especialização hemisférica psico

Download Especialização hemisférica psico

Post on 03-Jul-2015

4.612 views

Category:

Documents

23 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1. Especializaes hemisfricas

2.

  • Assimetria funcional hemisfrica
  • Asreas primrias sensoriaisearea primria motorafuncionam de forma idntica nos dois hemisfrios.
  • No existe dominncia cerebral para funes elementares (sensibilidade e motricidade).
  • Cada hemisfrio tem a seu cargo os acontecimentos motores e sensoriais que ocorrem na metade oposta do corpo e do espao.
  • As diferenas funcionais comeam a registrar-se a partir dasreas de associao(das funes mais complexas).

3.

  • Assimetria funcional hemisfrica
  • A informao que chega ao crebro sentida como estmulo sensorial de igual forma dos dois lados do crebro, mas interpretada de forma diferente em cada um dos hemisfrios.

4.

  • Hemisfrio direito:
  • visual e espacial , empenhando-se na percepo dos grandes conjuntos
  • relaciona-se com o todo (sintetizador)
  • posio das partes do corpo durante o movimento;
  • relaes espaciais dos objetos.
  • Hemisfrio esquerdo:
  • seleo de detalhes.
  • analisador.
  • Linguagem:compreenso e produo

5.

  • Especializaes Hemisfricas
  • Memria .
  • Leses do Hipocampo:
  • No lado esquerdo: afetam mais a memria verbal.
  • No lado direito do crebro: prejudicam sobretudo a memria visual
  • Linguagem
  • Leso hemisfrio esquerdo
  • Broca produo da fala
  • Wernicke compreenso da fala
  • Leso hemisfrio direito
  • Perda de prosdia

6. 7. 8. 9. Hemisfrio Cerebral Esquerdo Preferncia manual:utilizar uma das mos mais do que a outra na maioria das tarefas. o hemisfrio esquerdo, dirige a motricidade fina da mo direita 10. Hemisfrio Cerebral Direito Adultos com grandes extenses do hemisfrio esquerdo lesadas, estando afsicos, continuam a comportar-se como seres humanos; Crianas que sofreram hemisferectomias esquerdas, em idades muito precoces, podem adquirir funes cognitivas a um nvel de desempenho praticamente normal. Concluso:O hemisfrio direito participa em processos comportamentais tpicos da espcie humana 11. Linguagem: papel do hemisfrio direito Aprosdia : Pacientes com leso direita apresentam transtornos nestes aspectos prosdicos, em especial os emocionais (expresses faciais ou a prpria experincia emocional). Fluncia verbal:pacientes com leso direita apresentam dificuldade em produzir palavras a partir de critrios semnticos ( ex. nomear o maior nmero possvel de frutas, de animais) 12.

  • Em certas situaes de leso hemisfrica direita, o paciente perde a capacidade de compreender o conjunto (simultaneagnosia):
  • dificuldade em reconhecer caminhos (agnosia topogrfica): leva desorientao.
  • dificuldade para usar mapas (perda das noes topogrficas);
  • dificuldade em reconhecer rostos(prosopagnosia) : o
  • indivduo incapaz de reunir o conjunto das informaes recolhidas

Conhecimento espacial: papel do hemisfrio direito 13. 14. 15. 16. Processamento neuropsicolgico de rostos: atravs dele que recolhemos e enviamos informao fundamental sobre estados afetivos.Teste para avaliao dos aspectos afetivos em lesionados cerebrais: julgar uma situao retratada em um desenho como sendo capaz de provocar alegria, tristeza ou ser indiferente. Pacientes com leso hemisfrica direita tm dificuldade em julgar o contedo emocional da cena Aspectos afetivos: papel do hemisfrio direito 17.

  • Leses frontais direitas:
  • provocam, normalmente, uma perturbao profunda de personalidade e da afetividade;
  • pacientes manifestam desinibio do humor e
  • dificuldade em julgar o humor dos outros, criando problemas de relacionamento

Aspectos afetivos: papel do hemisfrio direito 18.

  • .
  • a indiferena afetiva manifestada no comportamento gestual, mmica facial e linguagem

Aspectos afetivos: papel do hemisfrio direito 19.

  • Leses hemisfricas direitas:
  • Agnosia para a metade esquerda do corpo: o doente nega o defeito motor e alguns perdem o sentidode seus membros paralisados (no reconhecem como seus os membros do lado esquerdo), o que pode lev-los a comportamentos quase delirantes ou alucinatrios.
  • Neglect (Negligncia): incapacidade de descrever, responder ou orientar-se para um estmulo novo/significativo apresentado no lado oposto ao da leso cerebral (ex. desenho)
  • Envolve mecanismos atencionais

Conhecimento do prprio corpo: papel do hemisfrio direito 20. 21. Tarefa: reproduzir um desenho (casa, cubo ou flor). HE: anlise e seleo dos elementos constituintes do modelo. HD: anlise globalLeso hemisfrio direito (regies parieto-occipitais): muitas vezes, a pessoa reconhece os elementos do desenho, mas no a forma geral. apraxia construtiva:manifestada pela inaptido para copiar o desenho de um cubo ou para juntar fragmentos de um desenho geomtrico para reconstituir um modelo. Atividade construtiva: papel do hemisfrio direito 22. 23. 24. 25. 26. HEMISFRIOS CEREBRAIS 27.

  • Os dois hemisfrios cerebrais funcionam de maneira integrada.
  • Esta comunicao possibilitada peloCorpo Caloso .
  • Cada ponto do crtex de um hemisfrio cerebral encontra-se conectado com um ponto homlogo do outro hemisfrio

Cooperao entre os hemisfrios cerebrais 28.

  • Transporta informao relevante para a atividade cognitiva;
  • comissura mais importante que pe em conexo os 2
  • hemisfrios cerebrais;
  • sensvel, no seu desenvolvimento, estimulao do meio e aquisio de competncias (plasticidade do corpo caloso).
  • Ex. CC de msicos que usavam as 2 mos para tocar
  • instrumento era diferente do de indivduos no msicos.

Comunicao entre os hemisfrios: O corpo caloso 29.

  • Epilepsia:nos casos gravssimos, se faz seco de corpo
  • caloso (calosotomia).
  • Leso (seco) na parte anterior do Corpo Caloso
  • (passam fibras que conectam os lobos frontais) provocam:
  • agrafia da mo esquerda
  • distrbios psquicos caracterizados por:
  • apatia, pensamento pobre, movimentos pobres,
  • instabilidade de humor, perda de ateno.

Leso do corpo caloso 30. 31. 32.

  • Assimetrias morfolgicas do Crebro humano:
  • rea de Wernicke mais desenvolvida do lado esquerdo
  • assimetrias microscpicas numa rea do crtex
  • auditivo associativo: mais vasta esquerda
  • assimetrias morfolgicas presentes no feto (29
  • semana de gestao).

Bases biolgicas da lateralizao cerebral 33. Para que lado gira a bailarina?