um espetáculo de corpo: representações de kate middleton na .os anéis partem na faixa de r$ 5

Download Um Espetáculo de Corpo: Representações de Kate Middleton na .Os anéis partem na faixa de R$ 5

Post on 16-Dec-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicao XXXIV Congresso Brasileiro de Cincias da Comunicao Recife, PE 2 a 6 de setembro de 2011

1

Um Espetculo de Corpo: Representaes de Kate Middleton na Passarela da Mdia.1

Vanessa de Moraes RIBEIRO2

Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ. RESUMO O presente artigo visa debater a dimenso simblica dos corpos na sociedade contempornea, tomando como exemplo a exposio de Kate Middleton rumo ao casamento com William, neto da rainha Elisabeth. De cerimnia inglesa a um evento global assistido por mais de 2 bilhes de espectadores de todo o mundo, graas s transmisses miditicas em 29 de abril de 2011, identificamos que as narrativas sobre o evento e seus preparativos, valorizavam o corpo; nas vestes, nos protocolos e na etiqueta principalmente da noiva; exaltando-o como um fato social na medida da importncia da monarquia britnica na esfera poltica. Neste breve estudo, iremos analisar as representaes de Kate Middleton na edio 2214 da revista semanal Veja - a jovem plebeia que j um marco na tradio da famlia real. PALAVRAS-CHAVE: Corpo; Representao; Kate Middleton; Mdia.

Introduo

Desde as mais antigas formas gestuais e de linguagem, a produo, o

armazenamento e a circulao de contedos simblicos tem sido aspectos centrais na

vida cotidiana social. De acordo com John Thompson (2009), o advento e o uso das

novas tecnologias de comunicao e informao, transformaram as interaes sociais, as

experincias ordinrias e a forma de compreenso do mundo. Se antes, as informaes

eram transmitidas face a face, por meio de narrativas orais com testemunhas dividindo o

mesmo espao fsico temporal; na ps-modernidade, a interao mediada pelos meios

de comunicao, possibilitando o contato entre indivduos de pases distantes, o

conhecimento de acontecimentos globais em tempo real, a aproximao entre pessoas

comuns e celebridades, entre outros.

De acordo com Nestor Garcia Canclini (2008), com a convergncia dos meios,

hbitos e comportamentos dos indivduos esto pautados nesta mesma condio.

1 Trabalho apresentado no GP Jornalismo Impresso, XI Encontro dos Grupos de Pesquisas em Comunicao, evento componente do XXXIV Congresso Brasileiro de Cincias da Comunicao. 2 Mestranda do Programa de Ps-Graduao em Comunicao da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (PPGCOM-UERJ). Professora e Coordenadora do Curso de Comunicao Social Publicidade da Universidade Veiga de Almeida (UVA) Campus Cabo Frio (RJ). E-mail: ribeiro.vanessa@gmail.com

Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicao XXXIV Congresso Brasileiro de Cincias da Comunicao Recife, PE 2 a 6 de setembro de 2011

2

Conectamo-nos, atualizamo-nos, vivenciamos experincias com qualquer parte do

mundo, por meio de revista, telefone, internet, rdio, televiso, internet ao mesmo

tempo, pois as inovaes nas tecnologias de comunicao permitem uma ampla

portabilidade cultural. Mesmo sentado, o corpo atravessa fronteiras. (CANCLINI,

2008, p. 44).

Estudaremos neste artigo a representao corporal da figura Kate Middleton por

meio da revista semanal Veja. A plebeia Catherine Elizabeth Middleton, que

conhecida mundialmente na mdia, apenas por Kate Middleton, tem sido referncia de

estilo, desde o namoro, passando pelo anncio de noivado com o duque William em

novembro de 2010; at os dias atuais com a oficializao do casamento real.

No noivado, em Clarence House3, o estilo de Kate Middleton despertou interesse

de pessoas comuns, de profissionais e de crticos de moda, principalmente pelo uso do

vestido azul assinado pela estilista brasileira Daniela Issa Helayel e pelo anel de safira

que pertenceu princesa Diana. A estilista, em entrevista ao site do programa Fantstico

da Globo4, diz: No tinha a menor ideia. No sabia que ela ia ser noiva, nem nada.

Imagina, fiquei sabendo da mesma maneira que todos os outros. A gente vendeu para

um cliente. No dia seguinte, fizeram pedido para 300 vestidos iguais. J o gemlogo

Daniel Sauer, tambm em entrevista ao site do programa Fantstico da Globo5

comentava sobre a repercusso das peas nas lojas do Brasil e de Londres: As clientes

entram na loja perguntando: Vocs tm aquele anel da Kate? As pessoas vem na

imagem da realeza uma coisa muito forte. E as pessoas desejam sempre ter alguma

coisa de realeza em suas vidas. Os anis partem na faixa de R$ 5 mil e podem ir acima

de R$ 100 mil.

A organizao espacial e temporal da vida social e as novas maneiras de exercer

o poder, no tm mais elo com o compartilhamento local comum. Vivemos numa

mundanidade mediada: com uma viso do globo fora do alcance de nossa experincia

pessoal, e de nosso lugar dentro dele, sendo modelada cada vez mais pela mediao das

formas simblicas. A globalizao da comunicao no eliminou o carter localizado

da apropriao, mas criou um novo tipo de eixo simblico no mundo moderno, que irei

3 A Clarence House a residncia oficial do Prncipe de Gales e da Duquesa de Cornwall e a casa dos prncipes William e Harry. 4 Disponvel em http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1631466-15605,00.html. ltimo acesso em 12/07/11. 5 Disponvel em http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1631466-15605,00.html. ltimo acesso em 12/07/11.

Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicao XXXIV Congresso Brasileiro de Cincias da Comunicao Recife, PE 2 a 6 de setembro de 2011

3

descrever como o eixo da difuso globalizada e da apropriao localizada.

(THOMPSON, 2009, p.155). O processo de apropriao dos produtos da mdia um

fenmeno localizado, envolvendo indivduos pertencentes a contextos social-histricos

particulares, que a partir de recursos prprios de seu ambiente, do sentidos s

mensagens e as incorporam em sua vida cotidiana.

Segundo a revista Veja analisada, o estilo Kate de Ser6 conquistou as pessoas

comuns, que mesmo vivendo uma realidade distante dos protocolos do imprio

consomem a imagem da duquesa pela mdia e atravs de apropriaes locais mostram

novos hbitos. Um dos exemplos o anel de safira usado no noivado, que rendeu

milhares de rplicas desde as joalherias de luxo at os populares camels. E o inspirador

vestido de noiva desenhado por Sarah Burton (estilista da marca do britnico Alexander

McQueen7) revelado na cerimnia de casamento em 29/04/11 na Abadia de

Westminster, quando Kate Middleton se tornou a duquesa de Cambridge8 para mais de 2

bilhes de espectadores.

Surpreendentemente, a beleza de Kate Middleton ganhou relevncia global alm

das pginas destinadas moda, sendo retratada tambm como um impulso poltico no

regime milenar da monarquia britnica:

Um sistema que tem dado certo h mais de 1000 anos ganha um sopro de renovao e glamour atravs do casamento de William com a jovem que se torna princesa e passa a ter o mundo como a passarela. (VEJA, edio 2214, 27/04/11, p. 96).

Percebemos que a imagem de Kate Middleton circula na mdia global desde

ento, a cada visita poltica pblica oficial ou em momentos particulares da sua vida de

casada, muitas vezes, em narrativas jornalsticas que supervalorizam sua esttica

corporal, inevitavelmente tambm comparada princesa Diana. Postura corporal,

vesturio, adornos, cabelos, maquiagem, tudo que a nova integrante da famlia real usa

enfatizado por pessoas comuns e jornalistas, alm de apropriado localmente de acordo

6 Grifo da autora. 7 Referncia no mundo da moda, um dos estilistas mais inovadores de sua gerao.Tem em seu currculo peas encomendas por celebridades como o premi da antiga Unio Sovitica Mikhail Gobarchev, Prncipe Charles e Lady Gaga. 8 Kate Middleton ganhou o ttulo de duquesa de Cambridge aps o marido ter recebido o ttulo de duque de Cambridge na manh desta sexta-feira de sua av, a rainha Elizabeth 2, poucas horas antes do casamento. A ordem de nobreza britnica dos ttulos de reis, prncipes, duques, marqus, conde, visconde e baro.

Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicao XXXIV Congresso Brasileiro de Cincias da Comunicao Recife, PE 2 a 6 de setembro de 2011

4

com a cultura da regio, como a rpida disseminao da pea de vesturio fascinator,

um arranjo de plumas usado em lugar do chapu tradicional.

A existncia do homem corporal, e o mesmo porquanto est no cerne da ao

individual e coletiva, no cerne do simbolismo social, o corpo um objeto de anlise de

grande alcance para uma melhor apreenso do presente. (LE BRETON, 2011, p.8).

Sendo elemento pertencente identidade do indivduo, tomamos o corpo como fio

condutor da discusso sobre a representao de Kate Middleton na mdia.

Breve discusso sobre identidade

No contexto da globalizao no sculo XX, as discusses sobre a tenso entre o

global e o local na transformao das identidades, ganham destaque atravs do

pensamento de Stuart Hall, com pesquisas iniciadas desde a dcada de 60 nos estudos

culturais, onde afirma que a recepo das mensagens da mdia deve ser entendida como

um processo social complexo de apropriaes, usos e reelaboraes de contedo.

A velha concepo de identidade relacionada ao pertencimento de culturas