questões uem e uepg brasil colonia

Download questões uem e uepg Brasil colonia

Post on 06-Sep-2015

279 views

Category:

Documents

43 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Questões e gabarito

TRANSCRIPT

Brasil Colnia (1530 a 1808) / Administrao Colonial

Brasil Colnia (1530 a 1808) / Administrao Colonial

Questo 01 - (UEM PR)

"Viva o Cardeal D. Henrique

No inferno muitos anos

Pois deixou no testamento

Portugal aos castelhanos."

(CASTRO, Therezinha de. Histria da Civilizao Brasileira. Vol. 1. RJ/SP:Record, s/d, p.58)

Essa quadrinha popular de poca representa o dio e o descontentamento dos portugueses contra o Cardeal D. Henrique, em relao ao domnio espanhol sobre Portugal, atravs da Unio Ibrica (1580-1640). Sobre a Unio Ibrica, assinale o que for correto.

01.Com a Unio Ibrica, o comrcio que uniu Portugal e Holanda foi interrompido, levando os holandeses a invadirem, primeiro, a Bahia e, depois, Pernambuco.

02.Durante o perodo em que Maurcio de Nassau governou o "Brasil Holands" (163744), os holandeses dominaram o litoral do Nordeste brasileiro, desde o atual Estado do Maranho at Sergipe, s no conseguindo conquistar a Bahia.

04.A instalao da empresa aucareira no Brasil contou com a participao holandesa no financiamento das instalaes e na comercializao do produto, no mercado europeu. Assim, quando proibiu a manuteno dessas relaes comerciais, Felipe II tirou dos holandeses uma grande fonte de lucros, levando-os a fundar a Companhia das ndias Ocidentais, para controlar esse comrcio e tentar se apossar dos domnios Ibricos na Amrica.

08.Durante a Unio Ibrica, o Brasil experimentou um perodo de desacelerao do seu desenvolvimento econmico, que resultou na completa estagnao de sua economia interna.

16.Portugal teve, no sculo XVI, o incio de sua decadncia, motivada principalmente por um enfraquecimento no plano econmico. Esse fato favoreceu grandemente a dominao espanhola que se abateu sobre o pas, em 1580, aps a crise dinstica provocada pela morte do rei D. Sebastio, na batalha de Alccer Kibir. Questo 02 - (UEM PR)

Uma das maiores marcas deixadas pelos paulistas na histria do Brasil foram as bandeiras do sculo XVII.

A respeito das entradas e bandeiras, assinale o que for correto.

01.Embora tenham sido organizadas com o objetivo de descobrir novos territrios e de alargar as fronteiras do Brasil, as bandeiras no permitiam a participao de mulheres. Essa proibio de participao feminina acabou dificultando a ocupao efetiva dos novos territrios, pois os bandeirantes se recusavam a abandonar suas famlias em So Paulo de Piratininga.

02.As bandeiras eram expedies que reuniam um grande nmero de participantes - ndios e brancos - que se lanavam pelo serto, onde passavam meses e, s vezes, at anos, em busca de metais preciosos e de ndios para serem escravizados.04.Um dos fatores que mais colaboraram para o sucesso das bandeiras foi o apoio da Igreja Catlica, que era favorvel ao aprisionamento e escravizao dos ndios por parte dos bandeirantes.

08.As misses jesutas do Guair, regio situada no estado do Paran, entre os rios Paranapanema e Iguau, foram alvo de seguidas expedies dos bandeirantes, que destruam e saqueavam as misses e escravizavam os ndios que estavam sendo catequizados pelos jesutas.

16.Os bandeirantes foram responsveis pelo alargamento das fronteiras e pela interiorizao da colonizao do Brasil, com a descoberta de ouro nas regies onde hoje esto localizados parte dos estados de Gois, Minas Gerais e Mato Grosso.Brasil Colnia (1530 a 1808) / Sociedade Colonial

Questo 03 - (UEM PR)

Sobre as manifestaes culturais produzidas no Brasil colnia, no perodo compreendido entre os sculos XVI e XVIII, assinale o que for correto.

01.A influncia da cultura religiosa, disseminada pelos jesutas, somente deixou de ser determinante com as transformaes scio-econmicas ocorridas com o crescimento da minerao no sculo XVIII.

02.Nos sculos XVI e XVII, na literatura, alm das obras de carter religioso, predominaram crnicas, nas quais os europeus descreviam o territrio e a populao nativa do Brasil.

04.No sculo XVII, na literatura, destacaramse Gregrio de Matos (16331697), que criticava a cultura jesutica, e o Padre Antnio Vieira (16081697) que, em seus sermes, discutia, entre outras questes, a escravido do negro africano.

08.No sculo XVIII, o interior de Minas Gerais, a regio mais populosa e urbanizada da colnia, foi o centro da produo musical, literria e das artes plsticas.

16.Tomas Gonzaga da Costa foi um dos maiores escritores do sculo XVII no Brasil. Entre as suas obras, destacamse as Cartas Russas, nas quais ironizou os governantes holandeses do Recife.Brasil Colnia (1530 a 1808) / A Atuao da Igreja e o Processo de Catequizao

Questo 04 - (UEM PR)

Sobre a atuao da Igreja durante o perodo colonial da histria do Brasil, assinale o que for correto.

01.O padroado, ou seja, o direito de receber os dzimos devidos Igreja, a obrigao de pagar os salrios e nomear os prelados, havia sido concedido pelo Papa aos reis de Portugal. Essa concesso tornava o rei o patrono das misses e demais instituies da Igreja e estabelecia uma estreita vinculao entre o poder espiritual e o poder secular no Brasil colonial.

02.Embora os portugueses tenham realizado as "grandes navegaes" em busca de riquezas, o ideal da cruzada tambm estava presente nos homens que cruzavam o Oceano. Assim sendo, a expanso da f caminhava junto com a busca de riquezas.

04.Os primeiros jesutas, membros da principal ordem religiosa que participou da colonizao, chegaram ao Brasil j no sculo XVI (1549), junto com o Governador Geral.

08.Os interesses dos jesutas que organizaram as misses se chocavam com as pretenses dos colonizadores europeus. As disputas entre jesutas e colonos pelo controle dos ndios "pacificados" se estenderam at a expulso dos membros da Companhia de Jesus dos territrios portugueses em 1759.

16.Alm da converso e do pastoreio das almas, a Igreja realizava o registro civil e era responsvel por momentos de diverso da populao, pois a vida social da Colnia girava em torno das festividades religiosas.Brasil Colnia (1530 a 1808) / Economia Aurfera

Questo 05 - (UEM PR)

Nos primeiros sessenta anos do sculo XVIII, o Brasil produziu, aproximadamente, a mesma quantidade de ouro que o restante da Amrica no perodo de 1493 a 1850. Assim sendo, podese falar na existncia de um ciclo do ouro no Brasil.

A esse respeito, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01.A descoberta de ouro atraiu um grande nmero de homens para as regies mineradoras. Esses homens, oriundos de outras regies da colnia, e mesmo de Portugal, aventuravamse na regio em busca de fortuna.

02.A chamada "Guerra dos Emboabas" (17081709) foi resultado direto da ocupao da regio das minas gerais. Nessa guerra, os paulistas uniramse aos migrantes de outras regies da colnia para lutar contra os "emboabas", tribo indgena que habitava a regio e que resistiu ao avano do branco europeu sobre o seu territrio.

04.A regio mineradora produziu, paralelamente, riqueza e misria. Sobretudo nas primeiras dcadas da minerao, ocorreram graves crises. Assim sendo, a fome e a subnutrio crnica foram comuns.

08.A descoberta de ouro obrigou a Coroa portuguesa a criar uma estrutura para fiscalizar o pagamento dos tributos nas regies onde era praticada a minerao. A eficincia da burocracia portuguesa fez que o contrabando e os descaminhos fossem insignificantes durante todo o sculo XVIII.

16.A regio das minas gerais conheceu, durante a minerao, uma crescente urbanizao e o surgimento de novos grupos sociais, com funes bem distintas daquelas desempenhadas at ento pelos senhores e pelos escravos.Brasil Colnia (1530 a 1808) / Administrao Colonial

Questo 06 - (UEM PR)

O territrio brasileiro , hoje, cerca de trs vezes maior do que as terras garantidas a Portugal pelo Tratado de Tordesilhas.

Sobre a ampliao das fronteiras dos territrios portugueses na Amrica, assinale a(s) alternativa(s) correta(s).

01.Situado para alm da linha de Tordesilhas, o territrio do atual Estado do Rio Grande do Sul apenas se incorporou colnia na segunda metade do sculo XX.

02.A ampliao do territrio portugus ocorreu graas ao dos bandeirantes, dos missionrios, dos militares e dos pecuaristas que, ao longo do tempo, foram gradativamente ocupando as vastides inexploradas dos territrios americanos.

04.Na segunda metade do sculo XVII, os portugueses fundaram, s margens do Rio da Prata, quase de frente a Buenos Aires, a colnia de Sacramento, que posteriormente passou ao domnio espanhol.

08.O Tratado de Madri, firmado entre Portugal e Espanha, em 1750, estabeleceu que a posse das terras caberia queles que as ocupassem efetivamente (princpio de Utis Possidetis). Com isso, esse tratado legitimou a posse dos territrios que Portugal ocupava alm dos limites estabelecidos pelo Tratado de Tordesilhas.

16.A descoberta de ouro nas regies de Cuiab, de Gois e de Minas Gerais levou ocupao dessas regies pelos colonizadores portugueses.Brasil Colnia (1530 a 1808) / Economia Aucareira

Questo 07 - (UEM PR)

Sobre as invases holandesas no nordeste brasileiro, na primeira metade do sculo XVII, assinale a(s) alternativa(s) correta (s).

01.Uma vez expulsos do nordeste, os holandeses organizaram a produo de acar nas Antilhas. A concorrncia do acar antilhano contribuiu decisivamente para uma crise na economia aucareira da Amrica portuguesa.

02.Os holandeses permaneceram no nordeste do Brasil por mais de vinte anos. Por serem protestantes, aboliram a escravido do negro, que foi restaurada quando os portugueses retomaram o controle sobre a regio.

04.Os holandeses tiveram uma participao significativa na economia aucareira no nordeste do Brasil. Com a Unio Ibrica (1580-1640), a Coroa da Espanha passou a dificultar a participao dos holandeses no comrcio do acar produzido no nordeste. Tal fat