fisioterapia_prova - unifesp

Download FISIOTERAPIA_prova - unifesp

Post on 13-Jul-2015

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Universidade Federal de So Paulo COREMU Residncia Multiprofissional

RESIDNCIA EM FISIOTERAPIA 2012Nome do Candidato N.Inscrio

INSTRUES Verifique se este caderno de prova contm um total de 70 questes, numeradas de 1 a 70. Se o caderno estiver incompleto, solicite outro ao fiscal da sala. No sero aceitas reclamaes posteriores. Para cada questo existe apenas UMA resposta correta. Voc deve ler cuidadosamente cada uma das questes e escolher UMA resposta. Essa resposta deve ser marcada na FOLHA DE RESPOSTAS que voc recebeu. VOC DEVE Procurar, na FOLHA DE RESPOSTAS, o nmero da questo a que voc est respondendo. Verificar, no caderno de prova, qual a letra (A, B, C, D, E) da resposta que voc escolheu. Marcar essa letra na FOLHA DE RESPOSTAS fazendo um trao no quadrinho que aparece abaixo dessa letra. ATENO Marque as respostas com caneta esferogrfica azul ou preta. Marque apenas uma letra para cada questo: mais de uma letra assinalada implicar anulao dessa questo. Responda a todas as questes. No ser permitida qualquer espcie de consulta, nem o uso de aparelhos eletrnicos. Voc ter 4h (quatro horas) para responder a todas as questes e preencher a Folha de Respostas."Direitos autorais reservados. Proibida a reproduo, ainda que parcial, sem autorizao prvia".

edudata

1. O uso da ventilao no invasiva com presso positiva (VNI) para o tratamento de pacientes com insuficincia respiratria aguda ou crnica agudizada foi, certamente, um dos maiores avanos da ventilao mecnica nas ltimas duas dcadas. Assinale a alternativa correta.(A) VNI deve ser utilizada como tratamento de primeira escolha para pacientes com agudizao da DPOC, especialmente para aqueles pacientes com exacerbao grave VNI no pode ser utilizada em conjunto com o tratamento medicamentoso convencional para o cuidado de pacientes selecionados com exacerbao aguda e grave da asma Ventilao no invasiva na falncia respiratria ps-extubao no causa riscos, principalmente se houver uma demora em se proceder reintubao. Apresentando grau de recomendao A A VNI indicada em pacientes com: diminuio do nvel de conscincia, sonolncia, agitao, confuso e instabilidade hemodinmica com necessidade de medicamento vasopressor O uso de CPAP no seguro para diminuir a necessidade de intubao para pacientes com edema pulmonar cardiognico, devendo ser aplicado precocemente a terapia medicamentosa convencional

(B)

(C)

(D)

(E)

2. As principais causas da dependncia do paciente ao ventilador so:(A) (B) (C) (D) (E) Dependncia emocional, hipercapnia e hipertenso arterial sistmica Hipercapnia, hipotenso arterial sistmica e oligria Hipercapnia, anria, instabilidade hemodinmica e hipertenso arterial sistmica Hipoxemia arterial, instabilidade cardiovascular, dependncia emocional, desequilbrio entre a oferta e a demanda de oxignio Hipoxemia arterial, ansiedade, hipercapnia e anria

3. Na fisiopatologia do sistema nervoso central, a Coria representa leso em:(A) (B) (C) (D) (E) X par de nervo craniano Ncleos caudado e putamen IV par de nervo craniano Sistema nervoso autnomo simptico Ncleos da Rafe e Sistema reticular ascendente.

2 UNIFESP Residncia em Fisioterapia 2012

4. Atualmente no Brasil, estima-se que 5 a 10% da populao sofre de crise asmtica,ocorrendo em mdia 350.000 internaes hospitalares com aproximadamente 2.000 mortes por ano no pas. Sobre a asma, assinale a alternativa correta. (A) Sinais clnicos clssicos da asma englobam a dispnia, opresso torcica e estertores crepitantes (B) A fisiopatologia caracteriza-se por inflamao crnica das vias areas levando a uma hiper-reatividade da musculatura lisa das vias areas (C) A exposio a aeroalrgenos e as mudanas climticas, infeces, grandes altitudes, medicaes, estresse emocional e exerccio fsico so fatores precipitantes da crise (D) A radiografia de trax um exame complementar que necessita ser realizado rotineiramente durante a crise (E) A prova de funo pulmonar ou a verificao do pico de fluxo expiratrio durante as crises no so necessrias pois no apresentam bom grau de evidncia

5. A sndrome de Guillain Barr, uma polirradiculoneuropatia desmielinizante inflamatria aguda, tem incio sbito e caracterizada por fraqueza muscular ascendente rapidamente evolutiva levando a paralisia flcida. O prognstico e o incio da recupareo so variveis, a maioria dos paciente alcanam recuperao gradual da fora muscular, podendo resultar em pequenas dficits neurolgicos ou perda importante das atividades funcionais. Com base no texto assinale a alternativa correta.(A) (B) (C) (D) (E) A fisioterapia deve enfatizar a preveno de deformidades e lcera por presso, j que devido ao carter neurolgico a funo respiratria no est prejudicada O exerccio fsico acelera o processo degenerativo, influenciando negativamente na taxa de reinervao, portanto deve ser evitado A atuao fisioteraputica engloba o suporte ventilatrio quando necessrio, alvio da dor, preveno de deformidades e manuteno da fora muscular Os exerccios resistidos com grande carga devem ser realizados associados a utilizao de imunoglobulinas e plasmaferese para restaurao da fora muscular Devido a caracterstica evolutiva da doena, a fisioterapia hospitalar deve aguardar a recuperao da fora muscular para iniciar qualquer tipo de exerccio

6. Quais as possveis alteraes que podemos encontrar em um paciente com Trombo embolismo pulmonar? (A) Diminuio da pr carga de ventrculo direito, diminuio do retorno venoso, estase jugular. (B) Fasciculao, bradpnia, bradicardia e hipertenso arterial sistmica. (C) Cefalia intensa, dor pr cordial, atelectasia, aumento do retorno venoso. (D) Rebaixamento do nvel de conscincia, hipotenso arterial, aumento da ps carga de ventrculo esquerdo. (E) Atelectasia, hipoxemia, taquicardia e diminuio da pr carga de ventrculo esquerdo.UNIFESP Residncia em Fisioterapia 2012 3

7. Assinale a alternativa que contm as caractersticas das fibras musculares tipo II (fibrasglicolticas). (A) Velocidade de contrao lenta, ritmo de fadiga intermedirio, baixa mitocondrial, grande dimetro e alta concentrao de fosfatase. (B) Velocidade de contrao rpida, ritmo de fadiga intermedirio, alta mitocondrial, grande dimetro e alta concentrao de ATPase. (C) Velocidade de contrao rpida, ritmo de fadiga intermedirio, alta mitocondrial, dimetro intermedirio e alta concentrao de ATPase. (D) Velocidade de contrao lenta, ritmo de fadiga baixo, baixa mitocondrial, pequeno dimetro e baixa concentrao de ATPase. (E) Velocidade de contrao rpida, ritmo de fadiga muito alto, alta mitocondrial, pequeno dimetro e alta concentrao de fosfatase. concentrao concentrao concentrao concentrao concentrao

8. Uma leso medular que produz maior perda motora e proprioceptiva ipsilateral e perdada sensibilidade contralateral dor e temperatura denominada: (A) Sndrome do cone medular (B) Sndrome da cauda equina (C) Sndrome da medula anterior (D) Sndrome de Cushing (E) Sndrome de Brown Sequard

9. Sabe-se que os pulmes podem ser enchidos e esvaziados por dois mecanismos:pelos movimentos do diafragma para cima e para baixo; pela elevao e abaixamento das costelas, aumentando e diminuindo o dimetro ntero-posterior da caixa. Quais so os msculos que atuam na elevao do gradio costal? (A) Intercostais externos, esternocleidomastideo, denteados anteriores e escalenos. (B) Reto abdominal, intercostais internos, intraespinhal e peitoral maior. (C) Esternocleidomastideo, oblquos do abdome, denteados inferiores e peitoral menor. (D) Escalenos, transverso do abdome, peitoral maior e trapzio. (E) Psoas, multfido, diafragma, sartrio e intercostais externos.

10. Ao verificar a diminuio do oxignio alveolar, ocorre um controle automtico da distribuio do fluxo sanguneo pulmonar, caracterizada por: (A) Uma vasodilatao realizada rapidamente em uma tentativa de captar molculas de oxignio em reas no vascularizadas. (B) Uma constrio realizada rapidamente pelos vasos sanguneos na tentativa de proteger a membrana do vaso contra a hipxia e consequente necrose. (C) Os vasos continuam com seu calibre normal, pois nesse caso a perfuso est normal, porm a ventilao pulmonar est diminuda. (D) Uma constrio realizada lentamente pelos vasos sanguneos para dirigir o fluxo para reas melhor ventiladas. (E) Uma vasodilatao realizada lentamente com o intuito de aumentar a circulao e diminuir a resistncia vascular pulmonar.4 UNIFESP Residncia em Fisioterapia 2012

11. Paciente, sexo feminino, 68 anos com antecedentes de diabetes mellitus, queixandose de perda de fora nas duas pernas de carter progressivo. Baseando-se no caso descrito, assinale a alternativa correta: (A) Paraparesia crural de carter progressivo (B) Hemiparesia desproporcional com predomnio esquerda (C) Monoparesia crural de carter progressivo (D) Diplegia desproporcional com predomnio direita (E) Diplegia crural desproporcional de carter progressivo 12. A respeito da difuso no sistema pulmonar, podemos afirmar que as situaes queaumentam a difuso e seus respectivos mecanismos so: (A) Shunt cardaco da direita para esquerda; anemia (diminuio da quantidade de hemoglobina); atividade fsica. Aumento do fluxo sanguneo e aumento da volemia do capilar pulmonar; diminuio do componente capilar, por aumento da concentrao de hemoglobina; aumento do retorno venoso e volemia de capilar pulmonar. (B) Shunt cardaco da direita para esquerda; anemia (diminuio da quantidade de hemoglobina); atividade fsica. Diminuio do fluxo sanguneo e aumento da volemia do capilar pulmonar; diminuio do componente capilar, por diminuio da concentrao de hemoglobina; diminuio do retorno venoso e volemia de capilar pulmonar. (C) Hiperpnia; diminuio da presso atmosfrica; o sono. Diminuio da presso transpulmonar, dificultando o retorno venoso; aumento do espao lvelo capilar; fluxo laminar. (D) Shunt cardaco da esquerda para direita; poliglobulia (aumento da quantidade de hemoglobina); atividade fsica. Aumento do fluxo sang