jornal da impresso especial jornal da - ?· iof e credinâmico as modificações da carteira do...

Download JORNAL DA Impresso Especial JORNAL DA - ?· IOF e Credinâmico As modificações da carteira do Credinâmico…

Post on 12-Feb-2019

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

M A I O 2 0 1 2 J O R N A L D A F E N A C E F 1

JORNAL DA

JORN

AL D

A

Federao Nacional de Associaes de Aposentados e Pensionistas da Caixa Econmica Federal

ImpressoEspecial

9912177343/2007-DR/BSBFENACEF

CORREIOS

Assemblia da FuncefForam abordadas as principais reivindicaes da FENACEF.

pg. 03

XXXIV Simpsio da FENACEF Este ano ser realizado no Esprito Santo, em Aracruz, a 40 km da capital.

pg. 08

Universidade CAIXACAIXA e a Funcef firmaram um acordo de cooperao tcnica, cientfica e cultural.

pg. 05

Assemblia Geral da FENACEFRepresentantes das principais Instituies se renem em Braslia.

2 J O R N A L D A F E N A C E F M A I O 2 0 1 2

JORNAL DA

ExpEdiEntE

FENACEF Federao Nacional das Associaes

de Aposentados e Pensionistas da CEF

pRESidEntEDcio de Carvalho

vicE-pRESidEntE Edgard Antnio Bastos Lima

cOnSELHO dELiBERAtivO Dcio de Carvalho (MG)

Benedito Silvano Bonacordi (PR) Donina de Souza Zambelli (ES)

Edgard Antnio Bastos Lima (SC) Fernando Cavalcanti Neves (PE)

Francisco De Assis Cantalino Wanderley (BA)

Olvio Gomes Vieira (RJ) Ruy Goyano de Faria (SP)

Srgio Atair dos Santos (RS) Terezinha Leandro da Silva (PB)

Francisco Vagner Dantas Leite (CE)

JORnAL dA FEnAcEF Ano IX - Ed. 27 - Braslia,

maio/2012

diREtOR Edgard Antnio Bastos Lima

JORnALiStA RESpOnSvELDaniel Signorelli

Reg. Prof. SC 03737-JP imprensa@fenacef.com.br

tiRAGEM 26.000 exemplares

EndEREO cORRESpOndnciA SCS, Quadra 1, Bloco I, no 30,

Ed. Central, 7o andar, salas 701/708, Braslia, DF - CEP 70304-900 e-mail: jornal@fenacef.com.br

iMpRESSO:Grfica Copacabana

SIBS, Quadra 03, Conj. A , Lts 30/32, DF Fone: (061) 3386-1922

Fax (61) 3386-7024

FOtOS dEStA EdiOFenae

Daniel Signorelli

diAGRAMAOBR6 Comunicao - jr@br6.com.br

nesta edio 3 FEnAcEF REALiZA ASSEMBLiA GERAL EM BRASLiA 4 BALAnO FUncEF 5 xxxiv SiMpSiO nO ESpRitO SAntO 6 pROcESSO ELEitORAL 2012 - FUncEF 7 UnivERSidAdE cAixA 8 iii JOGOS dA FEnAcEF 10 pASSivO tRABALHiStA

CAMPANHA PELA REDUO DO USO DE PAPEL

Acompanhando uma ten-dncia muito positiva de re-duo do uso de papel nas instituies, a FENACEF pre-tende enviar exclusivamente a verso digital de seus infor-mativos (inclusive o Jornal)

para um nmero cada vez maior de associados.

Todos podem colaborar, se cadastrando na pgina inicial do site da FENA-CEF ou enviando um email para jornal@fenacef .com.br .

M A I O 2 0 1 2 J O R N A L D A F E N A C E F 3

JORNAL DA

FENACEF realiza Assemblia Geral em BrasliaA Assembleia Geral Ordi-

nria da FENACEF, que acon-teceu de 28 e 29 de maro, reuniu os presidentes das As-sociaes de Aposentados e Pensionistas da CAIXA de todo o Brasil, para tratar dos assun-tos de interesse do segmento, tais como III Jogos dos Apo-sentados, Simpsio de 2012 em Vitria e assistncia jurdica Federao.

Durante a Assembleia, acon-tecem tambm reunies com as representaes da CAIXA e Funcef, para tratar de temas especficos, ou seja, as princi-pais reivindicaes levantadas pela FENACEF. No segundo dia do encontro, a FENACEF participou do lanamento do acordo entre a CAIXA e a Fun-cef para liberao da Universi-dade Caixa para Aposentados.

FuncefBalano anual de 2011

O presidente da Funcef, Car-los Caser, apresentou durante a abertura da reunio, em con-

junto com a Diretoria Executiva da Fundao, os resultados do balano anual de 2011 que no atingiram a meta atuarial em virtude da crise econmi-ca mundial. Caser destacou o impacto expressivo das provi-ses relacionadas s aes ju-diciais, enfatizando que as ne-gociaes com a patrocinadora esto em andamento, mas o impasse est longe de ser re-solvido.

Confira o boletim divulgado pela Funcef:

A Funcef fechou o ano com rentabilidade acumulada de 10,69%. Apesar de positivo, o ndice no atingiu a meta atu-arial de 11,91% (INPC + 5.5 % ao ano) e um dos motivos pelo qual no alcanamos esse in-dicador de referncia foi a forte crise econmica mundial, que influenciou no comportamento dos investimentos em Renda Varivel. O resultado tambm foi impactado pelo expressivo crescimento das provises re-lacionadas s aes judiciais.

Em 2011, o nmero de proces-sos contra os planos de bene-fcios cresceu de forma signifi-cativa.

Em que pese o fato de os resultados do exerccio no te-rem sido os desejados, o equi-lbrio da maioria dos planos foi mantido em decorrncia dos resultados de anos anteriores. Apenas o Novo Plano apresen-tou um pequeno dficit no final do exerccio, cuja equalizao ser feita rapidamente, visto que o comportamento dos in-vestimentos em Renda Vari-vel nos primeiros meses do ano indica que os preos dos ativos esto se recuperando.

Carteiras tm desempenho positivo

O resultado consolida-do das carteiras no ano foi de R$4,51 bilhes. O destaque ficou por conta dos investimentos Imobilirios, com rentabilidade de 24,46%, bem acima da meta atuarial.

4 J O R N A L D A F E N A C E F M A I O 2 0 1 2

JORNAL DA

IOF e CredinmicoAs modificaes da carteira

do Credinmico ainda esto em fase de anlise e negocia-es, e o diretor de Benefcios da Funcef, Jos Carlos Alonso, no adiantou um prazo final, porm, no trmino do proces-so prometeu submeter as en-tidades anlise. De qualquer forma, no devero acontecer modificaes quanto a prazo e valor dos emprstimos.

Segundo Alonso, a maior preocupao da Fundao com o alto grau de endivi-damento, comprometendo a renda dos participantes. A al-terao do IOF e diminuio do prazo de financiamento, de acordo com esse cenrio, tor-na-se um compromisso social perante o aposentado. Alonso ainda acrescenta a importncia de uma educao financeira e previdenciria para orientar os participantes na organizao das suas finanas.

Investimento no Aeroporto de Guarulhos

Segundo o demonstrativo do projeto apresentado durante a

reunio com a Funcef, a expec-tativa de retorno estimado ser de 15% acima da inflao, a partir de 2021.

O valor que a Fundao in-vestiu no capital da Invepar de cerca de 1 bilho de reais.

Confira as obras para o aeroporto at 2014: construo de novo terminal de passageiros com rea de 134.868m2; construo de rea de esca-pe para pistas 9L e 27R; construo de prdio para estacionamento com 10.000 vagas.

Saiba mais sobre o investimento:

O consrcio Invepar-ACSA vai administrar o Aeroporto In-ternacional de Guarulhos, um dos mais importantes do pas, por um perodo de 20 anos. A holding Invepar (da qual fazem parte FUNCEF, Previ, Petros e OAS) e a empresa sul-afri-cana Airport Company South Africa (ACSA) arremataram, por R$16,2 bilhes, a outorga de concesso de uso do ter-minal paulista. O leilo foi re-

alizado no dia 6.2, na sede da BM&Bovespa, em So Paulo.

A nova gesto ter incio em agosto, por meio de uma So-ciedade de Propsito Especfi-co (SPE), concessionria que ser formada para operar o ter-minal.

De acordo com o presiden-te da FUNCEF, Carlos Alberto Caser, o investimento estra-tgico e apresenta expectativa de retorno superior meta atu-arial da Fundao. Esperamos um forte crescimento da receita de tarifas, com a rea imobili-ria que pode ser mais bem explorada e tambm com os servios no tarifados, que va-riam de estacionamento a lo-jas, afirma Caser.

Ele ressalta que o Aeroporto de Guarulhos um empreen-dimento maduro, com grande potencial de receita e uma de-manda bem superior capaci-dade oferecida pela estrutura atual. A Invepar realizou um estudo aprofundado da viabi-lidade econmica do investi-mento e foi isso que fundamen-tou nossa deciso em participar do leilo

(fonte: Funcef).

c o n f i ra a p e r f o r m a n c e d e c a d a c a r t e i ra :

M A I O 2 0 1 2 J O R N A L D A F E N A C E F 5

JORNAL DA

O cronograma para o XXXIV Simpsio Nacional de Econo-mirios Aposentados e Pensio-nistas da CAIXA segue dentro do previsto e, este ano, ser realizado no Esprito Santo, em Aracruz, a 40km da capital.

A primeira etapa foi o reco-nhecimento de todas as ativi-dades e a elaborao de um cronograma e um plano de tra-balho, que envolvia quase 11 meses de planejamento e ati-vidades. Finalmente, em mar-o deste ano, o oramento foi dado como concludo e aprova-do pela FENACEF, atendendo ao cronograma.

O prximo passo, agora com o cronograma de desembolso aprovado, a assinatura dos contratos com todos os forne-cedores e seleo das equipes de apoio que atuaro no even-to. Ao todo, j foram realizadas 7 visitas tcnicas ao local do evento.

ProgramaoA programao conta com a

presena dos artistas: Batuca-da Diamantina, Flavinha Men-dona, show de comdia com Tonho dos Couros, ngela de Assis, Eduardo Santa Clara e ainda DJs todas as noites. Haver tambm aulas de ax, hidroginstica, yoga, alonga-mento, dana de salo, oficinas culturais, apresentaes artsti-cas tpicas capixabas, estrutura com salo de beleza, luau na praia, entre outras atividades.

Servio de sadeDurante todo o evento fica-

r a disposio uma central de pronto atendimento e duas equipes com UTI Mvel para ocorrncias mdicas dentro do complexo, exclusivas para o simpsio. O cardpio ser balanceado de acordo com as orientao da Dra. Lvia Ma-ria da Silva, ex-conselheira do Conselho Regional de Nutricio-nistas do Esprito Santo.

O complexoO Centro de Turismo de

Praia Formosa tem uma das melhores e mais bem prepa-radas estruturas para eventos do Esprito Santo. Localizado em Aracruz, a 40 km da capi-tal, beira do mar, o comple-xo ser todo reservado para o Simpsio, em carter de exclu-sividade.