implantação do pmo em lisarb

Download Implantação do PMO em Lisarb

Post on 28-Jul-2015

38 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

1. 16/06/2015 1 Gerenciamento de Portflio Prof: Marco Antnio Coghi Turma : LD 2/13 Data: Londrina PR Maio 2015 Empresa: STK Tecnologia em Consultoria na Gesto de Portflio Alunos: Tiago A. C. Rodrigues Gerente de Planejamento Murillo A. Bianco Coordenador de Portflio Paulo Bonuglio Coordenador de Projetos Yvan C. M. Mostagi Coordenador de integrao Felipe Muniz Auxiliar ADM (Office Boy) Geneci dos Santos C. B. Secretria Executiva Adair L. Sulzbacher Engenheiro Agrcola Projeto: Implantao do Project Management Office-PMO em lisarB 2. 16/06/2015 2 Logo Projeto Equipe Integrante: Tiago A. Conrado Rodrigues Funo: Gerente de Planejamento Integrante: Yvan C. M. Mostagi Funo: Coordenador de Integrao Integrante: Paulo Bonuglio Funo: Coordenador de Projetos/Engenharia Integrante: Murillo Aramaki Bianco Funo: Coordenador de Planejamento 3. 16/06/2015 3 Equipe Integrante: Felipe Muniz Funo: Auxiliar ADM /Controladoria Integrante: Geneci dos Santos C. B. Funo: Secretria Executiva Integrante: Adair L. Sulzbacher Funo: Engenheiro Agrcola STK Tecnologia em Consultoria na Gesto de Portflio, foi fundada em 29 de maio de 2015, pelos seus cinco scios proprietrios, os quais detectaram nesta data que existiam grandes lacunas no mercado de trabalho, exigindo grandes empresas de Gesto PMO, que atuassem com Tecnologia embarcada, buscando indicadores precisos e detalhados, porm com um curto espao de tempo, se adaptando assim s rpidas mudanas exigidas no mercado corporativo. A empresa tem como base seu grupo de Engenheiros multidisciplinares e uma economista como Controler. Temos como Maior Projeto executado a implantao do PMO no Pas de lisarB, onde ganhamos com facilidade a concorrncia entre vrios grupos existentes naquele momento. Nossa meta no s aplicar as praticas existentes e conceituadas de planejamento de Portflio e Projetos, mas sim garantir que todos os trabalhos implantados sejam executados exatamente dentro do planejamento estratgico solicitado pelos nossos clientes, aplicando tecnologia e inovao. Quem a STK ? 4. 16/06/2015 4 Projeto lisarB um Pais com grande capacidade de inovao e explorao agrcola, localizado na rea tropical do globo terrestre. Atualmente sua gesto feita pelo Presidente Marco A.Coghi, este que j est no poder a mais de 12 anos, e com sua integridade e transparncia Marco sempre aposta em inovaes e solues de planejamento e gestes organizadas. O objetivo do gerenciamento de Portfolio solicitado por lisarB (Presidente Marco A.C) a identificao dos melhores projetos, para atender a nove necessidades de melhorias em seu Pas. Premissas lisarBForneceu a STK a pesquisa de maturidade em gerenciamento de projetos. A pesquisa contempla 40 perguntas de aspectos do Gerenciamento de Projetos, com pesos de 0 a 5, sendo que ao final da mesma os resultados de cada pergunta so somados, possibilitando assim, a identificao do Nvel de Maturidade do Pas, conforme mtrica abaixo: Acima de 160 pontos: Nvel 5 Entre 121 e 160 pontos: Nvel 4 Entre 81 e 120 pontos: Nvel 3 Entre 41 e 80 pontos: Nvel 2 Entre 10 e 41 pontos: Nvel 1 O resultado final da pesquisa realizada em lisarB, indicou nvel de maturidade 2 (69 Pontos). Esse indicador demonstra uma falta de maturidade em Gerenciamento de Projetos no Pas de lisarB. 5. 16/06/2015 5 lisarBForneceu a STK a pesquisa de maturidade em gerenciamento de projetos. Atravs desta pesquisa identificamos que lisarB tem apenas conhecimentos Bsicos em gerenciamento de projetos ( nvel 2) com isso entendemos que existe um passo para o desenvolvimento passando por Definies e Controle dos processos at a evoluo da melhoria continua focando no modelo de programa (OPM3). Conhecimento Bsico Processos Definidos Processos Controlados Processos Aprimorados Melhoria Continua (PDCA) Premissas Nvel 2: Implantao do Project Management Office-PMO em lisarB O Pas de lisarB ainda est preso a processos comuns, onde a trplice restrio prevalece (Escopo, Tempo, Custo), e o GP tem apoio em todos os nveis. A Soluo que a STK oferece para melhoria do processo desenvolver uma cultura moderna no GP, buscando melhor posicionamento tanto comportamental quanto quantitativo, reconhecendo os benefcios gerados e desenvolvendo metodologias que alcance esses benefcios, criando programas de melhorias continuas. 6. 16/06/2015 6 Benefcios da Implantao do PMO Nossa consultoria baseada em resultados, por isso, queremos oferecer em nosso trabalho benefcios a todos os setores ou classes existentes em lisarB. Trabalhamos diretamente no cliente, focando em satisfao, suporte e reduo do retrabalho . Na Gerncia de projetos focamos em melhorar as praticas do trabalho com um planejamento conciso e capacitando a carreira do profissional. Para nveis de Diretoria e Administrao o resultado com velocidade uma das qualidades que buscamos oferecer, alocando tambm, estrategicamente, os recursos e transparecendo melhor a agenda de projetos. Na organizao nosso papel alinhar a estratgia de negocio, explorando melhor a propriedade intelectual dentro do ciclo PDCA. Tendo em vista que lisarB busca uma evoluo em GP queremos oferecer todo nosso portflio de solues com base na metodologia do PMBOK. Hierarquia Adotada A STK Tecnologia em Consultoria toma como base Hierrquica o modelo H1 para implementao do PMO no Pas de lisarB. O objetivo principal por no adotar um modelo Estratgico visando toda organizao (H3), reforado pelos projetos existentes individualmente dentro do programa exigido por lisarB. Temos certeza que a mtrica utilizada para controles dos projetos individualmente ser mais assertiva, e ganharemos mais experincia de projetos com a equipe existente em lisarB, j que o Pas ainda est em maturidade de GP (Nvel 2). 7. 16/06/2015 7 Funes Adotadas As funes utilizadas no PMO so separadas em 5 colunas. 1. Mtodos e procedimentos 2. Gerncia de Infra-estrutura 3. Gerncia de Recursos 4. Gerncia Tcnica 5. Integrao com o Negcio Destas colunas ainda derivamos para demais programas, especficos a cada tpico citado acima. Por lisarB ainda ser um Pas em desenvolvimento no GP, vamos seguir a sequncia de implementao das funes da forma que apresentamos acima, assim podemos evoluir gradativamente cada etapa do Planejamento e amadurecimento da equipe existente em lisarB. Funes Adotadas Seguindo o plano estratgico para implementao do PMO em lisarB, iniciaremos pela funo Mtodos e Procedimentos. Percebemos que o Pas precisa definir melhor os processos, descrever a metodologia, melhorar sua comunicao e evoluir na Gerncia dos Stakeholders, conseguindo assim, disseminar uma Gerncia de Mudanas e um amadurecimento melhor da equipe. Aps a implementao dos processos da primeira coluna (1Funo), seguiremos as demais tpicos, sempre com o mesmo intuito, focando em performance, assertividade e rodando sempre o ciclo PDCA. Queremos ressaltar que, para chegarmos Funo de integrao com o Negcio, ser exigido um maior conhecimento de GP da equipe, por esse motivo implementaremos na sequncia cada funo, adquirindo expertise de cada pessoa envolvida. 8. 16/06/2015 8 Modelo Utilizado A falta de conhecimento em GP pelo Pas de lisarB, mostra para STK que o modelo mais assertivo para esse Portflio neste momento especfico a combinao de dois modelos. Torre de Controle Pool de Recursos A necessidade da Torre de controle basicamente os indicadores de processo (Fisico, Financeiro) de cada projeto individualmente. A necessidade do Pool de Recursos em manter sempre a equipe de GP no time, podendo assim evoluir e qualificar melhor todo o grupo, percebemos que a maturidade no Pas de lisarB est ligado a Pessoas, pelas quais reflete em Processos, Procedimentos e Metodologias mal definidas. Mesmo usando esses dois modelos optamos por trabalhar off-line com o modelo torre de controle, com isso podemos verificar como seria os indicadores do GP para a prxima implementao e o amadurecimento da equipe, porm esses indicadores s seriam para anlise futura. Mtricas de Sucesso Para que nossos trabalhos sejam mais assertivos, nesse momento precisamos focar em atributos que possam nos fornecer respostas rpidas e precisas, sendo assim, direcionar em Facilidade de percepo dar a lisarB, maior segurana na implementao do PMO. Vamos apresentar como mtrica genrica o quantitativo dos projetos iniciados e j concludos em lisarB (Fsico/financeiro) e certificar a implementao do PMO, atravs de histricos de projetos antigos executados no Pas, faremos um balanceamento do Nmero de falhas de projeto antes e depois do PMO, com isso a validao do portflio executado pela STK mais precisa, havendo para o presidente ndices qualitativos e quantitativos da implementao da ferramenta. 9. 16/06/2015 9 Mtricas de Sucesso Como mtrica especfica seguiremos . 1. Atender o Escopo detalhadamente. 2. Atender o Tempo estipulado para cada Implementao dos projetos 3. Atender o Budget (Custo) estimado para cada projeto 4. Atender a Qualidade determinada para cada projeto 5. Integrao de todas as informaes e processos Os cinco pilares acima com certeza o necessrio para lisarB neste momento de desenvolvimento do PMO. Sentimos que para um escopo bem detalhado diminuiremos parte dos problemas de comunicao, Riscos e Aquisies deixando ests ultimas mtricas para uma prxima etapa. A falta de maturidade em GP em lisarB faz com que as mtricas sejam selecionadas nesse momento, e de acordo com a evoluo poderemos acrescentar gradativamente cada uma delas. Etapas de Implementao 10. 16/06/2015 10 Etapas de Implementao Fase Diagnostico e Avaliao responsvel por Avaliar a maturidade dos projetos, Avaliar os projetos em Andamento e identificar a Metodologia Atual. Etapas de Implementao Fase Implantao responsvel pela criao de metodologia, o desenvolvimento do guia prtico e modelo dos templates, padronizao dos relatrios e apresentao dos indicadores de desempenho. 11. 16/06/2015 11 Etapas de Implementao Fase Treinamento responsvel pela etapa de qualificao da equipe, dividindo em nveis bsicos e avanados, tambm qualificao em software. Fas