gazeta de varginha - 23/04/2014

Download Gazeta de Varginha - 23/04/2014

Post on 13-Mar-2016

232 views

Category:

Documents

5 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 8.972

TRANSCRIPT

  • PGINA 02

    PONTO DE VISTA

    xodo 25

    Mx: 25 / Mn: 17

    Deus manda trazer ofertaspara o tabernculo

    Feriado termina com 32 mortesnas rodovias de Minas Gerais

    EDIO 8.972R$ 1, 00 VARGINHA, 23 DE ABRIL DE 2014

    DEUS FIEL

    Aumento da tarifa de nibus aindagera polmicas; saiba os detalhes

    LOCAL/PGINA 03

    Somente no Sul de Minas foram registradas cerca de 10 mil infraes nas estradas federais

    LOCAL/PGINA 06

    Frequentemente seouve dizer que as plani-lhas que justificam au-mentos de preos daspassagens de nibus sodifceis de compreender.As atas das reunies doConselho Municipal doTransporte Coletivo deVarginha ajudam a en-tender o aumento de R$

    2,60 para R$ 2,80. Essevalor pode ser bem maisbaixo caso se opte porno ter cobradores noscoletivos, como em cida-des da regio. A reuniomais importante foi nodia 18 de maro de2014.

    LOCAL/PGINA 05

    Boa Esporte estreia naSrie B com empate

    Cmara nosBairros deabril ser

    neste sbado

    no Cana

    O feriado prolonga-

    do da Semana Santa,

    que contou este ano

    com um dia a mais em

    funo do 21 de abril,

    terminou com 32 pes-

    soas mortas em rodo-

    vias que cortam o Es-

    tado. S nas rodovias

    estaduais o nmero de

    bitos chegou a 17,

    sendo sete mortos a

    mais do que o registra-

    do em 2013. J nas

    BRs, o nmero chegou

    a 15 contra 23 regis-

    trados no ano passado.

    Minas foi o segundo

    Estado com maior n-

    mero de mortos du-

    rante o feriado. Em

    primeiro lugar ficou o

    Paran que registrou

    27 bitos durante es-

    ses cinco dias.

    O levantamento da

    Polcia Rodoviria Fe-

    deral (PRF) divulgado

    na manh desta tera-

    feira (22), 396 ocorrn-

    cias de acidentes fo-

    ram registradas e 227

    pessoas ficaram feri-

    das.

    ESPORTE/PGINA 16

    PGINA 09

    gazetadevarginha@gmail.com

    www.jornalgazetadevarginha.com

    facebook.com/gazetavga

  • 1 - ENTO falou oSENHOR a Moiss,dizendo:

    2 - Fala aos filhosde Israel, que me tra-gam uma oferta ala-da; de todo o homemcujo corao se movervo luntar iamente ,dele tomareis a minhaoferta alada.

    3 - E esta a ofer-ta alada que recebe-reis deles: ouro, e pra-ta, e cobre,

    4 - E azul, e pr-pura, e carmesim, elinho fino, e plos decabras,

    5 - E peles de car-neiros tintas de ver-melho, e peles de te-xugos, e madeira deaccia,

    6 - Azeite para aluz, especiarias parao leo da uno, e es-peciarias para o in-censo,

    7 - Pedras de nix,e pedras de engastepara o fode e para opeitoral.

    8 - E me faro umsanturio, e habitareino meio deles.

    9 - Conforme atudo o que eu te mos-

    trar para modelo do ta-bernculo, e para mo-delo de todos os seuspertences, assim mesmoo fareis.

    10 - Tambm farouma arca de madeira deaccia; o seu compri-mento ser de dois c-vados e meio, e a sualargura de um cvadoe meio, e de um cvadoe meio a sua altura.

    11 - E cobri-la- deouro puro; por dentro epor fora a cobrirs; e fa-rs sobre ela uma coroade ouro ao redor;

    12 - E fundirspara ela quatro argolasde ouro, e as pors nosquatro cantos dela,duas argolas num ladodela, e duas argolasnoutro lado.

    13 - E fars varas demadeira de accia, e ascobrirs com ouro.

    14 - E colocars asvaras nas argolas, aoslados da arca, para selevar com elas a arca.

    15 - As varas esta-ro nas argolas da arca,no se tiraro dela.

    16 - Depois pors naarca o testemunho, queeu te darei.

    17 - Tambm farsum propiciatrio deouro puro; o seu com-primento ser de doiscvados e meio, e a sualargura de um cvadoe meio.

    18 - Fars tambmdois querubins de ouro;de ouro batido os fars,nas duas extremidadesdo propiciatrio.

    19 - Fars um que-rubim na extremidadede uma parte, e o outroquerubim na extremi-dade da outra parte; deuma s pea com o pro-piciatrio, fareis os que-rubins nas duas extre-midades dele.

    20 - Os querubinsestendero as suas asaspor cima, cobrindo comelas o propiciatrio; asfaces deles uma defron-te da outra; as faces dosquerubins estaro vol-tadas para o propiciat-rio.

    21 - E pors o propi-ciatrio em cima daarca, depois que houve-res posto na arca o tes-temunho que eu te da-rei.

    22 - E ali virei a ti, efalarei contigo de cima

    CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no se responsa-biliza por conceitos emitidosem artigos assinados, mesmo

    sobpseudnimos, que so de

    inteira responsabilidade deseus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:

    Rodrigo S. Fernandes Sindjori- MG 312/99 - Administra-o/Reviso: Lanamara Silva

    - Paulo Ribeiro da SilvaFernandes

    (Jornalista e superintenden-te de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas do

    InteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departamentode Publicidade Av. dosImigrantes, 445 - Santa

    Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845

    Maria - CEP 37022-560 -VARGINHA/MG

    E-mail: gazetadevarginha@gmail.com

    gazetacomercial2@yahoo.com.br

    Endereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br

    Palavras de Vida

    23 DE ABRIL DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    Deus manda trazer ofertas para o tabernculoxodo 25

    do propiciatrio, domeio dos dois querubins(que esto sobre a arcado testemunho), tudo oque eu te ordenar paraos filhos de Israel.

    23 - Tambm farsuma mesa de madeirade accia; o seu compri-mento ser de dois c-vados, e a sua largurade um cvado, e a suaaltura de um cvado emeio.

    24 - E cobri-la-scom ouro puro; tambmlhe fars uma coroa deouro ao redor.

    25 - Tambm lhe fa-rs uma moldura ao re-dor, da largura de qua-tro dedos, e lhe farsuma coroa de ouro aoredor da moldura.

    26 - Tambm lhe fa-rs quatro argolas deouro; e pors as argo-las aos quatro cantos,que esto nos seus qua-tro ps.

    27 - Defronte damoldura estaro as ar-golas, como lugarespara os varais, para selevar a mesa.

    28 - Fars, pois, es-tes varais de madeira deaccia, e cobri-los-s

    com ouro; e levar-se-com eles a mesa.

    29 - Tambm farsos seus pratos, e assuas colheres, e as suascobertas, e as suas tige-las com que se ho deoferecer libaes; deouro puro os fars.

    30 - E sobre a mesapors o po da proposi-o perante a minhaface perpetuamente.

    31 - Tambm farsum candelabro de ouropuro; de ouro batido sefar este candelabro; oseu p, as suas hastes,os seus copos, os seusbotes, e as suas floressero do mesmo.

    32 - E dos seus ladossairo seis hastes; trshastes do candelabro deum lado dele, e trshastes do outro ladodele.

    33 - Numa haste ha-ver trs copos a modode amndoas, um botoe uma flor; e trs coposa modo de amndoas naoutra haste, um botoe uma flor; assim seroas seis hastes que saemdo candelabro.

    34 - Mas no cande-labro mesmo haver

    Gilclr Regina

    Conta-se que umfuncionrio em umfrigorfico da Norue-ga, certo dia ao trmi-no do trabalho, foi ins-pecionar a cmara fri-gorfica e inexplica-velmente a porta sefechou e ele ficou pre-so na cmara.

    Bateu na portacom fora, gritou porsocorro mas ningumo ouviu, todos j havi-am sado para suascasas e era imposs-vel que algum pu-desse escut-lo.

    J estava quasecinco horas preso, de-bilitado pela tempera-tura insuportvel. Derepente a porta seabriu e o vigia entrouna cmara e o resga-tou com vida.

    Perguntaram aovigia: - Porque foiabrir a porta da cma-ra e a inspecionar seisto no fazia parte dasua rotina de traba-lho?

    Ele explicou: Tra-balho nesta empresah 35 anos, vejo cen-tenas de funcionriosque entram e saem,

    todos os dias e esse o nico que me cum-primenta ao chegar,pela manh, e se des-pede, ao sair

    Hoje ele me disseBom dia ao chegar.Entretanto no per-cebi que se despediude mim. Imaginei quepoderia lhe ter acon-tecido algo. Por isto oprocurei e o encon-trei...

    Para voc refletircom sua equipe: Serque algum notariasua ausncia?

    Pense nisso, um

    forte abrao e estejacom Deus!

    Gilclr Regina palestrante de suces-so, escritor com vri-os livros, CDs e DVDsmotivacionais que jvenderam mais de cin-co milhes de exem-plares. Clientes comoGeneral Motors,Basf, Bayer, SE-BRAE, Caixa, Bancodo Brasil compramsuas palestras.

    Tem mais de 2000palestras realizadasno pas e tambm noexterior.

    quatro copos a modode amndoas, comseus botes e comsuas flores;

    35 - E um botodebaixo de duas has-tes que saem dele; eainda um boto de-baixo de duas outrashastes que saem dele;e ainda um boto de-baixo de duas outrashastes que saem dele;assim se far com asseis hastes que saemdo candelabro.

    36 - Os seus botese as suas hastes serodo mesmo; tudo serde uma s pea, obrabatida de ouro puro.

    37 - Tambm lhefars sete lmpadas,as quais se acenderopara iluminar defron-te dele.

    38 - Os seus espe-vitadores e os seusapagadores sero deouro puro.

    39 - De um talentode ouro puro os fars,com todos estes vasos.

    40 - Atenta, pois,que o faas conformeao seu modelo, que tefoi mostrado no mon-te.

    Algum vai notar a Sua Ausncia?

  • GAZETA DE VARGINHA | 030303030323 DE ABRIL DE 2014

    LOCAL

    Feriado termina com 32 mortesnas rodovias de Minas GeraisSomente no Sul de Minas foram registradas 10 mil infraes no feriado nas estradas federais

    Confeces de

    camisetascamisetascamisetascamisetascamisetas- Uniformes escolares

    - Uniformes empresariais

    3222-21553222-21553222-21553222-21553222-2155gryppy@gryppy.com.brgryppy@gryppy.com.brgryppy@gryppy.com.brgryppy@gryppy.com.brgryppy@gryppy.com.br

    O feriado prolongado

    da Semana Santa, que

    contou este ano