edição 770

Download Edição 770

Post on 30-Jul-2016

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Folha Popular de 13 a 20 de maio de 2016 - www.fpop.com.br

TRANSCRIPT

  • FOLHA POPULARANO XVI - N 770 - TENENTE PORTELA - 13 A 20 DE MAIO DE 2016

    ENCARTE

    ACESSE NOSSO SITE

    www.fpop.com.br

    ASCOM

    DERRUBADAS EDUCAO

    Smecd e Emater lanam projeto em parceria com escolas da zona rural

    PGINA 8

    TENENTE PORTELA LEGISLATIVO

    Sartori recebe comisso portelense de segurana pblica

    PGINA 5

    TENENTE PORTELA EDUCAO

    Educadores, preocupados com a poltica adotada pelo governo do Estado, paralisam atividades nas escolas estaduais

    PGINA 11

    PGINAS 3, 6 E 7

    Empresa BRQ inicia em julho suas atividades no Parque Industrial Osvaldo Trentin

    TENENTE PORTELA INDSTRIA

  • fibra que Dilma e, consequentemente, quem governa Cunha. Ento quando se dizia que Lula mandava em Dilma como algo ruim, o que esperar quando Temer comandado por Cunha, o homem dos milhes na Su-a?

    Porque extin-guir o Ministrio da Cultura? Para que a sociedade pare de refletir, isso bvio, para que as artes no demons-trem os paradoxos desses tempos irracionais. Para que os evanglicos no tenham suas mentes esclarecidas para o verdadeiro roubo que fazem em seus bolsos, vendendo a espe-rana divina. E para que extinguir a CGU? A

    Controladoria Geral da Unio? Se o objetivo era, exatamente, acabar com a corrupo? bvio, tambm que a extino da CGU foi uma das condies do grupo de Eduardo Cunha, para dar

    sustentao ao gover-no Temerrio. Quem, em s conscincia, contra o combate corrupo?

    Temer, hoje, mais refm do Con-gresso que Dilma era. Temer um bandido nas mos de bandidos. Dilma ainda possua alguma fora moral, algum resqucio de le-gitimidade, votos, um projeto, capenga, mas

    exequvel, mas Temer o traidor trado, ningum tem um pingo de respeito por sua presidncia usurpada.

    Geral2 FOLHA POPULAR Tenente Portela - 13 a 20 de maio de 2016

    DE OLHO NA IDEIA - DESGOVERNOO governo Temer est mostrando des-

    servio. Conseguiu, em uma semana, ficar conhecido, no mundo todo, como o gover-no da excluso. Nem mulheres, nem ne-gros. Se parasse por a, j seria grave, mas no, essa histria no pra por a. O governo Temer conse-guiu mais uma faanha: con-seguiu extinguir o Ministrio da Cultura. Um Ministrio que possua 0,38% do oramento, um Ministrio simblico em defesa da diversidade cultu-ral, um bastio em defesa das artes. Pois bem. Em sua sanha retrgrada, o governo Temer conseguiu unificar os artistas e criou um dos movimentos mais fortes de averso ao governo, em nada menos que 7 dias.

    Alm de no ser um governo legtimo, de ter sido alado ao poder por um grupelho de

    investigados e corruptos, Temer visto, hoje, pela grande maioria da populao brasileira, como um traidor oportunista, um usurpador do poder, atravs de manobras nada demo-crticas e usando favores de um dos maiores

    corruptos da nao, o Eduardo Cunha, o grande chantagista da Repblica.

    A fora de Eduardo Cunha to grande que eles conseguiu derrubar uma presidente eleita democraticamente. Ao invs de ser preso est somente suspen-so da presidncia da Cmara, emplacou, como Ministro e em cargos de alto grau, no mnimo cinco de seus apaniguados e, agora, por ltimo, teria ameaa-

    do Michel Temer com a mesma coao que fez contra Dilma. Se Temer no ceder ele vai dar prosseguimento a outro golpe.

    bvio que Temer no possui a mesma

    bvio que Temer no pos-sui a mesma fibra que Dilma e, consequentemente, quem go-verna Cunha. Ento quando se dizia que Lula mandava em Dilma como algo ruim, o que esperar quando Temer coman-dado por Cunha, o homem dos milhes na Sua?

    Felipe J. Santos

    Advogado

    FOLHA POPULAR

    Empresa Jornalistica Pari Ltda.CNPJ-MF: 05.438.552/0001-08

    Alvar n 1053

    Avenida Luis Carlos Prestes, 8Tenente Portela/RS

    CEP: 98500-000

    Fone: (55) 3551-1608 / 9622-7396folhaportela@gmail.comwww.fpop.com.br

    Direo e edio - Jlio Evaristo dos SantosArte e Diagramao - Guilherme DamianiSoftware - Adobe InDesign CCColaboradores - Andreia Primaz Eckart, Felipe Jos dos Santos, Jalmir Steffenon, Jos Lisandro dos Santos, Nilson Rosa Lopes e Regis Carniel

    As matrias assinadas so de inteira responsabilidade de seus autores e, necessariamente, no refletem a opinio do jornal

    Assinaturas:Semestral: R$ 60,00, Anual: R$ 100,00, Correio: R$ 210,00Circulao: SemanalImpresso: Cia da Arte - Iju/RS Fone: (55) 3332-7070Representante para o Brasil:Pereira de Souza & Cia LtdaFone: (51) 3311-8377pereiradesouza.poars@terra.com.br

    O Jornal que voc l!

    RAQUEL WUNSCH

    ESTADO LEGISLATIVO

    Deputados aprovam reposio aos servidores do Judicirio, Ministrio Pblico, Defensoria Pblica, Tribunal de Contas do Estado e Legislativo

    Depois de quase um ano e meio, mais do que a re-cuperao de parte das perdas salariais dos servidores do Judicirio, Ministrio Pbli-co, Defensoria Pblica, Tribunal de Contas do Estado e do Legis-lativo, a Assembleia Legislativa ratificou, na noite de tera-feira, 17, a independncia entre os po-deres e se posicionou contra o Estado Mnimo.

    A opinio do deputado Luiz Fernando Mainardi, lder da bancada do PT, foi comparti-lhada por outros parlamentares petistas, durante a sesso que aprovou por volta das 22h a reposio de perdas salariais aos servidores em 8,13%, com retroatividade a partir de 1 de janeiro deste ano.

    Agora, os projetos aguar-dam a aprovao do governa-dor Sartori. Caso ele os vete, os

    projetos voltam ao Legislativo que necessitar de 28 votos para derrubar o veto do gover-nador.

    A sesso plenria levou di-versos servidores dos Poderes s galerias da Assembleia Legisla-tiva, que comemoraram, uma a uma, a aprovao das propostas, mesmo no tendo garantido a retroatividade ao ano passado. Em todas as votaes, o governo perdeu com mdia de 34 votos.

    Para o lder do PT, o gover-nador Sartori no um rei para ditar a poltica de valorizao es-tabelecida pelos demais poderes. O governo apenas arrecada os recursos que devem ser repas-sados aos Poderes Judicirio e Legislativo, explicou, ao ante-cipar que acredita, a partir da vo-tao obtida, que o eventual veto do governador ser derrubado pela Assembleia.

    O parlamentar aproveitou para criticar aqueles que, co-mandados por entidades como o Instituto Milenium, defendem a ideia de que os servidores p-blicos so um peso para o Es-tado, esquecendo que servios essenciais, como a Sade e a Se-gurana Pblica, so prestados por pessoas. Para ns, que nos contrapomos aos privatistas, o servio pblico no um peso.

    Os deputados Joo Reinelli (PV), Marcel van Hattem (PP), Srgio Turra (PP), Any Ortiz (PPS), Tiago Simon (PMDB) e Zil Breteinbach (PSDB) mani-festaram-se contrariamente s aprovaes.

    Encaminharam favoravel-mente a proposta, os deputados Jeferson Fernandes (PT), Pedro Ruas (PSol), Enio Bacci (PDT), Miriam Marroni (PT), Nelsi-nho Metalrgico (PT), Valdeci

    Oliveira (PT), Tarcsio Zim-mermann (PT), Ado Villaver-de (PT), Maurcio Dziedricki (PTB), Regina Becker Fortunati (Rede), Frederico Antunes (PP), Joo Fischer (PP), Jorge Pozzo-bom (PSDB), Gilberto Capoani

    (PMDB, desde que com a emen-da de Postal, de retroatividade a partir deste ms), Srgio Peres (PRB, tambm com a emenda de Postal) e Gabriel Souza (PMDB, igualmente com a emenda Pos-tal).

  • FOLHA POPULAR 3Tenente Portela - 13 a 20 de maio de 2016

    CURTAS

    Um dos grandes compromissos da atual adminis-trao municipal foi gerao de emprego e renda

    Paulo Srgio Morais, secretrio de Indstria, Comrcio e Turismo, falando sobre a instalao no Distrito Industrial Osvaldo Tren-tin de mais uma empresa, a BRQ, que entrar em funcionamento em julho. Matria nas pginas 6 e 7.

    HUMOR

    FRASENo amigo aquele que alardeia a amizade: traficante;

    a amizade sente-se, no se diz...Machado de Assis

    O Departamento de Es-portes de Tenente Portela informa que o jantar de entrega da premiao da Olimpada Municipal de Es-portes do municpio acon-tecer na sexta-feira, dia 3 de junho, a partir das 19h, no CTG Sentinela da Fron-teira.

    Quem tirar fininho de ciclista vai ser multado! Os conselheiros do Cetran/RS aprovaram dia 17, o pa-recer sobre a aplicao da multa para motorista que desrespeitar a distncia de 1,5m de ciclistas. Com a presena cada vez maior de bicicletas nas cidades e a importncia desse modal para um sistema de trans-portes mais sustentvel, o rgo considerou funda-mental enquadrar os do-nos de veculos que desres-peitarem a regra.

    Acabar com o MDA

    um crime contra a agricul-tura familiar que, graas s polticas daquele rgo, registrou, nos ltimos 14 anos, um aumento de renda trs vezes superior mdia nacional, dizem deputados de esquerda em ato para manter o Ministrio.

    Cultura I - Agitadores culturais, ativistas e classe artstica compem, desde a semana passada, uma mo-bilizao que j ocupa de-zenas de prdios ligados ao Ministrio da Cultura, extin-to pelo governo provisrio de Michel Temer. Protestos contam com shows e apre-sentaes e j ganharam apoio dos principais nomes da classe artstica e musical como Fernanda Montene-gro e Caetano Veloso.

    Cultura II - Michel Temer bateu o martelo com rela-o ao fim do Ministrio da Cultura, na quarta-fei-ra, 18, ao nomear Marcelo Calero como secretrio de Cultura, pasta subordinada ao Ministrio da Educao. A deciso s fez crescer ainda mais a mobilizao contra o fim do MinC, que comeou na semana passa-da..

    A E.M.E.F. Tenente Portela realizou na manh de tera-feira, 17, um Torneio Intersrie entre os alunos do educandrio.

    Com a finalidade de desenvolver entre os alunos a integrao, o esprito competitivo, o respeito mtuo, alm dos hbitos saudveis que o esporte nos ensina, o intersrie proporciona tambm a par-ticipao dos no atletas a fim de integrar-se escola, para uma convivncia em sociedade, compreendendo as transformaes do mundo atual, adquirindo competncias para atuar como cidado, diz a professora de educao fsica Elis An