bullying - folders 7e

Download Bullying  - folders 7E

Post on 08-Mar-2016

218 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Pesquisa e produo de folders para conscientizao e preveno ao Bullying

TRANSCRIPT

2

O QUE FAZER PARA COMBATER O BULLYNG

Os pais devem apoiar o filho, abrindo espao para ele falar sobre o sofrimento de estar sendo rejeitado pelos colegas. Obrigar o filho a enfrentar os agressores pode no ser a melhor soluo, visto que ele est fragilizado, ou seja, corre o risco de sofrer uma frustrao ainda maior

A pessoa que sofre bullyng devera imediatamente ir em uma delegacia prestar queixa.

Precisamos conhecer mais sobre o bullyng

Para combater a Violncia entre Jovens

Projeto Educativo de Preveno ao Bullyng

Emef Prof. Rivadavia Marques Jr

Pesquisa, produo e execuo do folder

Alexandra Audrey & Fabiana Sousa - 7 EInformtica Educativa

2010

O termo Bullying, que no existe na lngua portuguesa, significa formas de agresses intencionais repetidas por estudantes, que causam angstia ou humilhao a outro.1

Os pais devem apoiar o filho, abrindo espao para ele falar sobre o sofrimento de estar sendo rejeitado pelos colegas. Obrigar o filho a enfrentar os agressores pode no ser a melhor soluo, visto que ele est fragilizado, ou seja, corre o risco de sofrer uma frustrao ainda maior,

Diga no ao bullying: Programa de Reduo do Comportamento Agressivo entre Estudantes,

6Projeto Educativo de Preveno ao bullying.EMEF RIVADVIA MARQUES JR.Pesquisa, Produo e Educao do Folder.Danyelli e Joo Victor - 7E

Informtica Educativa

20105

O termo Bullying, que no existe na lngua portuguesa. Ele significa formas de agresses intencionais repetidas por estudantes, que causam angstia ou humilhao a outro.

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s

EMBED Word.Document.8 \s _1353182595.doc

Se voc acha que isso tudo apenas zoao entre colegas, e que essas prticas ficaram para trs junto com o Ensino Fundamental, bom saber que essa brincadeira sem graa, que pode influenciar seu futuro, tem nome certo para os pesquisadores: bullying. O conceito se refere s formas de agresso intencionais e repetitivas, baseadas em uma relao desigual de poder entre os estudantes.

6

PARA MAS INFORMAOES: http://pt.wikipedia.org/wiki/bullying

Projeto educativo de preveno ao bullying

EMEF PROF. RIVADVIA MARQUES JR

PESQUISA, PRODUAO E EXECUO DO FOLDER

EVELIN E YANCA 7E

INFORMTICA EDUCATIVA

2010

5

O termo Bullying, que no existe na lngua portuguesa. Ele significa formas de agresses intencionais repetidas por estudantes, que causam angstia ou humilhao a outro.

_1353182762.docA Assembleia Legislativa aprovou na tarde desta tera-feira o Projeto de Lei 264/2009 conhecido como projeto antibullying que dispe sobre o combate prtica de bullying nas instituies de ensino e de educao infantil, pblicas ou privadas, no Rio Grande do Sul.

6

5

Para evitar o bullying os pais tem um papel muito importante, devendo estar atentos a sinais que possam denunciar esta prtica, sendo o seu educando o vitima ou o agressor. Por isso dever estar atento aos seguintes sinais:

1. se o seu filho tem alguma caracterstica na sua personalidade ou na sua fisionomia que o coloca na situao de ser alvo fcil, procure um psiclogo.

2. esteja atento, observe o seu filho a brincar com os outros colegas, solicite aos professores o parecer deles.

3. no se torne hiper-protector, mas vigie com ateno,no se esquea que o seu filho pode precisar de ajuda

4. se o seu filho muito agressivo, esteja atento, ele pode ser autor de Bullying a no ter conscincia do sofrimento que provoca nos outras crianas.