universidade federal do pará - .dedico ainda a meu querido pai eliezer [in memoriam], e minha...

Download Universidade Federal do Pará - .Dedico ainda a meu querido pai Eliezer [In memoriam], e minha querida

If you can't read please download the document

Post on 29-Nov-2018

216 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Universidade Federal do Par

    Instituto de Educao Matemtica e Cientfica

    Programa de Ps-Graduao em Educao em Cincias e Matemticas

    Elizabeth Cardoso Gerhardt Manfredo

    SABERES DE PROFESSORES FORMADORES E A PRTICA DE

    FORMAO PARA A DOCNCIA EM MATEMTICA NOS ANOS

    INICIAIS DE ESCOLARIDADE

    Belm-Par

    2013

  • Elizabeth Cardoso Gerhardt Manfredo

    SABERES DE PROFESSORES FORMADORES E A PRTICA DE FORMAO

    PARA A DOCNCIA EM MATEMTICA NOS ANOS INICIAIS DE

    ESCOLARIDADE

    Tese apresentada ao Programa de Ps-

    Graduao em Educao em Cincias e

    Matemticas do Instituto de Educao

    Matemtica e Cientfica da Universidade

    Federal do Par como requesito parcial para

    obteno do ttulo de Doutora em Educao

    em Cincias e Matemticas. rea de

    concentrao: Educao Matemtica.

    Orientador: Prof. Dr. Tadeu Oliver Gonalves

    Belm-Par

    2013

  • ii

  • iii

  • iv

    DEDICATRIA

    Dedico este trabalho aos meus filhos, Isabella e Joo Alberto, pela compreenso nos

    momentos de ausncias nesses anos de estudos; pelos finais de semana sem minha

    companhia; pelos passeios que no usufrumos juntos, pelas dificuldades enfrentadas sem

    mim, nos dias em que estive ausente; por apoiarem minhas decises, sendo filhos amorosos, e

    por me cobrarem quando no estavam mais suportando poxa me, a senhora estuda muito, e

    principalmente pela fora que me davam, ainda que sem saber, na forma de minha

    responsabilidade com eles, todas as vezes que pensava em desistir. Qualquer palavra escrita

    ou proferida incapaz de expressar tudo o que devo a eles.

    Dedico ainda a meu querido pai Eliezer [In memoriam], e minha querida me,

    Conceio. Juntos enfrentaram graves problemas de sade durante o perodo do doutorado.

    Minha me ainda espera... Forte e resignada. No exige, assim como meu pai, minha presena

    constante, mas sei que fao falta. Inegvel prova de amor e compreenso. Os sonhos de

    nossos filhos so os nossos tambm. Hoje sei o que isso significa. Obrigada por tudo!

  • v

    AGRADECIMENTOS

    Agradeo a Deus, por sua presena constante em minha vida, ainda quando eu mesma

    parecia ignorar ou esquecer. Sua presena, seu conforto tudo.

    Ao meu orientador, Tadeu Oliver Gonalves, pela confiana, respeito e

    comprometimento que sempre demonstrou por meu trabalho.

    Aos colegas do grupo de estudos (Trans) Formao, professores de matemtica,

    cincias, fsica, biologia, qumica e pedagogos que conosco participam, debruando seus

    olhares sobre a formao de professores.

    Ao meu grande amigo de tempos de mestrado e ainda no doutorado, Andr Santana,

    pelos bons momentos que passamos conversando sobre nossas vidas, sobre pessoas, sobre a

    vida e a produo acadmica. Por vezes risonhos, por vezes indignados, mas determinados em

    nossos objetivos de seguir em frente.

    Aos meus colegas de orientao e de grupo de estudos Edileusa, Lnio e Arthur pelas

    trocas de saberes nos momentos de estudos e pelas dicas de autores, ideias, socializao de

    material. Sinto-me orgulhosa de t-los como amigos.

    A todos os professores formadores que me concederam as entrevistas e abriram as

    portas de suas salas para que eu pudesse participar e lanar meu olhar ao contexto de suas

    prticas. Muito obrigada!

    Aos alunos dos cursos de Pedagogia, alunos dos participantes da pesquisa, que me

    acolheram nas aulas. Muito Obrigada!

    A todos que direta ou indiretamente me ajudaram nesta pesquisa. Recebam meus

    sinceros agradecimentos.

  • vi

    preciso trabalhar para tornar pblico o julgamento dos

    professores e os motivos que os fundamentam, seu saber experiencial,

    para conhecer melhor seu raciocnio prtico, para estabelecer uma

    tendncia em seus julgamentos...Seu julgamento, constantemente

    solicitado, se apoia em saberes, isto nas razes que levam a orientar

    o julgamento num sentido e no no outro (GAUTIER et al )

  • vii

    RESUMO

    MANFREDO, E. C. G.; GONALVES, T. O. (Orientador). Saberes de Professores Formadores e

    a Prtica de Formao para a Docncia em Matemtica nos anos Iniciais de Escolaridade.

    233f. Tese (Doutorado em Educao em Cincias e Matemticas). PPGECM-UFPA, 2013.

    Saberes de professores formadores em trajetrias de vida e a formao para a docncia

    em matemtica nos anos iniciais de escolaridade objeto desta pesquisa narrativa apoiada em

    Connelly; Clandinin (2008); Benjamin (1994); Gonalves (2011) e outros. A partir da

    literatura de saberes e conhecimentos profissionais docentes Tardif (2000, 2002); Tardif;

    Raymond (2000); Shulman (1986, 2005); Gauthier et al (2006), indago que saberes so

    constitudos ao longo das histrias de vida desses professores e como repercutem ou se

    expressam nas prticas de formao para a docncia em matemtica de professores em

    formao inicial. Assim, investigo a construo e a expresso dos saberes ao longo de

    experincias de vida e formao e que repercutem no pensar e conduzir as prticas em

    contextos de formao para a docncia em matemtica de estudantes de pedagogia. A partir

    do dilogo com autores diversos e constructos acerca das histrias de vida e formao

    (NVOA, 1992, 2000; MOITA, 2000), defendo que os saberes erigidos em cada trajetria

    delimitam formas de pensar e agir na prtica formadora. Tanto em narrativas, quanto no

    movimento de mobilizao h repercusso de saberes numa sintonia biogrfica e pragmtica

    que possibilita uma formao para a docncia com feies particulares definidoras de uma

    identidade formadora segundo cada histria pessoal e os contextos formativos onde ocorrem.

    Foram meus interlocutores cinco professores universitrios, efetivos de trs universidades

    localizadas em Belm-Pa, e que atuam como professores formadores em atividades

    curriculares relativas matemtica, e se dispuseram a participar da pesquisa. As anlises so

    construdas a partir de questionrios e entrevistas semiestruturadas, notas de campo,

    observaes de aulas, documentos diversos, e textos narrativos escritos pelos formadores.

    Recorro biografia de formao, atravs da histria de vida, descrevendo e interpretando

    cenrios ou experincias de constituio dos saberes durante cada trajetria, delineando

    narrativamente tempos, espaos, enredos, conflitos, personagens. Em anlise apresento o

    caminhar singular de cada sujeito atravs de interpretaes sucessivas e dialgicas a partir do

    que emergem saberes implcitos nas diversas manifestaes declaradas ou caladas desde o

    incio da constituio dos saberes em meio socializao familiar, escolar e profissional no

    curso de licenciatura em matemtica, evidenciando saberes nesses processos; bem como

    analisando processos ulteriores de socializao profissional em prticas profissionais, frisando

    experincias marcantes e recursivas, e por fim coroando a tessitura analtica sobre o objeto de

    tese discuto os saberes em movimento na ao pedaggica ou includos no processo de

    raciocnio pedaggico organizados em duas dimenses do movimento formador para as quais

    convergem os diversos saberes constitudos nas trajetrias investigadas: Saberes dos

    formadores relativos ao ensinar matemtica e os relativos promoo da formao para a

    docncia em matemtica. Tal movimento corrobora a tese de que o pensamento e a prtica do

    formador refletem suas crenas, concepes e aprendizagens em processos formativos que

    justificam opes, posturas e abordagens assumidas e caracterizam um modelo didtico e

    assim um modelo de formao profissional de professores para ensinar matemtica nos anos

    iniciais de escolaridade.

    Palavras-chave: Saberes. Formadores. Trajetrias. Prticas. Docncia. Matemtica.

  • viii

    ABSTRACT

    MANFREDO, E. C. G.; GONALVES, T. O. (Advisor) knowledge of teachers trainers of

    teachers and the practical training for teaching mathematics in the early years of elementary

    school. 233f. Doctoral dissertation (Doctorate in Science Education and

    Mathematics).PPGECM-UFPA, 2013.

    Knowledge of teachers trainers of teachers in life trajectory and the teaching

    mathematics in the early years of elementary school is the subject of this narrative research

    based Connelly, Clandinin (2008), Benjamin (1994), Gill (2011) and others authors. Source in

    the literature of knowledge and professional knowledge teachers Tardif (2000, 2002); Tardif,

    Raymond (2000), Shulman (1986, 2005), Gauthier et al (2006), I ask as knowledge are

    constructed along of life trajectory teachers trainers and how manifest themselves in training

    practices for teaching math of teachers in initial training. The research objective is examine

    the construction and expression of knowledge over life experiences and training that impact

    on thinking and develops the practices in preparation contexts of student for be the teacher of

    children. Based in the dialogue with authors and constructs about the life trajectory and

    training (NVOA, 1992, 2000; MOITA, 2000) advocate that knowledge erected in each

    trajectory delimit ways of thinking and acting in the practices. In the narratives and us

    movement of mobilization there knowledge's repercussions in tune biographical and

    pragmatic that provides an education for teachers with particular defining features of training

    according to each personal history and training contexts where they occur. My interlocutors

    were five university professors from three u