capoeirista .eu sou capaz e vou vencer a verdade deve ser revelada. ... morram, eu não sei o que

Download Capoeirista .EU SOU CAPAZ E VOU VENCER A VERDADE DEVE SER REVELADA. ... morram, eu não sei o que

Post on 30-Nov-2018

219 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

  • Capoeirista

    2

  • XXY

    TARSIS ROBERTO

    3

    TARSIS ROBERTO

    Capoeirista

    XXY

    3 DIMENSES INVISVEIS

    1 Edio

    Santa Luzia do Par

    2016

  • Capoeirista

    4

    Copyright by Tarsis Roberto, LLC

    Ilustrao da capa 2016 by Tarsis Roberto

    Design original da capa Fonte: photo story

    Figura1: Mo negra. Autor : desconhecido

    Figura2: Crculo Elemental. Autor: Tarsis Roberto.

    Figura3: Abel. Fonte: Official Apus Collection. Autor:

    desconhecido. Modificado por Tarsis Roberto.

    Msica de abertura, ( Amor Sobrenatural) Autor: Tarsis

    Roberto

    Msica de encerramento, (Epitfio Tits )

    Roberto,Tarsis

    1.Fico brasileira, Capoeirista XXY: Trs Dimenses

    Invisveis

    Todos os direito reservados. Proibida reproduo, no todo

    ou em parte, atravs de quaisquer meios. Os direitos morais

    do autor foram assegurados.

  • XXY

    TARSIS ROBERTO

    5

    DESCUBRA SEU ELEMENTO

    JANEIRO=FOGO

    FEVEREIRO=GUA/ DIA 29=MAGIA

    MARO=GELO

    ABRIL=TERRA

    MAIO=RAIO

    JUNHO=METAL

    JULHO=FOGO

    AGOSTO=GUA

    SETEMBRO=GELO

    OUTUBRO=TERRA

    NOVEMBRO=RAIO

    DEZEMBRO=VENTO

  • Capoeirista

    6

    DESCUBRA SEU CDIGO

    XX OU XY + A SUA SOMA DA DATA DO SEU

    NASCIMENTO COM A SUA IDADE

    SRIE CAPOEIRISTA XXY

    VOLUME 1- 3 DIMENSES INVISVEIS

    Prximo

    VOLUMES 2- 30 DIAS SOMBRIOS

  • XXY

    TARSIS ROBERTO

    7

    PARA TODOS QUELES QUE PODEM SENTIR AS TRS

    DIMENSES DO MUNDO.

    Ningum nasce odiando outra pessoa

    Pela cor de sua pele,

    Ou por sua origem, ou religio,

    Para odiar, as pessoas

    Precisam aprender,

    E se elas aprendem a odiar,

    Podem ser ensinadas a amar,

    Pois o amor chega mais

    Naturalmente ao corao humano

    Do que o seu oposto.

    A bondade humana uma chama que

    Pode ser oculta, jamais extinta.

    (Bondade Nelson Mandela)

  • Capoeirista

    8

    NOTAS:

    Agradeo h todos os que esto

    minha volta e que me serviram de

    inspirao: colegas de faculdade,

    amigos e famlia, sendo essas

    contribuies positivas ou no,

    saibam que eu no me importo. A

    vida no perfeita e a graa dela

    est nisso.

    Obrigado!

  • XXY

    TARSIS ROBERTO

    9

    (AMOR SOBRENATURAL)

    QUERO LUTAR POR UM MUNDO MELHOR LIBERTAR OS MEUS SENTIMENTOS

    PARA PODER VIVER E SER QUEM EU SOU NO FCIL ENTENDER, ESSE INCOPRIENCVEL AMOR.

    O MEU PODER EU VOU USAR

    DEFENDER CONTRA O MAU OS MEUS SONHOS EU SOU CAPAZ E VOU VENCER

    A VERDADE DEVE SER REVELADA. VIVER NA ESCURIDO NO BOM ABRA A PORTA E ENCONTRE A LUZ.

    XXY QUERO LUTAR XXY VOU LIBERTAR

    XXY O SINAL DO NOSSO AMOR SOBRENATURAL.

    SEGUIR O CAMINHO CERTO PODE SER DIFCIL, MAS ENFRENTE AS BARREIRAS E SIGA EM FRENTE

    O MEDO PODE SER CONTROLADO E OS SEUS SONHOS REALIZADOS O FIM PODE SER UM COMEO E S VOC, PODE RECOMEAR.

    SORRIA A PRISO SER ESCANCARADA

    VOC NO PODE SER O QUE NO SEJA O QUE FOR SEJA VOC

    SUA VIDA RECOMEA AGORA CAMINHE, PARA A VITRIA.

  • Capoeirista

    10

    XXY QUERO LUTAR XXY VOU LIBERTAR

    XXY O SINAL DO NOSSO AMOR SOBRENATURAL.

  • XXY

    TARSIS ROBERTO

    11

    PARTE 1

    SONHOS DA ALMA A loucura faz parte da mente assim como os sonhos fazem

    parte da alma

  • Capoeirista

    12

    1

    O Avio e o Garoto de Cabelo Vermelho

    O avio depois de algumas horas comea a perder altitude

    rapidamente, o piloto tenta acalmar os passageiros, mas j no

    havia o que fazer uma das turbinas no estava funcionando e a

    outra estava pegando fogo.

    Um garoto que estava sentado ao lado de Abel fala com ele:

    - Vem vamos pular.

    - Enlouqueceu, eu prefiro morrer aqui mesmo diz o Abel.

    - Voc quem sabe, pode nos salvar?

    - Eu no entendo muito de avio e muito menos sei pilotar um

    responde Abel.

    - Quem falou em pilotar, usa os seus poderes.

    - meu Deus, o avio est caindo e ainda tem um louco perto

    de mim diz Abel tentando se levantar, mas no consegue,

    pois o avio balana bastante.

    - Se no for pular melhor ficar sentado, eu posso controlar o

    metal, mas no sei se consigo concertar o avio daqui de

  • XXY

    TARSIS ROBERTO

    13

    dentro diz o garoto encostando a sua mo no piso do avio

    que comea a se modificar ficando prateado.

    - O seu cabelo ficou vermelho diz Abel espantado. O que

    voc est fazendo? Pergunta ele levantando as pernas.

    - , o meu cabelo fica assim de vez em guando Responde o

    garoto Eu s estou tentando concertar o avio e voc bem

    que poderia me ajudar.

    Abel no entende, mas coloca a sua mo de vagar na janela.

    - No assim diz o garoto assustando o Abel.

    - Como ento eu posso ajudar? pergunta Abel.

    - Se eu estiver certo basta voc se concentrar no avio

    Responde o garoto. E melhor eu estar mesmo pensa ele.

    Abel fecha os olhos e se concentra.

    - Est acontecendo alguma coisa? Pergunta Abel.

    - Sim, estamos caindo mais rpido, voc ainda no acreditou

    em mim Responde o garoto. Precisa encontrar o poder

    dentro de voc e rpido. disse ele gritando tentando abafar o

    grito das outras pessoas.

    Ai meu deus, por favor, no deixe que todas essas pessoas

    morram, eu no sei o que eu posso fazer, no sou como esse

    garoto Pensa Abel bem concentrado.

  • Capoeirista

    14

    De repente acontece alguma coisa com Abel, os seus cabelos

    ficam maiores e com um brilho cor- de - rosa que ascende a

    cada piscar de luzes do avio.

    - Eu no estava errado diz o garoto olhando para o Abel com

    um leve sorriso no rosto.

    O avio ento parece que estava sendo controlado, ele para

    de cair, mas j estava bem perto do solo, o piloto tenta fazer

    uma aterrisagem forada levando o avio para pousar na baia

    de Guajar em Belm do Par.

    O piloto j tinha avisado a torre de comando e assim algumas

    embarcaes j estavam preparadas para socorrer os

    passageiros.

    - Voc mandou bem disse o garoto.

    - Eu no fiz nada, voc e que concertou o avio com aquele

    feitio, sei l o que voc fez.

    - Eu no sou um feiticeiro, sou um capoeirista e voc deve ser

    um tambm diz o garoto.

    - Eu nunca pratiquei capoeira, mesmo minha av insistindo que

    eu fizesse Responde Abel. Mas os capoeiristas no fazem

    essas coisas como voc, no mesmo.

  • XXY

    TARSIS ROBERTO

    15

    - , realmente a capoeira que voc conhece no do mesmo

    nvel, pois a nossa capoeira deixou de ser defesa pra ser ataque

    diz o garoto ficando pensativo.

    Abel fica sem entender, mas fica com receio de perguntar,

    pois percebe que o garoto para de falar de repente. Abel ento

    entra em um dos navios que tinham vindo resgatar as pessoas.

    engraado eu no sei qual o elemento dele, seria o vento, no

    impossvel. Pensa o garoto Me espera Abel!

    Abel e o garoto se encontram dentro do navio e so levados

    para terra firme, assim que sai do navio Abel vai at uma

    lanchonete comprar gua e o garoto o acompanha.

    - Foi impresso minha ou voc me chamou pelo meu nome? Eu

    no me lembro de ter falado.

    -No, foi s impresso sua.

    Abel abre a sua bolsa e percebe que a sua identidade no

    est. Ela era estilo bolsa carteiro cor marrom.

    -Seu mentiroso, olha que a polcia est logo ali diz Abel

    nervoso.

    -Eu no tenho medo de polcia.

    - polcia! Grita Abel.

    -No grita, por favor diz o garoto pegando o brao de Abel.

  • Capoeirista

    16

    -No era voc que no tinha medo?

    -E eu no tenho Responde o garoto ao Abel.

    -H t, passa logo a minha identidade, afinal o que voc quer

    comigo? Aposto que tudo aquilo no passou de mentiras.

    -Voc desconfiado demais, ainda no acreditou em mim?

    - Como eu posso confiar depois disso?

    -T bom eu vou te explicar tudo, agora d pra gente sair daqui,

    que tal um motel, quer dizer, hotel?

    -Eu no vou entrar em um hotel com voc t maluco, se quiser

    pode falar aqui mesmo, no deixa eu vou embora diz Abel se

    levantando da cadeira.

    -Isso mesmo meu filho v de vagar disse uma senhorinha

    batendo no ombro do Abel.

    Abel fica constrangido e se senta novamente.

    -H me esqueci, eu estava de sada diz Abel ao olhar para o

    garoto.

    - Por favor, no vai, eu preciso de ajuda.

    -Ento fala rpido, minha av a essa altura j sabe o que

    aconteceu e eu no quero preocupa-la ainda mais.

    O garoto misterioso comea a falar.

  • XXY

    TARSIS ROBERTO

    17

    -Como eu j te disse eu sou um capoeirista e estou sendo

    caado, pois no sou desse mundo, e eu me chamo Yurio.

    -E o que voc veio fazer? Digamos que eu esteja acreditando

    nessa historinha.

    O garoto sorrir e quando ele iria falar, trs pessoas estranhas

    entram na lanchonete, um deles levanta a sua mo em direo

    ao Yurio e o Abel e faz aparecer fogo do nada, lanando sobre

    eles e incendiando todo o lugar.

    - Vamos Abel corre! diz o garoto puxando o Abel e os dois

    juntos passam pela janela quebrando o vid