gazeta de varginha - 14/03/2014

Download Gazeta de Varginha - 14/03/2014

Post on 22-Mar-2016

247 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 8.946

TRANSCRIPT

  • PGINA 02

    PONTO DE VISTA

    xodo 03

    Mx: 30 / Mn: 19

    Deus fala com Moiss do meio da sara ardente

    Pr-candidato ao governo de MG,Pimentel estar hoje em Varginha

    O ex-ministro do

    Desenvolvimento, Fer-

    nando Pimentel (PT),

    pr-candidato pelo Par-

    tido dos Trabalhadores

    ao Governo de Minas,

    estar nesta sexta-fei-

    ra (14/03) em Varginha.

    Ele compe a Carava-

    na da Participao jun-

    tamente com o presi-

    dente do PT em Minas,

    deputado federal Oda-

    ir Cunha, para ouvir

    os sulmineiros. O

    evento acontece s 18

    horas no Colgio San-

    tos Anjos.

    Atuao daGuarda CivilMunicipal questionadana Cmara

    EDIO 8.946R$ 1, 00 VARGINHA, 14 DE MARO DE 2014

    DEUS FIEL

    Mudana do trnsito vai acontecerdaqui dois meses, define prefeitura

    LOCAL/PGINA 03

    Ele compe a Caravana da Participao, com o presidente do PT-MG, deputado Odair Cunha

    A Caravana da Par-

    ticipao foi lanada

    em 14 de fevereiro em

    Belo Horizonte e pre-

    tende visitar todas as

    regies de Minas Ge-

    rais. O objetivo ouvir

    a populao antes do

    lanamento do Plano

    de Governo. Esta fase

    de visitas ao interior

    comea por Varginha,

    sempre acompanhado

    do deputado federal

    Odair Cunha, de Boa

    Esperana.

    LOCAL/PGINA 05

    Dia 14 de maio foi adata programada para

    a concretizao do pro-

    jeto de Mudana do

    Trnsito da regio cen-

    tral de Varginha. Nes-

    te dia, a partir das 6horas da manh o tra-

    jeto das avenidas Prin-

    cesa do Sul, Major Ve-

    nncio, Francisco Na-

    varra e BenjamimConstant, num total de

    3,5 quilmetros de ex-

    tenso ser feito em

    mo nica de direo

    at o Terminal Rodovi-

    rio.

    LOCAL/PGINA 06

    Dimas Fabiano comemora

    aprovao em 2 turno da PEC

    dos defensores pblicos

    LOCAL/PGINA 04

    PGINA 09

    gazetadevarginha@gmail.com

    www.jornalgazetadevarginha.com

    facebook.com/gazetavga

  • 1 - E APASCENTA-VA Moiss o rebanho deJetro, seu sogro, sacer-dote em Midi; e levouo rebanho atrs do de-serto, e chegou ao mon-te de Deus, a Horebe.

    2 - E apareceu-lheo anjo do SENHOR emuma chama de fogo domeio duma sara; eolhou, e eis que a saraardia no fogo, e a sarano se consumia.

    3 - E Moiss disse:Agora me virarei paral, e verei esta grandeviso, porque a sarano se queima.

    4 - E vendo o SE-NHOR que se viravapara ver, bradou Deusa ele do meio da sara,e disse: Moiss, Moiss.Respondeu ele: Eis-meaqui.

    5 - E disse: No techegues para c; tira ossapatos de teus ps; por-que o lugar em que tuests terra santa.

    6 - Disse mais: Eusou o Deus de teu pai, oDeus de Abrao, o Deusde Isaque, e o Deus deJac. E Moiss encobriuo seu rosto, porque te-meu olhar para Deus.

    7 - E disse o SE-NHOR: Tenho vistoatentamente a aflio domeu povo, que est noEgito, e tenho ouvido oseu clamor por causa dosseus exatores, porque co-nheci as suas dores.

    8 - Portanto descipara livr-lo da mo dosegpcios, e para faz-losubir daquela terra, auma terra boa e larga, auma terra que mana lei-

    te e mel; ao lugar do ca-naneu, e do heteu, e doamorreu, e do perizeu, edo heveu, e do jebuseu.

    9 - E agora, eis que oclamor dos filhos de Isra-el vindo a mim, e tam-bm tenho visto a opres-so com que os egpciosos oprimem.

    10 - Vem agora, pois,e eu te enviarei a Farapara que tires o meu povo(os filhos de Israel) do Egi-to.

    11 - Ento Moiss dis-se a Deus: Quem sou eu,que v a Fara e tire doEgito os filhos de Israel?

    12 - E disse: Certa-mente eu serei contigo; eisto te ser por sinal deque eu te enviei: Quan-do houveres tirado estepovo do Egito, servireis aDeus neste monte.

    CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no se responsabilizapor conceitos emitidos em artigos

    assinados, mesmo sobpseudnimos, que so de inteira

    responsabilidade de seus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:Rodrigo S. Fernandes

    Sindjori - MG 312/99 -Administrao/Reviso:Lanamara Silva - Paulo

    Ribeiro da Silva Fernan-des

    (Jornalista e superinten-dente de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das

    08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop. de

    Jornais e Revistas doInterior

    ADJORI - Associao dosJornais do Interior

    ADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departa-mento de Publicidade

    Av. dos Imigrantes, 445

    Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845

    - Santa Maria - CEP37022-560 -

    VARGINHA/MGE-mail: gazetade

    varginha@gmail.comgazetacomercial2@yahoo.

    com.brEndereo eletrnico:

    www.gazetavarginha.com.br

    Palavras de Vida

    14 DE MARO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    Deus fala com Moiss do meio da sara ardentexodo 03

    Karina Boner

    Existem avanos, emuitos, no combate violncia contra as mu-lheres no Brasil. Perce-be-se, no entanto, queeste caminho ainda bastante tortuoso. Aspolticas de enfrenta-mento violncia con-tra as mulheres devemser e tm sido efeti-vamente assumidas pe-los poderes pblicosconstitudos. Podemoscitar como exemplo pr-tico a criao de meca-nismos polticos e bemestruturados como asSecretarias Estaduais eMunicipais de Mulhe-res, os Juizados, as De-fensorias Especializa-das de Violncia Doms-tica e Familiar e as Pro-motorias, alm de umfortalecimento da LeiMaria da Penha, comjulgamentos justos aosagressores.

    No obstante, su-perar essa questo ain-da um dos maiores de-safios impostos ao Esta-do brasileiro na atuali-

    13 - Ento disse Moi-ss a Deus: Eis que quan-do eu for aos filhos de Is-rael, e lhes disser: ODeus de vossos pais meenviou a vs; e eles medisserem: Qual o seunome? Que lhes direi?

    14 - E disse Deus aMoiss: EU SOU O QUESOU. Disse mais: Assimdirs aos filhos de Israel:EU SOU me enviou avs.

    15 - E Deus dissemais a Moiss: Assim di-rs aos filhos de Israel: OSENHOR Deus de vos-sos pais, o Deus deAbrao, o Deus de Isa-que, e o Deus de Jac, meenviou a vs; este meunome eternamente, eeste meu memorial degerao em gerao.

    16 - Vai, e ajunta os

    dade. As diversas for-mas de violncia contraa mulher e o feminic-dio, que o assassinatode mulheres pelo fatode serem mulheres, soviolaes aos direitoshumanos e incompat-veis com o Estado De-mocrtico de Direito ecom o avano da cida-dania, em boa parte pa-trocinado pelas con-quistas do movimentofeminista e de mulheresnos ltimos sculos.Mais de sete anos apso surgimento da LeiMaria da Penha, aindaso preocupantementealtos os ndices de vio-lncia de gnero no Pase a ausncia de polticaspblicas eficazes para oenfrentamento dessabrutalidade, infeliz-mente, s os fortalece.

    Chama a ateno,por exemplo, os dadosda Central de Atendi-mento Mulher (Ligue180), que revelaramque, a cada hora, dezmulheres so vtimas demaus tratos no Pas. Nobalano do primeiro se-

    mestre de 2013, o Dis-trito Federal liderou,pela segunda vez con-secutiva, o ranking na-cional de acesso ao Li-gue 180, com uma taxade 673,53 registrospara cada 100 mil mu-lheres, um aumento de7,65% frente aos625,69 por 100 mil mu-lheres registrados nomesmo perodo do anoanterior. Por um acasoou no, a histria daAssociao de MulheresE m p r e e n d e d o r a s(AME), entidade civilque luta pela valoriza-o da mulher na socie-dade, nasceu na capitalfederal.

    Alguns municpiosbrasileiros j apresen-tam iniciativas bem-su-cedidas para reprimiragressores. O boto dopnico, em Vitria (ES),e a tornozeleira eletr-nica, em Belo Horizon-te (MG), so exemplosde ideias que poderiamser replicadas em outrascidades. Utilizado nacapital capixaba desdemaio do ano passado, o

    ancios de Israel e dize-lhes: O SENHOR Deusde vossos pais, o Deus deAbrao, de Isaque e deJac, me apareceu, dizen-do: Certamente vos tenhovisitado e visto o que vos feito no Egito.

    17 - Portanto eu dis-se: Far-vos-ei subir daaflio do Egito terra docananeu, do heteu, doamorreu, do perizeu, doheveu e do jebuseu, auma terra que mana lei-te e mel.

    18 - E ouviro a tuavoz; e irs, tu com os an-cios de Israel, ao rei doEgito, e dir-lhe-eis: OSENHOR Deus dos he-breus nos encontrou.Agora, pois, deixa-nos ircaminho de trs diaspara o deserto, para quesacrifiquemos ao SE-

    NHOR nosso Deus.19 - Eu sei, porm,

    que o rei do Egito novos deixar ir, nem ain-da por uma mo forte.

    20 - Porque eu es-tenderei a minha mo,e ferirei ao Egito comtodas as minhas mara-vilhas que farei nomeio dele; depois vosdeixar ir.

    21 - E eu darei gra-a a este povo aos olhosdos egpcios; e aconte-cer que, quando sair-des, no saireis vazios,

    22 - Porque cadamulher pedir sua vi-zinha e sua hspedajias de prata, e jias deouro, e vestes, as quaisporeis sobre vossos fi-lhos e sobre vossas fi-lhas; e despojareis osegpcios.

    boto do pnico umdispositivo que a mu-lher pode carregar con-sigo e acionar caso sin-ta-se ameaada peloagressor, enviando umsinal (inclusive de u-dio) s viaturas especi-alizadas. Quatro ho-mens j foram apreen-didos com auxlio doaparelho. A tornozelei-ra, por sua vez, passoua ser usada em BeloHorizonte por agresso-res de mulheres em mar-o de 2013. Em cincomeses de programa, oequipamento j haviamonitorado 329 agres-sores e vtimas. No RioGrande do Sul, o uso datornozeleira tem incioprogramado para o fimdeste ms.

    Apesar de a LeiMaria da Penha seruma das mais avana-das do mundo, ela nodetermina como deveser feita a fiscalizaodas medidas protetivas essas iniciativas, por-tanto, so uma forma deverificar o cumprimen-to das medidas e ofere-

    Fim da violncia contra a mulher: umlongo caminho por estradas tortuosas

    cer uma maior seguran-a s vtimas. Por fim,aind