Gazeta de Varginha - 03/07/2014

Download Gazeta de Varginha - 03/07/2014

Post on 01-Apr-2016

225 views

Category:

Documents

3 download

DESCRIPTION

Edio 9.019

TRANSCRIPT

  • pgina 02

    PONTO DE VISTA

    Levtico 18

    Mx: 27 / Mn: 12

    Casamentos ilcitos

    Prefeitura e Caixa entregam hoje340 casas populares em Varginha

    EDIO 9.019R$ 1, 00 VARGINHA, 03 DE JULHO DE 2014

    DEUS FIEL

    local/pgina 03

    Residncias so destinadas s famlias beneficiadas pelo programa Minha Casa, Minha Vida

    local/pgina 06

    A Caixa EconmicaFederal e a Prefeitura deVarginha realizam nestaquinta-feira (3/7) a ceri-mnia de entrega das340 unidades habitacio-nais do Residencial Cru-zeiro do Sul, destinadass famlias beneficiadaspelo programa do gover-no federal Minha Casa,Minha Vida. A cerimniaest marcada para 10h.

    A solenidade ter apresena de represen-tantes da Caixa e da Pre-feitura, alm de autorida-des da cidade e regio

    Governo de MG exalta vocaode Varginha para exportaes

    que estaro juntos coma populao que residirno bairro, que f ica aolado do Bairro Carvalhos,que tambm contemploufamlias de baixa renda.

    O empreendimento composto por um totalde 470 casas, porm nes-ta primeira etapa seroentregues 340 residnci-as, cuja documentaoapresentada pelos con-templados no sorteio foianalisada e aprovadapela Caixa.

    gazetadevarginha@gmail.com

    www.jornalgazetadevarginha.com

    facebook.com/gazetavga

    local/pgina 05regional/pgina 07

    Em dificuldade

    financeira, Lar

    So Vicente

    de Paulo pede

    socorro

    Dos 290 municpiosmineiros que exportaramem 2013, 73 esto no Suldo Estado. No mesmoano a regio ficou em se-gundo lugar com 10,2%das exportaes, contra64,1% da regio central,primeira colocada. Os da-

    dos so da Secretaria deEstado de Desenvolvimen-to Econmico (Sede). Var-ginha a nica cidade daregio entre as dez quemais exportam em todo oEstado.

    Seca no Lago de Furnas

    traz prejuzo histrico s

    cidades do Sul de Minas

    Oficiais do Exrcitoiniciam Ps-Graduao

    no Grupo Unislocal/pgina 04

  • CNPJ: 21.535.075/0001-47

    A redao no seresponsabiliza por

    conceitos emitidos emartigos assinados, mesmo

    sobpseudnimos, que so deinteira responsabilidade

    de seus autores.

    Dirio de CirculaoRegional - Diretora

    Administrativa:Ana Maria Silva Piva -Jornalista Responsvel:

    Lanamara Silva -MTB -8304 JP - Editor:

    Rodrigo S. Fernandes Sindjori- MG 312/99 - Administra-o/Reviso: Lanamara Silva

    - Paulo Ribeiro da SilvaFernandes

    (Jornalista e superintenden-te de redao-

    M.T.TB.16.851) - Horriode funcionamento das08:00hs s 18:00hs

    ABRAJORI - AssociaoBrasileira de Jornais do

    InteriorSINDJORI - Sind. Prop.de Jornais e Revistas do

    InteriorADJORI - Associaodos Jornais do InteriorADI - Associao dosJornais do interior de

    Minas Gerais

    ENDEREO:Redao e Departamentode Publicidade Av. dosImigrantes, 445 - SantaMaria - CEP 37022-560 -

    Telefones(35)3221-4668(35)3221-4845

    VARGINHA/MGE-mail: gazetade

    varginha@gmail.comgazetacomercial2@yahoo.

    com.brEndereo eletrnico:www.gazetavarginha.com.br

    03 DE JULHO DE 201402 | GAZETA DE VARGINHAPONTO DE VISTA

    1 - FALOU mais oSENHOR a Moiss,dizendo:

    2 - Fala aos filhosde Israel, e dize-lhes:Eu sou o SENHORvosso Deus.

    3 - No fareis se-gundo as obras da ter-ra do Egito, em quehabitastes, nem fareissegundo as obras daterra de Cana, para aqual vos levo, nem an-dareis nos seus estatu-tos.

    4 - Fareis confor-me os meus juzos, eos meus estatutosguardareis, para an-dardes neles. Eu sou oSENHOR vossoDeus.

    5 - Portanto, osmeus estatutos e osmeus juzos guarda-reis; os quais, obser-vando-os o homem,viver por eles. Eu sou

    o SENHOR.6 - Nenhum ho-

    mem se chegar a qual-quer parenta da suacarne, para descobrir asua nudez. Eu sou oSENHOR.

    7 - No descobrirsa nudez de teu pai e detua me: ela tua me;no descobrirs a suanudez.

    8 - No descobrirsa nudez da mulher deteu pai; nudez de teupai.

    9 - A nudez da tuairm, filha de teu pai, oufilha de tua me, nasci-da em casa, ou fora decasa, a sua nudez nodescobrirs.

    10 - A nudez da fi-lha do teu filho, ou dafilha de tua filha, a suanudez no descobrirs;porque tua nudez.

    11 - A nudez da fi-lha da mulher de teu

    pai, gerada de teu pai(ela tua irm), a suanudez no descobrirs.

    12 - A nudez dairm de teu pai no des-cobrirs; ela parentade teu pai.

    13 - A nudez dairm de tua me nodescobrirs; pois ela parenta de tua me.

    14 - A nudez do ir-mo de teu pai no des-cobrirs; no te chega-rs sua mulher; ela tua tia.

    15 - A nudez de tuanora no descobrirs:ela mulher de teu fi-lho; no descobrirs asua nudez.

    16 - A nudez damulher de teu irmono descobrirs; a nu-dez de teu irmo.

    17 - A nudez deuma mulher e de sua fi-lha no descobrirs;no tomars a filha de

    Palavras de Vida

    Casamentos ilcitosLevtico 18

    FranciscoCarlos D'Emilio Borges

    Dentre as desigualda-des que marcam o pas,talvez a mais vil seja a difi-culdade de acesso ao ensi-no pblico de qualidade.A escola forma cidados eprofissionais. Sem umpreparo tcnico adequa-do, sem o domnio de umofcio, sem uma profisso,no h como um jovemnascido na classe baixa as-cender socialmente. Huniversidades pblicas dequalidade, mas o ingressonessas instituies acabasendo um privilgio res-trito aos que tiveram aces-so a um preparo adequadono ensino fundamental, oque, a grosso modo, s obtido na rede privada.Dessa forma, no se pro-porciona mobilidade soci-al por meio do trabalho.

    Algo nesse cenrio co-

    mea a mudar. O Progra-ma Nacional de Acesso aoEnsino Tcnico e Empre-go (Pronatec) destina-se formao de profissionais.Por meio da liberao derecursos, estimula que,entre outros agentes, mu-nicpios criem cursos deEducao ProfissionalTcnica de nvel mdio(TEC) e cursos e progra-mas de formao inicial econtinuada (FIC) para tra-balhadores, alm de con-tribuir com a melhoria daqualidade do Ensino M-dio pblico.

    Ao atuar dessa forma,o programa permite que ascidades destinem os re-cursos qualificao demo de obra para reasque tm maior potencialde impacto social, seja pelaoferta de vagas de traba-lho, seja para atender auma vocao econmicaou para atrair empresas de

    determinado segmentocom profissionais capaci-tados.

    A fim de esclarecerrepresentantes de admi-nistraes municipaispaulistas sobre as exign-cias e possibilidades ofe-recidas pelo programa, aFundao de Apoio Tec-nologia (Fundao FAT),que h mais de 20 anosdesenvolve e gere cursosem todos os nveis da edu-cao, realizou, no dia 5 demaio, o seminrio Comoseu municpio pode se be-neficiar do Pronatec. Aprocura foi tamanha queum novo evento teve deser realizado, no dia 5 dejunho, o qual, novamente,obteve demanda maiorque as vagas disponveis.Alm das prefeituras re-presentadas, vrias outrasprocuraram a entidadepara ter acesso s informa-es apresentadas.

    seu filho, nem a filha desua filha, para descobrira sua nudez; parentasso; maldade .

    18 - E no tomarsuma mulher juntamen-te com sua irm, parafaz-la sua rival, desco-brindo a sua nudez di-ante dela em sua vida.

    19 - E no chegars mulher durante a se-parao da sua imund-cia, para descobrir a suanudez,

    20 - Nem te deita-rs com a mulher de teuprximo para cpula,para te contaminarescom ela.

    21 - E da tua des-cendncia no darsnenhum para fazer pas-sar pelo fogo peranteMoloque; e no profa-nars o nome de teuDeus. Eu sou o SE-NHOR.

    22 - Com homem

    Educao: uma forma de reduzir a desigualdade

    no te deitars, como sefosse mulher; abomina-o ;

    23 - Nem te deita-rs com um animal,para te contaminarescom ele; nem a mulherse por perante um ani-mal, para ajuntar-secom ele; confuso .

    24 - Com nenhumadestas coisas vos conta-mineis; porque com to-das estas coisas se con-taminaram as naesque eu expulso de dian-te de vs.

    25 - Por isso a terraest contaminada; e euvisito a sua iniqidade,e a terra vomita os seusmoradores.

    26 - Porm vsguardareis os meus es-tatutos e os meus ju-zos, e nenhuma destasabominaes fareis,nem o natural, nem oestrangeiro que pere-

    grina entre vs;27 - Porque todas

    estas abominaes fi-zeram os homens des-ta terra, que nela esta-vam antes de vs; e aterra foi contaminada.

    28 - Para que a ter-ra no vos vomite, ha-vendo-a contamina-do, como vomitou anao que nela estavaantes de vs.

    29 - Porm, qual-quer que fizer algumadestas abominaes,sim, aqueles que as fi-zerem sero extirpa-dos do seu povo.

    30 - Portantoguardareis o meumandamento, no fa-zendo nenhuma dasprticas abominveisque se fizeram antesde vs, e no vos con-tamineis com elas. Eusou o SENHOR vossoDeus.

    Recursos para a edu-cao h. O Pronatec temcomo meta investir R$ 14bilhes at o fim deste anopara atingir a marca de 8milhes de alunos no en-sino tcnico e profissiona-lizante no pas. A deman-da junto Fundao FATsobre como us-los mos-tra que os municpios pau-listas buscam cumprir umde seus papis fundamen-tais, que oferecer edu-cao gratuita de qualida-de. Alm de aumentar aautoestima e favorecer aascenso social de milha-res de jovens, essa inicia-tiva estimula a economialocal, ao atrair empresascarentes de mo de obraqualificada, aumentar onmero de consumidorese o seu poder de compra,o que aquece as vendas dasempresas da regio.

    Francisco Carlos

    D'Emilio Borges Mes-tre em Educao na reade Legislao com temaPolticas Governamentais

    Indutoras ao Acesso aoEnsino e consultor daFundao de Apoio Tec-nologia (Fundao FAT).

  • GAZETA DE VARGINHA | 0303 DE JULHO DE 2014LOCAL

    Av. So Jos, 317 - Sala 05 - Varginha - (35) 3221-5366

    NELSONRPRADOClnica de Otorrinolaringologia

    R. Jos Cristiano do Prado, 254, Paraguau - (35) 3267-1911

    A Caixa EconmicaFederal e a Prefeitura deVarginha realizam nestaquinta-feira (3/7) a ceri-mnia de entrega das 340unidades habitacionais doResidencial Cruzeiro doSul, destinadas s famliasbeneficiadas pelo progra-ma do governo federal"Minha Casa, Minha Vida".A cerimnia est marcadapara 10h.

    A solenidade ter apresena de representan-tes da Caixa e da Prefeitu-ra, alm de autoridades dacidade e regio que esta-

    Prefeitura e Caixa entregam hoje340 casas populares em Varginha

    ro juntos com a popula-o que residir no bair-ro, que fica ao lado do Bair-ro Carvalhos, que tambmcontemplou famlias debaixa renda.

    O empreendimento composto por um total de470 casas, porm nestaprimeira etapa sero en-tregues 340 residncias,cuja documentao apre-sentada pelos contempla-dos no sorteio foi analisa-da e aprovada pela CaixaEconmica Federal. Orestante das casas ser en-tregue no final do ms de

    julho, incio de agosto,pela Caixa, to logo sejaconcluda a anlise de todadocumentao pendente.Assim, todos podem ficartranquilos quanto a lisurado processo.

    A solenidade de assi-natura dos contratos pelas340 famlias foi realizadano dia 27 de junho. A pri-meira etapa do processode finalizao do empre-endimento aconteceu, noTeatro Capitlio, com osorteio dos endereos dasresidncias do empreen-dimento, que reuniu cen-

    tenas de pessoas que ago-ra realizam o sonho da casaprpria.

    O programaO programa Minha

    Casa, Minha Vida temcomo meta reduzir o dfi-cit habitacional brasileiro,um dos problemas maiscrnicos do pas. A metado programa, que entraagora em sua segunda fase(2011-2014), construir

    dois milhes de unidadeshabitacionais, das quais60% voltadas para famli-as de baixa renda. Em2010, aps um ano de ati-vidade, o Minha Casa, Mi-nha Vida atingiu a metainicial de um milho decontrataes.

    O programa, na reaurbana, dividido por 3faixas de renda mensal:at R$ 1.600 (faixa 1), atR$ 3.100 (2) e at R$ 5 mil

    Residncias so destinadas s famlias beneficiadas pelo programa Minha Casa, Minha Vida

    (3). Na rea rural, as fai-xas de renda so anuais:at R$ 15 mil (1), at R$30 mil (2) e at R$ 60 mil(3). Alm da construodas unidades habitacio-nais propriamente dita(Minha Casa, Minha Vida),fazem parte desse eixo asreas Sistema Brasileirode Poupana e Emprsti-mo (SBPE) e Urbanizaode Assentamentos Prec-rios.

    Vereador solicita realizao deleilo de veculos apreendidos

    O presidente da C-mara de Varginha, Leo-nardo Ciacci, apresentouuma Indicao, que serencaminhada para a Se-cretaria de Estado de De-fesa Social, solicitandoprovidncias para a rea-lizao de leilo de vecu-los apreendidos que es-to nos ptios de estacio-

    namentos do Municpio.De acordo com o ve-

    reador preciso solucio-nar o problema de manei-ra urgente, visto que osestacionamentos de Var-ginha esto lotados devi-do a falta de uma regulardestinao, ocupando es-pao e gerando transtor-no aos proprietrios des-

    tes estabelecimentos.O presidente da C-

    mara ainda refora queficar com esses veculosparados em estaciona-mentos torna-se um ris-co para a sade pblica,ao propiciar abrigos paradiversos animais peo-nhentos e criadouros domosquito da Dengue.

  • Oficiais do Exrcito comeamPs-Graduao no Grupo Unis

    04 | GAZETA DE VARGINHA 03 DE JULHO DE 2014LOCAL

    Os oficiais do Exr-cito Brasileiro j inicia-ram suas aulas de Ps-Graduao no GrupoUnis. Essa a terceiraturma a se qualificar naInstituio. Cerca de 25oficiais com patente deMajor tiveram as primei-ras aulas de MBA emGesto com nfase emAdministrao Hospita-lar. O curso possui car-ga horria de 422 horase ser realizado na mo-dalidade a distncia. Asatividades presenciaissero realizadas em 17cidades do pas em quea Ps-Graduao doGrupo Unis possui polo.

    A unidade contra-tante o Centro de Es-tudos de Pessoal CEP,

    que uma instituio deensino do Exrcito Bra-sileiro localizada no For-te Duque de Caxias noRio de Janeiro e que responsvel pelo ensino,pesquisa, avaliao psi-colgica e preservaoambiental e histrica. OCEP oferece cursos e es-tgios de idiomas, cur-sos de psicopedagogia ecoordenao pedaggi-ca, programas para a for-mao em comunicaosocial, MBAs e especia-lizaes em convniocom instituies de en-sino. A unidade d su-porte a todos os colgi-os militares e academiasmilitares do pas.

    Os Oficiais inicia-ram seus estudos com as

    Disciplinas MatemticaFinanceira, ministradapelo Prof. Dr. Alessan-dro Alves e Contabilida-

    de Financeira, com oProf. Me. Cludio Pal-mutti. Os prximos m-dulos incluiro gesto

    da qualidade, sistemasde sade, atividadeshospitalares e serviostcnicos, entre outros.

    A Prefeitura de Var-ginha prorrogou atra-vs de Decreto, pormais 180 dias, o prazode validade da Lei Mu-nicipal 5.758/13, quetrata do recadastra-mento dos tmulos doCemitrio Municipal.

    Agora, os propriet-rios de tmulos ou seusdescendentes tem ato dia 12 de dezembropara de deslocarem ata Semul, Rua Coro-nel Venerando Perei-ra, 36 Vila Floresta,para regularizar a situ-ao, de posse de Do-cumento de Identida-de, CPF e comprovan-te de residncia.

    Prazo pararecadastrar

    tmulos no

    Cemitrio

    Municipal

    prorrogado

  • GAZETA DE VARGINHA | 0503 DE JULHO DE 2014LOCAL

    Governo de MG exalta vocaode Varginha para exportaesCidade coloca o Sul de Minas como a segunda regio exportadora de Minas Gerais, com 10,2%

    Dos 290 municpi-os mineiros que expor-taram em 2013, 73 es-to no Sul do Estado.No mesmo ano a regioficou em segundo lugarcom 10,2% das exporta-es, contra 64,1% daregio central, primeiracolocada. Os dados soda Secretaria de Estadode DesenvolvimentoEconmico (Sede). Var-ginha a nica cidadeda regio entre as dezque mais exportam emtodo o Estado.

    Os municpios deVarginha, Guaxup,Poos de Caldas e Alfe-nas foram os que maisexportaram. Caf e de-rivados lideram a listados produtos comerci-alizados fora do Brasil.Em seguida vm os me-

    talrgicos, materiais detransporte e eltrico eeletrnicos e minerais.O volume exportado al-canou a cifra dos 3,163milhes de dlares con-tra 30,869 milhes noEstado.

    Nove cidades da re-gio comearam a ven-der produtos para ou-tros pases no ano pas-sado: Itamonte, BoaEs...