caridade - chico xavier

Download Caridade - Chico Xavier

Post on 16-Mar-2016

215 views

Category:

Documents

2 download

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Que este livro do coração possa induzir-nos à prática do bem e à certeza de que todos necessitamos uns dos outros, nos caminhos para o Mais Alto, são os nossos votos, rogando, de nossa parte, aos Mensageiros do Bem Eterno, a todos nos inspirem e abençoem, a fim de que venhamos a reconhecer na Caridade o traço de luz imperecível que todos nos integrará, um dia, com o Próximo e com Deus. Emmanuel Uberaba, 14 de junho de 1978

TRANSCRIPT

  • 1

    FRANCISCO CNDIDO XAVIER ESPRITOS DIVERSOS

    Caro amigo: Se voc gostou deste livro e tem condies de adquiri-lo, faa-o pois assim estar ajudando a diversas instituies de caridade, que para onde os direitos autorais deste livro so destinados.

  • 2

    CARIDADE ..........................................................................................................................3 1 - CULTURA E CARIDADE..............................................................................................4 2 - DOM DE DEUS ............................................................................................................5 3 - CARIDADE .....................................................................................................................6 4 - GUARDEMOS A BENO...........................................................................................7 5 - SE TIVERMOS CARIDADE..........................................................................................8 6 - EM FAVOR DO MUNDO...........................................................................................10 7- NOSSO IRMO............................................................................................................12 8 - EM VIAGEM ................................................................................................................14 9 - POBREZA E RIQUEZA ..............................................................................................16 10 - ANTE O PRXIMO ..................................................................................................17 11 - QUANTO MAIS .........................................................................................................18 12 - O DIA COMEA AO AMANHECER .......................................................................19 13 - ESPERANA DOS CUS........................................................................................20 14 - O TALENTO ESQUECIDO.......................................................................................21 15 - BRANDURA ...............................................................................................................22 16 - DIA E NOITE ............................................................................................................23 17 - NA JORNADA DA LUZ............................................................................................24 18 - PO, OURO E AMOR .............................................................................................26 19 - DISCIPLINA................................................................................................................27 20 - O COOPERADOR.....................................................................................................28 21 - ASSUNTO NOSSO ...................................................................................................29 22 - O ASSISTIDO............................................................................................................30 23 - UM QUARTO DE HORA .........................................................................................31 24 - EM TORNO DA CARIDADE....................................................................................32 25 - ME SOZINHA..........................................................................................................33 26 - NA TRILHA DO RESGATE .....................................................................................35 27 - SEM CARIDADE ......................................................................................................36 28 - DIETA NA DIETA......................................................................................................38 29 - DINHEIRO..................................................................................................................39 30 - EM PLENA LUTA .....................................................................................................40 31 - O BEM AGORA ........................................................................................................41 32 - VIDA ...........................................................................................................................43 33 - ACORDEMOS ............................................................................................................44 34 - PACINCIA CONOSCO............................................................................................45 35 - CARIDADE E ESPERANA.....................................................................................46 36 - MOEDA E VIDA........................................................................................................48 37 - SOCORRE, MEU FILHO ..........................................................................................49 38 - SERVIR SEMPRE .....................................................................................................50 39 - RESPOSTA FRATERNAL.........................................................................................51 40 - FICA CONOSCO SENHOR......................................................................................53

  • 3

    CARIDADE Comentvamos a beneficncia, em reunio de companheiros, encarnados e desencarnados, quando algum considerou que a palavra "caridade", por excessivamente repetida, talvez estivesse perdendo a significao e a importncia. Entretanto, aduzimos: "estaria o Sol diminuindo em grandeza, por mostrar-se diariamente, de hemisfrio a hemisfrio? que palavra diferente inventaramos para a luz, unicamente porque seja ela um prodgio infinitamente rearticulado para os nossos olhos"? Irmos presentes observaram com gentileza: "no ser justo que os amigos da Espiritualidade venham a fixar o valor perene da caridade num livro simples que lhe receba o nome"? Aceitamos a lembrana-convite e, atravs do tempo, colecionamos, - alguns companheiros e ns, - as pginas que se nos fizeram possveis em derredor do assunto.

    *** E aqui temos o volume planeado pelos dedicados irmos que no-lo recordaram para marco de respeito e considerao para com a palavra-legenda que nos expressa o amor ao prximo.

    *** Caridade!... - Haver outra expresso mais nobre para designar o lao de ntima unio entre ns, frente do Criador? Homenageando-a por chama da prpria Vida Espiritual, interligando-nos os coraes perante Deus, entregamos a ti, leitor amigo, este volume despretensioso, em que nos reunimos aos companheiros reencarnados para salientar os valores do sentimento que nos irmana, infundindo-nos esperana e coragem, no trabalho de nossa elevao mtua.

    *** Que este livro do corao possa induzir-nos prtica do bem e certeza de que todos necessitamos uns dos outros, nos caminhos para o Mais Alto, so os nossos votos, rogando, de nossa parte, aos Mensageiros do Bem Eterno, a todos nos inspirem e abenoem, a fim de que venhamos a reconhecer na Caridade o trao de luz imperecvel que todos nos integrar, um dia, com o Prximo e com Deus.

    Emmanuel

    Uberaba, 14 de junho de 1978

  • 4

    1 - CULTURA E CARIDADE Regozija-te na companhia dos amigos, em cuja intimidade surpreendes o alimento espiritual que te assegura euforia e bom animo; entretanto, em toda oportunidade que se te descortine, cultiva o intercmbio com os habitantes das caladas publicas ou de taperas abandonadas, em que se esconde a penria cansada de sofrimento, e onde, com ligeira migalha de socorro material ou com simples frase amiga, podes exercer o ofcio dos anjos.

    *** Anima os festivais das crianas felizes, em que bebs alegres e formosos conquistam prmios de robustez; todavia, sempre que as circunstncias te favoream, visita os recintos da provao, onde meninos desfigurados e tristes te aguardam a faia de po ou a ma que te sobrou mesa, como retratos da verdadeira felicidade.

    *** Aprimora-te na apresentao pessoal, pois ao prprio lrio no charco Deus concedeu direito a beleza digna para a glria da Natureza; mas, quanto possas, comparece nos crculos de angstia em que mes sofredoras se agoniam entre a necessidade ed o desespero, oferecendo-lhes alguma bno de amparo, de maneira a enfeitar-lhes a face com o sorriso da esperana.

    *** Busca os divertimentos sadios que te refaam as energias da mente e do corpo, sem prejuzo de teus deveres; no entanto, quanto possvel, procura os hospitais, no intuito de confortar os irmos doentes, de todas as condies, que a suportam aflio e doena, a fim de que aprendas a agradece a Deus as vantagens orgnicas que desfrutas.

    *** Esmera-te no estudo e no burilamento da personalidade, tanto quanto puderes; porm, tanto quanto puderes, igualmente, sai de ti mesmo, ao encontro do prximo em dificuldades maiores que as nossas, atendendo ao amor que Jesus nos ensinou...Ento, converters o teu prprio sentimento em estrela no cu da inteligncia, porque, em verdade, Deus nos concede na cultura o corao da escola, assim como nos oferece na caridade a escola do corao.

    Emmanuel

  • 5

    2 - DOM DE DEUS Caridade o doce alvio quele que pede porta; Entretanto, alm do amparo, A frase que reconforta;

    O socorro em que te mostras Onde o bem se faz preciso, Colocando em cada gesto A ddiva de um sorriso.

    Caridade a pacincia No apoio do brao irmo Que suporta o companheiro Na hora da irritao;

    O ouvido que escuta e cala, Cumprindo santo dever, Esquecendo tudo aquilo Que no se deve dizer.

    Caridade a mente calma Da criatura sincera, Que ajuda sem reclamar, Que jamais se desespera;

    A voz que adoa pesares, Que no fere, nem se cansa, Vestindo a dor da verd