amizade psicografia chico xavier - espírito (psicografia chico xavier - espirito meimei... · ora

Download Amizade psicografia Chico Xavier - espírito (psicografia Chico Xavier - espirito Meimei... · Ora

Post on 07-Nov-2018

212 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • 1

    AMIZADE

    FRANCISCO CNDIDO XAVIER

    Ditado pelo Esprito Meimei

  • 2

    INDICE

    AMIZADE Segue Adiante Agradece Algum Hoje Ama Sempre Amizade Avaliao No Caminho Caminho Da Paz Colabora Comparao Nota Da Coragem Deus Age Dilogo Imprevisto Diretriz Favor Divino Orao Da Criana Ao Homem Instante Dourado Ora E Confia Orao Por Humildade Pensa Petio Professores Diferentes A Resposta Rogativa Da Mquina Ao Homem Rogativa Da Mquina Ao Homem Sedativo Toque De Amor Toque De F No Caminho Das Virtudes Voz De Corao

  • 3

    SEGUE ADIANTE

    Meimei

    ...Deus em ns a fora da vida e a luz inextinguvel... Nos encargos a que te prendes, em muitas ocasies, sentes a amplitude dos

    problemas a resolver e o corao se te transborda de lgrimas... A solido aparente no ntimo como que exagera a extenso dos obstculos a

    transpor. E medidas no preo alto da dedicao em famlia, mentalizando as horas gastas

    em construir e reconstruir afeies que fogem no carro do tempo, largando-se aos ideais que acalentam os dias; refletes nas dificuldades que se renovam, no trabalho tantas vezes encharcado de pranto a que te entregas, atendendo aos deveres assumidos e nos planos alterados, em que sonhaste o melhor para alcanar to-somente fracasso e recomeo...

    Entretanto, ergue-te do cho da tristeza, age no bem que possas fazer e caminha adiante.

    Deus em ns a fora da vida e a luz inextinguvel. Coraes difceis a conduzir, calvrios domsticos, searas de esperana, oficinas

    de beneficncia e apostolados no bem, so tarefas que, a Sabedoria Divina poderia executar claramente sem t, no entanto, quis Deus a tua cooperao nas obras da sublimao e do progresso, a fim de que venhas a desenvolver nesse esforo as tuas qualidades divinas. Por mais constrangedoras as circunstncias, serve e segue adiante.

    Onde te encontres e como te encontres, recorda que Deus conta contigo, tanto quanto contas com Deus.

  • 4

    AGRADECE

    Meimei Agradece as mos que te constrem a existncia, decorando-a com as tintas da alegria e da esperana, mas enderea os teus pensamentos de gratido quelas outras que te ferem com os espinhos da incompreenso, ensinando-te a conviver e a servir. Agradece as vozes que te embalam os anseios, entretecendo hinos de paz e amor com que te inspiram as melhores realizaes, no entanto, envia as tuas vibraes de reconhecimento quelas outras que te exageram essa ou aquela falha, induzindo-te a compreender e a perdoar. Agradece aos amigos que te proporcionam mesa farta, impulsionando-te a pensar na abastana da Terra, mas no recuses respeito queles que, em algum tempo, te sonegaram o po, levando-te a prestigiar a fraternidade e a beneficncia. Agradece aos irmos que te reconhecem a nobreza de sentimentos, louvando-te o trabalho, entretanto, no olvides o apreo que se deve queles outros que te menosprezam, auxiliando-te a descobrir os tesouros da humildade e da tolerncia. Certa feita, um pedao de carbono sumido no monturo pediu a Deus o levasse para a superfcie da Terra, a fim de ser mais til. O Supremo Senhor ouviu-lhe a splica e determinou fosse ele detido no subsolo para a devida maturao. O minrio humilde aceitou a resposta e permaneceu na clausura, por sculos e sculos, suportando a qumica da natureza com o assalto constante dos vermes que habitavam o cho. Chegou, por fim, o tempo em que o Criador mandou arranc-lo para atender-lhe aos ideais. Instrumentos de perfurao exumaram-no a golpes desapiedados e o lapidrio cortou-lhe o corpo, de vrios modos, em minucioso burilamento. Mas quando o carbono sublimado surgiu, de todo, aos olhos do mundo, Deus o havia transformado no brilhante, que passou a brilhar, entre os homens, parecendo uma flor do arco-ris com o fulgor das estrelas

  • 5

    ALGUM HOJE Meimei

    ...Organiza as tuas prateleiras de bondade e serve esperana e coragem aos que te busquem apoio.

    Algum hoje ainda talvez te procure pedindo auxlio. Algum que provavelmente no fale, mas trar nos olhos ou nos prprios atos a

    splica de amparo que a palavra nem sempre diz. Algum que ter errado, a rogar-te um gesto de simpatia, a fim de retificar-se;

    que se v sob o frio da angstia, esmolando segurana; que haver perdido afeies inesquecveis no novoeiro da morte, a implorar-te reconforto; que padecer solido, mendigando alguns momentos de companhia...

    No te afirmes incapaz, nem te digas intil. Auxilia como puderes. O Cu saber usar-te. Organiza as tuas prateleiras de bondade e serve esperana e coragem aos que

    te busquem apoio. Oferece-te para o trabalho do bem, como te encontras e tal qual s, fazendo o

    melhor de t. NO TEMAS. SE DESEJAS RENOVAO E SE TENS F, podes claramente entrar

    no servio ao prximo, a colaborar no supermercado da luz, entregando as bnos de Deus.

  • 6

    AMA SEMPRE Meimei

    ... O julgamento dos homens, mas a Justia de Deus... Encontrars talvez, junto de t, os que te paream errados. Esse cometeu falta determinada, aquele se acomodou numa situao

    considerada infeliz. Respeita o tribunal que lhes indicou tratamento, sem recusar-lhes auxlio. Quem conhecer todas as circunstncias para sentenciar, em definitivo, quanto

    s atitudes de algum, analisando efeitos sem penetrar as causas profundas? Deliciava-se certa jovem com o perfume das rosas que lhe vinham desabrochar

    na janela. Orgulhosa das ramas que escalavam paredes, de modo a ofertar-lhe as flores, quis corrigir o jardim, no pedao de cho em que a planta se levantava. Pequeno monte de terra adubada, a destacar-se de nvel, foi violentamente arrancado, mas justamente a palpitava o corao da roseira.

    Decepada a raiz, morreram a flores. Quantas criaturas estaro resignadas moradia em situaes categorizadas por

    lodo, para que as rosas da alegria e da segurana possam brilhar na janelas de nossa vida?

    Aceita os outros tais quais so. Espera e serve. Abenoa e ama sempre. O errado hoje, em muitos casos, ser o certo amanh. O julgamento dos homens, mas a justia de Deus.

  • 7

    AMIZADE

    Meimei

    Contam as tradies da Vida Espiritual que o apstolo Joo, em se retirando Jesus da ceia que lhe precedeu o encarceramento, perguntou-lhe, agoniado:

    " Senhor, por que predizes a nossa separao? Por que nos deixars, segundo profetizas?

    Acompanho-te os passos e ouo-te as preparaes, no porque busque fortuna ou poder, influncia ou renome...

    que encontrei contigo o que buscava, a compreenso e o amor fraterno, a simpatia e o conhecimento...

    "Senhor, no nos abandones, precisamos de t..." O Cristo afagou-lhe a cabea e passou a novas instrues, dentre as quais,

    afirmou: "J no vos chamareis servos, porque o servo no sabe o que faz o seu senhor,

    mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouv de meu Pai vos tenho feito conhecer".

    (Joo - 15:15) Amigos, foi a titulao mais expressiva que Jesus destacou do vocabulrio para

    definir os companheiros. " Isso naturalmente ocorreu, porque nenhum de ns consegue algo realizar sem

    amigos que nos comunguem os pensamentos e nos auxiliem a concretizar os prprios anseios.

    Pensando na riqueza espiritual da amizade que Meimei, a irm que se faz mensageira da Vida Superior, escreveu as pginas deste livro em que se lhe extravasa o corao.

    Instada a faz-lo, atravs de irmos diversos, ela reuniu neste volume formosa coleo de seus prprios apontamentos para que venhamos a saber o que ela conheceu dos Emissrios do Cristo, no sentido de testemunhar-te, caro leitor, a gentileza da Espiritualidade Maior, empenhada a responder-te, quanto possvel, as indagaes.

    J que no podes comprar doses de coragem, ou comprimidos de pacincia, nem adquirir frascos de esperana ou injees de f nas instituies do mundo, eis que te oferecemos ao corao as pginas de amizade deste livro, em que Meimei distribui generosamente aos mais belos conhecimentos da vida em frases despretensiosas e simples, com os nossos votos ao Senhor para que sejamos todos - ns - os espritos encarnados e desencarnados ainda vinculados Terra - sempre mais amigos uns dos outros para que, todos juntos, possamos prosseguir na construo do caminho de unio e paz, solidariedade e amor que nos religar, de todo, ao Pai Celestial.

  • 8

    AVALIAO Meimei

    Quando tiveres superado graves problemas de relacionamento no grupo das pessoas queridas, no te detenhas na lembrana das aflies e lgrimas que, porventura, tenhas trazido por dentro do prprio corao. Pensa no concurso recebido de benfeitores da Vida Maior que te escoraram, na travessia de inesperadas perturbaes. Quando saste desse ou daquele acidente, sem calamidades fatais, no te fixes na recordao das fases difceis de semelhante acontecimento. Reflete no auxlio dos Enviados do Bem que conseguiram colocar-te a salvo de conseqncias a lamentar. Quando venceste lutas e tentaes que te situavam s portas da insanidade ou do suicdio, no te demores na rememorao dos fatos que te impeliam a enganos e alucinaes. Medita na dedicao dos Amigos Espirituais, domiciliados em Plano Superior, que te evitaram a queda nos despenhadeiros da sombra. Quando varaste o tratamento da sade comprometida por enfermidade complexa, no te cristalizes na idia de doena e sofrimento. Imagina a generosidade dos Mensageiros da Luz que te reduziram as crises orgnicas, sem que disso te apercebesses, socorrendo-te, tanto na assistncia mdica como tambm no carinho daqueles que te rodeiam, a fim de que se te alongue a existncia na Terra, com a oportunidade de trabalhar. Ainda mesmo nas provas que consideres claramente infelizes, no te craves em pensamentos de tristeza ou desnimo. Avalia as bnos que te ficam no balano de quaisquer

Recommended

View more >