o cristianismo, o declnio do imp‰rio romano e a sua queda & o imp‰rio bizantino

Download O CRISTIANISMO, O DECLNIO DO IMP‰RIO ROMANO E A SUA QUEDA & O IMP‰RIO BIZANTINO

Post on 16-Apr-2015

113 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • O CRISTIANISMO, O DECLNIO DO IMPRIO ROMANO E A SUA QUEDA & O IMPRIO BIZANTINO
  • Slide 2
  • CRISTIANISMO: A religio crist surgiu na regio da atual Palestina no sculo I. Essa regio estava sob domnio do Imprio Romano neste perodo. Criada por Jesus, espalhou-se rapidamente pelos quatro cantos do mundo, transformando se na religio mais conhecida do planeta. Jesus foi perseguido pelo Imprio Romano, a pedido do imperador Otvio Augusto (Caio Jlio Csar Otaviano Augusto), pois defendia idias muito contrrias aos interesses vigentes. Defendia a paz, a harmonia, o respeito um nico Deus, o amor entre os homens e era contrrio escravido. Enquanto isso, os interesses do imprio eram totalmente opostos. Atualmente, encontramos trs ramos do cristianismo: catolicismo, protestantismo e Igreja Ortodoxa.religioImprio Romano
  • Slide 3
  • Perseguio ao Cristianismo: Jesus Cristo: monotesmo, paz, amor, respeito, contra a escravido. Perseguio dos romanos. Culto escondido nas catacumbas.
  • Slide 4
  • DE NAZAR A JERUSLEM DOMNIO ROMANO: JUDIA
  • Slide 5
  • Perseguio Romana aos Cristos
  • Slide 6
  • JESUS Jesus: priso e morte na cruz. crescimento da religio crist.
  • Slide 7
  • ROMA: ACEITA O CRISTIANISMO Em 391 d.C : religio oficial do Imprio Romano.
  • Slide 8
  • COM O FIM DO IMPRIO ROMANO A IGREJA CATLICA VAI PASSAR A TER UM GRANDE PODER
  • Slide 9
  • Crise e decadncia do Imprio Romano: Por volta do sculo III, o imprio romano passava por uma enorme crise econmica e poltica. A corrupo dentro do governo e os gastos com luxo retiraram recursos para o investimento no exrcito romano. Com o fim das conquistas territoriais, diminuiu o nmero de escravos, provocando uma queda na produo agrcola. Na mesma proporo, caia o pagamento de tributos originados das provncias. Em crise e com o exrcito enfraquecido, as fronteiras ficavam a cada dia mais desprotegidas. Muitos soldados, sem receber salrio, deixavam suas obrigaes militares.
  • Slide 10
  • CRISE: ECONMICA & MILITAR
  • Slide 11
  • DIVISO DO IMPRIO ROMANO Os povos germnicos, tratados como brbaros pelos romanos, estavam forando a penetrao pelas fronteiras do norte do imprio.brbaros No ano de 395, o imperador Teodsio resolve dividir o imprio em: Imprio Romano do Ocidente, com capital em Roma e Imprio Romano do Oriente (Imprio Bizantino), com capital em Constantinopla.
  • Slide 12
  • Fim do Imprio : Invaso dos Brbaros (476 d.C) Enfraquecimento do Imprio: rebelies, falta de dinheiro. Destruio de cidades romanas e invases brbaras.
  • Slide 13
  • A QUEDA DO GRANDE IMPRIO
  • Slide 14
  • UMA NOVA ERA Em 476, chega ao fim o Imprio Romano do Ocidente, aps a invaso de diversos povos brbaros, entre eles, visigodos, vndalos, burgndios, suevos, saxes, ostrogodos, hunos etc. Era o fim da Antiguidade e incio de uma nova poca chamada de Idade Mdia.
  • Slide 15
  • HERANA ROMANA IDIOMA: LATIM. DIREITO: LEIS. FORMAS DE GOVERNO: REPBLICA, SENADO, ETC. MATEMTICA. ARQUITETURA.
  • Slide 16
  • O IMPRIO BIZANTINO No sculo IV o Imprio Romano dava sinais claros da queda de seu poder no ocidente, principalmente em funo da invaso dos brbaros (povos germnicos) atravs de suas fronteiras. Diante disso, o Imperador Constantino transferiu a capital do Imprio Romano para a cidade oriental de Bizncio, que passou a ser chamada de Constantinopla.Imprio Romano
  • Slide 17
  • BIZNCIO: CONSTANTINOPLA
  • Slide 18
  • POSIO ESTRATGICA
  • Slide 19
  • IMPRIO ROMANO DO ORIENTE Esta mudana, ao mesmo tempo em que significava a queda do poder no ocidente tinha o seu lado positivo, pois a localizao de Constantinopla, entre o mar Negro e o mar Mrmara, facilitava muito o comrcio na regio, fato que favoreceu enormemente a restaurao da cidade, transformando- a em uma Nova Roma.
  • Slide 20
  • O AUGE DO IMPRIO O auge deste imprio foi atingido durante o reinado do imperador Justiniano (527-565), que visava reconquistar o poder que o Imprio Romano havia perdido no ocidente. Com este objetivo, ele buscou uma relao pacfica com os persas, retomou o norte da frica, a Itlia e a Espanha. Durante seu governo, Justiniano recuperou grande parte daquele que foi o Imprio Romano do Ocidente.fricaEspanha
  • Slide 21
  • JUSTINIANO
  • Slide 22
  • CRISTIANISMO: GRANDE DESTAQUE UNIO DO POVO. MONGES. A QUESTO ICONOCLASTA. PERSEGUIO. DESTRUIO DE OBRAS RELIGIOSAS.
  • Slide 23
  • A ARTE DO MOSAICO TEMAS RELIGIOSOS.
  • Slide 24
  • FIM DO IMPRIO BIZANTINO CONQUISTA PELOS TURCO OTOMANOS. 1453: FIM DA IDADE MDIA. INICO DA IDADE MODERNA.
  • Slide 25
  • FIM