a arte da leitura na perspectiva de mortimer j.· por todo o país. em 1948, adler e hutchins...

Download A ARTE DA LEITURA NA PERSPECTIVA DE MORTIMER J.· por todo o país. Em 1948, Adler e Hutchins organizaram

Post on 16-Dec-2018

214 views

Category:

Documents

1 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

EDUCAO

A ARTE DA LEITURA NA PERSPECTIVA DE MORTIMER J. ADLER: UM ESBOO

TERICO

Humberto Serrabranca Campos e Silva1

RESUMO: Autor de Como ler livros, o educador norte-americano, Mortimer Jerome Adler (1902-

2001), produziu diversos trabalhos voltados ao grande pblico, muitos dos quais centrados na

preocupao com o desenvolvimento da capacidade de leitura dos chamados grandes livros. Trao um

panorama da biografia do autor, apresentando as linhas gerais de suas regras didticas de letramento, as

quais precisam ser refletidas com o uso de mediaes. Por fim, pondera-se como a expanso do nvel

educacional do cidado mdio pode auxiliar no fortalecimento do prprio sistema democrtico.

Palavras-chave: Letramento; Mortimer Adler; Democracia.

ABSTRACT: Author of "How to read a book", the Noth-American educator, Mortimer Jerome Adler

(1902-2001), has produced several papers aimed at the general public, plenty of them are centered on the

concern about the development of readings capacity of those books called "great books". I have written

an author's biography overview, presenting the general lines of his didactic rules of literacy, which need

to reflect themselves through the mediations use. Finally, it has considered how the expansion of the

educational level of the average citizen can help in the strengthening of the democratic system itself.

KEYWORDS: Literacy; Mortimer Adler; Democracy.

INTRODUO E ROTEIRO BIOGRFICO

O artigo a seguir cumpre uma funo repleta de pragmatismo: tem como objetivo

bsico a sugesto de indicaes didticas que visem melhora dos nveis de leitura e

interpretao de textos de Cincias Humanas, especialmente na rea de Histria. O

mtodo aplicado relaciona-se com as propostas do educador norte-americano Mortimer

Adler (1902-2001), o qual soube aplicar os princpios da educao liberal como bases

para o desenvolvimento da competncia de leitura em alunos que chegavam ao ensino

universitrio ainda imersos em dificuldades para compreender e analisar os textos pedidos

nas disciplinas curriculares. O desafio lanado nesse escopo pretende trazer as

contribuies de Adler para o interior da bibliografia em Ensino de Histria no Brasil,

entendendo que a competncia de leitura encontra-se como referncia principal para a

construo de um saber histrico.

O filsofo e educador norte-americano, Mortimer J. Adler no pode ser

interpretado apenas como unificador de toda uma proposta pedaggica centrada no

recobro da leitura e interpretao dos grandes clssicos, mas sim como um profissional

que no perdeu de vista o quanto a educao contribui para a formao humana.

Fortemente influenciado pelo educador John Dewey (1859-1952), muito do esforo de

Adler se insere dentro da tica do clssico Educao e Democracia, de 1916, de Dewey.

Em sntese, nenhum processo de aprendizagem pode ocorrer sem que os estudantes se

envolvam na construo de significado sobre o que est sendo feito.

J em 1916, Dewey percebeu que as escolas haviam se tornado repositrios frios

e normativos para a transmisso de contedos, mas sem nunca se perguntarem sobre o

1 Bacharel e Licenciado em Histria pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Mestre em Ensino de

Histria pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). E-mail: hserrabranca@hotmail.com

mailto:hserrabranca@hotmail.com

interesse dos discentes em torno do que se aprendia. Em sua obra-prima, Dewey

reconhece a Filosofia como disciplina educadora por excelncia, harmoniza a polaridade

entre educao para o lazer e para o trabalho, alm de discutir as teorias do conhecimento

em circulao no seu tempo, iluminando brilhantemente vrios conceitos. De verve

pragmatista, o autor reafirma a importncia de uma educao moral que possa transformar

o aprendizado em um meio para a construo do carter pessoal, permitindo a um

profissional a resoluo de problemas prticos mesmo diante de dificuldades imprevistas.

Basicamente, o que John Dewey prope um ensaio de filosofia da educao que torne

compatvel a formao educacional com os valores de uma sociedade democrtica e

plural.2

Para alm da dimenso profissional que almeja a colocao do educando em um

mercado de trabalho cada vez mais voraz e competitivo, faz-se necessrio situar o

estudante em meio pletora de opinies divergentes que o circunda, de modo que se possa

discernir o presente como sntese de um lento e gradual processo de conhecimento

acumulado durante milnios. Se participssemos da grande conversao3 histrica,

filosfica ou mesmo teolgica formada atravs dos sculos, sem dvida teramos uma

base mais racional para decidirmos quais os melhores caminhos a seguir nessa grande

estrada chamada vida, tanto no tocante s decises pessoais da rotina comezinha quanto

nas opinies em torno do debate pblico existentes no seio da comunidade poltica.

Nascido em Manhattan, Nova Iorque, em 1902, Mortimer Jerome Adler nutria o

sonho de tornar-se jornalista. Filho de judeus que atuavam no ramo joalheiro, aos quinze

anos deixou a escola para trabalhar como contnuo no The New York Sun. Rapidamente

destacou-se e passou a escrever trabalhos de redao, incluindo editoriais. Chegou a

cursar a graduao na Universidade de Columbia, entendendo que a formao

universitria traria ganhos sua capacidade de escrita. No retirou o diploma de bacharel

por dever crditos s disciplinas de educao fsica. Mesmo assim, fez mestrado e, em

1928, concluiu o doutorado em psicologia experimental.

Contratado como professor de filosofia na Universidade de Chicago em 1929, com

apenas 27 anos, pelo reitor Robert Maynard Hutchins, tambm um jovem acadmico que

se tornara diretor da faculdade de Direito da mesma instituio. Adler e Hutchins

nutririam uma amizade que duraria toda a vida, mesmo porque ambos eram considerados

lderes norte-americanos na rea de educao liberal baseada na leitura e interpretao

dos grandes livros legados pela Civilizao Ocidental em vrias reas de

conhecimento. Do ponto de vista institucional, Adler e Hutchins deram incio Fundao

Grandes Livros e ao Programa Bsico de Educao Liberal para Adultos.

Tudo isso ainda era o preldio do que haveria de vir. Professores da Universidade

de Chicago que discordavam das prticas pedaggicas de Adler foraram o jovem reitor

a retir-lo do Departamento de Filosofia em 1931, de modo tal que menos ocupado pelo

tdio das funes administrativas Mortimer Adler manteve-se como professor-

associado da Faculdade de Direito, a mesma em que Hutchins havia sido diretor. Mesmo

assim, os crticos de Adler no cessaram as crticas, acusando os dois jovens professores

universitrios de medievalismo arcaico, afinal, a Escola de Chicago comeava a se

estabelecer no panorama acadmico norte-americano como templo do pragmatismo

2 Existe uma coletnea de Democracia e Educao no mercado editorial brasileiro, organizada e

comentada pelo professor da USP, Marcus Vincius da Cunha. Os comentrios do professor so, digamos,

irregulares. s vezes, esclarecem de maneira vvida o trecho demarcado; por outras, pecam pelo excesso

de politizao forada. Infelizmente, o volume contm apenas seis captulos integrais do texto original.

DEWEY, John. Democracia e Educao: captulos essenciais. So Paulo: Editora tica, 2007. 136 p. 3 HUTCHINS, Robert M. The Great Conversation.

https://www.thegreatideas.org/libeducation.html

utilitarista. Logo, no haveria espao para discusso de propostas de ensino que se

pautassem pelo humanismo ou dessem nfase formao humana.

Apesar de derrotados em Chicago, Adler e Hutchins conseguiram implantar a

pedagogia de educao liberal em St. Johns College (Annapolis, Maryland), alm de

outros institutos catlicos. No obstante o sucesso parcial da pedagogia dos grandes

livros em universidades crists, a crescente implantao da leitura de autores no-

catlicos fez com que as mesmas instituies guardassem certa ressalva em relao ao

trabalho de Mortimer Adler.

Em 1940, Adler publicou o seu livro mais representativo, Como Ler Livros,

tornado logo um best-seller internacional com dezenas de edies at a escrita da verso

definitiva em parceria com Charles Van Doren, em 1972. Nesse trabalho, o filsofo

Mortimer Adler exps um mtodo sistemtico de leitura para compreenso de textos

expositivos para as reas de Histria, Filosofia e Cincias. Embora emprestasse alguma

nfase s tcnicas de leitura de gneros literrios ficcionais ou poticos, o objetivo

principal do autor era o de elevar o nvel de compreenso textual das obras fundadoras do

conhecimento. Adler entendia que o sistema educacional norte-americano, j no final da

dcada de 1930, no conseguia atender as expectativas de formao de um leitor crtico.

Escolas e universidades se baseavam muito mais na difuso de informaes do que no

aprofundamento das competncias de escrita, leitura e expresso oral. Como Ler Livros,

nesse sentido, deveria preencher uma lacuna na formao das competncias leitoras do

pblico mdio norte-americano, a fim de capacit-lo para participar da grande

conversao que unificava a alta cultura ocid

Recommended

View more >