curso de manufatura enxuta resolução de problemas, posturas .curso de manufatura enxuta...

Download Curso de Manufatura Enxuta Resolução de Problemas, Posturas .Curso de Manufatura Enxuta Resolução

Post on 10-Dec-2018

213 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

Lean Manufacturing - Mdulo 4

1

Curso de Manufatura Enxuta Resoluo de Problemas,

Posturas

Mdulo 4

2

Resoluo de ProblemasPosturas

Soluo de problemas e criatividade

3

Funes do lado esquerdo do crebro:

Emprego da lgica,orientado a detalhes,baseado em feitos,palavras e linguagem; Presente e passado, matemtica e cincia, Pode compreender o conhecimento, reconhece Ordem / percepo de modelos, conhece o nome de objetos, baseado na realidade,formas de estrategias, prtico, seguro.

Funes do lado direito do crebro:

Usa os sentimentos,orientado a ver o panorama geral, imaginativo, smbolos e imagens, presente e futuro, Filosofa e religio, pode ampliar, cr, apreciapercepo espacial,sabe a funo dos objetos; Baseado na fantasa,apresenta possibilidades,impetuoso, assume riscos

uma mente, dois crebros

(filme)

Soluo de problemas e criatividade

4

Mas, deve-se levar em conta que o lado direito do crebro tmido.No chegar e se por a fazer o que to bem sabe fazer

Necessita ser convidado a funcionar.

Uma pessoa no trabalho, a maior parte do tempo elausa o lado esquerdo do crebro (estatstica noprximo slide). Concentra-se nos detalhes, tratar deencontrar o problema, tratar de obter informao efeitos. Lgica, praticidade e ordem so as leis do dia.

Afinal, isto no to mau, j que uma vez que o lado esquerdo do crebro fez o seu trabalho, todo o trabalhopesado, a o lado direito pode emergir e criar uma idiadiferente, uma possibilidade fora dos padres normais.

As melhores ideias (grande pesquisa)

5

97%

Durante o banho;

Antes de dormir;

Quando no faz nada;

Quando caminha;

Conversando;

Meditando;

Analisando;

Nas frias;

Tomando vinho;

Em outras atividades diversas...

3%

No trabalho

Obs.: Pesquisa com mais de 10.000 pessoas

Como convidar o lado direito a funcionar?

6

Fazendo atividades que o lado direito controla; Passeando, pulando, correndo (corpo em movimento);

Toque (msica sem letra ou cantada numa lngua que voc no conhece);

Desenhe, faa esculturas, pinte, faa representaes visuais de seuobjetivo ou ideia;

Use o humor, ah e ha, ha, ha esto muito conectados, o riso o libera datirania da lgica e da linearidade;

Mude o look, o aspecto do espao, pregue posters inspiradores, reordenesua estante, mova qualquer coisa que renove a ordem de sempre;

Visualize, a soluo que tanto est batalhando para encontrarracionalmente (ver com os olhos da mente);

Saia do problema, no faa nada, reflita, medite, interirize.

Trabalho em equipe - Objetivos

7

Independente das ferramentas escolhidas, o trabalho emequipes multifuncionais e multi-hierrquicas (autogeridas), sempre recomendado (sinergia), envolvendo: Ampla participao de todos os membros, com novas

ideias e alternativas Discusso e choques de opinies (criatividade) Responsabilidades individuais e grupais Comprometimento de todos, independente do nvel Cooperao de todos, ajuda mtua, troca de

experincias e conhecimentos Liderana servidora (Monge e o executivo) Empowerment e coaching (delegao de poder) Busca da resoluo definitiva de problemas

Equipe sinrgica

8

Grupo

Equipe

Equipe sinrgica

Trabalho em equipe (sinergia)

9

... quando eu melhoro, toda a equipe melhora ...

... se todos melhoram, a sinergia da equipe cresce ...

10

Resoluo de problemas

Sim

Sim

No

No

No

Sim

No

Sim

No

Sim Ento voc um pobreinfeliz...

Voc mexeunela?

Voc mexeunela?

Voc mexeunela?

Voc mexeunela?

A coisafunciona?A coisafunciona?A coisafunciona?A coisafunciona?

Ento no hproblema...Ento no hproblema...Ento no hproblema...Ento no hproblema...

Voc pode culpar outrapessoa?

Voc pode culpar outrapessoa? Finja que

no viu

EscondaEscondaEscondaEsconda

Vai estourarna sua mo?

Nomexa!Nomexa!Nomexa!Nomexa!

Seuidiota!!Seuidiota!!Seuidiota!!Seuidiota!!

Algumsabe ?Algumsabe ?Algumsabe ?Algumsabe ?

Mtodo tradicional para a resoluo de

problemas

11

Resoluo de problemas

Ferramentas simples de melhoria contnua:

Histograma 5 Por qus 5W e 2H Diagrama de Pareto Diagrama de Causa e Efeito Etc (vide exemplos a seguir).

Brainstorming, Brainwriting

Reclamaes por tipo de problema

64

2 2

14

50%

71%

86%93%

100%

0

5

10

15

20

25Pr

oblem

a 1

Prob

lema

2

Prob

lema

3

Prob

lema

4

Outro

s

0%10%20%30%40%50%60%70%80%90%100%

Histograma e Normalidade

12

Anlise da variabilidade dos dados e sua distribuio ( normal?)

Carta de controle

13

37332925211713951

32

31

30

29

28

A mostra

M

dia

am

ostr

al

__X=29,955

LSC=32,455

LIC=27,455

37332925211713951

8

6

4

2

0

A mostra

Am

pli

tud

e a

mo

str

al

_R=4,33

LSC=9,16

LIC=0

Carta mdia e amplitude da Espessura

Anlise da estabilidade

Capacidade de processo

14

Capacidade Six Pack

15

Diagrama de Ishikawa

16

Diagrama de Pareto

17

Grfico de correlao

18

DOE (Anlise fatorial)

19

BC

AC

ABC

AB

C

A

B

302520151050

Va

ri

ve

l

Efeito

Limite

A C atalisador

B Temperatura

C Teor C

V ariv el Nome

Pareto dos Efeitos(Produtividade, Alfa = 5%)

20

Resoluo de problemas

Passos Lean para a resoluo de problemas:

1) Definir claramente o problema e reconhecer a sua importncia

2) Investigar as caractersticas especficas do problema com uma viso ampla sob vrios pontos de vista

3) Descobrir as causas fundamentais

4) Conceber um plano para bloquear as causas fundamentais

5) Bloquear as causas fundamentais

6) Verificar se o bloqueio foi efetivo

7) Prevenir contra o reaparecimento do problema

8) Recapitular todo o processo de soluo do problema para trabalho futuro

Outros mtodos de soluo de problemas

Ciclo PDCA (Planejar, Executar, Verificar, Agir), proposto por Deming;

Global 8 Disciplinas , com grande uso na indstria automobilstica, contendo 8 passos;

MASP (Mtodo de anlise e soluo de problemas), tambm com 8 passos, de uso geral, inicialmente proposta pela Kepner Trigoe para a NASA;

DMAIC (Definir, Medir, Analisar, Improve, Controlar), bsica para a filosofia Seis Sigma, com 5 passos;

Outras, especficas de organizaes que entenderam que os passos e as ferramentas devem satisfazer suas necessidades particulares (Alcoa, Rhodia, etc).

21

No dia a dia das empresas so utilizadas vrias metodologias para analisar problemas e tomar decises.

Elas tm muita semelhana, variando o objetivo, a quantidade de passos e as ferramentas que as compem. Algumas:

PDCA

22

Global 8 Disciplinas

Voltada mais para causas especiais, ela engloba:

D0 Preparao para o trabalho

D1 Formao da equipe

D2 Descrio do problema

D3 Implementao de aes de conteno

D4 Definio e verificao da causa raiz

D5 Escolha e verificao da ao corretiva permanente

D6 Implementao da ao corretiva

D7 Evitar a reocorrncia

D8 Reconhecimento da equipe e das contribuies individuais

23

MASP

24

PDCA Fluxograma Fase Objetivo

P

1Identificao

do problema

Definir claramente o problema e reconhecer a sua

importncia

2 ObservaoInvestigar as caractersticas especficas do problema com

uma viso ampla sob vrios pontos de vista

3 Anlise Descobrir as causas fundamentais

4 Plano de aoConceber um plano para bloquear as causas

fundamentais

D 5 Ao Bloquear as causas fundamentais

C

6 Verificao Verificar se o bloqueio foi efetivo

?(Bloqueio

efetivo?)

A

7 Padronizao Prevenir contra o reaparecimento do problema

8 ConclusoRecapitular todo o processo de soluo do problema para

trabalho futuro

no

sim

MASP, ferramentas

25

MASP, exemplo para problema humano/social

26

DMAIC Algumas ferramentas

Definir VOC, CTQ, SIPOC, QFD, SMART, SWOT, Indicadores (DPU, DPMO,

etc), Charter, levando definio preliminar do problema.

Medir Mapeamento, Variveis (entrada e sada), 5W e 2H, Plano de coleta de

dados, MSA, N Sigmas, levando definio final do problema Analisar

Ishikawa, 5 Por qus, FMEA, Mtodos estatsticos (descritivos e indutivos), DOE, levando s causa raiz do problema

Melhorar Modelamento estatstico, Criatividade, Ferramentas Lean, Anlise

custo-benefcio e risco, Plano de ao, levando s melhorias

Controlar CEP, TPM, GV, Sustentabilidade, garantindo a eternizao da soluo

27

Metodologia genrica

28

Problema / Oportunidade?

29

Solucionar um

Recommended

View more >