gazeta de varginha - 04/10/2013

Download Gazeta de Varginha - 04/10/2013

Post on 23-Mar-2016

253 views

Category:

Documents

30 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição 8.841

TRANSCRIPT

  • VARGINHA, 04 DE OUTUBRO DE 2013R$ 1,00

    Pgina 2

    PONTOPONTOPONTOPONTOPONTO DEDEDEDEDE VISTVISTVISTVISTVISTAAAAA

    Hebreus 12

    Mx: 27C / Mn: 18C

    EDIO - 8.841

    Devemos imitar o exemplo de Cristo, quefoi perseverante em meio s provaes

    LOCAL/PGINA 03

    Concorra a ingressos

    Recorte este cupom e concorra ao sorteiode 6 ingressos para o espetculo

    O cupom dever ser entregue na sede do Jornal Gazeta deVarginha, que fica na Avenida dos Imigrantes, 445, Santa Maria

    Nome:.................................................Telefone:..............................................

    05/10 - 16h e 18h - Theatro CapitlioPontos de venda: Gallery Lanches e Tindolel

    Varginha ser a capital mineirado esporte nos prximos diasAps 22 anos, a cidade volta a receber a etapa estadual dos Jogos de Minas

    Boa jogahoje comportesabertospara a

    torcida deVarginha

    ESPORTE/PGINA 16

    LOCAL/PGINA 04

    Varginha est entre os 81municpios beneficiados

    com recursos do BDMG

    Varginha sedia a par-tir de amanh, sbado(5/10), a etapa estadualdos Jogos de Minas. A ci-dade volta a receber acompetio (antigo Jimi)aps 22 anos. A compe-tio ser disputada de5 a 10 de outubro emnove ginsios de Vargi-nha: VTC, Marista, San-tos Anjos, Batista, Catan-duvas, Sesi, Clube dosBancrios, Marco e Fu-vae.

    A cerimnia oficial deabertura no sbado, noGinsio do VTC, a partirdas 19h. Os campeessero conhecidos no dia10 de outubro, mesmodia em que havero aspremiaes para os trsprimeiros colocadas etambm para os munic-pios que obtiverem omaior nmero de pontosno quadro geral.

    LOCAL/PGINA 05

    Polcia desmantelaponto de trfico de drogase prende cinco pessoas

    PGINA 09

    Evento comea neste sbado, com 58 cidades e 2,3 mil atletas de todo o Estado

    gazetadevarginha@gmail.com

    www.jornalgazetadevarginha.com

    facebook.com/gazetavga

    twitter.com/gazetavarginha

  • GAZETA DE VARGINHA, 04/10/2013

    PONTO DE VISTA02 PONTO DE VISTA02

    HEBREUS 12

    Palavras de VidaPalavras de VidaPalavras de VidaPalavras de VidaPalavras de Vida

    CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no se responsabilizapor conceitos emitidos em artigos

    assinados, mesmo sobpseudnimos, que so de inteira

    responsabilidade de seus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:Rodrigo S. Fernandes

    Sindjori - MG 312/99 -Administrao/Reviso:Lanamara Silva - Paulo

    Ribeiro da Silva Fernan-des

    (Jornalista e superinten-dente de redao-

    TB.16.851) - Horrio defuncionamento das08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop. de

    Jornais e Revistas doInterior

    ADJORI - Associao dosJornais do Interior

    ADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departa-mento de Publicidade

    Telefones (35)3221-4668(35)3221-4845

    Av. dos Imigrantes,445 - Santa Maria -

    CEP 37022-560 -VARGINHA/MG

    E-mail: gazetade-varginha @gmail.com

    gazetacomercial2@ y a h o o . c o m . b rEndereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br

    Devemos imitar o exemplo de Cristo, queDevemos imitar o exemplo de Cristo, queDevemos imitar o exemplo de Cristo, queDevemos imitar o exemplo de Cristo, queDevemos imitar o exemplo de Cristo, quefoi perseverante em meio s provaesfoi perseverante em meio s provaesfoi perseverante em meio s provaesfoi perseverante em meio s provaesfoi perseverante em meio s provaes

    1 - PORTANTO nstambm, pois que esta-mos rodeados de uma togrande nuvem de teste-munhas, deixemos todo oembarao, e o pecado queto de perto nos rodeia, ecorramos com pacinciaa carreira que nos est pro-posta, 2 - Olhando paraJesus, autor e consuma-dor da f, o qual, pelo gozoque lhe estava proposto,suportou a cruz, despre-zando a afronta, e assen-tou-se destra do tronode Deus. 3 - Considerai,pois, aquele que suportoutais contradies dos pe-cadores contra si mesmo,para que no enfraque-ais, desfalecendo emvossos nimos. 4 - Aindano resististes at ao san-gue, combatendo contra o

    pecado. 5 - E j vos esque-cestes da exortao queargumenta convosco comofilhos: Filho meu, no des-prezes a correo do SE-NHOR, E no desmaiesquando por ele fores repre-endido; 6 - Porque o Senhorcorrige o que ama, E aoi-ta a qualquer que recebepor filho. 7 - Se suportais acorreo, Deus vos tratacomo filhos; porque, que fi-lho h a quem o pai nocorrija? 8 - Mas, se estaissem disciplina, da qual to-dos so feitos participan-tes, sois ento bastardos,e no filhos. 9 - Alm doque, tivemos nossos paissegundo a carne, para noscorrigirem, e ns os reve-renciamos; no nos sujei-taremos muito mais ao Paidos espritos, para viver-

    mos? 10 - Porque aqueles,na verdade, por um poucode tempo, nos corrigiamcomo bem lhes parecia;mas este, para nosso pro-veito, para sermos partici-pantes da sua santidade.11 - E, na verdade, toda acorreo, ao presente, noparece ser de gozo, senode tristeza, mas depoisproduz um fruto pacfico dejustia nos exercitados porela. 12 - Portanto, tornai alevantar as mos cansa-das, e os joelhos descon-juntados, 13 - E fazei vere-das direitas para os vossosps, para que o que man-queja no se desvie intei-ramente, antes seja sara-do. 14 - Segui a paz comtodos, e a santificao,sem a qual ningum ver oSenhor; 15 - Tendo cuida-

    do de que ningum se pri-ve da graa de Deus, e deque nenhuma raiz de amar-gura, brotando, vos pertur-be, e por ela muitos se con-taminem. 16 - E ningumseja devasso, ou profano,como Esa, que por umarefeio vendeu o seu di-reito de primogenitura. 17 -Porque bem sabeis que,querendo ele ainda depoisherdar a bno, foi rejei-tado, porque no achou lu-gar de arrependimento, ain-da que com lgrimas obuscou. 18 - Porque nochegastes ao monte palp-vel, aceso em fogo, e es-curido, e s trevas, e tempestade, 19 - E ao so-nido da trombeta, e vozdas palavras, a qual os quea ouviram pediram que selhes no falasse mais; 20

    - Porque no podiam supor-tar o que se lhes manda-va: Se at um animal tocaro monte ser apedrejadoou passado com um dar-do. 21 - E to terrvel era aviso, que Moiss disse:Estou todo assombrado, etremendo. 22 - Mas che-gastes ao monte Sio, e cidade do Deus vivo, Je-rusalm celestial, e aosmuitos milhares de anjos;23 - universal assem-blia e igreja dos primog-nitos, que esto inscritosnos cus, e a Deus, o juizde todos, e aos espritosdos justos aperfeioados;24 - E a Jesus, o Mediadorde uma nova aliana, e aosangue da asperso, quefala melhor do que o deAbel. 25 - Vede que norejeiteis ao que fala; por-

    que, se no escaparamaqueles que rejeitaram oque na terra os advertia,muito menos ns, se nosdesviarmos daquele que dos cus; 26 - A voz doqual moveu ento a terra,mas agora anunciou, di-zendo: Ainda uma vezcomoverei, no s a ter-ra, seno tambm o cu.27 - E esta palavra: Aindauma vez, mostra a mudan-a das coisas mveis,como coisas feitas, paraque as imveis permane-am. 28 - Por isso, tendorecebido um reino que nopode ser abalado, rete-nhamos a graa, pela qualsirvamos a Deus agrada-velmente, com revernciae piedade; 29 - Porque onosso Deus um fogoconsumidor.

    OAB homenageia Lula pelos 25 anos daConstituio que ele se recusou a assinar

    Lula deu ontem novacontribuio adequadacompreenso dos brasilei-ros sobre a participao doPT na construo da na-o que somos hoje. O ex-presidente disse que, se25 anos atrs tivesse pre-valecido a proposta de seupartido para a Constitui-o, o pas seria ingover-nvel. Melhor seria eleadmitir que, na oposio,o PT fez tudo para boico-tar o Brasil e, no governo,atua comprometendo opresente e ameaando onosso futuro.

    Aos poucos, o par-tido hoje no poder vai reve-lando quo deletria e des-construtiva foi sua ao naluta para conquistar o po-der. Foram vrias as oca-sies ao longo dos anos,que j ensejaram algunsmea-culpa dos petistas.Vale a mxima: Sempreque o PT teve que esco-lher entre seus interessese os interesses do Brasil,o PT ficou com o PT.

    Eis a ntegra da declarao de Lula, dadaontem em evento patroci-nado pela OAB: S tnha-mos 16 deputados, masramos desaforados comose fssemos 500. Se nos-sa Constituio fosseaprovada, certamente se-

    ria ingovernvel, porqueramos muito duros naqueda. Para o InstitutoLula, o ex-presidente teriabrincado ao fazer o co-mentrio. Que nada; a coi-sa sria.

    Em 1988, o PT vo-tou contra a Constituioque fixou as bases para osenormes avanos sociaisque o pas conquistaria nasdcadas seguintes. Foiapenas a primeira vez,mas no a nica, em queo partido de Lula, Dilma eJos Dirceu postou-sesem d nem piedade con-tra os interesses do Bra-sil. Logo depois, em 1992,o PT recusou-se a partici-par do governo de recons-truo nacional empreen-dido pelo presidente ItamarFranco, que herdara umpas destroado pela ges-to do defenestrado Fer-nando Collor de Mello. Ospetistas chegaram a ex-pulsar Luiza Erundina porela ter cometido o pecadode aceitar participar doministrio.

    Mas teve mais, mui-to mais. Em 1994, o PTsimplesmente bombar-deou o plano que, apsvrias tentativas fracassa-das, estabilizaria a econo-mia brasileira, venceria ahiperinflao e lanaria as

    bases para que o pas co-measse a superar o enor-me abismo social entoexistente.

    Para os petistas, oPlano Real no passavade estelionato eleitoral -talvez eles preferissemcontinuar com um pas emque a inflao chegara aquase 2.500% ao ano... Aresposta veio nas urnas,com duas eleies em pri-meiro turno de FernandoHenrique Cardoso.

    Mas, para o PT, aguerrilha poltica est aci-ma de tudo. Chegou 2001e o partido tambm fuziloua Lei de ResponsabilidadeFiscal, tratada por elescomo imposio do FMI.Os petistas no se furta-ram a contestar no STF oarcabouo que se tornariao esteio de todas as ad-ministraes pblicas no

    pas dali em diante.Anos depois, j no

    governo, o mea-culpa veiodo ento ministro da Fa-zenda, Antonio Pal