Gazeta de Varginha - 23/10/2014

Download Gazeta de Varginha - 23/10/2014

Post on 06-Apr-2016

216 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edio 9.098

TRANSCRIPT

  • Mx: 30 / Mn: 16

    Porto Seco apresenta novasede prximo ao aeroporto

    EDIO 9.098R$ 1, 00 VARGINHA, 23 DE OUTUBRO DE 2014

    Novas instalaes sero apresentadas em evento no auditrio da Aciv, nesta quinta-feira

    49ANOS

    Revelando Verdades

    gazetadevarginha@gmail.comwww.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga

    pgina 02

    PONTO DE VISTA

    Nmeros 34

    Os confins da terra

    DEUS FIEL

    1965 - 2014

    local/pgina 07

    O vereador de TrsCoraes, Fabiano Barbo-sa, prestou depoimentona delegacia da PF emVarginha, nesta tera.

    Maior feira de tecnologia da Amrica

    do Sul ter pesquisadores de Varginha

    Vereador sob

    suspeita de

    comprar votos

    ouvido pela

    PF de Varginha

    local/pgina 02

    Os associados da Acivtero oportunidade hojede conhecer as novas ins-talaes do Porto Seco Sulde Minas. A apresentaoacontece s 9 horas no au-ditrio da entidade, no es-pao Caf Empresrial.

    Atualmente funcio-nando ao lado do aeropor-to, o Porto Seco Sul de Mi-nas ocupa 15.000 m derea coberta, incluindorea climatizada, cmarafria e armazns qumico efarmacutico. E ainda 30mil metros quadrados deestacionamento e ptio decontineres e 3.600 me-tros quadrados de escrit-rios.

    local/pgina 05

    Salo da Solidariedade

    atende cerca de 100

    mulheres em Varginha

    local/pgina 07

    Jovens cientistas decinco cidades de MinasGerais estaro participan-do da maior feira de cin-cia e tecnologia da Amri-ca do Sul. Cinco pesquisassero apresentadas na 29Mostratec - Mostra Brasi-

    leira de Cincia e Tecno-logia e Mostra Internaci-onal de Cincia e Tecno-logia, que ocorrer emNovo Hamburgo (RS), de28 a 31 de outubro.

    local/pgina 04

    Boa derrota

    o Natico e

    fica a cinco

    pontos do G4

    esporte/pgina 15

  • CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no seresponsabiliza por

    conceitos emitidos emartigos assinados, mesmo

    sobpseudnimos, que so deinteira responsabilidade

    de seus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:

    Rodrigo S. Fernandes Sindjori- MG 312/99 - Administra-o/Reviso: Lanamara Silva

    - Paulo Ribeiro da SilvaFernandes

    (Jornalista e superintenden-te de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas do

    InteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departamentode Publicidade Av. dosImigrantes, 445 - SantaMaria - CEP 37022-560 -

    Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845

    VARGINHA/MGE-mail: gazetade

    varginha@gmail.comgazetacomercial2@yahoo.

    com.brEndereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br

    23 DE OUTUBRO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    A Petrobras deixou de seruma empresa e passou a ser oprincipal aparelho de poderdo Governo Federal. Todosquerem "mamar nos seios" dapetroleira, cujo leite estquase seco.

    No bastasse aparelhar aPetrobras, o governo do PTtambm a utilizou (e utili-za) como instrumento decontrole poltico, econmi-co e cultural, oferecendocontratos milionrios paraempresas de polticos apa-drinhados e parceiros diver-sos (principalmente finan-ciadores de campanhas),para maquiar as contas p-blicas no fechamento decaixa, comprar o apoio deartistas, escritores, jornalis-tas, veculos de mdias, etc,seno tambm para contro-l-los, ameaando cortar averba de publicidade a elesdestinada pela Petrobras,sempre que desagradam.

    Mas at quando a empre-sa suportar todo esse esque-ma? Ora, j a empresa maisendividada do mundo e seno fosse j suficiente, a d-vida da Petrobras maior queo valor de mercado da em-presa. A Petrobras tem umadvida lquida de aproxima-damente R$221 bilhes,sendo seu valor de mercadode R$165 bilhes. Segundoo Bank of America MerylLinch a Petrobras a empre-sa no financeira mais endi-vidada do mundo, tendo al-canado uma dvida bruta deR$267,82 bilhes em de-zembro de 2013.

    Mesmo com esses dados, aempresa perdoou a dvidada Venezuela. Obviamentequis evitar um calote da PD-VSA, o que tornaria aindamais vexatrio o ocorrido,tanto para a empresa quan-to para o governo do com-panheiro Nicols Maduro.Mais uma vez, beneficiamum companheiro com odinheiro do cidado brasilei-ro. Sim, o petrleo no nosso, a empresa no nos-sa, mas o prejuzo . Pois este coberto com recursos esta-tais oriundos dos impostos.

    1 - FALOU mais o SE-NHOR a Moiss, dizendo:

    2 - D ordem aos filhosde Israel, e dize-lhes:Quando entrardes na ter-ra de Cana, esta h de ser

    a terra que vos cair em he-rana; a terra de Cana, se-gundo os seus termos.

    3 - O lado do sul vos serdesde o deserto de Zim ataos termos de Edom; e o

    termo do sul vos ser des-de a extremidade do MarSalgado para o lado do ori-ente.

    4 - E este limite vos irrodeando do sul para a su-

    Palavras de Vida

    Os confins da terraNmeros 34Parte Ibida de Acrabim, e passarat Zim; e as suas sadas se-ro do sul a Cades-Barnia;e sair a Hazar-Adar, e pas-sar a Azmom;

    5 - Rodear mais este li-

    Petrobras: Uma das maiores patrocinadorasdo poder e da corrupo do governo

    Em outubro de 2013 aagncia de classificao derisco Moodys rebaixou osratings de dvida da Petro-bras devido s preocupaescom o plano de investimen-tos, o aumento da dvida e ofluxo de caixa. Resumindo, aPetrobras gastou mais doque podia e pretende inves-tir mais do que a perspectivade gerao de caixa.

    No plano poltico, a em-presa utilizada como apa-relho para cooptar aliados eobter favores em troca decontratos milionrios. Porexemplo, o deputado federalAndre Vargas (PT/PR), quemantm relaes duvidosascom o doleiro Alberto Yous-sef e suspeito de facilitar asrelaes da empresa MOConsultoria, de Youssef, umaempresa de fachada que ser-via para repassar propinapara funcionrios pblicos epolticos. Nove fornecedoresda Petrobras depositaramR$34,7 milhes na conta daMO, dinheiro este cuja sus-peita de que foi usado paraconseguir favores e contra-tos desses fornecedores coma petroleira.

    Ainda no plano poltico,o marido da presidente daPetrobras, Graa Foster, Colin Vaughan Foster,dono da empresa C. Fosterque assinou 42 contratoscom a Petrobras, sendo 20deles sem licitao, no per-odo de 2007 at 2010. Se-gundo a Petrobras a dispen-sa de licitao nesses 20 con-tratos se deve por terem va-lores abaixo de R$10 milcada e que no foram con-tratos, mas pequenas com-pras de componentes. Noentanto, no informou o va-lor total das compras, nemde cada aquisio. Contu-do, estimasse que pelos 42contratos a C. Foster rece-beu R$614 milhes da Pe-trobras. Ora, nesse caso,como podemos chamar depequenas compras de com-ponentes? Imagina de fos-sem grandes ento? Se 20deles foram de menos deR$10 mil, os demais ultra-passaram (em mdia) pouco

    mais de R$30 milhes cada?Esses so alguns casos de

    utilizao poltica da Petro-bras, mas podemos falartambm do escndalo en-volvendo a compra da petro-leira de Passadena (nos Es-tados Unidos), uma empre-sa que foi comprada pela bel-ga Astra Oil por US$42 mi-lhes e que a Petrobras pa-gou US$1,18 bilho, em2006. Claro que a Diretorana poca ao ser questionadacom documentos, colocou aculpa em outra pessoa, o en-to diretor internacional daPetrobras, Nestor Cerver.Essas acusaes ocorreramem 2008 e somente 6 anosdepois Cerver foi destitu-do de seu cargo, que agoraera apenas um dos mais co-biados: diretor financeiroda BR Distribuidora. Deta-lhe, foi transferido para essecargo logo que os documen-tos do caso vazaram, em2008.

    Isso sem contarmos o pre-juzo de Passadena entre2007 e 2008 de US$300milhes (imagina de l parac ento). Nessa conta estoUS$52 milhes em bnuspara funcionrios, sem queuma nica gota de leo fos-se extrada.

    Para finalizar a utilizaopoltica e corrupta (um pleo-nasmo praticamente), h ocaso da holandesa SBMOffshore que pagou US$139milhes em propina para aPetrobras entre 2005 e2011, segundo um funcion-rio da empresa, investigadapor Estados Unidos, Holan-da e Inglaterra por repassarUS$250 milhes em propi-nas. A propina para a petro-leira brasileira serviria parabeneficiar a SBM na obten-o de contratos com a esta-tal.

    Quanto ao uso econmi-co da Petrobras, no novi-dade que o PT utiliza a esta-tal h anos para tapar bura-cos no oramento da Unioe fingir que cumpriu metasfiscais. Como a Unio aacionista majoritria da em-presa, tambm fica com osmaiores dividendos e os uti-

    liza para cumprir metas fis-cais e oramentrias. tti-ca antiga do PT utilizar es-tatais para tapar esses bura-cos. Vide BNDES e a rola-gem da dvida pblica.

    J na rea cultural, a Pe-trobras a empresa que maisgasta com patrocnios cul-turais no Brasil e, no poracaso, h tantos artistas quefiguram em seus patrocni-os e na defesa do PT e da es-querda nacional. So atores,escritores, atrizes, jornalis-tas, intelectuais, filso-fos, etc. Mas este tema es-pecfico ficar para outro ar-tigo (quem sabe uma srie),pois muito extenso paratratar aqui.

    Sinceramente, no acredi-to que o povo brasileiro per-mitir que isso continueacontecendo por mais al-guns anos, espero que mu-danas ocorram. Mudanaspara salvar no somente aPetrobrs, mas tambm paramudar o Brasil.

    CPI da PetrobrasVeja abaixo materia publi-

    cada pelo G1 no dia 10/10/2014 referente ao assunto

    O ex-diretor de abasteci-mento, Paulo Roberto Cos-ta e o doleiro Alberto Yous-sef, explicaram - com deta-lhes - a corrupo e o cartelnos contratos da empresa.Eles revelaram que diretoreseram escolhidos pela ligaoque tinham com polticos epartidos.

    As diretorias de Explora-o e Produo, de Serviose de Gs e Energia eram dacota do PT, Partido dos Tra-balhadores. A de Abasteci-mento era da cota do PP,Partido Progressista. E a In-ternacional, do PMDB.Cada partido tinha um ope-rador.

    Diretores e o doleiro co-bravam propina de emprei-teiras para que elas conse-guissem contratos na Petro-bras. Com as obras garanti-das, as empreiteiras cobra-vam preos mais altos. O di-nheiro desviado ia para di-retores da Petrobras, parapolticos e para Youssef.

    Os depoimentos no sosigilosos. Paulo Robertocontou que 3% do valor doscontratos eram desviados.Um por cento ia para o PP, e2% para o PT. Mas que nocaso do Partido dos Traba-lhadores, havia tambm pa-gamentos exclusivos.

    Paulo Roberto Costa: En-to se tinha PT na diretorade Explorao e Produo.PT na diretora de Gs e Ener-gia e PT na rea de servios.O comentrio que pautava ldentro da companhia queneste caso os 3% ficavam di-retamente para o PT.

    Paulo Roberto tam-bm contou que recebeupropina do atual presidenteda Transpetro, uma subsidi-aria da Petrobras, SrgioMachado. Segundo ele, o re-passe ocorreu entre 2009 e2010. O dinheiro saiu dacontratao de navios.

    Paulo Roberto Costa: Re-cebi uma parcela da Trans-petro, recebi.

    Juiz: O senhor pode sermais especifico?

    Paulo Roberto Costa: Re-cebi, se eu no me engano,foram R$ 500 mil.

    mite de Azmom at ao riodo Egito; e as suas sadassero para o lado do mar.

    6 - Quanto ao limite doocidente, o Mar Grande vosser por limite; este vos

    ser o limite do ocidente.7 - E este vos ser o ter-

    mo do norte: desde o MarGrande marcareis at aomonte Hor.

    Continua...

    Juiz: Quem pagou ao se-nhor?

    Paulo Roberto Costa: Opresidente da Transpetro,Dr. Srgio Machado.

    Paulo Roberto Costa e Al-berto Youssef no falaram deautoridades com foro privi-legiado. Essa anlise cabesomente ao Supremo Tribu-nal Federal. No caso de Pau-lo Roberto, a delao premi-ada foi homologada. J Al-berto Youssef continua pres-tando os depoimentos a de-legados e procuradores so-bre o esquema de corrupo.

    Fontes: G1 Poltica, Es-tado, Folha de So Paulo,Reuters Brasil (04/10/2013), Moodys reduz Petro-bras para Baa1 por dvida,Valor, Federao da Fam-lia Militar DF, Folha deSo Paulo (14/11/2010), G1Economia / Negcios,EXAME, Veja, Ucho Info eReprter Dirio.

    Renan Lenzi Silva Jor-nalista, Gestor Pblico pelaUnicesumar, Concluinte deMatemtica pela UFSJ egraduando em EngenhariaCivil pelo UNIS

  • GAZETA DE VARGINHA | 0323 DE OUTUBRO DE 2014

  • LOCAL04 | GAZETA DE VARGINHA 23 DE OUTUBRO DE 2014

    Maior feira de tecnologia da Amricado Sul ter pesquisadores de Varginha

    Jovens cientistas decinco cidades de MinasGerais estaro partici-pando da maior feira decincia e tecnologia daAmrica do Sul. Cincopesquisas sero apre-sentadas na 29 Mostra-tec - Mostra Brasileirade Cincia e Tecnologiae Mostra Internacionalde Cincia e Tecnolo-gia, que ocorrer emNovo Hamburgo (RS),de 28 a 31 de outubro.Entre elas, um estudosobre o uso da BatataYacon no tratamento dodiabetes. O evento, or-ganizado pela FundaoEscola Tcnica Libera-to Salzano Vieira daCunha, contar com re-presentantes de 22 pa-ses.

    Atividade biolgicada planta Batata Yacon(Smallanthus sonchifo-lius) e sua aplicao qu-

    mica em pomada fitote-rpica II um dos pro-jetos, da aluna MarianaCampos Costa, da Esco-la Estadual Manoel An-tnio de Sousa. De acor-do com a pesquisa, ori-entada pelos professo-res Jos Antnio Lopes

    de Sousa e GermanoCarneiro Costa, a Bata-ta Yacon pode ser utili-zada no tratamento dadiabetes, diminuindo aglicose dos pacientes.Alm disso, foi produ-zida uma farinha natu-ral base de Yacon para

    ser usada na produode bolos dietticos.

    Topografia, mobili-dade sustentvel, pro-gramao de sistemas ecidadania tambm sotemas de pesquisas, dasescolas Cefet-MG (uni-dades de Varginha, Belo

    Horizonte e Leopoldi-na) e Escola EducaoCriativa, de Ipatinga.

    O projeto da unida-de de Varginha, de au-toria das alunas LuizaAvelar, Jlia de SouzaRodrigues e Isabella deSouza Rodrigues, temcomo tema Construode estereoscpio sim-ples para aplicao emtopografia. As esttu-dantes so orientadaspelos professores Mriode Souza Silva e Rapha-ella Bahia.

    A Mostratec, consi-derada uma refernciainternacional entre asfeiras do gnero, renejovens cientistas entre14 e 20 anos de idade.Nesta edio da feirasero apresentados 370projetos, distribudosem 13 diferentes reas,de Ensino Mdio e Tc-nico. A Mostratec Jni-

    or contar com outros112 projetos, de alunosdo Ensino Fundamen-tal. No evento tambmocorre o Seminrio In-ternacional de Educa-o Tecnolgica (Siet),os Jogos Mostratec e oFestival Mostratec deRobtica Educacional.

    Os pases que esta-ro na Mostratec 2014so Brasil, Argentina,Cazaquisto, Chile, Co-lmbia, Dinamarca,Egito, Equador, Eslov-nia, Espanha, EUA,Holanda, Indonsia,Itlia, Luxemburgo,Mxico, Paraguai, Peru,Porto Rico, Tunsia,Turquia e Uruguai. Afeira estar aberta aopblico das 14h s 21he a entrada franca.Mais informaes sobreo evento esto dispo-sio no site www.mostratec.com.br.

    Vacinao contra aftosa ter declarao eletrnicaA Faemg (Federa-

    o da Agricultura ePecuria do Estado deMinas Gerais) vai apoi-ar o IMA (Instituto Mi-neiro de Agropecuria)na implantao e divul-gao do novo progra-ma estadual para de-clarao eletrnica devacinao contra febreaftosa. A Federaodeve comear, aindaeste ano, a capacitarfuncionrios dos Sindi-catos Rurais para aten-der aos produtores.

    Vantagens e o pas-so a passo da declara-o eletrnica foramapresentados na ma-nh desta quarta-feira,22 de outubro, aosmembros da Diretoriae da Assessoria Tcni-ca da Faemg pelo dire-tor-geral do IMA, Alti-no Rodrigues Neto, epelo mdico veterinrio

    da Gerncia de DefesaAnimal (GDA) do Ins-tituto, Bruno RochaMelo.

    Segundo BrunoMelo, a declarao fun-cionar vinculada aosnovos procedimentospara o controle do es-toque, da entrada evenda...