jornal repercussão oito

Download Jornal Repercussão oito

Post on 06-Mar-2016

234 views

Category:

Documents

7 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Oitava edição do novo semanário de Campo Bom, Sapiranga, Araricá e Nova Hartz

TRANSCRIPT

  • Encenao junto ao Largo Irmos Vetter encanta o pblico. Popula-o atuou como atores.

    Campo Bom

    Pg. 13

    Pg. 12Sem comunicar desejo ao municpio, Estado reserva espao para presos do semiaberto.

    Em ato, Campo Bomdiz no ao Instituto Penal

    Betinho Goetert descartavolta do segundo assessor

    Sapiranga

    R$ 1,50 | Publicao semanal | Ano I | Edio 8 | 28 de Maro de 2013

    Vereador do PP fala como iniciou na poltica e comenta o fato polmico dos vereadores da Casa Legislativa ago-ra terem somente um assessor parlamentar.

    Prefeitura conserta pea de ca-minho e coleta se normaliza. Se-cretrio de Meio Ambiente, Selso Feltes, fala em novo veculo.

    Trensurb divulga lista com seis em-presas que esto habilitadas paraapresentarem proposta fi nanceirada expanso at Sapiranga.

    Conhecidas empresaspara estudo do trem

    Regio

    Pg. 4

    Pg. 10Municpios promovem suas Feiras do Peixe e esperam comercializar toneladas do animal

    Peixe fresco para a famliaRecolhimento dolixo volta ao normal

    Araric

    Reserva Ecolgica Arroio da Bica conta com queda dgua de mais de 100 metros. Prefeitura busca modo de explorar o local. contracapa

    A Mata Atlntica esuas belezas naturais

    Nova Hartz

    Pgs. 6

    Gelson Mendes (o Gringo) participa da Feira do Peixe de Araric. Preo mdio fi car entre 8 e 9 reais nos municpios | Foto: Deivis Luz

    Como foi o espetculoda Paixo de Cristo

    Pg. 5

  • Pressa fez motoristadeixar carro fora dalei em Sapiranga

    Parte de um banco em uma praa de Campo Bom sofreu vandalismo

    Ser reportagem

    O trabalho desenvolvi-do pela ONG Cururuayno Rio dos Sinos

    radar 3RepercussoQuinta-feira, 28 de maro de 2013

    Precisa evoluir Caiu no conceito

    Poder Pblico busca alternativas at mesmo para vagas de estacionamento | Foto: Deivis Luz

    Municpio Frota em Frota em Frota em 2010 2011 2012

    Campo Bom 28.193 29.857 31.740

    Sapiranga 34.058 36.428 38.849

    Araric 2.059 2.311 2.548

    Nova Hartz 6.882 7.609 8.287

    Totais: 71.192 76.205 81.424

    EVOLUO DA FROTA!

    Fonte: Tribunal de Contas do Estado (TCE)

    Fonte: Detran/RS

    ARRECADAO DE IPVA!Municpio Retorno de Retorno de Retorno de IPVA em 2010 IPVA em 2011 IPVA em 2012

    Campo Bom R$ 4.346.678,78 R$ 4.945.912,15 R$ 5.332.774,60

    Sapiranga R$ 5.096.038,39 R$ 5.206.130,85 R$ 5.748.455,95

    Araric R$ 252.288,67 R$ 322.509,45 R$ 353.755,07

    Nova Hartz R$ 846.840,33 R$ 1.064.609,69 R$1.215.133,06 Totais: R$10.541.846,17 R$11.539.162,14 R$12.650.118,68

    10

    81

    14

    5,2

    mil motocicletascirculam pelas ruasde Sapiranga todos osdias, conforme o Detran/RS .

    Em nmeros

    mil veculos a frota de veculos nos muni-cpios de Campo Bom, Sapiranga, Araric e Nova Hartz.

    milhes de reais foramarrecadados por Sapi-ranga nos ltimos trs anos com o pagamento de IPVA.

    milhes de veculos a frota do Estado. como se houvesse um veculo para cada dois habitantes.

    Secretrioexplica

    Estamos fazendo um estudo para transformar a

    Av. Presidente Kennedy e a Rua Liberato Salzano Vieira da Cunha. Na Presidente Kennedy, h estudo para a instalao de uma rotatria no cruzamento com a Av. Anto de Farias. Em breve, alguns pontos ganharo redutores de velocidade.

    Delso Ivan Civa,secretrio de Segurana

    Pblica e Mobilidade Urbana

    Amaznia VERde PertoNotas rpidas...

    Sapiranga - O Centro Municipal de Cultura Lcio Fleck, est sediando a exposio Amaznia VERde Perto at o prximo dia 09 de Abril. Est sendo exibido uma coletnea de materiais, realizada pelos jornalistas Aurlio Decker e Diana Mendel, em uma viagem para a Amaznia, retratando o cotidiano dos que l vivem.

    Curso de panifi caoNova Hartz - Esto abertas as inscries para o Curso de Panifi cao Gratuito a ser realizado entre os dias 02 e 04 de maio, na Central de Solidariedade (CRAS). As inscries podem ser feitas somente at hoje (28), diretamente no CRAS, ou na Secretaria de Desenvolvimento Social, das 12h30 s 18h30.

    +

    Jornalistas mostrando exposio | Foto: Bruna Chilanti

    Objeto: DECLARAO de domnio sobre o imvel a seguir descrito.

    IMVEL: Uma nesga de terras, sem benfeitorias, situada na Quadra

    164, Setor 05 do Plano Diretor da cidade de Sapiranga, com rea

    supercial de sessenta e oito metros, noventa e seis decmetros

    quadrados (68,96m), medindo quinze metros (15,00m) na frente, ao

    Sul, lado par, entestando com a Rua Lindolfo Collor; dezesseis metros

    e vinte e cinco centmetros (16,25m), ao Norte, com propriedade de

    Nereu Schmitt Carraro, matrcula n 8.759; nove metros e trinta e trs

    centmetros (9,33m) ao Oeste, na divisa com propriedade de

    sucessores de Oscar Balduino Petry e de Carlos Krasnievicz,

    matrcula n 9.560, distante cinqenta e cinco metros e quarenta

    centmetros (55,40m) da esquina da Rua Lindolfo Collor, com a Rua

    Joo Otto Saenger. Prazo de 15 dias para contestar, querendo, a

    contar do trmino do presidente Edital (Art.232, IV, CPC), sob pena de

    serem presumidos como verdadeiros os fatos alegados pelo (s) autor

    (es).

    ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL

    PODER JUDICIRIO

    EDITAL DE CITAO DE INTERESSADOS, AUSENTES,

    INCERTOS E DESCONHECIDOS USUCAPIO

    Sapiranga, 07 de maro de 2013

    Servidor: Larissa Grazziotin Froener

    Juz: Kren Rick Danilevicz Bertoncello

    2 Vara Cvel Comarca de Sapiranga

    Prazo de: 30 dias. Natureza: Usucapio Processo:

    132/1.12.0007595-0 CNJ: 0015630-15.2012.8.21.0132

    Autor: Nereu Schmitt Carraro e outros

    Previso do tempo

    Comentrio

    A educao um instrumento que possui a intencionalidade de transformar a realidade a partir do sujeito, devendo assumir um papel motivador, promovendo a espontaneidade e a criatividade da criana, mas no deve con-siderar as classes populares como obstculos sociais e polticos. Quando se fala em educa-o, temos que nos referir da educao infantil ao ensino superior. preciso que a educao permita a supera-o de uma carncia que no do indivduo, mas sim cultural. Penso que a educao deveria ser a mesma para todos, infelizmente o seu sentido muda conforme a ao de cada pessoa. No cenrio brasileiro a educao vive um con ito entre a educao formal e a educao popular, tendo em vista os fatores que esto diretamente ligados, seja pela extenso terri-torial, desigualdade econmica e a diversidade cultural. Encontramos escolas sem estrutura e sem formao dos professores, lamentavel-mente servindo mais tarde como massa de manobra para os governantes e at mesmo para mdia. Acredito que a nossa educao, de forma geral, ter que passar por muitos avanos e enquanto estiver presa ou amarrada s re-laes de poder, ser manipulada de maneira que favorea aos inte-resses de A ou B e no da criana que necessita da aprendizagem para poder produzir e re-produzir seus sonhos, podendo apropriar-se daquilo que desconhece. Hoje vivemos em um municpio onde a educao possui uma das melhores mdias (IDEB) do pas. Que isso no sirva para nos acomodarmos ou retroce-dermos. E sim, que possamos chegar cada vez mais prximos de uma educao que permita a criana ser espontnea, crtica autnomo e principalmente, que ela seja capaz de permitir atitudes de solidariedade, cooperao e respei-to mtuo, abandonando os seus pr-conceitos. Enfi m, a educao est sempre em constante construo.

    Cleidi Prado (PT) vereadora em Sapiranga, professora Ps Graduada Gesto Escolar e em Gesto Ambiental

    Penso que educao deveria ser a mesma para todos, infelizmente o seu sentido muda conforme a ao de cada pessoa.

    Merece destaque Precisa evoluir

    Av. dos Municpios, emCampo Bom, registrouacidente. Ao foi rpida

    Rua da Serra Grande,em Nova Hartz, precisade manuteno

    Jornal Repercusso Ltda CNPJ: 17.376.797/0001-29Jornalista responsvelFelipe Laux | MTB: 15128

    Reportagens e edioBruna Chilanti, Deivis Luze Felipe Laux

    Fotografi asBruna Chilanti, Deivis Luze Felipe Laux

    DiagramaoDeivis Luz

    Impresso: Grupo RBS

    Contato comercial3064.2664

    Fale com o RepercussoTelefone: (51) 3064-2664Celulares: (51) 8335-5200 (TIM), 9610-3310 (VIVO) e 9280-2637 (Claro)

    EndereoRua Getlio Vargas, 71, 2 andar, sala 1, Sapiranga/RS

    Horrio de funcionamentoSegunda a sexta, das 8 s 18 horas; sbados, domingos e feriados: atravs do celular: (51) 9610-3310

    Receba o jornal em sua casaTelefone: (51)-3064-2664

    Repercusso circula emSapiranga, Nova Hartz, Araric e Campo Bom.

    site: www.jornalrepercussao.com.bre-mail: redacao@jornalrepercussao.com.br

    Tiragem: 6 mil

    Os textos publicados neste espao no representam a opinio do Jornal Repercusso. Envie sua crtica ou sugesto para o e-mail: redacao@jornalrepercussao.com.br

    radar2 RepercussoQuinta-feira, 28 de maro de 2013

    O clima nos prximos dias conforme o Instituto Nacional de Meteorologia Espacial (INPE)

    Campo Bom Sapiranga Araric Nova Hartz

    Na sexta pode chover. Pscoa ser de sol e temperatura agradvel. Se-mana ter sol e tempo bom

    Na sexta pode chover. Pscoa ser de sol e temperatura agradvel. Se-mana ter sol e tempo bom

    Na sexta pode chover. Pscoa ser de sol e temperatura agradvel. Se-mana ter sol e tempo bom

    Na sexta pode chover. Pscoa ser de sol e temperatura agradvel. Se-mana ter sol e tempo bom

    4 8 12 16 20 24 26 28 32

    Cheia27/3

    Nova11/3

    Minguante4/3

    Crescente19/3

    Fases da lua

    Sapiranga

    Araric

    Nova Hartz

    28

    1328

    13

    Campo Bom

    27

    15

    28

    15

    Educao

    veculos novos porano nas ruas supera 5 milEm alta | Municpios veemfrota de veculos aumentaranualmente. Elevao darenda contribui para altaRegio Cada vez que os gestores pblicos aces-sam as estatsticas do De-part