ix congresso brasileiro de informática em saúde cbis'2004 unifesp departamento de informática em...

Download IX Congresso Brasileiro de Informática em Saúde CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informática em Saúde Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP Promoção

Post on 17-Apr-2015

102 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • Slide 1
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Promoo e Desenvolvimento de Programas de Telemedicina na Universidade Federal de So Paulo Paulo R. L. Lopes Ivan T. Pisa Claudia N. Barsottini Daniel Sigulem Departamento de Informtica em Sade (DIS), Universidade Federal de So Paulo (UNIFESP/EPM), Brasil
  • Slide 2
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set2 Resumo Telemedicina e Telessade so termos amplamente utilizados para representar o uso de tecnologias de telecomunicao e de informao para suportar servios de assistncia e cooperao remota em sade. A essncia dessa rea a oferta de servios e informao em sade para indivduos em suas prprias comunidades excluindo a necessidade de locomoo para os centros de referncia. Dessa maneira, Telemedicina e Telessade emergem como novas ferramentas significativas para transpor as barreiras culturais, socioeconmicas e geogrficas entre centros urbanos e comunidades carentes. Seus benefcios incluem acesso local a especialistas, melhoria na assistncia primria em sade, o aumento da disponibilidade de recursos para a educao mdica e informao em comunidades desprovidas de assistncia em sade. Esse artigo apresenta o Setor de Telemedicina (SET) do Departamento de Informtica em Sade (DIS) da Universidade Federal de So Paulo (UNIFESP/EPM), com descrio de seus objetivos e projetos.
  • Slide 3
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set3 Organizao Introduo Objetivos Metodologias Projetos Parcerias Concluses Desafios
  • Slide 4
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set4 Introduo Setor de Telemedicina (SET) Departamento de Informtica em Sade (DIS) Universidade Federal de So Paulo Escola Paulista de Medicina (UNIFESP/EPM) Desde 1999 Programas de assistncia e cooperao remota em sade http://www.unifesp.br/dis/set
  • Slide 5
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set5 Introduo Misso: criar um ncleo de excelncia da UNIFESP na conduo da pesquisa, desenvolvimento, ensino e extenso de tecnologias da informao para assistncia e colaborao remota em sade.
  • Slide 6
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set6 Introduo Objetivos: Pesquisar novos sistemas de informao e conhecimento em sade multiplataforma, que possam interoperar, atravs de padres, com equipamentos mdicos e outros sistemas e tecnologias de comunicao e informao, para desenvolver a infra-estrutura de programas de telemedicina. Capacitar o corpo docente e discente da UNIFESP na utilizao de tecnologias e tcnicas utilizadas em telemedicina. Divulgar conhecimentos tecnolgicos e operacionais para o desenvolvimento de projetos e utilizao de tecnologia no processo de sade a distncia. Analisar, planejar e implantar e incorporar programas de telemedicina. Desenvolver programas de telemedicina, mediados por computador, no processo de assistncia em sade extra-muros da UNIFESP, para ampliar as aes de profissionais de sade e agentes comunitrios e melhorar a assistncia em sade.
  • Slide 7
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set7 Metodologia Para alcanar resultados o SET investiga novas tecnologias e solues atravs desenvolvendo projetos e parcerias.
  • Slide 8
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set8 Recursos Recursos Humanos Funcionrio SPDM: Paulo Lopes Ps-DOC FAPESP: Ivan Voluntrios: Douglas e Joceli Bolsa DTI-C (at mar/2005): Vago Colaboradores: Cludia, Paulo Schor Recursos Fsicos Compartilhamento da sala 2 o andar do Ed. Acadmico Pentium IV 2.1GHz 1GBRAM Equipamentos de Vdeoconferncia Portal com ferramentas de colaborao
  • Slide 9
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set9 Laboratrio de Telemedicina - LAT
  • Slide 10
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set10 Laboratrio de Telemedicina - LAT Videoconferncia Video streaming (ao vivo, VOD) Webconferncia
  • Slide 11
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set11 Rede Piloto de Telessade em Oncologia Peditrica
  • Slide 12
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set12 Centro de Diagnstico Virtual em Oftalmologia Coordenao Nacional de DST/AIDS do Ministrio da Sade (MS). Departamento de Oftalmologia Departamento de Informtica em Sade Atendimento oftalmolgico Capacitao distncia em oftalmologia Segunda Opnio Assncrona Triagem remota Transferncia remota de dados, sinais e imagens mdicas para a elucidao do diagnstico, tratamento e o acompanhamento do paciente a distncia.
  • Slide 13
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set13 Centro de Diagnstico Virtual em Oftalmologia Quanto mais estruturada for esta coleta de informaes para o profissional no especialista (usurio), mais acurado se torna o processo de assistncia remota pelo especialista (consultor). Formulrio acessado atravs de um navegador de Internet, enviando uma mensagem com informaes clnicas para um endereo de correio eletrnico representa uma soluo simples, com alto grau de disponibilidade e fcil acesso tanto para o usurio como para o consultor.
  • Slide 14
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set14 Centro de Diagnstico Virtual em Oftalmologia Discusses de casos clnicos periodicamente com a Universidade da Califrnia em Davis e outras universidade brasileiras, atravs de videoconferncias
  • Slide 15
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set15 Ambientes de Colaborao Sncrona na Sade Implantao e avaliao de um ambiente controlado de colaborao baseado em videoconferncia para a teleconsulta e segunda opinio em sade. Investigando o comportamento dos profissionais e as mudanas de processos originados pela adoo das tecnologias de colaborao sncrona, para ento propor e treinar os profissionais da sade para utilizao em ambientes reais de ateno em sade Dois consultrios do Centro Alfa de Humanizao do Ensino em Sade equipados com computadores e sistemas de videoconferncia utilizados por mdicos preceptores e estudantes de medicina colaborao durante a consulta dos pacientes Trs modelos de interao: Superviso - o preceptor um observador de cena, avaliando as circunstancias da interao do paciente com o aluno, e depois o preceptor discute com o aluno o atendimento, sem que o paciente note a presena do preceptor. Ensino - o preceptor atende um paciente e um conjunto de alunos na outra sala observam os procedimentos bsicos e pastorais inicias, novamente sem que o paciente note a presena de um grande nmero de alunos. Assistncia - o aluno e o preceptor colaboram por udio e vdeo para um maior entendimento e soluo dos problemas durante a consulta, evitando a presena fsica do preceptor na sala do atendimento.
  • Slide 16
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade Universidade Federal de So Paulo UNIFESP Paulo Lopesplopes@dis.epm.br www.unifesp.br/dis/set16 Outros projetos Ambientes de Colaborao Assncrona na Sade - MedMail Ambientes de Colaborao P2P para o Atendimento Ambulatorial Ambientes de Computao Mvel na Sade Aplicaes de Telemtica na Assistncia em Sade - ATENAS Telemedicina na Pastoral da Criana Telerreabilitao Cognitiva e Incluso Digital para Idosos Sistema de Apoio Deciso Mdica Lepidus Sistema de Apoio Deciso Mdica em Oftalmologia - Lepo Sistema Distribudo de Imagens Mdicas - MIDster Telerrobtica na Sade Projeto de Telerradiologia da UNIFESP - Sade Digital Projeto de Televiso de Digital para a Sade - TVDSade
  • Slide 17
  • IX Congresso Brasileiro de Informtica em Sade CBIS'2004 UNIFESP Departamento de Informtica em Sade

Recommended

View more >