gazeta de varginha - 23/04/2015  

Download Gazeta de Varginha - 23/04/2015  

Post on 14-Mar-2018

217 views

Category:

Documents

3 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 9.217

TRANSCRIPT

  • Mx: 28 / Mn: 17

    OAB Varginha inaugura hojesalas no presdio e na delegacia

    EDIO 9.217R$ 1, 00 VARGINHA, 23 DE ABRIL DE 2015

    No presdio local sero inaugurados parlatrios e na delegacia de Polcia Civil uma sala da entidade

    gazetadevarginha@gmail.comwww.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga

    pgina 02

    PONTO DE VISTA

    DEUS FIEL

    Elcana e suas mulheres

    Unis: inscries

    abertas para

    apresentao

    de artigos

    em congresso

    internacional

    local/pgina 05

    A OAB Varginha, re-aliza duas importantesinauguraes nesta quin-ta-feira (23). A primeiradelas ser a inauguraodos Parlatrios no Pres-dio local, s 14 horas. Emseguida, s 16h, a entida-de inaugura uma salanas dependncias da De-legacia de Polcia Civil.

    local/pgina 05

    Prefeitura e Unifenas assinam convnio

    para estgio em hospitais de Varginha

    49ANOS

    Revelando Verdades

    local/pgina 04

    Samuel 01local/pgina 03local/pgina 03

    Alunos do Curso deMedicina da Fundaode Ensino e Tecnologiade Alfenas Unifenas, partir de agosto, passama fazer estgio nos hos-pitais Regional e BomPastor de Varginha.Convnio nesse sentidofoi assinado na manh

    Batida entre

    carros deixa

    feridos entre

    Eli Mendes

    e Varginha

    desta quarta-feira (22) naPrefeitura de Varginha.

    J em meados deagosto, alunos do 5 edo 6 ano do Curso deMedicina passam a fazerestgio obrigatrio emVarginha.

    Varginha Fashion

    Day agitou o centro

    no ltimo sbado

    local/pgina 03local/pgina 03local/pgina 03

    TEMPO

    local/pgina 05

    Cadastro do

    Bolsa Famlia

    tem novos

    horrios em

    Varginha

  • 23 DE ABRIL DE 201502 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    Gazeta de Varginha LtdaCNPJ: 21.535.075/0001-47

    Telefones(35) 3221-4668

    (35) 3221-4845 (fax)

    Dirio de circulao regionalHorrio de funcionamento:

    8h s 18h

    Diretora administrativa:Ana Maria Silva Piva

    Jornalista responsvel:Lanamara Silva (MTB: 8304 JP)

    Editor:Rodrigo S. Fernandes(Sindjori-MG: 312/99)

    Administrao / reviso:Lanamara Silva

    Jornalista e superintendentede redao:

    Paulo Ribeiro da SilvaFernandes (MTB: 16.851)

    Endereo:Av. dos Imigrantes, 445 - Santa

    Maria - CEP: 37022-560 Varginha

    E-mail:gazetadevarginha@gmail.com

    (redao)gazetacomercial2@gmail.com

    (comercial)

    Site oficial:www.jornalgazetadevarginha.com

    ABRAJORI AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI Sind. Prop. De

    Jornais e Revistas doInterior

    ADJORI Associao dosJornais do Interior de

    Minas GeraisADI Associao dosJornais do Interior de

    Minas Gerais

    A redao no se responsa-biliza por conceitos emitidosem artigos assinados, mes-mo sob pseudnimos, queso de inteira responsabili-dade de seus autores.

    Juliana de Moraes

    Ningum consegue -ou deve ser obrigado a -entender sobre todas asreas de uma empresa,mas saber o papel quecada profissional ou setordesempenha para o suces-so de sua atividade (indi-vidual) essencial, e b-sico. Nesse contexto, acomunicao interna area que cria o elo entreos agentes de vrios se-tores de uma empresa ouinstituio, mantendoatualizadas as reas par-ceiras e dando publicida-de s aes desempenha-das pelas equipes, umaimportante medida emfavor da motivao.

    Ao compreenderem aimportncia do papel in-dividual e de cada equi-pe, quem ganha a pon-ta, ou seja, o cliente, quereceber informaes co-erentes e adequadas emrelao ao fluxo do produ-to ou servio contratado.

    No tenho dvidas deque todos ns estamosdispostos a perdoar errose problemas ocorridosdurante os processos,desde que sejamos capa-zes de compreender oporqu da situao. A in-tegrao entre os profis-

    sionais de uma organiza-o possibilita uma geralpostura colaborativa paralidar com questes pro-blemticas e, mais do queisso, permite que o clien-te seja adequadamenteinformado sobre o esfor-o interno para solucionarum eventual contratem-po.

    A integrao dasequipes e dos profissio-nais pode e deve ser de-senvolvida por vrios ca-nais de comunicao, acomear pelo mais ele-mentar deles: o verbal.Mas, para assuntos demaior complexidade, en-volvendo mais de umarea do negcio, h mei-os que possibilitam o re-gistro e arquivamento.Esses canais alcanammaior eficincia por po-derem ser consultadosmais uma vez - seja para oresgate de uma informa-o ou melhor compre-enso do assunto tratado.

    O que quero ressaltarna abordagem desta dis-cusso o fato de que, emqualquer negcio, inte-grar sinnimo de ali-nhar, colocar todos nummesmo sentido, em proldo resultado positivo, que bom para mim, paravoc, para nossas equipes

    Elcana e suas mulheres

    Palavras de Vida

    SAMUEL 01

    Parte I

    1-HOUVE um homemde Ramataim-Zofim, damontanha de Efraim,cujo nome era Elcana, fi-lho de Jeroo, filho deEli, filho de To, filhode Zufe, efrateu.

    2 - E este tinha duasmulheres: o nome deuma era Ana, e o da outraPenina. E Penina tinhafilhos, porm Ana no ostinha.

    3 - Subia, pois, estehomem, da sua cidade,de ano em ano, a adorar ea sacrificar ao SENHORdos Exrcitos em Sil; eestavam ali os sacerdotesdo SENHOR, Hofni eFinias, os dois filhos deEli.

    4 - E sucedeu que nodia em que Elcana sacri-ficava, dava ele pores aPenina, sua mulher, e a

    todos os seus filhos, e a to-das as suas filhas.

    5 -Porm a Ana dava umaparte excelente; porqueamava a Ana, embora o SE-NHOR lhe tivesse cerra-do a madre.

    6 - E a sua rival excessi-vamente a provocava, paraa irritar; porque o SE-NHOR lhe tinha cerradoa madre.

    7 - E assim fazia ele deano em ano. Sempre queAna subia casa do SE-NHOR, a outra a irritava;por isso chorava, e no co-mia.

    8 - Ento Elcana, seumarido, lhe disse: Ana, porque choras? E por que nocomes? E por que est malo teu corao? No te soueu melhor do que dez fi-lhos?

    9 - Ento Ana se levan-

    tou, depois que comerame beberam em Sil; e Eli,sacerdote, estava assenta-do numa cadeira, junto aum pilar do templo do SE-NHOR.

    10 - Ela, pois, com amar-gura de alma, orou ao SE-NHOR, e chorou abun-dantemente.

    11 - E fez um voto, di-zendo: SENHOR dosExrcitos! Se benigna-mente atentares para a afli-o da tua serva, e de mimte lembrares, e da tua ser-va no te esqueceres, mas tua serva deres um filhohomem, ao SENHOR odarei todos os dias da suavida, e sobre a sua cabeano passar navalha.

    12 - E sucedeu que, per-severando ela em orar pe-rante o SENHOR, Eli ob-servou a sua boca.

    13 - Porquanto Ana noseu corao falava; s semoviam os seus lbios,porm no se ouvia a suavoz; pelo que Eli a tevepor embriagada.

    14 - E disse-lhe Eli:At quando estars tuembriagada? Aparta deti o teu vinho.

    15 - Porm Ana res-pondeu: No, senhormeu, eu sou uma mu-lher atribulada de esp-rito; nem vinho nem be-bida forte tenho bebido;porm tenho derrama-do a minha alma peranteo SENHOR.

    16 - No tenhas, pois,a tua serva por filha deBelial; porque da multi-do dos meus cuidadose do meu desgosto tenhofalado at agora.

    Continua..

    Integrao "s" tudo!e para toda a cadeia daqual fazemos parte e coma qual nos relacionamos.

    por isso que nocanso de afirmar: integra-o "s" tudo!

    *Juliana de Moraes, s-cia da Moraes Mahlmeis-ter Comunicao, con-

    sultora em comunicaoempresarial e coordena-dora de projetos na rea, formada em Jornalismopela Faculdade CsperLbero, com ps-gradua-o em Administrao deNegcios pela Universi-dade Presbiteriana Ma-ckenzie.

  • LOCALGAZETA DE VARGINHA | 0323 DE ABRIL DE 2015

    Prefeitura e Unifenas assinam convnio

    para estgio em hospitais de VarginhaAlunos do curso de Medicina da Unifenas podem fazer o estgio nos hospitais Regional e Bom Pastor

    Rua Santa Margarida, 760Bom Pastor - Varginha

    35 3221-5360 / 9119-6990

    geometricamoveis@gmail.com

    www.geometricamoveis.com.br

    facebook: geometricamoveis

    Alunos do Curso deMedicina da Fundaode Ensino e Tecnologiade Alfenas Unifenas, partir de agosto, passama fazer estgio nos hos-pitais Regional e BomPastor de Varginha.Convnio nesse sentidofoi assinado na manhdesta quarta-feira (22) naPrefeitura de Varginha.

    J em meados deagosto, alunos do 5 edo 6 ano do Curso deMedicina passam a fazerestgio obrigatrio emVarginha. Para tanto,220 leitos do HospitalRegional do Sul de Mi-nas e do Hospital BomPastor sero disponibili-

    zados com essa finalida-de. Participaram da as-

    sinatura do convnio oCoordenador do Curso

    presidente do Sindicatodos Mdicos de Vargi-nha, Adrian Nogueira; eo vereador, ArmandoFortunato, representan-do a Cmara Municipalde Varginha.

    O prefeito AntnioSilva disse as presenasdos alunos nos hospitaisdaro maior agilidadenos atendimentos. Emtodos os procedimentosdos alunos estaro pre-sentes tambm professo-res da Unifenas. Muitos,inclusive, j clinicam emVarginha.

    A escolha dos hospi-tais da cidade para est-gio obrigatrio, segun-do o coordenador do

    curso, Francisco Lello, sedeve boa estrutura deque dispem tanto o Re-gional quanto o BomPastor. E ainda o corpoclnico, considerado detima qualidade.

    Na opinio do pre-feito, a presena de alu-nos nos hospitais deVarginha pode ser o pri-meiro passo para a im-plantao na cidade doCurso de Medicina. Esteuma das metas de vriospolticos locais, dentreeles o prprio AntnioSilva e o vereador, Ar-mando Fortunato(PSB), tambm presen-te cerimnia de assina-tura do convnio.

    Convnio foi assinado na manh desta quarta-feira (22), na Prefeitura de Varginha

    Varginha Fashion Day agitouo comrcio no ltimo sbado

    Foi realizado no ltimosbado (18/4) o 1 Vargi-nha Fashion Day. O even-to foi um desfile a cu aber-to, na Rua Presidente An-tnio Carlos, em frente aoTheatro Capitlio. O des-file reuniu 38 lojas de v-rios segmentos e movi-mentou o centro da cida-de.

    O Varginha FashionDay, realizado pela Aciv epelo Sebrae,