aula de custo

Download aula de custo

Post on 20-Jun-2015

364 views

Category:

Documents

11 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

<p>Professor Marcelo Valena</p> <p>HORNGREN, Charles T.; DATAR, Srikant M.; FOSTER, George. Contabilidade de custos. 11. ed. So Paulo: Pearson, 2004. 2 v. ISBN 85 879-1840-0 (v. 1). ISBN 85 879-1895-8 (v. 2). ` KOLIVER, Olivio. Contabilidade de custos. Curitiba: Juru, 2008. 524 p. ` LEONE, George Sebastio. Curso de contabilidade de custos: (livro-texto). 3. ed. So Paulo: Atlas, 2009.`</p> <p>MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos. 9. ed., 8. tir. So Paulo: Atlas, 2003. 378 p. ISBN 978 85 224 3360-5. Livro-texto. ` MARTINS, Eliseu. Contabilidade de custos: livro de exerccios. 9. ed. So Paulo: Atlas, 2006.` `</p> <p>PASSARELLI, Joo; BOMFIM, Eunir de Amorim. Custos: anlise e controle. 3. ed. So Paulo: IOB; Thomson, 2005.</p> <p>So essencialmente medidas monetrias dos sacrifcios com os quais uma organizao tem que arcar a fim de atingir seus objetivos. Adriano Leal Bruni Gesto de Custos e Formao de Preos Gastos relativos a bens ou servios utilizados na produo de outros bens ou servios. Eliseu Martins Contabilidade de Custos Consumo de recursos para fabricar produtos ou servios.</p> <p> Atender necessidades gerenciais de trs tipos : informaes sobre a rentabilidade e desempenho de diversas atividades da entidade auxlio no planejamento, controle e desenvolvimento das operaes informaes para a tomada de decises</p> <p> Aps Revoluo Industrial : necessidade de maiores e mais precisas informaes, que permitissem uma tomada de deciso correta Antes : praticamente no existia, j que as operaes se resumiam basicamente em comercializao de mercadorias, os estoques eram registrados e avaliados pelo seu custo real de aquisio.</p> <p> Revoluo Industrial : registrar os custos que capacitavam o administrador a avaliar estoques, determinar mais corretamente resultados e levantar balanos I Guerra e crise de 29 : necessidades de melhorias nos controles II Guerra : maior necessidade de eficincia/eficcia; aumento da competio</p> <p>`</p> <p>Contabilidade de Custos Tradicional:Mensurao Monetria dos Estoque e do Resultado.</p> <p>`</p> <p>Contabilidade Gerencial:Auxlio nos Controles Ferramenta de Apoio no Processo Decisrio O conhecimento dos custos vital para saber se, dado o preo, o produto rentvel; ou, se no rentvel, se possvel reduzi-los (os custos). Eliseu Martins Contabilidade de Custos.</p> <p> Algumas das terminologias mais usuais : gastos : compra de um produto ou servio qualquer, que gera sacrifcio financeiro para a entidade. investimento : gasto ativado em funo de sua vida til ou de benefcios atribuveis a futuros perodos. custos : gasto relativo a bem ou servio utilizado na produo de outros bens ou servios despesas: bem ou servio consumido direta ou indiretamente para a obteno de receitas desembolso : pagamento do bem ou servio perda : bem ou servios consumidos de forma anormal</p> <p> Terminologias mais usuais - exemplos: gastos : compra de matria-prima, Gastos com mo-de-obra, Gastos com Honorrios da Diretoria, Gastos na compra de imobilizado... investimento : matria-prima, mquinas e equipamentos, aes/participaes societrias. custos : matria-prima, energia eltrica, depreciao quando utilizadas no processo produtivo. despesas: Comisso de vendas, despesas administrativas, depreciao. desembolso : Pagamento de boleto bancrio referente fornecedores. perda : sinistros em bens e estoques (incndios/roubos).</p> <p>Balano Patrimonial</p> <p>Custos</p> <p>Produtos ou Servios Elaborados</p> <p>Despesas</p> <p>Consumo associado elaborao do produto ou servio</p> <p>Consumo associado ao perodo</p> <p>Investimentos</p> <p>Gastos</p> <p>Flux GenricBalano PatrimonialCust sDir t s I ir t s</p> <p>s Cust sDemonstrativo de Resultado do Exerccio(+) Receitas</p> <p>Est quesMateriais Diret s Pr ut s em Elab ra Pr ut s Acaba s</p> <p>(-) Cust sCMV CPV CSP</p> <p>DRE</p> <p>(-) Despesas (=) Resulta</p> <p>MDMateriais Diretos Matria-Prima Embalagem</p> <p>MODMo-de-Obra Direta Mensurada e identificada de forma direta</p> <p>CIFCustos Indiretos Custos que no so MD nem MOD</p> <p>DespesasGastos no associados produo</p> <p>Custo de transformao Custo primrio ou direto</p> <p>Custo total, contbil ou fabril</p> <p>Gastos totais ou custo integral</p> <p>`</p> <p>Exemplo 1 - Considere as seguintes operaes da Empresa ABC: Em 02/01/10 - Compra de matria-prima X no valor de R$ 5.000,00, sendo 1.000 unidades a R$ 5,00 cada, forma de pagamento a prazo. Em 03/01/10 O setor de produo requisitou 200 unidades de matria prima para produo do produto Y. Em 05/01/10 O setor de produo finalizou a confeco de 100 unidades do produto Y, e o encaminhou ao estoque de produtos acabados. Em 10/01/10 O setor comercial vendeu 50 unidades do produto Y pelo valor de R$ 50 cada unidade. Com base nos dados acima pedimos: a) Contabilizao das operaes. b) O saldo das contas de Materia Prima e Produtos Acabados em R$ e Unidades. c) Qual o lucro bruto da operao? Considerar que na compra a empresa tem crdito fiscal de ICMS base 17%, PIS/Cofins 9,25%, e na venda possui os mesmos percentuais de tributao.</p> <p>` ` ` ` ` `</p> <p>Princpio da Realizao da Receita Princpio da Competncia Princpio do Custo Histrico com Base de Valor Princpio da Consistncia Princpio da Prudncia ou Conservadorismo Princpio da Materialidade ou Relevncia</p> <p>`</p> <p>Exemplo 1 - Considere as seguintes operaes da Empresa UNIO: Em 02/01/10 - Compra de matria-prima X no valor de R$ 15.000,00, sendo 1.000 unidades a R$ 15,00 cada, forma de pagamento vista prazo. Em 03/01/10 O setor de produo requisitou 900 unidades de matria prima para produo do produto Y. Em 05/01/10 O setor de produo finalizou a confeco de 500 unidades do produto Y, e o encaminhou ao estoque de produtos acabados. Em 10/01/10 O setor comercial vendeu 500 unidades do produto Y pelo valor de R$ 100 cada unidade. Com base nos dados acima, pedimos: a) Contabilizao das operaes. b) O saldo das contas de Materia Prima e Produtos Acabados em R$ e Unidades. c) Qual o lucro bruto da operao? Considerar que na compra a empresa tem crdito fiscal de ICMS base 17%, PIS/Cofins 9,25%, e na venda possui os mesmos percentuais de tributao.</p> <p>`</p> <p>Classifique os eventos descritos em Investimentos (I), Custo (C), Despesa (D) ou Perda (P):Compra de matria-prima Consumo de energia eltrica Utilizao de mo-de-obra Consumo de combustvel Gastos com pessoal do faturamento Aquisio de mquinas Depreciao de mquinas Remunerao do tempo do pessoal em greve Utilizao de matria-prima (transformao) Aquisio de embalagens Deteriorao do estoque de MP por enchente Gerao de sucatas no processo produtivo</p> <p> Durante o primeiro semestre de 1998, a fbrica de pipocas Milho que Pula Ltda. registrou as transaes relatadas a seguir. Com base nas datas, histricos e valores, determine : a) o ms em que foram computados, no custo de produo, os 2.200 Kg de milho; b) os lanamentos contbeis para as transaes.Data 0 0 98 11 06 98 0 08 98 Valor $800,00 $800,00 $800,00 Histrico Compra para pagamento em 90 dias de 2.200,00 Kg de milho para pipoca. etor de produo solicita ao setor de estocagem os 2.200 Kg de milho para pipoca O setor financeira quita o boleto bancrio referente aos 2.200 Kg de milho</p>

Recommended

View more >