gazeta de varginha - 13/03/2015

Download Gazeta de Varginha - 13/03/2015

Post on 08-Apr-2016

224 views

Category:

Documents

6 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 9.190

TRANSCRIPT

  • Mx: 29 / Mn: 19

    Varginha vai sediar Encontro SulMineiro de Advocacia Pblica

    EDIO 9.190R$ 1, 00 VARGINHA, 13 DE MARO DE 2015

    Evento ser nos dias 18 e 19, no auditrio da OAB Varginha; inscries so gratuitas e limitadas

    49ANOS

    Revelando Verdades

    gazetadevarginha@gmail.comwww.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga

    pgina 02

    PONTO DE VISTA

    DEUS FIEL

    1965 - 2014

    Encontro internacional reneempreendedores em Varginha

    Juzes 05

    O cntico de Dbora

    local/pgina 05

    Comea hoje, sexta-feira (13), o Startup We-ekend em Varginha. Oencontro consideradoum dos mais importantesna rea de empreendedo-rismo no mundo e ser re-alizado pela primeira vezna cidade. As atividades se-

    Boa empatacom o Tupie completaseis jogos

    sem vitria

    A cerimnia soleneser realizada no dia 20de maro, na SerrariaSouza Pinto, em Belo Ho-rizonte. Na oportunida-de, ser empossado paraa gesto 2015/2017, oengenheiro civil JobsonAndrade, como presi- local/pgina 04

    guem at domingo (15).O evento ir reunir

    cerca de 150 pessoas, en-tre estudantes, mentorese palestrantes. A realizao da UP Global e GoogleEntrepeneurs.

    Crea-Minas comemora 80 anos de histria

    local/pgina 03

    Nos prximos dias 18e 19 ser realizado o IIIEncontro Sul Mineiro deAdvocacia Pblica. Oevento acontece no audi-trio da OAB Varginha, apartir das 19 horas nos doisdias. O objetivo promo-ver a reflexo sobre o pa-pel dos advogados pbli-cos na defesa dos interes-ses da sociedade brasilei-ra e os benefcios que a suaatuao gera para o pas.

    Alm de AdvogadosPblicos Federais, Esta-duais e Municipais, tam-bm participaro do en-contro Defensores Pbli-cos, Magistrados, Promo-tores, Advogados Priva-dos, autoridades diversase estudantes de Direito.

    local/pgina 05

    Mutiroda Dengueretira quatro

    caminhes deentulhos naVila Mendes

    esporte/pgina 16

    pgina 09

    dente. Os Inspetores eDirigentes das 85 unida-des do Conselho no esta-do tambm sero empos-sados no dia, entre eles osrepresentantes da cidadede Varginha.

  • 13 DE MARO DE 201502 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    Alessandra

    Vieira Martins

    Em um mercadocada vez mais compe-titivo, onde os consu-midores querem preosdiferenciados, qualida-de e variedade, o itemque mais pesa no com-portamento dos consu-midores o atendi-mento.

    Atendimento per-sonalizado o que oconsumidor buscaquando vai escolheronde comprar um pro-duto ou contratar umservio. A gesto depessoas tem ligao di-reta com esse cenrio e responsvel por de-senvolver em sua equi-pe o diferencial que oconsumidor deseja.

    Sabendo disso, asempresas investemcada vez mais no desen-

    Da admisso ao desligamento: a importncia do RHvolvimento dos colabo-radores, afinal, elas po-dem ter o melhor pro-duto ou servio, preoatrativo e qualidade,mas se no tiverem pes-soas comprometidascom a entrega, a orga-nizao sofrer o im-pacto do mau atendi-mento mais cedo oumais tarde.

    Alm de desenvol-ver os colaboradoresque j fazem parte daequipe, importanteser estratgico nas ad-misses. Contratar pro-fissionais que agre-guem valor ao negcioe equipe se faz cadavez mais essencial. Porisso, o responsvel porselecionar e analisar oscandidatos deve estarcada vez mais atendo auma srie de etapas aserem seguidas.

    A fim de obter su-

    cesso nas contrataes preciso criar uma es-tratgia especfica paraexecutar o processo eestabelecer critrios deseleo baseados nacultura organizacionale valores da empresa.Aplicao de testes, en-trevista bem elaborada,anlise do perfil com-portamental, lingua-gem corporal e expres-so verbal fazem partede um processo com-pleto de seleo.

    As necessidades eexigncias de cada car-go devem ser analisa-das com cuidado, poisa escolha do profissio-nal melhor preparadoest diretamente ligadaaos interesses da orga-nizao e representalucro e economia paraa empresa. Todo essecuidado ir influenciarna lucratividade e sus-

    tentabilidade da em-presa.

    Os resultados deuma seleo bem feita econtrataes assertivastambm podero sersentidos na diminuiodo turnover (ndice desubstituio de profis-sionais) e absentesmo.O processo de seleo parte importantssimada gesto eficiente depessoas, pois auxilia oRH a manter funcion-rios motivados, produ-tivos e gerando resulta-dos.

    To importantequanto um bom pro-cesso de admisso teruma estratgia bem de-finida para o desliga-mento de funcionrios.Esse um processo de-licado que necessitaequilbrio e maturidadena sua execuo. im-portante realizar um

    8 - E se escolhiadeuses novos, logoa guerra estava sportas; via-se porisso escudo ou lan-a entre quarentamil em Israel?

    9 - Meu corao para os legislado-res de Israel, quevoluntariamente seofereceram entre opovo; bendizei aoSENHOR.

    10 - Vs os quecavalgais sobre ju-mentas brancas,que vos assentaisem juzo, que an-dais pelo caminho,falai disto.

    11 - Donde seouve o estrondo dosflecheiros, entre oslugares onde se ti-ram guas, ali falaidas justias do SE-NHOR, das justiasque fez s suas al-

    deias em Israel; ento opovo do SENHOR des-cia s portas.

    12 - Desperta, des-perta, Dbora, desper-ta, desperta, entoa umcntico; levanta-te, Ba-raque, e leva presos osteus cativos, tu, filho deAbinoo.

    13 - Ento fez do-minar sobre os nobresentre o povo, aos querestaram; fez-me o SE-NHOR dominar sobreos poderosos.

    14 - De Efraim saiua sua raiz contra Ama-leque; e depois de ti vi-nha Benjamim dentreos teus povos; de Ma-quir desceram os legis-ladores, e de Zebulomos que levaram a canado escriba.

    15 - Tambm osprincipais de Issacarforam com Dbora; ecomo Issacar, assim

    Palavras de Vida

    O cntico de DboraJUZES 05Parte II

    tambm Baraque, foienviado a p para ovale; nas divises deRben foram grandesas resolues do cora-o.

    16 - Por que ficastetu entre os currais paraouvires os balidos dosrebanhos? Nas divisesde Rben tiveramgrandes esquadrinha-es do corao.

    17 - Gileade ficoualm do Jordo, e Dpor que se deteve nosnavios? Aser se assen-tou na beira dos mares,e ficou junto s suas ba-as.

    18 - Zebulom umpovo que exps a suavida morte, como tam-bm Naftali, nas alturasdo campo.

    19 - Vieram reis,pelejaram; ento pele-jaram os reis de Canaem Taanaque, junto s

    guas de Megido; notomaram despojo deprata.

    20 - Desde os cuspelejaram; at as estre-las desde os lugares dosseus cursos pelejaramcontra Ssera.

    21 - O ribeiro deQuisom os arrastou,aquele antigo ribeiro, oribeiro de Quisom. Pi-saste, minha alma, fora.

    22 - Ento os cascosdos cavalos se despeda-aram; pelo galopar, ogalopar dos seus valen-tes.

    23 - Amaldioai aMeroz, diz o anjo doSENHOR, acrementeamaldioai aos seusmoradores; porquantono vieram ao socorrodo SENHOR, ao socor-ro do SENHOR comos valorosos.

    24 - Bendita seja

    entre as mulheres, Jael,mulher de Hber, oqueneu; bendita sejaentre as mulheres nastendas.

    25 - gua pediuele, leite lhe deu ela; emprato de nobres lhe ofe-receu manteiga.

    26 - estaca esten-deu a sua mo esquer-da, e ao martelo dos tra-balhadores a sua direi-ta; e matou a Ssera, erachou-lhe a cabea,quando lhe pregou eatravessou as fontes.

    27 - Entre os seusps se encurvou, caiu,ficou estirado; entre osseus ps se encurvou,caiu; onde se encurvou,ali ficou abatido.

    28 - A me de Sse-ra olhava pela janela, eexclamava pela grade:Por que tarda em vir oseu carro? Por que sedemoram os rudos

    dos seus carros?29 - As mais s-

    bias das suas damasresponderam; e atela respondia a simesma:

    30 - Porventurano achariam e re-partiriam despojos?Uma ou duas moasa cada homem? ParaSsera despojos deestofos coloridos,despojos de estofoscoloridos bordados;de estofos coloridosbordados de ambosos lados como des-pojo para os pesco-os.

    31 - Assim, SE-NHOR, peream to-dos os teus inimigos!Porm os que teamam sejam como osol quando sai na suafora.

    32 - E sossegou aterra quarenta anos.

    planejamento com to-dos os detalhes paraque acontea da melhormaneira possvel.

    Avaliar periodica-mente e individual-mente o desempenhodos funcionrios omeio desse trajeto en-tre a admisso e o des-ligamento. O processodeve ser adequado paraque nem o funcionrionem a empresa saiamprejudicados. Sobretu-do para evitar cons-trangimentos.

    O colaborador tam-bm precisa ser ouvidono momento da demis-so. Por isso impor-tante a realizao deuma entrevista de des-ligamento. Nesse mo-mento o funcionriotem a oportunidade deexpressar sua opinio arespeito da empresa,seus gestores e proces-

    sos.Essa ferramenta

    importante para a em-presa analisar seus pon-tos de melhoria e tomaraes importantes paraalcanar melhores re-sultados na gesto dosfuncionrios.

    Igualmente impor-tante o feedback paraesse colaborador quedeve tambm analisaras razes que motiva-ram o desligamento e sepreparar para a prxi-ma oportunidade. Emtodas as etapas, o bomtrabalho do gestor derecursos humanos faz adiferena.

    *Alessandra Vieira

    Martins gestora derecursos humanos e ge-rente comercial na Per-fil Humano RH, em-presa especializada emrecrutamento e seleo.

  • LOCALGAZETA DE VARGINHA | 0313 DE MARO DE 2015

    Varginha vai sediar Encontro SulMineiro de Advocacia Pblica

    Construtec Estruturas MetlicasAv. Walter Tatoni, n 401, Vila Santana

    Vargem Grande do Sul - SP - Cep: 13880-000Tel: (19) 3643-1937 / 8184-7324 / 9765-8052

    E-mail: construtecestruturas@bol.com.br

    Estruturas de ao em mdulospr-pintados e acoplados com porcas e

    parafusos bicromatizados

    Estruturas Metlicas

    Habitaes de Interesse SocialKits em ao SAC 300 para casas de

    42m a 63m e kits em ao SAC 300 paraprdios de 4, 5 e 7 pavimentos.

    Modelos: duas guas, arco, shed eespacial

    Evento ser nos dias 18 e 19, no auditrio da OAB Varginha; inscries so gratuitas e limitadas

    Nos prximos dias 18e 19 ser realizado o IIIEncontro Sul Mineiro deAd