gazeta de varginha - 06/12 a 08/12/2014

Download Gazeta de Varginha - 06/12 a 08/12/2014

Post on 06-Apr-2016

237 views

Category:

Documents

9 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 9.130

TRANSCRIPT

  • Mx: 28 / Mn: 17

    Estado assina protocolo parainvestimentos em Varginha

    EDIO 9.130R$ 1, 00 VARGINHA, 06 A 08 DE DEZEMBRO DE 2014

    Empresa da rea eletrnica ir expandir sua planta, com produo de novos equipamentos

    49ANOS

    Revelando Verdades

    gazetadevarginha@gmail.comwww.jornalgazetadevarginha.com facebook.com/gazetavga

    pgina 02

    PONTO DE VISTA

    DEUS FIEL

    1965 - 2014

    Comrcio de Varginha funciona em

    horrio especial a partir de quarta

    local/pgina 03

    esporte/pgina 15

    Deuteronmio 20

    Acerca da guerra

    local/pgina 05

    Grupo Unis d incio ao

    Congresso Internacional

    de Ps-Graduao

    local/pgina 04

    Como ocorre todosos anos, o Sindvar comu-nica os horrios especi-ais para o ms de dezem-

    bro, em funo das co-memoraes natalinas.

    local/pgina 05

    Consrcio adia

    implantao

    do Samu para

    janeiro do

    prximo anoEmisso de

    passaportes

    demora at

    dois meses

    em Varginha

    Com novo salrio,concurso busca pre-encher vagas paramdicos. Servio es-tava previsto para ini-ciar em dezembro.

    Empresas dos seto-res da agroindstria,eletroeletrnicos e qu-mico, assinaram nestasemana protocolos deinteno junto ao Go-verno de Minas Gerais.Com assistncia do Ins-tituto de Desenvolvimen-to Integrado (INDI), r-go vinculado Secreta-ria de Estado de Desen-volvimento Econmico(SEDE), as assinaturastm como objetivo aampliao e expansode suas atividades noEstado.

    Ao todo, sero cer-ca de R$ 56 milhes emnovos investimentos,com gerao de mais de1 mil novos empregos,diretos e indiretos, nasregies Norte, Sul e noTringulo Mineiro. EmVarginha, os aportessero de R$ 4,5 mi-lhes.

    local/pgina 07

  • 06 A 08 DE DEZEMBRO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    Francine de Oliveira

    O final do ano estchegando e uma timaoportunidade para as em-presas buscarem profis-sionais competentes paraatuar nesse cenrio dedesafios e grande oportu-nidade para as pessoas serecolocarem no mercadode trabalho.

    Neste perodo muitasoportunidades de em-prego temporrio sur-gem nas organizaes eprincipalmente no co-mrcio. Nesta poca doano voc comea ver di-versos anncios de con-tratao em portas deloja, em site de recruta-mento e seleo, em r-dio, etc.

    Para quem no estalocado no mercado detrabalho uma excelenteoportunidade de de-monstrar o seu diferen-cial competitivo e vonta-de de poder se colocar ourealocar no mercado.

    Embora muitas em-presas necessitam-se deexperincia mnima para

    trabalhar com vendas,por exemplo, mas pos-svel com um bom trei-namento por parte do re-crutador e atitudes proa-tivas por parte do contra-tado, superar as expecta-tivas de ambos e poderatender as necessidadesdo aumento de produti-vidade e vendas nesteperodo. Confira algumasdicas que podero con-tribuir para voc que de-seja contratar nesta po-ca do ano e para voc quedeseja ser contratado:

    Para quem desejacontratar:

    O ideal que divul-gue sua vaga por meio deempresas especficas derecrutamento e seleo,bem como em sites doramo. Hoje possvelusar a rede social paratrabalhar a imagem daempresa e tambm en-contrar aquele profissio-nal certo para o lugarcerto. Um dos mecanis-mos utilizado o Linke-dIn, o qual tem obtidomuito xito neste quesi-

    to.Outra dica fazer um

    processo seletivo bemorganizado, com seleode currculo, entrevistacom tcnicas para iden-tificao do perfil tcni-co e comportamental,testes especficos da reaem que vai possivelmen-te trabalhar e procuraralinhar bem os objetivosda empresa com os obje-tivos do candidato.

    Aps o recrutamentoeste profissional deverser submetido a um trei-namento intensivo comtempo hbil para enten-der sua misso dentro daempresa e poder produ-zir o esperado pela orga-nizao.

    Para quem deseja sealocar ou recolocar nomercado de trabalho

    Este o momento!Tudo que as empresasdesejam que tenhamatitude, disponibilidadede horrio, vontade deaprender ou reaprender.

    Este profissionaldeve se qualificar sempre

    Neste final de ano, aproveite asoportunidades no mercado de trabalho

    1 - QUANDO sares peleja contra teusinimigos, e vires cava-los, e carros, e povomaior em nmero doque tu, deles no te-rs temor; pois o SE-NHOR teu Deus, quete tirou da terra doEgito, est contigo.

    2 - E ser que, quan-do vos achegardes peleja, o sacerdote seadiantar, e falar aopovo,

    3 - E dir-lhe-:Ouvi, Israel, hojevos achegais pelejacontra os vossos ini-migos; no se amole-a o vosso corao:no temais nem tre-mais, nem vos aterro-rizeis diante deles,

    4 - Pois o SENHORvosso Deus o que vaiconvosco, a pelejar con-tra os vossos inimigos,para salvar-vos.

    5 - Ento os oficiaisfalaro ao povo, dizen-do: Qual o homem queedificou casa nova e ain-da no a consagrou? V,e torne-se sua casapara que porventurano morra na peleja ealgum outro a consagre.

    6 - E qual o homemque plantou uma vinhae ainda no a desfrutou?V, e torne-se sua casa,para que porventurano morra na peleja ealgum outro a desfrute.

    7 - E qual o homemque est desposado comalguma mulher e ainda

    no a recebeu? V, e tor-ne-se sua casa, paraque porventura nomorra na peleja e algumoutro homem a receba.

    8 - E continuaro osoficiais a falar ao povo,dizendo: Qual o ho-mem medroso e de co-rao tmido? V, e tor-ne-se sua casa, paraque o corao de seus ir-mos no se derretacomo o seu corao.

    9 - E ser que, quan-do os oficiais acabaremde falar ao povo, entodesignaro os capitesdos exrcitos para a di-anteira do povo.

    10 - Quando te ache-gares a alguma cidadepara combat-la, apre-goar-lhe-s a paz.

    Palavras de Vida

    Acerca da guerraDeuteronmio 2011 - E ser que, se te

    responder em paz, e teabrir as portas, todo opovo que se achar nelate ser tributrio e te ser-vir.

    12 - Porm, se ela nofizer paz contigo, masantes te fizer guerra, en-to a sitiars.

    13 - E o SENHOR teuDeus a dar na tua mo;e todo o homem quehouver nela passars aofio da espada.

    14 - Porm, as mulhe-res, e as crianas, e osanimais; e tudo o quehouver na cidade, todoo seu despojo, tomarspara ti; e comers o des-pojo dos teus inimigos,que te deu o SENHORteu Deus.

    15 - Assim fars a to-das as cidades que esti-verem mui longe de ti,que no forem das cida-des destas naes.

    16 - Porm, das cida-des destas naes, que oSENHOR teu Deus ted em herana, nenhu-ma coisa que tem fle-go deixars com vida.

    17 - Antes destru-las-s totalmente: aos he-teus, e aos amorreus, eaos cananeus, e aos pe-rizeus, e aos heveus, eaos jebuseus, como teordenou o SENHORteu Deus.

    18 - Para que no vosensinem a fazer confor-me a todas as suas abo-minaes, que fizeram aseus deuses, e pequeis

    contra o SENHORvosso Deus.

    19 - Quando sitiaresuma cidade por mui-tos dias, pelejandocontra ela para a to-mar, no destruirs oseu arvoredo, colocan-do nele o machado,porque dele comers;pois que no o corta-rs (pois o arvoredo docampo mantimentopara o homem), paraempregar no cer

    20 - Mas as rvoresque souberes que noso rvores de alimen-to, destru-las-s e cor-t-las-s; e contra acidade que guerrearcontra ti edificars ba-luartes, at que estaseja vencida.

    que possvel. Existemmuitas ofertas de cursose palestras neste perodotambm. Por isso, deveficar atento a essas opor-tunidades de atualizaoe ficar preparado para asexigncias do mercado.

    Procurar conhecer aempresa antes do mo-mento da entrevista. Ve-rificar se a empresa con-diz com o que voc dese-ja. Para que assim, possatomar uma deciso pau-tada em seus princpiosticos e morais, bemcomo alinhados ao seuplanejamento estratgi-co. Enfim, tanto a empre-sa que oferta as vagasquanto os profissionaisque desejam ocupar es-sas vagas ofertadas de-vem estar preparadospara que ambos no ve-nham perder tempo e simsomar foras em um spropsito. O da empresade poder atender comqualidade e eficincia ademanda que aumentaconsideravelmente nesteperodo. O do profissio-nal de poder ofertar uma

    mo de obra com quali-dade e eficincia para quese mantenha no mercadono somente neste per-odo temporrio, mastambm ao longo do anocom oportunidade decontratao efetiva.

    *Francine de Oliveira, executiva Internaci-onal, jornalista, coor-denadora do GrupoConexo, Docente daFGV e diretora da em-presa Comunik AoConsultoria.

    CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no seresponsabiliza por

    conceitos emitidos emartigos assinados, mesmo

    sobpseudnimos, que so deinteira responsabilidade

    de seus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:Rodrigo S. Fernandes

    Sindjori - MG 312/99 -Administrao/Reviso:Lanamara Silva - Paulo

    Ribeiro da Silva Fernan-des

    (Jornalista e superinten-dente de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das

    08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas do

    InteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departa-mento de Publicidade

    Av. dos Imigrantes, 445- Santa Maria - CEP

    37022-560 -

    Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845

    VARGINHA/MGE-mail:

    gazetadevarginha@gmail.comgazetacomercial2@yahoo.

    com.brEndereo

    eletrnico:jornalgazetavarginha.com

  • LOCALGAZETA DE VARGINHA | 0306 A 08 DE DEZEMBRO DE 2014

    Estado assina protocolo parainvestimentos em VarginhaEmpresa da rea de eletrnica ir expandir sua planta, com desenvolvimento de novos produtos

    Empresas dos seto-res da agroindstria,

    eletroeletrnicos e qu-mico, assinaram nestasemana protocolos de

    inteno junto ao Go-verno de Minas Gerais.Com assistncia do Ins-

    tituto de Desenvolvi-mento Integrado(INDI), rgo vincula-

    do Secretaria de Es-tado de Desenvolvi-me