imp©rio bizantino e carolingeo

Download Imp©rio Bizantino e Carolingeo

Post on 19-Feb-2017

299 views

Category:

Education

4 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Imprio bizantino e carolngio

Imprio bizantino e carolngioprofessoralu.historia@gmail.com

Imprio bizantino

CONTEXTO DE FORMAO:

Crise do Imprio Romano do OcidenteBizncio (colnia grega) conquistada em 315.Constantinopla inaugurada em 330.Imprio Romano do Oriente 395 (Imperador Teodsio)

Imprio Romano do Ocidente CRISECrise do escravismoRuralizao da economiaInvases brbarasCristianismo

Imprio Romano do Oriente sem crise econmica combateu invases*subornos (diplomacia), guerras e incorporao de alguns povos

Imprio Romano do Oriente = Imprio Bizantino

Sociedade urbanaHerdeira da filosofia gregaLocalizao estratgica (Estreito de Bsforo - Europa e sia)Economia: comrcio martimoAgricultura: Latifndios estatais e algumas propriedades privadasMo de obra servil (alguns colonos e escravos 20%)Controle Estatal (comrcio, agricultura, emisso de moeda)Sociedade estratificadaCriou vrias interpretaes religiosas HERESIAS

Imprio bizantinoPOLTICA

LEIS (Burocracia)

RELIGIOESTRUTURA DE ESTUDOS SOBRE IMPRIO BIZANTINO

PolticaPoltica cpia do Imprio Romano do Ocidente

Imperador Poltica Religio

CESAROPAPISMOCONFLITO COM A IGREJA CATLICA (ROMA)Em Roma desapareceu o cargo de Imperador e permaneceu o de Papa...Em Constantinopla... Imperador Autocrtico/DespticoCISMA DO ORIENTE (1054)

Leis (burocracia)O governo de Justiniano (527-565) REconquistaPrincipais objetivos: consolidar a autoridade imperial no grande territrio por ele reconquistado;reconstruir o antigo Imprio Romano; manter o Mar Mediterrneo com eixo da economia imperial.Principais Feitos: reestruturao do Direito Romano (Corpus Juris Civilis), dividido em 4 partes:

Cdex ou Cdigo de Justiniano conjunto de leis;Digesto ou Pandectas leis comentadas; Institutas princpios fundamentais das leis; Novelas ou Autnticas novas leis de Justiniano;

Algumas normas do Cdigo Justiniano:

Ningum ser obrigado a defender uma causa contra sua vontade.Ningum ser punido pelo que pensa.Ningum poder ser retirado de sua casa fora.Quem acusa deve provar o que diz.Quando uma pena for aplicada, deve-se levar em conta a idade e a inexperincia do culpado.

x

Outros feitos de justinianoObras Pblicas: fortalezas e castelos, Baslica de Santa Sofia representao da grandiosidade do Imprio;Reconquistou a Pennsula Itlica, Ibrica e o Norte da frica.

religioConflitos entre Imperador Bizantino e Papa Romano CesaropapismoInfluncias do catolicismo primitivoDivergncias em relao ao catolicismo romano

HERESIASMONOFISISMO (Sria e Egito)ICONOCLASTIA

CISMA DO ORIENTE 1054Formao da Igreja Ortodoxa Grega

x

Cisma do oriente (1054)Distanciamento cultural; disputas polticasHeresias e questes polticas (cesaropapismo autoridade do papa e heresias) levaram a separao da Igreja em:

Igreja Ortodoxa Grega(Patriarca Bartolomeu I)Igreja Catlica ApostlicA Romana (Papa Francisco)

13

Em 1453, o Imprio Bizantino chega a seu fim, quando os turcos otomanos (povo originrio da sia central e convertidos ao islamismo) invadem a capital Constantinopla. Esse evento marca tambm o fim da Idade Mdia.

CULTURA BIZANTINA:decorao de igrejas;Planta da igrejas em cruz grega (braos iguais);Telhados em forma de cpula, predominavam as linhas curvas e o interior era ricamente decorado.Grande expoente: Baslica de Santa Sofia. ausncia de esculturas e profuso de cones.

Coleo Dolce & Gabana inverno 2013/2014

Imprio carolngeo

OS BRBAROS

OS BRBAROSNome dado a diferentes grupos tnicos:

Povos originrios da sia (hunos),

Leste europeu (eslavos).

Norte da Europa (Germnicos)

Germnicos eram subdivididos em: Visigodos, Ostrogodos, Burgndios, Vikings, Vndalos, Suevos, Lombardos, Francos, etc...

Formaram reinos instveis de curta durao;

Eram rivais: disputavam entre si os mesmos territrios;

Cultura Germnica: Organizao social Estrutura Familiar bastante slida;

Prezavam por valores: honra, fidelidade conjugal, lealdade...

Comitatus lealdade e reciprocidade entre os guerreiros

No possuam um cdigo de leis escrito.

Decises jurdicas: Duelos ou Ordlios. Direito Consuetudinrio

Cultura Germnica: EconomiaPredominava a atividade agrcola; mas no eram sedentrios;

Produziam principalmente cereais, (aveia e o trigo) e trabalhavam tambm com a pecuria.

Alguns viviam da pilhagem (saques);

Cultura Germnica: ReligioPolitesta;Adorao fundamentada nas foras da natureza.No construam templos: Rituais realizados em ao ar livre.Ofereciam como sacrifcio animais e at humanos.

Reino dos Francos:Conseguiu unificar um vasto territrio e manter um governo estvel;Atuais Alemanha, Itlia e Frana.Fortalecimento do reino pela aliana com a Igreja Catlica.Clvis (481-511): primeiro monarca a se converter ao cristianismo aps a queda de Roma.

26

Dinastia Merovngia (481-751). sculo VII, os reismerovngiosforam-se tornando indolentes e displicentes, entregando os trabalhos administrativos aos chamados prefeitos oumordomos do Pao (majordomus). O mais famosoprefeito do Paofoi:

Carlos Martel(714-741), que venceu os rabes naBatalha de Poitiers, em732, impedindo a expanso dos rabes da Espanha para a Frana.

Nessa ocasio, Carlos Martel tornou-serei dos francos. Seu sucessor foi seu filho,Pepino, o Breve, em751. Pepino criou aDinastia Carolngia. (751-987)

Dinastia Carolngia (751-987)Auge: reinado de Carlos Magno (768-814). Conhecido como o Imperador do Ocidente.Tambm chamado de Imprio Carolngio.Campanhas militares apoiadas pela Igreja Catlica possibilitaram a expanso territorial e a difuso do Cristianismo (converso forada dos demais povos brbaros).

A sagrao de Carlos Magno por Leo III simbolizou a instaurao do Imprio do Ocidente como sucessor do Antigo Imprio Romano.

SACRO IMPRIO ROMANO.

Europa unificada sob um imprio Universal e Cristo.

Carlos Magno

Organizao poltico-administrativa:Ducados, Condados e as Marcas.Sua direo cabia aos membros da aristocracia territorial e guerreira do Imprio.Missi dominici ou enviados do Senhor: funcionrios reais que fiscalizavam os governantes das divises poltico-administrativasLeis Capitulares = leis que valiam para todo o imprio.Artes:Decorao de livros (iluminuras);Arquitetura (domnio da pedra);Pinturas e os mosaicos.

Aps a morte de Carlos Magno (814), Luis o Piedoso, sucedeu-o no trono imperial. Em 843, pelo tratado de Verdun, os netos de Carlos Magno (Carlos, Lotrio e Lus) dividiram o Imprio.

Em 987, Hugo Capeto, conde de Paris, ps fim dinastia Carolngia e deu incio Dinastia Capetngia.

Recommended

View more >