: a formao do pblico e do msico, a comunicabilidade da msica no mundo moderno, como

    os rgos administrativos privados e pblicos lidam com o incentivo dado msica no Brasil, e em outros pases. Reflete esteticamente sobre a msica e a funcionalidade da mesma no mundo moderno e tece relaes entre estas questes e a aceitao de sua obra. Estes elementos, que expandem as opinies do

    compositor, no aparecem sintetizados em um texto continuo e nico, mas sim de forma fragmentada nas diversas vezes que o compositor manifestou-se nos meios de comunicao de massa, ou por depoimentos no editados ao longo dos anos.

    Esse trabalho foi dividido em trs partes. No primeiro captulo apresento ao leitor, e forma geral, o compositor Camargo Guarnieri e sua carreira como artista, e em um segundo momento explicito sobre as fontes primrias em questo. Onde estavam guardadas essas fontes, o processo de organizao, suas

    semelhanas, diferenas e caractersticas. Desta forma mostrando o contedo presente na documentao.

    No segundo captulo busco como a trajetria pessoal do compositor se manifesta nesta documentao, ou seja, como o prprio artista conta sua histria. Apresentando semelhanas e diferenas com fontes secundrias que mapeiam a vida do artista. Aqui podemos muitas vezes ter contato com o prprio artista idoso recontando, sob sua tica, sua prpria histria, e em outros momentos

  • 7

    notar como muitos fatos da vida de Guarnieri foram trabalhados pela mdia no frescor dos acontecimentos. Atento-me tambm para o que o compositor no lembra, no conta, ou seja por tudo o que excluso de seu processo de reminiscncia. Aqui abrimos caminhos para como o prprio criador se via, sem buscar verdades e sim o olhar do artista para ele prprio. Nestes registros a vida e o pensamento de Camargo Guarnieri alcana a memria pessoal que mantm ns com a memria social. Desta forma, igualmente a vrios outros trabalhos que abordam entrevistas, ficamos na fronteira em que se cruzam os modos de ser do

    indivduo e da sua cultura.

    O terceiro captulo se articula em dois pontos simultneos. Um ponto o contexto histrico do artista. Fatos que ocorreram dentro do mundo das artes so apresentados ao leitor por serem fundamentais para compreender as opinies do

    maestro assim como as vises que outros artistas geraram sobre ele. Ressalto que neste captulo no a vida pessoal do artista que est em questo mas sim os fatos histricos, aqueles presentes e comumente aceitos dentro da histria oficial, que ocorreram durante seu perodo de produo. Preparando o terreno para que

    se tornem mais claras as atitudes e pensamentos que ele, enquanto artista, tomou ao longo de anos de composio. Neste momento tambm a tica do compositor que procurarei trazer em evidncia, desta maneira dando nfase para como ele viu a sociedade e a histria oficial em seu perodo de produo. justamente esta maneira de ver a realidade ao seu redor que permite adentrar nas reflexes de carter esttico e os vnculos que o compositor nota entre a arte e a sociedade, segundo ponto trabalhado neste captulo. Sua preocupao com a obra de arte e a comunicabilidade da mesma assim como a honestidade e conscincia

    do fazer composicional so fortes eixos de seu pensamento. Reflexes sobre a aceitao de sua obra tambm aparecem ao longo deste momento. Sob este aspecto vemos muitas vezes o criador refletindo sobre sua prpria cria e os motivos da aceitao ou no de sua obra pelo pblico. Todas estes pensamentos

    so germinados ao longo dos anos e estimulados, muitas vezes, por acontecimentos que ele vivenciou. Por isso a necessidade de simultaneamente trabalhar estes dois pontos: acontecimentos histricos no universo musical e

  • 8

    artstico do sculo XX e as atitudes e reflexes tomadas pelo compositor. Mostrando as suas propostas estticas dentro do seu contexto histrico e pessoal.

  • 9

    Captulo 1

    Aspectos sobre o homem: sua vida e seus

Recommended

View more >